Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Sab 18 Jan 2014, 18:58

off: oi narrador/a \o, um dos meus ovos vai nascer nessa rota ^^
off²: ensinar Double team, Aerial ace e Toxic para Torchic e Ice Beam para Cubchoo




Seguindo o pequeno e confiante Pidgey de Anthony que conhecia as ruas daquela cidade melhor do que nós dois juntos, logo chegamos na entrada de uma grande floresta e sem prestar atenção no que Anthony falava, entrei correndo para o que esperava ser a segurança que todas aquelas árvores poderiam nos dar. Na floresta o pokemon voador teve que diminuir o ritmo e a altura de seu voo, mas logo decidi que era hora de parar e assim que me apoiei em um tronco, Pidgey pousou em um galho baixo. Sentando entre as raízes a árvore em que estava me apoiando vi um raio de luz escarlate atingir Pidgey e também ouvi Anthony o chamando de volta, o que não seria nada de mais se não fosse pelo nome do pokemon "Bādo Kingu"?! Mas que tipo de nome era esse?

Tentando não pensar muito em porque Anthony tinha escolhido aquele nome para o Pidgey, decidi me concentrar em meus próprios pokemon e cumprir uma promessa recentemente feita. Pegando a esfera vermelha em minha mochila logo libero Torchic, que assim que viu que estava em uma floresta já ficou bem animada, mas antes que ela se afastasse muito eu a chamo para aprender aqueles ataques que tinha comentado com ela antes.

- Muito bem Torchic preste atenção, agora vou ensinar alguns ataques bons para você. - Falei tirando 4 cds da minha mochila e logo ensinei Double team, Aerial ace e Toxic para ela, torcendo para que todas as TMs já tivessem "recarregado" desde que eu os usei na estação de metrô de Grung city. Vendo tantas TMs na minha mochila, Anthony logo começou a tentar pegá-la para ver se tinha algo útil para seus pokemon, mas antes que ele se aproximasse joguei um pouco de terra em sua direção, o que fez ele se afastar para não ficar com sua roupa ou cabelos sujos.

- Se você quiser eu ensino uma TM para o Cubchoo, mas vai ser só uma por enquanto. As outras ainda precisam recarregar. - Falei sem me levantar de onde estava enquanto Torchic subia em meu ombro para ter uma vista melhor dos arredores. Não recebendo uma resposta imediata logo olhei para Anthony e o vi esfregando seus sapatos que provavelmente tinham sido atingidos por uma ou duas sujeirinhas.

Vendo que ele não iria pensar novamente no assunto e ignorando completamente o que ele dizia, embora tivesse certeza que era algo a ver com eu ser mal educada e insensível por sujar os sapatos super caros e chiques dele, decidi ajudar Torchic colocando-a em minha mão e erguendo o máximo que pude, o que pareceu agradá-la muito, mas para a minha surpresa logo vi Cubchoo surgir a minha frente com aquele sorrisinho que só ele sabia dar.

Para a tristeza de Torchic, que parecia ficar triste, mas logo pulou dentro de um arbusto próximo em busca de algumas flores. Com Torchic ocupada e Anthony ainda limpando seus sapatos enquanto reclamava mais para si mesmo do que para qualquer outro, peguei TM Ice beam e logo a ensinei para ele, que pareceu ficar  animado em receber atenção do que em aprender um novo ataque.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Dria Galfin em Qua 22 Jan 2014, 21:42

O pequeno ursinho parecia feliz com atenção dada por Lucia, e mais ainda por ter aprendido um novo golpe da amiga de seu mestre, com o mesmo sorriso este se esfrega de leve na mão de Lucia esperando ainda receber mais algumas caricias da Exilada antes de ter que retornar para sua pokebola.

Uma brisa fresca soprava trazendo o cheiro doce de varias flores até onde Lucia estava sentada dando um leve clima de paz e frescor, a unica coisa que parecia desentoar com aquela situação era os gritos quase histéricos de Anthony sobre esta ter jogado terra em seu belíssimo e divino corpo.

O gigante homem por fim se calou sentando-se em cima de algumas folhas longe o suficiente de Lucia para não correr mais riscos de se sujar, e no mesmo instante a pequena Torchic surgiu de dentro arbusto trazendo consigo uma bela flor alaranjada enquanto piava feliz para sua mestra. Em meio a floresta Lucia finalmente podia sentir um pouco de paz e sossego fazendo com que os perigos que havia enfrentado parecessem distantes, ou pelo menos quase esquecidos.

Off: Ficha atualizada, e me desculpe pela demora =P.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Sab 25 Jan 2014, 02:42

off: sem problemas \o/





Com todas os ataques ensinados e a TM que eu queria ensinar para Torchic ainda precisando de um tempo para terminar de "recarregar", guardei todas as TMs em seus lugares e logo estranhei ao ver um pequeno movimento em minha mochila, como se algo dentro dela tivesse se mexido um pouco e logo parado, mas antes que eu pudesse pensar melhor no assunto ou investigar o que poderia ter acontecido, senti algo gelo e fofo encostando na minha mão, o que me fez deixar cair a mochila para o lado. Olhando para minha mão encontrei Cubchoo apoiando sua cabeça nela enquanto me olhava com um olhar que só dizia uma coisa: Quero atenção.

Vendo que Anthony ainda ficaria um tempo limpando e dando brilho aos seus sapatos, percebi que não sairíamos de lá tão cedo, então comecei a coçar a cabeça do ursinho de gelo (sempre evitando encostar naquela meleca nojenta que escorria de seu nariz) enquanto observava o arbusto em que Torchic estava esperando para ver quando ela sairia de lá.

Depois de um tempo, Torchic finalmente aparecia do meio de tantas folhas e assim que ela se aproximou toda saltitante, percebi que ela tinha encontrado o que tanto procurava. Carregando com todo o cuidado, e pequena pokemon de fogo trazia uma bela flor laranja, que logo eu tentava pegar, mas antes que eu pudesse alcançar a flor, Torchic pulou no meu ombro e começou a mexer em meu cabelo, o que me deixou confusa, até que finalmente ela pulou de volta para o chão e eu sentir a flor equilibrada em cima da minha orelha direita.

Me observando como se estivesse tentando se decidir se a flor estava no lugar certo, logo Torchic pareceu ficar satisfeita e voltou para o mesmo arbusto. "Será que ela vai querer fazer uma tirar de flores em mim?" Pensei rindo um pouco com ideia enquanto me acomodava melhor, quase deitando no chão enquanto sentia o vento trazer o aroma doces das flores que Torchic estava buscando. Aquele momento pacifico e tranquilo estava sendo ótimo e mesmo sabendo que tudo podia mudar a qualquer segundo, decidi tentar aproveitar cada segundo de tranquilidade que tivesse.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Dria Galfin em Qui 30 Jan 2014, 19:33

Ali deitada na terra por entre as raízes de uma das arvores Lucia tinha aos poucos seus belos cabelos negros colorindo-se pelas pequenas flores que a Torchic trazia aninhando-as por entre as madeixas de sua mestra, já do outro lado Anthony havia tirado um pequeno espelho de seu bolso e estava alisando seus cabelos enquanto sussurrava palavras pra si mesmo, elogiando sua aparência e formosidade.

O pequeno Cubchoo havia deitado do lado de Lucia encostando sua cabeça no ombro da Exilada fazendo com que esta ouvisse o leve roncar do pequeno urso quando este adormeceu, para logo ser enfeitado com uma flor avermelhada por Torchic, o clima de paz era perfeito sendo completado por uma revoada de Yanmas sobre a copa das arvores.

Porem a cena desabou quando Torchic havia tentado colocar uma flor em Anthony que com nojo empurrou a pequena para longe danificando a flor, a pequena ave mais do que rapidamente pulou em cima de Anthony se agarrando nos cabelos deste e agora bicava com toda a vontade do mundo enquanto o grandalhão berrava com a voz mais estridente possível:

- TIRA ESSE BICHO LOUCO DE CIMA DE MIM!!!!!!!!

No meio da confusão a mochila de Lucia foi chutada para longe no meio de alguns arbustos e por pouco a própria Exilada quase fora acertada pelos movimentos bruscos e histéricos de Anthony.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Dom 02 Fev 2014, 02:36

off: agora eu que peço desculpas pela demora ^^''
off²: me desculpe o post fraco, estou sem ideias x.x





Com a cabeça apoiada em umas as raízes e sentindo uma brisa um tanto gelada passando por mim, fiquei com os olhos fechados enquanto aproveitava o momento tranquilo com Cubchoo dormindo ao meu lado e Torchic enchendo meu cabelo com as flores que ela encontrava. Naquela floresta eu não conhecia nada, nem ao menos sabia o que tinha depois dela, então assim que voltasse a andar, tentaria continuar seguindo para o sul, pois achava que era minha melhor chance de encontrar alguma coisa, talvez até uma cidade ou vilarejo.

Já estava quase dormindo quando o som de Anthony fritando, ao mesmo tempo em que ouvia Torchic exclamar  seu nome de forma furiosa, me fez levantar jogando o pobre Cubchoo para longe, o que também fez ele acordar assustado. Olhando para frente vi uma pequena flor amassada no chão e correndo de um lado para o outro enquanto gritava como se tivesse um monstro em cima de si, estava Anthony com uma Torchic furiosa bicando e arrancando vários fios de sua cabeça. Demorei um pouco para me recuperar do susto e enquanto pegava algo em meu bolso, vi Anthony chutar minha mochila para longe em sua corrida e quase passando por cima de mim.

- Torchic retorne!! - Gritei apontando a pokeball de Torchic da melhor forma que podia enquanto tentava fazer o facho de luz escarlate a atingir. Não era uma tarefa fácil, mas depois de pular para o lado algumas vezes para que Anthony não me atingisse e pegar Cubchoo no colo para garantir a segurança dele, logo consegui retornar a pequena pokemon de fogo para a sua pokeball, mas aquela era a menor das minhas preocupações no momento.

Deixando para ouvir as reclamações do exilado depois e ainda carregando o pokemon de gelo nos meus braços, comecei a procurar por minha mochila em todos as partes na direção em que vi minha mochila ser lançada. Normalmente eu não me desesperaria tanto, mas eu sentia uma urgência enorme em encontrá-la naquele momento.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Dria Galfin em Seg 03 Fev 2014, 21:48

Anthony continuava a gritar, mas agora esbracejava contra Lucia:

- ESSA MANIACA NÃO PODE FICAR FORA DA POKEBOLA DELA!!!!! ELA PODERIA TER ME MATADO.... TER ACABADO COM A MINHA BELEZA....

Já a Exilada se preocupava mais com a sua mochila perdida em meio a floresta, havia uma certa urgência em recupera-la muito embora a jovem não soubesse qual. O pequeno Cubchoo ajudava a procurar pela mochila enquanto seu dono continuava a gritar sobre o quão perigosa era a Torchic, nesse meio tempo uma lufada de vento pegou ambos os exilados desprevenidos, bagunçando o cabelo de Anthony e trazendo consigo as primeiras gotas grossas de chuva que atingiram os dois.

Lucia conseguiu visualizar sua mochila em meio a um arbusto mais fechado enquanto a agua a atingia com força deixando suas costas meio dormentes, Cubchoo tentou se esconder debaixo da Exilada enquanto Anthony corria de um lado pro outro gritando alto por causa dos primeiros raios que cortavam o céu iluminando a floresta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Qua 05 Fev 2014, 14:24

Com Torchic em sua pokeball e mantendo em mente que teria que conversar com ela um pouco assim que tivesse uma chance, deixei um Anthony assustado e desesperado para arrumar seu cabelo para trás e fui buscar minha mochila. Cubchoo ainda tinha a flor vermelha presa em seu pelo enquanto pulava para o chão e começava a procurar em um arbusto, enquanto eu olhava em outros atrás da minha mochila e de todos os meus pokemon que estavam lá, que eram Zigzagoon, Naomi e os ovos, pois sempre mantinha a pokeball de Erick comigo e agora também a da Torchic.

Enquanto procurávamos sem parar, revirando todos os arbustos e qualquer lugar onde minha mochila poderia estar depois daquela pequena confusão que minha mais nova pokemon havia causado. Pensando um pouco, acho que tenho um certo dom para escolher pokemon peculiares.... Erick e seu ódio extremo de ser chamado de fêmea e um orgulho do tamanho de um Serperior; Zigzagoon e sua mania de juntar itens; Naomi eu nunca sabia quando conseguiria sua atenção e agora uma Torchic adoradora de flores que tinha um pavio um pouco curto demais, será que tinha sido esse o motivo pra terem me enviado ela? Talvez, mas antes de pensar nisso tinha que encontrar minha mochila e ficar ouvindo Anthony gritando e choramingando não estava me ajudando em nada.

- Para de chorar, ela é só uma Torchic, não ia te matar. E sobre a sua beleza, pouco me importa, a vida de exilado vai fazer muito mais estrago nela do que uma pokemon de fogo irritada. - Comentei enquanto eu e Cubchoo andávamos mais um pouco em nossa busca. Era bom saber que ao menos podia contar com um dos pokemon daquele chato para me ajudar quando precisasse. Com um vento forte quase me derrubando e fazendo o pequeno pokemon de gelo ser empurrado um pouco para trás, logo descobri o que estava me incomodando tanto. Nuvens de chuva tinham chegado e agora estava caindo uma chuva muito forte e fria.

Ouvindo Anthony entrando em pânico, correndo e falando algo sobre seu cabelo, roupas e tive quase certeza que ouvi ele falar algo sobre maquiagem, e com Cubchoo parando a busca para tentar se proteger da chuva embaixo de mim, acelerei minha busca e para a minha sorte logo a achei em um dos maiores arbustos da área. Colocando minha mochila nas costas e já começando a bater os dentes de frio enquanto sentia como se estivesse acabado de sair de um lago, peguei Cubchoo no colo e fiquei observando Anthony correr em círculos. Assim que ele passou perto o bastante eu o peguei pelo pulso gritando o nome dele e comecei a arrastá-lo para longe, em busca de algum abrigo.

- Vamos sair dessa chuva e depois você seca o seu cabelo. - Gritei para que ele me escutasse quando ameaçou tentar se soltar e voltar a reclamar do cabelo estragado pela chuva. Quanto mais tempo ficávamos andando pela chuva mais eu ficava preocupada com os ovos em minha mochila, pois apenas algum tempo em uma chuva bem mais fraca tinha feito muito mal ao ovo que recuperei na rota, então o que poderia acontecer se os três ficassem tanto tempo tão encharcados como eu estava.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Dria Galfin em Sex 07 Fev 2014, 13:39

Lúcia tinha que sair e rápido daquela chuva, era nos Ovos que carregava consigo em que a jovem pensava enquanto puxava o escandaloso Anthony pelo pulso, andando sem direçao a jovem Exilada ainda escutava as reclamações e choramingos do homem ao seu lado, isso até quase pisar em um pequeno Wurmple que também parecia incomodado pela chuva.

O pokemon inseto encarou Lícia por alguns instantes e se encolheu ao ouvir mais um grito chorado de Anthony, um trovão brilhou no céu fazendo com que o pequeno Wurmple corresse para as pernas de Lucia a escalando, o Cubchoo pareceu achar divertido a nova companhia mas permaneceu quieto até ver uma alguma coisa que poderia ajudar a jovem Exilada.

Pulando do colo de Lúcia o urso rapidamente se correu a frente enquanto grunhia alto chamando pela Exilada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Seg 10 Fev 2014, 17:23

Com chuva me deixando tão molhada quanto se eu tivesse pulado em um lago quase congelado, continuei correndo vendo um único lado positivo em toda aquela água. O barulho do vento e da chuva eram tão altos que eu já não conseguia entender o que Anthony falava e se não fossem os ovos em minha mochila e o fato de eu estar batendo os dentes com força de tanto frio, acho que estaria agradecendo muito aquela chuva.

Sem saber para onde estava indo e quase não vendo nada por causa da chuva quase cai em cima de algo rosa que eu demorei muito para ver que na verdade era vermelho e que era um pokemon inseto. Um Wurmple para ser mais exata, que parecia tão incomodado com aquela tempestade quanto e assim que mais um trovão cruzou os céus, iluminado a floresta e fazendo todos se abaixarem um pouco de medo, o pokemon inseto correu para o abrigo mais próximo que encontrou. O meu colo.

Cubchoo pareceu nem se incomodar com a nova companhia, mas assim que me preparei para voltar a correr, o pokemon do tipo gelo pareceu ver alguma coisa, pois logo pulou do meu colo e começou a nos chamar para segui-lo enquanto corria para longe. - Cubchoo espera!! -Gritei indo logo atrás dele, pois se demorasse mais alguns segundos ia acabar perdendo o pequeno pokemon no meio de toda aquela chuva.

- Meu cabelo esta arruinado! - Chorou Anthony que finalmente estava correndo ao meu lado e ele falou algo sobre o nome do Cubchoo, mas antes que eu pudesse entender o que ele estava dizendo outro trovão apareceu acima de nos, o que fez Anthony gritar e me passar enquanto corria desesperado atrás do Cubchoo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Luna Yum em Ter 11 Fev 2014, 23:36

OFF: Estou assumindo sua rota!

A tempestade se intensificava cada vez mais, relâmpagos e trovões riscavam e clareavam os céus por entre as folhas das árvores, o que deixava Anthony mais desesperado e estérico que de costume, correndo cada vez mais na frente da jovem exilado até alcançar Cubchoo e o agarrando com força nos braços e correndo de volta, passando por Lucia novamente. Lucia parou por um instante tentando entender o que um homem daquela também fazia gritando feito uma menininha no meio de uma tempestade furiosa.

A Exilada corria então atrás de seu companheiro afeminado para evitar perdê-lo, Anthony para por uns instantes para tomar fôlego e é alcançado por Lucia que parou ao lado de uma árvore e tentando se apoiar na mesma sua mão passou direito e ela caia dentro de um tronco grande e oco, porém seco abraçada em sua mochila que estavam os ovos, todos seguros e aquecidos, porém um pouco úmidos. O Pokémon lagarta estava sob o ombro da jovem com seus olhos arregalados e tremendo de medo com o barulho dos trovões e logo pulou para dentro da mochila procurando abrigo.

Anthony nem pensou duas vezes, vendo que o lugar estava seco e cabia normalmente duas pessoas ali sem que ficassem apertadas, pulou pra dentro e mexendo em seu cinto, procurando o espelho para retocar seu visual todo encharcado, assim como também suas botas sujas de lama. Assim que entraram no local, seguro da chuva, a tempestade caiu de vez, intensificando-se ainda mais e com mais trovões e raios para infelicidades deles, ela demoraria a passar o que deixaria eles ali por um bom tempo ou então até que quisessem se molhar novamente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Sex 14 Fev 2014, 18:50

off: Leo \o/
off²: esse ovo é o que eu comprei na loja do incentivo, só estou criando uma história pra ele ^^



Com Wurmple no meu colo tremendo cada vez mais e com a tempestade ficando cada vez mais violenta tudo o que eu podia fazer era correr atrás do Cubchoo esperando que ele tivesse visto alguma coisa ou simplesmente para pegá-lo antes que ele se perdesse no meio daquela floresta. Os relâmpagos estavam se tornando tão frequentes que eu já nem tentava mais contá-los, mas assim que ouvimos um muito alto, Anthony se descontrolou por completo e correndo numa velocidade que deixaria até a ágil Zigzagoon impressionada, ele conseguiu pegar seu pokemon de gelo, mas o que ele fez a seguir me fez parar de correr por um tempo enquanto tentava entender o que tinha acontecido.

Percebendo um pouco atrasada o que ele estava fazendo, comecei a correr para não perder Anthony de vista, pois embora isso fosse muito tentador, eu tinha certeza que ele não sobreviveria nem uma hora sozinho, então mesmo cansada e com frio por causa da chuva, continuei correndo atrás dele. Felizmente, pouco tempo depois Anthony pareceu ficar se fôlego e logo consegui alcançá-lo, mas também estava exausta e assim que fui me apoiar em uma árvore, consegui achar o abrigo que tanto procurava.

A árvore em que tentei me apoiar tinha um grande buraco em seu tronco, onde caí de cara no chão, conseguindo apenas proteger minha mochila e o pequeno Wurmple da queda. Aproveitando que tinha caído em lugar seco e que já estava no chão mesmo, decidi ficar naquela árvore mesmo e Anthony também pareceu decidir ficar ali, pois logo entrou e começou a tentar arrumar seu cabelo encharcado. Cubchoo se sentou entre nós e depois de se sacudir para tentar se secar, ele ficou apenas observando enquanto eu me ajeitava naquele espaço um tanto apertado.

Em um estado de pânico ainda maior do que Anthony estava, Wurmple pulou para dentro da minha mochila assim que a abri para ver como estavam os ovos. Mesmo não gostando de ter o pokemon inseto usando minha mochila de esconderijo, eu sabia que ele só estava fazendo isso por estar aterrorizado, então decidi deixá-lo ali enquanto a tempestade estivesse tão forte quanto estava.

Tomando cuidado para não mexer no pokemon inseto comecei a tirar os 3 três ovos da mochila para secá-los com uma toalha que eu tinha em minha mochila e assim que os três estavam secos, comecei a tentar me secar um pouco também, mas antes que acabasse uma coisas me chamou a atenção. Como eu havia entrado correndo não tinha percebido de cara, mas escondida naquela árvore estava uma pequena mochila e ao abri-la, vi que tinha um outro ovo de pokemon em seu interior e um bilhete com aparência de que foi escrito a apenas uns dois dias com muita pressa.

Bilhete escreveu:Ha quem possa interessar.

Se você encontrou minha mochila, então provavelmente me conheceu antes que minha sentença fosse executada ou encontrou o bilhete que deixei em Grung. Seja lá quem for, espero que não tenha se encrencado por atender esse meu ultimo pedido e espero que o pokemon que nasça desse ovo possa te ajudar. Eu não podia deixá-lo no orfanato ou ser confiscado pelos cadetes....

Grato e provavelmente encarcerado, Retsew W.E.E.

Sem nem imaginar onde ele poderia ter escondido esse bilhete em Grung ou em como tinha me escondido exatamente onde esse ovo estava no meio de uma floresta tão grande, mas fiquei feliz em encontrar aquele ovo, pois tinha a impressão de que se passasse mais um único dia sozinho, talvez nunca mais fosse chocar. Com os ovos seguros e aquecidos em minha mochila junto de um Wurmple muito assustado, fiquei observando a tempestade ficar ainda mais forte e os trovões cada vez mais frequentes. Se eu quisesse fazer algo naquela floresta que não fosse descansar ou ficar completamente encharcada, teria que esperar até que aquela tempestade passasse.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Luna Yum em Ter 18 Fev 2014, 20:15

O barulho da chuva deixava Cubchoo sonolento, assim como Anthony. O pequeno urso gripado sentava no colo de seu dono e terminava de se arrumar, de novo e ajustava seu colo para deixar seu ursinho bem aconchegante e seguro, não demora muito e ambos adormecem, como duas crianças depois do lanche da tarde, babando um no outro, o que trazia alguns risos para Lúcia.

A jovem então tirava sua mochila das costas e sacava seus Eggs, tirando também uma toalha seca, para enxugar a umidade do pequenos que estavam quentes, porem úmidos, mas saudáveis. Após deixá-los sequinhos, a jovem resolva cuidar de si mesma, tirando sua jaqueta e secando seus braços, pescoço e cabelos, em seguida amarrando a toalha em sua cabeça para deixar secar melhor suas madeixas.

Depois de fazer tudo que era necessário para evitar um gripe e até mesmo algo de ruim para os pequenos ovos, a jovem Exilada coloca em um canto sua mochila com um hospede bem medroso por sinal, juntamente com os ovos. Observando o local com mais calma, ela vê que no canto contrário onde ela estava, uma espécie de mochila velha estava ali, parecendo conter alguma coisa em seu interior e chamando a curiosidade de Lucia para abri-la. Sem demoras a mochila é aberta e um bilhete junto com um Egg que estava completamente frio e aparentando não ter mais vida, foi o que a Exilada encontrou. Os resmungos de Anthony e seu Pokémon não incomodavam a jovem que tomou a ler o recado que encontrou.

Após ter lido o bilhete e pegado no ovo, Lucia percebeu que o mesmo se não se mexia, foi sorte de Lucia e do ovo se encontrarem , ela então se senta com o objeto sobre as pernas cruzadas e espera, para que talvez ele desse algum sinal de vida, pois a jovem desconfiava que de que o tempo que ficou ali, naquele lugar, o fizera morrer, antes mesmo de nascer. Mas ela preferiu pensar na melhor das hipóteses e acreditar que daquele ovo, ainda surgiria uma vida, um Pokémon.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Qui 20 Fev 2014, 20:37

Com todos os eggs secos e aquecidos em minha mochila fiquei segurando o mais novo "membro" da minha equipe esperando que o tempo que ele ficou sozinho não o tivesse prejudicado muito. Anthony finalmente parecia satisfeito com seu visual e seguindo o desejo de seu pequeno ursinho de gelo, logo os dois estavam roncando tão alto que mesmo com os trovões ainda dava pra ouvir bem os dois dormindo.

Olhando para fora percebi que aquela chuva duraria ainda muito tempo, então qualquer chance de encontrar frutas e algum item perdidos naquela floresta teria que esperar, mas eu ainda podia fazer alguma coisa enquanto estivesse "presa" na árvore. Aproveitando que Anthony estava em um sono profundo, guardei o novo egg junto com os outros tentando não esmagar o Wurmple, o que não fui muito difícil já que ele estava encolhidinho quase completamente dentro de um dos meus sacos de dormir, e peguei duas esferas no meu bolso. Uma branca e vermelha e a outra completamente vermelha.

A pokeball comum nem esperou que eu fizesse nada, logo se abria liberando um pequeno pokemon do tipo grama que parecia feliz por finalmente poder esticar um pouco as pernas (mesmo que tudo que ele pudesse fazer fosse andar um pouco a minha volta e subir logo em seguida no meu ombro). A outra eu sabia que daria um pouco mais de trabalho, então esperei um pouco antes de soltar Torchic. Assim que a pokemon de fogo saiu e ouviu a chuva foi possível ver todas as peninhas de seu corpo se arrepiarem, mas assim que viu Anthony dormindo ela logo tentou pular em cima dele e teria conseguido se Erick não tivesse segurado ela com seu Vine whip e a colocado no meu colo.

- Calma! Depois resolvemos isso, agora é melhor ficarmos quietos até a chuva parar. - Murmurei tentando manter Torchic quieta e mesmo me escutando ela só se acalmou mesmo quando Erick falou alguma coisa pra ela e só de ver a cara dos dois eu já sabia que se já o que o Snivy tinha falado, tinha alguma coisa a ver com uma vingança que os dois fariam depois. Coitado do Anthony...

Deixando de me preocupar com o que meus pokemon aprontariam, peguei a TM Flamethrower em minha mochila e logo a ensinei para Torchic, mas essa não tinha sido a única razão para te-la tirado do conforto de sua pokeball para sentir o vento frio e úmido da tempestade comigo. Aproveitando que ela também estava sonolenta, peguei minha mochila e coloquei Torchic deitada quase que em cima, para que ela aquecesse um pouco os ovos e antes que eu pudesse perceber, ela já estava dormindo também.

- Você poderia tentar acalmar o Wurmple? - Perguntei para Erick apontando para a minha mochila. Ele parecia não querer sair de onde estava, mas depois de pensar por um tempo logo Erick saltava para o chão e ia até minha mochila para tentar conversar um pouco com o pokemon inseto. Mesmo um pokemon corajoso como Erick não estava se sentindo muito confiante com todos aqueles raios, mas mesmo assim ele começou a falar com Wurmple com a mesma confiança que ele sempre demonstrava.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Vero Vento em Dom 23 Fev 2014, 23:43

Anthony rapidamente se arrumou e ficou satisfeito com seu visual, as suas botas estavam novamente limpas e logo ele e seu Cubchoo estavam cochilando. Lucia por outro lado decidia que não queria ficar parada, nem mesmo por causa das limitações daquele tronco e rapidamente guardava o seu novo egg e pegava duas de suas pokébolas.

Erick rapidamente saia de sua esfera e ia para junto de sua mestra, o jovem Pokémon ficava feliz por poder se esticar e logo a jovem liberava seu segundo monstrinho. Torchic não se sentiu feliz pela chuva, mas ao ver Anthony rapidamente esqueceu disso e ela teria pulado em cima da cara dele se não fosse pelo Snivy da ex-gladiadora. Pelo visto era bom Anthony ter cuidado.

A jovem dava continuidade a seus movimentos ao ensinar um novo golpe a Pokémon pintinho. Um Flametrower que só não deixou a pequena mais feliz pois ela sabia que se não o usasse com cuidado poderia colocar em risco as flores que ela tanto amava e preservava.

E em menos de cinco minutos ela já havia adormecido, mas ainda assim estava aquecendo os futuros bebês de Lucia. Erick recebia um pedido de sua mestra e logo o acatava, ia rapidamente até a mochila da mesma tentar conversar com o Wurple que havia entrado ali anteriormente.

A pouca luz que atravessava as nuvens fazia com que a garota ficasse cada vez mais sonolenta e logo seu Snivy se enrolava em seu pescoço depois de terminar sua conversa. As pálpebras da jovem ficavam cada vez mais pesadas e o sono ficava cada vez mais perto da jovem quando ela ouviu um barulho de explosão seguido do "crac" de uma árvore e gritos distantes.

Os barulhos eram muito discretos, exceto pela explosão, mas mesmo assim ela era a única ainda acordada. O que será que estava acontecendo em Seimei?


Off(1): Oi, assumirei sua rota a partir de agora e espero que goste da história.
Off(2): Ficha atualizada ;)


Última edição por Vero Vento em Dom 23 Fev 2014, 23:49, editado 2 vez(es) (Razão : Adicionar a parte do off.)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Seg 24 Fev 2014, 18:13

off: Oi Vero \o , espero que se divirta e que não me mate XD



Com Torchic já conhecendo todas as TMs que eu queria no momento, tudo organizado naquele espaço apertado e Torchic garantindo o conforto e segurança dos ovos e do que parecia ser o mais novo morador da minha mochila, eu já não tinha muito mais o que fazer então fiquei um tempo observando a chuva cair antes de pedir que Erick tentasse falar com aquele Wurmple selvagem.

Era estranho pensar em como um pokemon selvagem pode simplesmente cofiar em qualquer um que aparecesse, mas como isso poeria ter acontecido só por o pokemon inseto estar apavorado com a força a tempestade decidi deixar para pensar nisso depois. Erick não aprecia estar com muita vontade de conversar, talvez por ainda estar chateado com os acontecimentos em Grung, mas mesmo assim ele tentou acalmar o pokemon inseto.

Mesmo olhando apenas para a chuva e os raios que iluminavam toda a floresta eu ainda prestava um pouco de atenção no que acontecia em minha mochila. Depois de um tempo ouvindo apenas Erick falar sem receber nenhuma resposta que eu conseguisse ouvir pareceu que ele havia desistido de tentar, pois logo já estava de volta no meu ombro se preparando para cochilar. Não sabia o que tinha em dias de chuva que deixavam todos com preguiça e vontade de dormir o dia inteiro, mas sentada ali com todos já dormindo percebi o quão difícil era ficar acordada naquele momento.

Por um momento tentei me distrair olhando para as árvores mais próximas procurando mais algum pokemon ou alguém que estivesse tentando se manter protegido da chuva, mas isso era quase tão entediante quanto ficar olhando para própria chuva, então antes que eu percebesse já estava cochilando. Nem tive tempo de descaçar os olhos quando um som alto me acordou e quase me fez cair de cara na chuva.

Por um momento pensei em bomba ou algo do gênero, mas logo percebi que um raio deveria ter derrubado uma árvore e seja lá o que estivesse se abrigando por perto agora estava com alguns problemas. O som era tão distante e abafado pela chuva que eu não conseguia dizer nem se eram pokemon ou pessoas gritando, tentar descobrir de onde ele vinha parecia ser quase impossível para mim. Ainda incomodada com aquilo decidi acordar alguém que deveria conseguir ouvir um pouco melhor que eu ou qualquer outro humano normal. Depois de algumas cutucadas e de levar um rabo na cara quando Erick acordou querendo voltar a dormir, consegui convencer ele a não voltar a dormir.

- Você consegue ouvir de onde vem esses gritos? - Perguntei falando o mais baixo possível e logo ficando em silêncio para não atrapalhar. Erick ainda estava com o mau humor tipico de alguém que acabou de ser acordado, mas logo ele se levantou e fechou os olhos enquanto se concentrava apenas nos sons da floresta tentando ouvir de onde vinha os gritos. Será que realmente tinha sido um raio? Ficar parada esperando nunca tinha sido meu ponto forte, mas considerando a tempestade e o perigo dos raios com certeza era melhor esperar um pouco antes de sair correndo sem nem ao menos ter certeza de pra onde ir.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Érica em Dom 09 Mar 2014, 16:05

Off: te assumindo \o/ vamos nos divertir? \o/


A Exilada temia. O que estaria acontecendo? De quem seria os gritos? Poderia ser de humanos ou de algum Pokémon, talvez ferido ou em algum perigo, no entanto os raios dificultavam as tentativas de ouvir. A morena não conseguia distinguir muito bem com o vento e a chuva atrapalhando, pedindo ajuda para seu primeiro Pokémon, estando rabugento por ter sido acordado.

O Snivy se concentrava, Percival ficando em silencio, embora os roncos de Anthony desafiassem, dificultando a tarefa do Pokémon. O ursinho de gelo devia estar muito cansado, ou muito acostumado, para conseguir dormir com aqueles roncos. Erick lançou um olhar irritado para o homem, mas o som de mais um raio despertou o desespero de Lucia.

Um raio caiu na árvore onde estavam e agora estava em chamas.

O barulho alto, somado ao grito repentino despertou o outro exilado e Pokémon. O pequeno grupo se afastou as pressas, conseguindo sair a tempo com seus pertences. Torchic tremia claramente assustada, Wurmple estava ainda mais em pânico, saltando da mochila e fugindo das chamas tão rapidamente que chegava a surpreender, Anthony gritando de forma histérica e afeminada. Cubchoo choramingou, mas quando a exilada olhou, viu que o braço do Pokémon Ice havia se queimado. Não houve muito tempo, as chamas se espalhavam e tiveram que correr. Embora a chuva parecesse dar conta, não era bom arriscar, além de que, Anthony novamente corria tão rápido, que estava sendo difícil acompanhar.

A corrida durava algum tempo, quando o gigante finalmente cansou e parou, pegando fôlego. Lucia novamente o alcançava, também quase sem fôlego. O fogo havia ficado para trás e a chuva começava a ficar mais fraca, embora ainda gelada. O frio levou os dois exilados continuarem em busca de abrigo. Anthony reclamava quando escorregou, caindo sentado próximo do que parecia um córrego, estando muito mais cheio devido a chuva e rodeado por lama, aumentando as reclamações do homem. Erick e Cubchoo chamavam a atenção da morena, apontando para o que parecia um acampamento próximo do riacho.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Seg 10 Mar 2014, 00:17

off: \o/ vamos *w*



Em pé no meu ombro direito, Erick tentava ao máximo se concentrar no som que havíamos escutado e eu apenas observava prendendo inclusiva a respiração por ansiedade, mas por mais quieta que eu ou Torchic pudéssemos estar isso não reduzia o maior som naquele lugar, que eram os trovões, também conhecidos como ronco, que Anthony estava fazendo. Era realmente irritante e conseguia até atrapalhar mais do que os próprios sons da tempestade, o que depois de um tempo conseguiu tirar completamente a paciência de Erick, mas não tivemos tempo para isso...

No exato momento em que pensei acordar Anthony para ver se ele fazia menos barulho, o som de uma explosão me fez parar exatamente onde estava antes de finalmente perceber que se abrigar em uma árvore tinha sido uma ideia terrível. Erick havia se agarrado ao meu pescoço com tanta força que eu nem conseguia respirar direito, mas naquela situação, teria que tirar todos dali de qualquer jeito, pois mesmo com toda aquela chuva, a árvore estava ardendo em chamas por causa daquele raio.

- Vamos!! - Falei mesmo não sendo mais necessário, pois antes que eu pegasse minha mochila e Torchic, que resolveu se esconder no interior da mochila, Wurmple e Anthony já estavam longe do nosso abrigo em destruído. Com as chamas ainda mais intensas que na rota 2, corri para o mesmo lado que Anthony havia ido e mesmo quase não conseguindo ver ele, o som dele gritando "fogo" era fácil de se seguir.

Com a pressa que sai Erick acabou pendurado nas minhas costas se segurando nos meus cabelos e usando uma de suas vinhas na minha mochila para se manter um pouco mais estável, enquanto da Torchic eu só conseguia ouvir alguns leves piados enquanto ela se escolhia e tentava não se molhar dentro da mochila. Sentido pena por ela não poder entrar em sua pokeball (que ainda estava no meu bolso) finalmente consegui alcançar Anthony. Ele estava apoiado em uma árvore, tentando se recuperar daquela corrida inesperada, o que não era uma boa ideia, mas aproveitei para me recuperar também e deixar Erick voltar a subir no meu ombro.

Assim que não estávamos mais ofegando e que coloquei Torchic em sua pokeball antes que ela ficasse ainda mais encharcada, decidi que era melhor continuarmos andando. A única coisa que fez Anthony continuar andando foi a vontade de sair da chuva, mas isso não impediu de ficar reclamando. No começo eu até consegui ignorar, mas assim que ele caiu sentado no meio de uma poça enorme de lama próxima a um córrego eu não consegui me conter, comecei a rir muito dele.

- Pare de rir! Isso não é engraçado, minha roupa ficou imunda e....não! Essa lama não faz bem para pele!!! - Exclamou ele nem me deixando completar a piada mais usada nessas situações. Enquanto ele se levantava e fazia de tudo para tirar toda a lama de sua cara e rosto, parei de rir tanto quando Erick pulou para o lado do Cubchoo e ficou tentando me mostrar alguma coisa.

Olhando mais para longe na direção em que eles estavam apontando demorei um pouco para avistar, mas logo consegui ver o que me parecia ser um acampamento. As questões de quem ou por que alguém acamparia em Seimei naquela tempestade ficariam para depois, agora aquele era o único abrigo disponível, então era para lá que iriamos. - Acho que achei um lugar pra gente se secar! - Falei chamando Anthony para me acompanhar e irmos até o que esperava ser um acampamento.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Érica em Seg 10 Mar 2014, 23:36

Off: ;D


A correria repentina havia pegado todos de surpresa, tendo que se retirar as pressas. Embora a rapidez de Anthony, não foi difícil seguir os gritos histéricos do homem, ganhando cada vez mais distancia do fogo que destruía o antigo abrigo. A breve pausa era aproveitada, Torchic voltando a esfera e se abrigando da chuva, o Pokémon Grass conseguindo se apoiar no ombro de sua mestra.

Não existiam muitas opções a ser feito, além de voltar a andar e, para a exilada, aturar as reclamações de do homem que a seguia, até que este caiu numa possa de lama, conseguindo arrancar risadas da morena. As risadas só cessavam quando a dupla de Pokémon mostrou o acampamento. Anthony se erguia, reclamando da lama em suas roupas, sapatos e cabelo, reclamando da falta de hotéis na floresta ou de abrigos decentes, da falta de banheiras com hidromassagens, de comida decente, entre outros itens, mas acompanhava a exilada.

O acampamento parecia ter sido erguido num ponto estratégico. Algumas pedras ofereciam abrigo do vento, as árvores ali não eram altas, não tendo tanto risco de atrair raios. Os galhos pareciam ter sido tramados, formando uma espécie de “teto”, reduzindo consideravelmente a quantidade de chuva que chegava a barraca. Uma fogueira estava acessa, proporcionando calor e alguma luz, parecendo induzir os exilados a se aproximar.

Chegando mais perto, Lucia e Anthony viram um Yanma pousado num tronco quebrado, encarando-os de forma desconfiada. Ao seu lado, uma garota observava distraída a chuva, não parecia ter notado a presença dos recém-chegados. Anthony se aproximou do fogo, pouco se importando com o olhar indignado do Pokémon libélula, apenas reclamava do frio e da sujeira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Sex 14 Mar 2014, 01:50

off: se o post estiver com muitos erros é culpa do sono  Sleep 



Pingando lama e completamente encharcados por causa da tempestade, caminhamos de forma rápida em direção ao que parecia ser um acampamento. A cada passo Anthony conseguia reclamar de algo diferente, uma hora era de como estava sujo, depois de como queria um banho quente, depois começou a reclamar da chuva e dos trovões que não paravam nunca, mas quando ele começou a falar de como precisava de um tratamento completo em algum salão chique de Twister eu parei de prestar tanta atenção. Ouvi falar de banhos perfumados, massagens e comida de primeira não era o melhor incentivo naquela situação, principalmente quando se sabe que provavelmente nunca teria nada daquilo.

Com Cubchoo e volta no meu colo e Erick bem acomodado em meu ombro, logo chegamos até o estranho acampamento no meio da floresta. Mesmo sendo algo muito inusitado de se encontrar, aquele acampamento não tinha nada de mal feito ou qualquer sinal de que tinha sido feito as pressas. Tinha uma ótima proteção contra a chuva e uma fogueira que mantinha tudo muito bem iluminado e aquecido. Impressionante.

Sem esperar convite e me deixando de pé sozinha, Anthony logo se aproximou da fogueira para se aquecer e se secar, mas antes que eu pensasse em me juntar a ele finalmente encontrei quem construiu o acampamento e seu pokemon. Apoiados em um tronco estavam um Yanma muito desconfiado que não parava de nos encarar nem por um segundo e uma mulher que parecia distraída demais olhando as nuvens para perceber Anthony reclamando de fome ou eu e os pokemon parados olhando para ela.

- Hummm.... Podemos nos abrigar da chuva aqui? - Perguntei primeiro tentando agir como uma simples viajante perdida na floresta, mas se ela nos reconhecesse dos cartazes ou tentasse nos mandar de volta para a chuva, Erick já estava pronto para atacar aquele Yanma e minha mão livre já estava fechada em volta da pokeball de Torchic. Não queria arranjar confusão ou mais uma luta, mas como essas coisas sempre me perseguiam era melhor ficar preparada para qualquer coisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Érica em Sex 14 Mar 2014, 19:58

Off: e se tiver erros no meu, culpa é da falta de criatividade e cuidando hora pra n perder aula XD


As expectativas de encontrar um acampamento bem feito e localizado, que pudessem dar algum abrigo, eram praticamente mínimas, mas Cubchoo e Erick haviam encontrado. O local parecia ter sido feito antes da tempestade cair, estando nas melhores condições, impressionando a todos, menos Anthony. O homem reclamava da falta de um hotel decente e choramingava a falta de uma massagista.

Lucia observava os donos do acampamento. O inseto parecia pronto para atacar a qualquer sinal de ameaça, já a jovem nem parecia ciente da presença de qualquer ser vivo. A garota de cabelos azuis escuro observava a chuva, parecendo perdida em seus pensamentos. Quando a morena se pronunciou, pareceu que a outra havia finalmente “despertado”, observando a recém-chegada e não demonstrando muita coisa. Ela deu um sorriso fraco, que em nada tirou o vazio de sua face.

-Uma visitante, que bom. Faz algum tempo desde a última vez que vi alguém...

A garota se pronunciava, virando-se para Lucia, mas ainda sentada no tronco quebrado. Yanma ainda olhando desconfiado e pronto para um ataque. A exilada tinha a preocupação de ser reconhecida, ficando pronta para pegar a esfera de Torchic e Erick pronto para atacar, criando um clima tenso com Yanma. Quando a outra começou a mexer na mochila, a atenção de Lucia e seu Pokémon aumentou, mas se surpreendeu quando viu a garota de cabelo azulado lhe estender um disco.

-Fico muito tempo sozinha, é raro ver alguém. Eu vendo TM pra me sustentar, mas posso te dar uma de presente, mas só uma, as outras você tem que comprar. Certo?

O sorriso fraco ainda era sustentado, ainda era inexpressiva, mas não de uma forma macabra. O Pokémon libélula, por outro lado, não parecia disposto a dar um voto de confiança da morena.

-Eu sou Sara. Sara Bones. Quem é você?

Aparentemente, ou Sara passava tempo demais na floresta, ou não olhava cartazes de procurados. Parecia pouco provável ser alguma armadilha, embora o inseto ao lado de Sara ainda encarasse, dando alguns passos para perto da jovem. Parecia ser um Pokémon muito protetor, recusando-se a baixar a guarda até ter certeza de que os visitantes não eram uma ameaça.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Dom 16 Mar 2014, 00:49

off: ok XD
off²: *w* uhhh, TM de graça @w@



Ainda impressionada com a simplicidade e qualidade daquele acampamento, fiquei observando a mulher esperando uma resposta. O olhar perdido com que ela observava a chuva me fazia imaginar se era assim que eu ficava enquanto observava as flores e os Stylists que ficavam na praça principal de Nyender. As vezes eu sentia saudade daquele tempo que embora fosse complicado com meus pais sempre me pressionando cada vez mais para me focar apenas em treinamentos e estudos, definitivamente era muito mais tranquilo e fácil do que eu enfrentava desde que sai da minha casa pela ultima vez.

Parecendo finalmente me notar, embora ainda parecesse ignorar completamente Anthony assim como ele fazia esfregando as mãos perto do fogo tentando se secar e se aquecer um pouco, a estranha de cabelos azuis mantinha a mesma expressão vazia de quando estava observando a chuva, com apenas um sorriso meio vazio de diferença. Seu Yanma também mantinha a mesma expressão que antes, aliás acho que até ficou mais sério quando viu Erick se posicionar para saltar do meu ombro a qualquer momento, mas não estava interessada na pequena "disputa de encarar" daqueles dois. Antes de começar alguma batalha eu queria ver o que aquela mulher tinha a dizer.

Mexendo em sua mochila que parecia ter viajado muito com ela, comecei a ficar imaginando o que ela tiraria e o que faria com seja-lá-o que tiraria a mochila. Já sabia que não poeria ser nada grande, já que a mochila não era muito grande e duvidava muito que fosse algum pokemon, pois se ela quisesse lutar poderia muito bem usar aquele Yanma, então o que ela poderia estar fazendo? Com esperanças de que ela tirasse comida ou alguma coisa que ajudasse a tirar lama do cabelo, Anthony se levantou e ficou observando, mas não quis se afastar da fogueira por ainda estar com frio.

Onde eu estava até que recebia um pouco de calor da fogueira, mas eu queria logo me sentar mais próxima pois minha roupas ainda estavam tremendo e por mais que eu tentasse esconder isso, eu estava tremendo de frio. Antes que eu pudesse pedir para conversarmos mais perto da fogueira, a mulher finalmente encontrou o que estava procurando e para decepção de Anthony não era nada do que ele havia imaginado, mas mesmo assim era algo muito interessante. TMs.

- Meu nome é Lucia. Aquele ali é o Anthony, esse Cubchoo se chama..... Lord Bear, mas eu chamo ele só de Cubchoo mesmo e esse aqui é o Erick. - Falei fazendo uma apresentação breve, pois não queria ficar anunciando minha presença ali e também porque estava mais interessada naquelas TMs do que em qualquer outra coisa. - Eu aceito a TM e queria saber quais você esta vendendo e qual o preço delas. - Comentei aceitando o pequeno cd e imaginando que tipo de ataques Sara estaria vendendo em lugar tão...... isolado quanto aquele.

- A quanto tempo você esta acampada aqui? - Perguntei imaginando como ela conseguia se manter vendendo apenas TMs no meio de uma floresta tão grande quanto aquela. Não parecia que Sara estava mentindo ou planejando alguma coisa além de vender aquelas TMs, mas aquela história estava muito estranha tanto para mim quanto para Erick, então enquanto esperávamos Sara pegar as outras TMs e explicar quais ataques elas eram, nós dois ficamos atentos a qualquer movimento estranho.

Enquanto isso Anthony parecia não estar nem um pouco interessado em TMs, mas agora que suas roupas já estavam secas ele resolveu se ocupar limpando seu espelho favorito e ao ver um pente e mais alguns potes espalhados perto dele eu imaginei que em breve ele começaria um pequeno tratamento de beleza improvisado. Como tinha ficado o tempo todo no meu colo ou no de Anthony, Cubchoo não estava nem um pouco sujo, então aproveitou que não estava fazendo nada para tentar chegar perto de Yanma, muito curioso com aquele estranho pokemon que tanto o encarava.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Érica em Dom 16 Mar 2014, 17:10

Off: TM adicionada ;D


O olhar perdido da mulher trazia lembranças para Lucia, imaginando se fazia aquela mesma expressão. Distante, mas de alguma forma, tranquila e serena, como se nenhum problema existisse, ou qualquer outra coisa ao redor. Era como se Sara estivesse em um mundo apenas seu, mas apenas a chuva e o céu pudessem ainda alcançá-la. Viver com a mente longe era, inúmeras vezes, mais fácil do que ver a realidade, mas também perigoso. Ninguém pode imaginar os perigos que estão rodeando, mas esta tarefa era de Yanma, garantindo a segurança de sua senhora.

Lucia conseguia ser notada, talvez entrando no mundo imaginário da outra, ou simplesmente a despertando, mas Anthony ainda não havia se tornado visível para a campista. Yanma e Snivy se vigiavam, um aguardando uma ação do outro, já a exilada ficava de olho no que a garota procurava na mochila. Pokémon? Tinha um Yanma bem ao seu lado. Anthony pareceu ansioso, como se esperasse que a garota retirasse comida de qualidade ou algo que ajudasse com o cabelo. A demora, somada ao frio, despertavam o desejo de se aproximar das chamas e se aquecer, mas para sua surpresa, era presenteada.

-Muito prazer. Essa é Yanma. – Sara dizia, apontando para a libélula. A morena logo se interessava em saber quais os outros ataques que a garota possuía, vendo-a novamente mexer na mochila e erguer três discos. Um avermelhado, outro azul e o terceiro amarelo. – Vendo Fire Punch, Ice Punch e Thunderpunch, cada um por Pk$3.750. Quer algum?

Os ataques eram de interesse para diversas pessoas, mas era estranho ver uma pessoa os vendendo ali. O preço justificava como a garota conseguia se sustentar, mas era ainda estranho. A exilada e o Pokémon Grass se mantinham atentos ao seu redor, já Anthony cuidava de sua aparência, claramente desinteressado nos ataques.

-Estou aqui a... – A jovem ficou fitando o teto, pensando em quanto tempo estava lá, se inclinando para trás enquanto refletia. Yanma recuava um pouco, ainda desconfiada demais para aceitar a aproximação de qualquer visitante, quando Sara acabou caindo para trás quando se inclinou demais. A libélula voou, rodeando a jovem preocupada, obtendo um simples “ai” como resposta. Sara devia estar a um longo tempo ali...

Um movimento na mochila despertou a atenção de Percival, que ao visualizar, viu um dos ovos se movendo mais do que o costume.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Qua 26 Mar 2014, 00:23

off: TM *^*
off²: ovinho chocando *O*



Com Erick e Yanma se encarando como se fossem velhos inimigos eu fiquei um tempo analisando a TM em minhas para descobrir que era o Sword dance, um ataque que eu não sabia nada além do fato de ele ser de status. Enquanto tentava lembrar mais alguma coisa daquele ataque e sentia Erick mudando de posição para ficar mais confortável enquanto continuava com o "concurso de encarar", passei a observar o que mais Sara tiraria de sua mochila.

Assim que vi quais eram as TMs senti vontade de pegar as três, mas assim que ouvi o preço entendi como ela conseguia se manter apenas vendendo TMs e também vi que teria que escolher bem antes de comprar Tms tão boas quanto aquelas. Não é que essas sejam as TMs mais fortes de todas, eu tinha pelo menos três que eram muito melhores, mas tem algo nesses ataques que eu sempre gostei e depois de ver um deles sendo usado na rota 2, não tinha como eu não comprar pelo menos uma delas.

- Só por curiosidade, se eu comprar o Thunder punch e Ice punch teria como fazer por Pk$7000 as duas? - Perguntei já com minha carteira em e ignorando o fato de Erick estar agora me encarando e de Anthony ter falado alguma de parar de ser chata e pagar logo a mulher. Depois de comprar as TMs lamentando um pouco por não ter como pegar a ultima, estava indo guará-las em minha mochila quando a vi se mexer muito.

Imaginando um outro Wurmple se escondendo lá ou talvez apenas Zigzagoon fora de sua pokeball investigando meus itens de novo, fiquei surpresa quando abri o zíper e vi o ovo que havia salvo na rota dois se mexer muito mais do que o normal. Sem saber o que fazer, tirei o ovo da mochila e fiquei segurando ele em meu colo enquanto desejava mais do que nunca estar de volta no PEVOAK, pois Aya saberia o que fazer ou ao menos saberia o que estava acontecendo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Érica em Dom 30 Mar 2014, 16:51

Off: tm é lgl *-*
Off2: tem um bebê \o/ como se sente? <3
Off3: ficha atualizada \o


A morena analisava a TM, não sabendo muito além de que ela era uma TM de status, mas logo se interessava pelo o que Sara retirava de sua mochila. Teve o desejo de comprar todos os ataques que a outra garota possuía, todos muito conhecidos e populares entre os Gladiadores, mas o preço salgado fazia a mulher ter que escolher.

-Posso fazer as duas por 7,000 sim. Obrigada pela compra.

A campista agradecia, entregando os dois discos e guardando o dinheiro. Anthony reclamava por ela ter demorado e tentava olhar os novos ataques que a exilada havia comprado. No entanto, o movimento chamou sua atenção, tendo como primeiros pensamentos a possibilidade de um Pokémon escondido ou do Pokémon normal fuçando em suas coisas. Ambas as ideias foram descartadas praticamente em seguida.

O ovo se mexia muito, deixando Lucia sem saber o que fazer. Segurava-o em seus braços, sentindo cada movimento e ficando ainda mais preocupada quando viu uma rachadura se abrindo. A imagem de Aya cuidando do ovo veio em mente, junto com o desejo de encontrar um P.E.V.O.A.K., mas infelizmente, não havia nenhum por perto.

Sara se aproximou e sorriu, parecendo maravilhada com a visão. – Está nascendo... – A garota murmurou e, como se reforçasse suas palavras, o ovo começou a brilhar fortemente. A casca que antes protegia dava lugar a uma criatura pequena e de pelo amarelado e macio. A pequena roedora mantinha os olhos fechados, esfregando-os com suas pequenas patinhas. Uma marca de nascença em sua testa, formando um cristal de gelo, se destacava. A Pokémon observava ao seu redor, os olhos se acostumando com a claridade do fogo, encolhendo-se um pouco mais nos braços da exilada quando o vento soprou mais forte. A sobrevivente da rota 2 finalmente havia nascido, mesmo após tantas dificuldades.

Yanma e Erick haviam parado de se encarar, observando a recém-nascida. Todos pareciam maravilhados com o evento.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Moon_fire em Seg 31 Mar 2014, 17:46

off: sim @w@
off²: muito feliz *O* e com vontade de morder a Minun *w*
off³: \o/



Para a minha sorte, Sara aceitou minha oferta e mesmo que tivesse que deixar o Fire Punch para trás, agora eu tinha duas ótimas TMs que renderiam um bom lucro depois que fossem usadas nos meus pokemon. Com Anthony tentando de tudo para ver as TMs, menos tentar tirá-las das minhas mãos por ele achar que estavam sujas demais, demorei um pouco mais que tinha algo acontecendo na minha mochila, mas assim que vi deixei o ex-gladiador para trás e quase derrubei Erick com a velocidade que pulei para perto da minha mochila.

Sem entender o que estava acontecendo com o ovo da rota 2 e temendo que isso fosse alguma consequência de tanta chuva que ele tomou, fiquei segurando o ovo no colo. A cada segundo que passava o movimento aumentava fazendo com que algumas rachaduras começaram a surgir na casca e antes mesmo que Sara chegasse e falasse, eu finalmente percebi o que realmente estava acontecendo! Quando uma rachadura enorme apareceu passando por toda a volta do ovo, ele começou a brilhar com uma intensidade que superava a da fogueira.

Assim que a luz cessou eu e Erick abrimos nossos olhos para encontrar no lugar do ovo uma pequena pokemon amarela com lindos detalhes azuis que eu logo reconheci como uma Minun. A recém nascida parecia incomodada com a luz da fogueira, mas não demorou muito para se acostumar e começar a olhar em volta. Ela era tão fofinha com aquela marca de nascença incomum na testa que eu não conseguia para de admirá-la enquanto ela observava tudo e logo se encolhia um pouco com o vento frio da chuva.

Nesse momento me sentia péssima, pois estava totalmente encharcada, então não podia deixá-la aquecida pois eu mesma estava com muito frio. Sentindo Erick puxando minha orelha logo percebi que ele estava apontando para a fogueira e nem precisava de mais nada para entender. Pegando minha mochila com a mão livre enquanto segurava Minun firme no meu colo, fui me sentar perto da fogueira com Anthony.

- Podemos ficar aqui enquanto esta chuva não para? - Perguntei ajeitando Minun melhor para ela se esquentar com o calor das chamas, mas ela não parecia muito feliz ali e assim que viu o fogo se mexer um pouco por causa do vento, ela se encolheu um pouco mais.

Erick parecia ter ser se esquecido completamente de Yanma e agora estava em pé no meu joelho observando e tentando chamar a atenção da pokemon elétrica para ver melhor a marca de nascença dela. Anthony até estava interessado em Minun no começo, mas assim que ela parou de olhar em volta antes de olhar pra ele por causo do frio, ele parecia ter achado que não valia a pena ficar olhando pra ela e logo voltava a arrumar seu cabelo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela Empty Re: Perdidos em Seimei forest: O Nascimento de uma nova estrela

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum