II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Seg 29 Dez 2014, 03:44

OFF:
Olá narrador(a). Seja bem vindo(a) à minha rota e espero que possamos nos divertir bastante \o/

Eram mais ou menos 4 horas da tarde, quando sob a sombra de uma árvore, Asura admirava o corre-corre da cidade grande tanta gente passa estou só que era Nyender. Embora tenha passado praticamente a vida toda rodando pelo continente na companhia de seu mestre, o mesmo não tinha o costume de se estender por muito tempo nas cidades, de modo que preferia acampar nas rotas, além disso, da última vez que estivera em Nyender acabara sendo vitimado por um mal entendido que lhe custou a liberdade. Acariciava a cabeça de Safira, sua nova companheira de viagem, enquanto mascava um ramo de folhas retirado da árvore onde se recostava, e lia um exemplar de "Como Transformar sua Garotinha numa Verdadeira Dama", mais um de seus livros pedagógicos de gosto duvidoso.

Na verdade, o mais novo gladiador de Shinki - até onde ele sabia - até tinha pressa para deixar a cidade, entretanto, em sua constante preparação para a paternidade - mesmo que não houvesse bebê algum a caminho - o mesmo tinha uma meta diária de páginas para ler, e decidiu que tornar-se o maior gladiador do continente era uma ambição pequena quando comparada à vontade de ser pai.

Obviamente, para poder ser pai um dia, Asura precisava antes de tudo de uma mulher, mas não é como se ele não estivesse procurando por uma, estava numa cidade afinal, o lugar mais propício para ele encontrar sua alma gêmea e mãe de seus filhos, por isso, concentrar-se na leitura não o impedia de analisar bem cada rabo de saia que passasse por ele, até que encontrasse uma que fizesse seu tipo de fato, o que aliás não era tão difícil assim, tendo em vista que sua paixão por crianças só não era maior do que sua paixão pelo sexo feminino, fazendo a dificuldade da missão residir na correspondência de interesse por parte delas.

É claro que ele poderia simplesmente adotar uma criança, embora dificilmente alguém aceitasse uma doação vinda de um ex-presidiário sem residência fixa, para se dizer o mínimo, além disso, o homem era muito tradicional nesse aspecto, e por isso, queria um filho do próprio sangue.

Em resumo, era assim que Asura curtia sua primeira tarde como gladiador: sentado na grama sob a sombra de uma árvore, desfrutando de seu gênero literário preferido. O que no mundo poderia acabar com a paz daquele homem?

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Seg 29 Dez 2014, 13:42

O dia de verão parecia dar as boas vindas ao novo Gladiador, tornando convidativa demais a sombra sob a qual o ex-presidiário desfrutava sua leitura ao lado de Safira. A pequena axolote dormia ao seu lado, ressonando baixinho e com um sorriso na face, aparentemente satisfeita com a sensação da grama contra sua pele, totalmente alheia ao olhar de seu mestre que constantemente fugia das páginas para mirar as mulheres que passavam. Verão parecia ser uma época feita para tentar Asura, já que os vestidos cada vez mais pareciam se encolher, expondo, consequentemente, cada vez mais e mais belas pernas.

Infelizmente uma praça familiar parecia não ser o melhor lugar para encontrar sua futura esposa... As belas mulheres que surgiam estavam, normalmente, acompanhadas por homens que igualmente desfrutavam das férias. Famílias inteiras pareciam aproveitar o dia com seus filhos na praça, o que causava certa inveja no Gladiador que ansiava por seus próprios filhos. Quando uma mulher sozinha parecia um alvo ideal para ser abordado, a mão segurando o celular revelou uma aliança, indicando que alguém fora mais rápido que ele.

- Aqui Lusley! - Uma voz infantil dizia ao longe.

Instintivamente os olhos de Asura se voltaram, sondando a nova alma a circular pela praça. O rosto jovial era muito conhecido pelo ex-presidiário, bem como os pokémons que a acompanhavam. À sombra de uma árvore, a filha de Angélica parecia lutar contra uma toalha xadrez, tentando esticá-la no chão. Na árvore, um Swellow pousado vistoriava a região em busca de perigo e, ao lado da menina, um Luxray segurava com a boca uma cesta de onde se via, além de pequenas guloseimas, algumas bonecas e um kit de chá. Nas costas do leão, um Pachirisu e uma Marill. O elétrico não parecia feliz em servir de carga e montaria, porém não protestava. Sychi não teria nenhuma dificuldade em reconhecer o grupo, tendo em vista as inúmeras fotos da menina em revistas de fofoca. No extremo oposto da praça, igualmente atraindo o olhar do novo Gladiador, uma mulher desacompanhada e sem alianças parecia puxar as alças do vestido para baixo, aproveitando o sol para seu bronzeado. Uma visão muito convidativa... Ao lado de Asura, Safira ainda dormia e em seu colo o livro que queria atenção.


off: achou que estava livre de mim? XD

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Seg 29 Dez 2014, 15:03

OFF:
Ah não você de nov... Oiê, bem-vinda de novo xD aliás, bom uso da palavra axolote.
Muitas opções dadas num post só, vejamos...

O belo dia de sol que fazia naquela cidade, parecia convidar famílias e mais famílias a se reunirem ao entorno da praça onde Asura curtia despreocupadamente sua leitura. Ver todos aqueles casais felizes, o fazia se roer de inveja, ou melhor, o fazia roer com certa violência o ramo de folhas que mascava já há algum tempo. Todas aquelas mulheres exibindo anéis de compromisso no dedo faziam o gladiador pensar que não restavam mais mulheres solteiras em Nyender e que o melhor que fazia era se dirigir até a próxima cidade.

Entretanto sua sorte parecia mudar ao ver uma bela moça ajeitar-se para ser melhor banhada pelos raios de sol, tentando chamar a atenção da mesma, Asura levantava o livro para que ela pudesse avistar o título da obra que lia, como que gritasse imaturamente: "Olha como sou maduro, estou lendo livros pedagógicos".

Parecia, porém que seria outro ser do sexo feminino quem ganharia a atenção do ex-presidiário naquela tarde: ao ouvir uma voz infantil que o fez perguntar-se momentaneamente que diabos de nome seria "Lusley", virou o pescoço na direção diametralmente contrária, e pôde avistar o conhecido rosto da pequena Yasmin Haltz, filha da comandante Angélica Thompson - que o homem aliás não teve o prazer de conhecer durante sua curta estaia na Academia. Mesmo vendo toda aquela trupe de pokémon que a seguia, o homem não pôde deixar de questionar-se se não seria irresponsabilidade da cadete deixar a filha sozinha numa praça. Poderiam haver gangsters por ali, afinal.

Com um misto de preocupação, curiosidade e encantamento pela criança, Asura fechou o livro, colocou Safira no colo, e levantou-se, aproximando-se displicentemente da pequena sem se intimidar com os pokémon que lhe faziam guarda. Parou a uma distância segura e passou a observar silenciosamente a brincadeira solitária da garota com um sorriso bobo no rosto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Seg 29 Dez 2014, 21:46

Por um momento a ideia de deixar Nyender e partir para a próxima cidade foi mais forte em Asura, fruto das lembranças dos longos acampamentos em rotas com seu mestre, da certeza de que os cadetes não o queriam em Nyender e da visão dos anéis de compromisso nas mãos de todas as mulheres que frequentavam o parque. No entanto a visão de uma bela dama expondo os ombros para os raios solares o fez ficar e erguer o livro que lia, como se afirmasse com o gesto que era um homem maduro em busca de um compromisso sério. Todavia não foi a bela mulher que o fez se erguer, mas sim a visão da filha de Angélica.

Levado pela preocupação, pela curiosidade e pelo encantamento, o ex-presidiário guardou o livro que lia na mochila e pegou sua Mudkip no colo, despertando-a. Asura parecia não se intimidar com a presença dos pokémons da criança, apesar dos relatos já lidos sobre o Luxray e o Swellow. Enquanto ambos os pokémons pertencentes à comandante o analisavam com força, sem nem ao menos tentarem serem discretos em sua desconfiança, Yasmin e seus próprios pokémons pareciam mais ocupados e interessados em arrumar a mesa de chá.

Quando Marill, após ajeitar seu chapéu incrivelmente grande para seu tamanho, avistou Safira, acenou alegremente, fazendo a atenção da criança se voltar para o Gladiador. Pouco antes de Yasmin saltitar até Asura, pedindo se podia pegar Safira no colo um pouco, o homem viu que Luxray abaixava um pouco a guarda (muito pouco, mas ainda assim a reduzia). Para a surpresa de Sychi, contudo, um Alakazam o cutucava e lhe devolvia sua licença de Gladiador, logo depois fazia um gesto para Luxray e Swellow, desaparecendo em seguida. Aparentemente fora o fato de ter sua identidade de Gladiador que fez Luxray não afastá-lo de imediato da criança e a permitir ficar tão próximo de si.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Ter 30 Dez 2014, 01:20

Após ter abandonado a leitura, movido pela contagiosa presença de Yasmin, Asura sorria abobalhado enquanto observava a menina brincando com os pokémon. Tudo era encantador para ele, desde as inofensivas criaturas que entravam no jogo, até aquelas mais ferozes, notavelmente pertencentes à Comandante, que já não pareciam mais tão preocupados assim com a presença do agora gladiador. Olhou para trás quando foi cutucado, e virou-se esperançoso de ser a mulher com ombros desnudos que vira antes de se aproximar da criança, mas era apenas um ser humanoide, de longos bigodes, que lhe devolvia sua licença recém-adquirida.

-Minha nossa! Como eu derrubei isso e nem vi? Muito obrigado por encontrá-la, sem isso eu poderia estar perdido.

O homem falava despreocupadamente, e ignorando - ou fingindo ignorar - completamente que fora furtado pelo pokémon, e o produto do crime fora justamente o responsável pela súbita baixa na guarda do Luxray. Ao ver o Alakazam desaparecer de sua vista, Asura sequer deu-se ao trabalho de pensar sobre o assunto, observar Yasmin brincando era por si só um belo entretenimento para ele.

Qual não foi a reação do ex-presidiário quando viu a criança vir em sua direção encantada pela visão de Safira no colo daquele homenzarrão e implorando-o para que ele a deixasse segurar a axolote um pouco, o que o homem não viu problema algum e a estendeu a pokémon.

-Claro jovem senhorita, aqui. Ela se chama Safira, e eu sou Asura. Será que nós dois podíamos acompanhar tão distinta dama em seu chá da tarde?

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Qua 31 Dez 2014, 11:56

- Você fala engaçado. - Yasmin comentava já segurando Safira no colo e voltando pra a toalha xadrez.

A criança não parecia ter medo de nada nem ninguém, talvez devido à inocência típica de alguém tão jovem ou talvez devido à confiança em seus guardiões. Seja qual fosse o motivo, Asura agradecia a oportunidade de poder desfrutar daquela infantil brincadeira. Sem demoras, a criança alcançou uma xícara com um chá gelado para Asura e colocou um pratinho com um biscoito em frente Safira, junto com sua própria xícara de chá. A pequena Mudkip, no entanto, estava tentando acalmar Marill, já que está ficou incrivelmente mal-humorada após a axolote tentar tocar em seu chapéu.

- Quer biscoito também? - Yasmin perguntava para Asura, com um pratinho cor-de-rosa de plástico e um biscoito consideravelmente grande em cima.

Luxray mantinha-se sentado, vistoriando tanto o Gladiador quanto os arredores. Swellow, acima das árvores, parecia usar sua visão aguçada para acompanhar o movimento de cada pessoa daquela quadra. Alakazam (o furtivo pokémon) já estava esquecido por Asura, embora este não soubesse se o pokémon seguia por perto ou se havia ido para sua dona. No entanto o que mais chamava a atenção do ex-presidiário, era a sensação boa de estar sendo observado por alguém realmente interessante. Olhando por cima do ombro rapidamente, o Gladiador percebeu a mulher de ombros à mostra analisando-o, possivelmente intrigada por sua escolha.


Feliz 2015 o/

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Qua 31 Dez 2014, 13:50

OFF:
Feliz ano novo e que em 2015 Shinki nos traga muita diversão zD

Asura observava com uma expressão divertida Yasmin se aproximar dele sem nenhum receio e ainda caçoando de seu modo propositalmente pernóstico de falar. Sem se deixar abater, o gladiador continuou com se personagem quando sentou-se à "mesa", de pernas cruzadas. A cena por si só já era engraçado: ver um homem daquele tamanho sentado e tomando chá com uma criança, mas para tornar tudo ainda mais engraçado, o homem se recusava a sair do personagem, afinal fora isso que lera na conceituada obra "Papai Ator: Como Transformar o Faz-de-Conta numa Divertida Experiência Para Suas Crianças", e tentando apaziguar os ânimos entre os dois aquáticos que discutiam por conta de um chapéu, exclamou empolgado para Marill:

-Vossa senhoria possui um belo chapéu se me permite dizer! - e respondeu em seguida, ao ser-lhe oferecido um grande biscoito, que ele pegou com certa delicadeza - Me sinto honrado de partilhar vossa refeição.

Asura não sabia se o biscoito estava bom ou ruim, e desconfiado, preferiu esperar a reação dos outros convidados antes de experimentar o seu, entretanto, mesmo que estivesse completamente intragável, faria o máximo esforço possível para disfarçar e comê-lo sorrindo.

-E então senhorita? Quais as novidades deste tão belo reino?

Asura parecia entrar de cabeça na brincadeira, e talvez começasse a exagerar na atuação. Ciente disso, olhou em volta apenas para ter certeza de quem ninguém mais além da filha da cadete o observava e caçoava dele, porém teve uma grata surpresa ao perceber que a jovem que antes vira baixar as alças de seu vestido, era quem o observava agora. Fingindo superioridade, o vigarista centrava-se na brincadeira, enquanto esperava pacientemente que a moça tomasse a iniciativa de vir até ele - o que talvez jamais acontecesse.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Qui 01 Jan 2015, 13:28

Ser alvo do olhar da mulher de ombros à mostra era algo tão agradável quanto a brincadeira em si. Porém Asura estava determinado a mostrar sua superioridade permanecendo exatamente onde estava e aguardando (provavelmente muito tempo) até que a mulher se aproximasse. Na mão, o Gladiador ainda segurava o pratinho com o biscoito de sabor desconhecido.

- Não são muito boas...

A expressão entristecida de Yasmin ao responder à pergunta de Asura ganhou completamente a atenção do homem. Como bom pai que pretendia se tornar, nada podia ser pior do que tristeza em um rosto infantil e angelical. Nem mesmo a Marill constrangida com o elogio, ou o fato de tanto Luxray quanto Swellow também mirarem ocasionalmente à mulher desconhecida parecia ter importância no momento.

- O pincípe Daiki ainda não conseguiu se declala pá Pincesa Layla e... Ele fica muito tiste com isso...

O nome de Layla já era conhecido pelo ex-presidiário, já que o pequeno bebê fora alvo de todas as revistas de fofocas logo após nascer. No entanto o homem não fazia a menor ideia de quem poderia ser Daiki. A única certeza é que o olhar triste da garota não poderia ser somente por causa disso, a não ser que a filha de Angélica começasse a despertar um comportamento romântico exagerado... Safira, por sua vez, parecia morder o biscoito sem retirar os olhos da criança, talvez interagindo mais com a brincadeira. Contudo, ao provar o chocolate, os olhos da aquática brilharam e ela praticamente engoliu o resto do biscoito com pressa, esticando o pratinho em seguida e pedindo por mais. O gesto trouxe de volta o sorriso de Yasmin que, ao mexer em seu cesto, retirou mais um biscoito para a nova convidada.


off: começamos com evento novo e com sistema novo \o/

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Qui 01 Jan 2015, 19:47

OFF:
Eu vi! Já pode me adicionar 2 pontos xD

Ainda fingindo ignorar a mulher que parecia agora focar suas atenções nele, Asura continuava adentrando o mundo fantástico que era a cabeça da criança. Nela, a sua recém-nascida irmãzinha Layla era uma princesa, cuja mão era objeto de desejo de um príncipe, do qual o gladiador nunca ouvira falar. Então, mergulhando cada vez mais no jogo de Yasmin, o homem continuava o diálogo:

-O que falta para ele se declarar? Um pouco de autoconfiança ou coragem talvez? E a princesa Layla? Gosta dele também?

Asura fazia uma pequena a pausa para degustar o biscoito que lhe foi posto a disposição, a expressão de Safira ao morder o seu foi incentivo suficiente para que o fizesse, e descobrisse que de fato o petisco estava muito bom.

-Devo dizer à senhorita que talvez nunca tenha comido biscoitos tão bons quanto esses em toda a minha curta vida - Asura via o rosto outrora tristonho da menina abrindo um sorriso, e não se conteve a perguntar - além das desventuras amorosas da princesa Layla e do príncipe Daiki tem outra coisa incomodando vossa senhoria, não tem?

Por ter lido "Comunicação Não-Verbal Entre Pais e Filhos" no seu tempo na prisão, Asura acreditava poder entender o que uma criança realmente sentia mesmo sem ela dizer nada, obviamente que era uma pseudociência, mas o Vigarista ignorava tal fato e esperava ansioso para saber se sua "leitura de sinais" estava correta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Qui 01 Jan 2015, 20:46

Yasmin parecia feliz ao ouvir o elogio sobre o biscoito, logo pegando outro em seu cesto enquanto respondia que o príncipe Daiki era muito corajoso e enfrentava todos para poder conhecer a princesa Layla, no entanto o rei e a rainha achavam a princesa jovem demais, então não deixavam os dois se conhecerem. Contudo parece que uma fada ouviu a história, segundo o relato de Yasmin, e estava vindo de um reino distante para ajudar os dois a ficarem juntos.

Pouco depois, fazendo uso do conhecimento adquirido em uma de suas muitas leituras durante o período na cadeia, Asura parecia tocar em um ponto sensível para a menina. Yasmin olhou para ele de canto de olho e depois sentou-se em seu lugar ainda cabisbaixa. Luxray, imitando parte do gesto da menina, voltou o olhar para Asura como quem o adverte a tomar cuidado com as palavras.

- Uma buxa má tá atacando um luga muito distante... E mamãe uma hola vai i lá potege todo mundo... - Yasmin iniciava seu relato, obviamente falando da guerra que assolou a cidade de Kalled. Para o Vigarista, no entanto, era claro que Angélica não iria tão cedo para a luta, tendo em vista que faltam meses ainda para encerrar sua licença maternidade. No entanto ele permaneceu quieto, aguardando que Yasmin encerrasse seu relato. - E... Se mamãe for lá, papai é quem vai faze os biscoitos po chá e ele sempe queima eles...

Sychi mirava a criança, pensando nos inúmeros desdobramentos do relato. Desde a confiança excessiva em Yasmin de que sua mãe venceria a bruxa e retornaria para casa após deixar todos em segurança, até o fato de que ele estava comendo biscoitos feitos pela comandante dos cadetes. Swellow e Luxray pareciam começar a se agitar, porém isso passava desapercebido pela criança. Safira, por sua vez, devido ao pouco treinamento ainda recebido, parecia mais preocupada em pedir seu terceiro biscoito, não reparando no perigo que os outros dois pareciam sentir no ar.

+2 pontos no cartão fidelidade por post feito em menos de 12h para Yurisas


off: o legal é q eu tb vou ganhar por responder em menos de 12h @w@

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Qui 01 Jan 2015, 22:17

OFF:
Opa, então é um incentivo pras rotas terem posts mais frequentes \o/
Tava me divertindo com a Yasmin, mas parece que vai começar a ação, né? xD

A explicação de Yasmin sobre o curioso casal não dizia muito a Asura, que logo se aprontava em receber outro biscoito da menina, não sem antes pensar que, mesmo que indiretamente, Angélica Thompson em pessoa havia-lhe feito alguns biscoitos. Ainda não conseguia entender muito bem quem - ou o quê - poderia ser o tal príncipe, mas os pensamentos sobre a novelinha logo deixaram a mente do gladiador ao ver a garotinha novamente esboçar uma expressão triste. Aquilo o deixou mais preocupado do que o olhar de censura que recebera de Luxray. Faltava tato ao homem, o que não parecia ser algo que ele estava disposto a adquirir.

Asura estava surpreso com o tanto de informação que a menina detinha, apesar de ser filha da comandante titular, ela era apenas uma criança, como poderia saber tanto sobre o que acontecia em outra cidade? Mas focava-se na válida preocupação da menina acerca de sua mãe. Ele sabia que por mais que Angélica fosse uma mulher durona, não seria tão fácil conter o levante gangster, mas a filha tinha tanta fé na mãe, que Asura quase acreditava que como num conto de fadas tudo se resolveria como a garota dizia. Mesmo assim, tentou achar as palavras certas para consolar a menina, e fugir da ira do pokémon elétrico que a acompanhava:

-Ah não se preocupa. Talvez a bruxa má seja derrotada antes mesmo da Srta. Thompson aparecer por lá.- Asura podia não acreditar naquilo, assim como também não acreditava que o Governo deixaria de enviar Angélica a campo caso as coisas se complicassem, simplesmente por conta da licença maternidade da mesma. - E bem, por que você não ajuda seu papai a fazer os biscoitos da próxima vez? - uma vez ele lera em "Cozinhando com o Papai: como transformar seu filho num Masterchef" que cozinhar com os filhos além de ser um belo passatempo poderia ensinar muito não só às crianças como aos adultos também.

Repentinamente, o comportamento dos guarda-costas de Yasmin mudavam drasticamente, e o homem não conseguiu deixar de pensar que talvez agora eles o consideravam um inimigo. Entretanto, visto a demora dos mesmos em partir contra ele, logo viu que não se tratava daquilo. Então tudo que pôde dizer, também mudando seu tom de voz drasticamente, foi:

-Safira, quero que venha até aqui, e esteja preparada para entrar em combate.

O homem ainda fez um movimento virando o pescoço, procurando por suspeitos, além de se certificar que a moça que antes lhe chamara atenção ainda estava presente no recinto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Sex 02 Jan 2015, 21:46

off: sorry a demora x.x fui escrever o cap da fic e só terminei ele às 3h @.@ e hj foi banco x.x
off2: vc ganha mais 2 pontos \o/ e eu ganho 0 .x.x


Yasmin parecia prestar muita atenção às palavras de Asura, fazendo com que ele tentasse transmitir ainda mais fé no que dizia, apesar de sinceramente não acreditar. Era de conhecimento do Gladiador que, se a situação exigisse, Angélica teria de retornar à ativa antes do prazo e assumir a frente da batalha uma vez mais, assim como era de seu conhecimento que, mesmo ele, poderia ser convocado a qualquer momento, não importando que não tivesse ainda poder para realmente influenciar em uma batalha tão grande. No entanto, não era na batalha que o Vigarista queria se concentrar, seu foco no momento era retirar o olhar triste do rosto da criança, objetivo conquistado quando sugeriu que a menina ajudasse o pai na cozinha.

- Melho cozinha com a mamãe... - A pequena respondia séria e pegando o pequeno bule de chá e enchendo as xícaras com um suco.

A brincadeira parecia voltar ao normal, pelo menos até o comportamento dos pokémons guardiões se tornar incrivelmente hostil. Por um momento o Gladiador achou que ele era o alvo, porém como não sofreu nenhum ataque, alertou Safira e virou a cabeça para os lados, em busca tanto da dama que antes o observava quanto de possíveis inimigos.

- Qual o pobema? - Yasmin perguntava de forma ingênua.

Ao final da pergunta da menina, ao mesmo tempo em que Safira terminava de se levantar. Asura sentia as asas de Swellow a suas costas. Olhando por sobre o ombro, o homem via o pássaro com um Vibrava entre as patas. O bater de asas do Dragão começava a causar dor de cabeça em Asura. O pássaro da comandante, como a maioria dos exemplares de sua espécie, não era grandioso, então apresentava dificuldades em segurar o corpo maior do inicial Apocalipse. As asas pretas constantemente roçando nas costas do homem, em busca de espaço para tentar alçar voo.

O rosnado baixo de Luxray chamou a atenção do Gladiador que se deparou com uma Nidorina desmaiando no chão, enquanto pequenos raios de eletricidade ainda corriam por seu corpo. Yasmin parecia manter a calma, com Pachirisu já enrolado em seu pescoço e Marill ao seu lado segurando o chapéu com força. Vendo a cena, por um momento, o Gladiador pensou que estava tudo bem. Um dos atacantes já estava nocauteado e Swellow parecia estar dominando o segundo, além de que o som dos gritos dos cidadãos certamente atrairia a atenção de cadetes próximos. Todavia o grito de um Flygon se aproximando o alertou uma vez mais. A mulher de antes acenava para ele, talvez chamando-o para uma rota de fuga segura, ao mesmo tempo que um Steelix era materializado no campo. Yasmin, por sua vez, não chorava, mantendo-se quieta com seus dois pokémons mais novos exatamente no meio de seus dois guardiões.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Sab 03 Jan 2015, 00:58

OFF:
Aqui tem menos de 24h de diferença entre as postagens '-'
E agora, o que eu faço?

As palavras de Asura pareciam surtir algum efeito em Yasmin que logo retomava à brincadeira como se o assunto nunca tivesse mudado. O gladiador tinha cumprido o objetivo de afastar a tristeza do rosto da menina.

Entretanto, a paz era interrompida pelo comportamento destoante dos pokémon que faziam, guarda à menina. Tudo acontecia tão rápido que quando Asura dera o comando para Safira, a interferência da mesma já não era mais necessária e mesmo que fosse, ao ver a estirpe dos adversários o homem logo soube que não faria a menor diferença naquela batalha, assim fez a única coisa que poderia fazer: procurar uma rota de fuga, mesmo que talvez os pokémons da mãe da garota já estivessem trabalhando nisso.

Aliás, fugir do que? Os atacantes já estavam neutralizados, não? Não. A respiração aliviada de Asura era interrompida pela aproximação de um dragão verde e a aparição repentina de uma grande serpente metálica, estranhamente, não conseguia vislumbrar qualquer ser humano se aproximando. O que ele e sua Safira poderiam fazer contra aquelas criaturas?

Olhando mais ao longe, viu a moça ainda sem nome acenando para ele, provavelmente conhecia algum caminho, mas também poderia ser uma armadilha. Que se dane, se era uma armadilha. As chances de conseguir sair ileso daquele ataque eram praticamente nulas, talvez ao seguir a mulher conseguisse ter mais chances. E claro, tinha uma chance de não ser uma armadilha, e na verdade era o amor que lhe sorria. Claro, só podia ser isso.

Entretanto, não podia deixar a pequena sozinha ali, mas antes tinha que convencer seus protetores a agir conforme suas intenções.

-Luxray, sei que você não me conhece e que provavelmente eu não aparento nem um pouco ser alguém digno de confiança. Mas sejamos realistas: se eu ficar aqui não poderei fazer nada, e Yasmin vai continuar exposta. Me deixe levá-la para um lugar seguro, prometo que vou protegê-la. No que depender de mim, criança nenhuma jamais irá se ferir. Provavelmente a srta. Thompson já deve estar a caminho, afinal aquilo - aponta para Steelix - não passará desapercebido. Quando tudo se acalmar prometo que voltarei - tateou as próprias roupas em busca da sua licença de gladiador e estendeu ao elétrico- Aqui. Não posso ir muito longe daqui sem isso, do contrário os cadetes me perseguiriam por toda parte, e eu não quero isso. Estamos fechados?

Por fim, o homem sem esperar a resposta do leão pegou Yasmin nos braços, retornou Safira para a sua Pokébola e pôs as duas criaturinhas da garota sobre os ombros e se dirigindo até a bela jovem numa velocidade considerável.

-Olá bela Asura, me chamo donzela... - disse num tom meio abobalhado - Digo, me chamo Asura. Asura Sychi. E então, conhece algum lugar onde podemos fugir dessa bagunça?

Evitava perder muito tempo admirando as curvas da mulher, precisava sobreviver se queria ter alguns momentos a sós com a jovem depois daquilo, e ainda carregando uma confusa Yasmin nos braços, olhava para todos os lados, procurando saber para onde a moça poderia levá-los.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Sab 03 Jan 2015, 23:14

Asura não esperava pela resposta de Luxray, recolhendo Safira e pegando Yasmin no colo. A licença ficava para trás, como prova de confiança para o leão. Os pokémons da criança se equilibravam no ombro do ex-presidiário, o que dificultava um pouco a fuga, tendo em vista que Marill parecia muito preocupada em não perder seu chapéu. Quando se aproximou da mulher, o Gladiador se atrapalhou um pouco nas palavras, logo recuperando o tom de voz e lutando para não desviar os olhos para o belo corpo.

- Venha, por aqui. - Ela dizia correndo na frente e conduzindo a dupla.
- Mas, e Lusley? - Yasmin perguntava olhando por entre o pescoço de Asura e a pata do Pachirisu.

O Vigarista logo acalmava a garota, dizendo que o pokémon os encontraria em pouco tempo. Com a criança sem fazer muitas perguntas, o Gladiador se permitia divagar sobre as intenções da mulher a sua frente. No fundo seu desejo era que a mulher fosse uma boa pessoa e tivesse algum interesse nele, desejo esse alimentado ao ver que o primeiro beco pelo qual ela os conduziu realmente levava para uma rua aberta, permitindo assim uma fuga. Contudo, quando após três becos cruzados diferentes, Asura se deparou com um beco sem saída, soube que algo estava errado.

- Acho que aqui já está bom. - Ela dizia, quase fazendo uma falsa esperança surgir no coração do Gladiador. - Agora, você pode deixar a menina e ir embora. - Ela complementava, revelando seu real desejo. Yasmin, que já estava no chão, deu dois passos para trás, ficando atrás do Gladiador, deixando clara sua desconfiança na desconhecida.

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 1617790-bigthumbnail


off: não entendi a pergunta @.@
off2: post em menos de 12h, +2 pontos

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Dom 04 Jan 2015, 03:02

OFF:
Ah, é pq a situação que vc me colocou meio que me fez ter que pensar bastante kk
E só tá piorando @_@

Por breves segundos, Asura estava vivendo seu maior sonho: tinha em sua companhia uma bela mulher, além de uma adorável criança. Não fosse tal criança filha de uma das pessoas mais poderosas da região, talvez não demorasse muito para que os três formasse uma família de verdade.

Porém, os sonhos do gladiador eram logo quebrados pela cruel realidade: ele seguia cegamente a mulher, mesmo que ela ainda não tivesse revelado sua verdadeira identidade, com Yasmin ainda no colo. E logo ambos eram levados até um beco sem saída, onde a mulher pôs-se a ameaçar a dupla. Com toda a tranquilidade do mundo, Asura vestiu uma expressão de mais profundo tédio, enquanto colocava Yasmin e seus pokémon no chão, em seguida virou-se para a mulher e começou a falar lentamente:

-Quem diria - disse Asura num tom surpreendentemente sério, de modo que só ele pôde reconhecer a ironia em suas palavras - uma armadilha. Seria um déjà vu? Olha, não sei se sua mãe nunca leu "A Importância das Palavras Mágicas na Criação dos Filhos", mas nunca é tarde para aprender algumas coisas: Primeiro: Eu disse meu nome, espero que vossa formosidade pelo menos retribua o favor. Segundo: Falando em favor, quando você quer alguma, deve pedir com educação. Terceiro: Cobiça é uma coisa muito deselegante. Essa criança é minha, você não sabe como foi difícil despistar aquele Luxray, se você também tem um espírito maternal aflorado, sugiro que procure outra para si, mas se preferir, podemos divido-la - disse, piscando um olho charmosamente - e quarto: não tem como abaixar esse decote um pouco mais não?

Asura sabia que como o simples iniciante que era, talvez não pudesse fazer muita coisa contra aquela mulher, afinal seria muita burrice enviar alguém para raptar a filha de Angélica se esse alguém não tivesse uma equipe de pokémon muito bem treinada. Entretanto, seu instinto era de proteger a criança ali, de forma que provocava a mulher para ganhar tempo. Colocava o braço direito em volta do diminuto da assustada garota enquanto levava a outra mão para a pokébola de Safira dentro do seu kimono. Se as coisas esquentassem antes da hora, ele não desistiria sem tentar e não hesitaria em lançar sua aquática para combater uma possível ameaça. Além disso, talvez pudesse contar com a ajuda de Marill e Pachirisu, mesmo que não parecessem ser muito fortes, qualquer ajuda naquela situação era bem vinda, afinal a vida de uma criança estava em jogo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Seg 05 Jan 2015, 01:15

off: é por causa disso q o povo diz q sou malvada u.u frescura deles n acha?
off2: sorry a demora @.@
off3: se quiser agendar uma maratona, podemos tentar achar um dia por MP ;D


A bela mulher a sua frente abria um sorriso conforme Asura listava algumas lições e sugestões. O leve balançar de cabeça indicando que ela considerava tudo aquilo uma grande brincadeira. O comportamento dela talvez indicasse que o Vigarista obteria exito em distrair a gangster, contudo quando ela levantou os olhos em sua direção uma vez mais, ele apertou a pokébola de Safira, preparando-se para o que quer que acontecesse.

- Prazer em conhecê-lo Senhor Sychi. - Ela dizia erguendo delicadamente as laterais do vestido em uma pequena reverência perfeitamente realizada. - Meu nome... - E Asura se via hipnotizado pelo rebolado da mulher enquanto ela se aproximava de si, sem nenhuma esfera nas mãos e sem nenhuma arma aparente. - É Jane... - Ela complementava dando um pequeno beijo na bochecha do homem, atingindo em muito sem querer pessimamente disfarçado a lateral do lábio masculino.

Yasmin mantinha-se quieta, encolhida contra a perna do homem, constantemente olhando para trás em busca de Luxray ou Swellow. Asura, contudo, respirava profundamente, absorvendo o maravilhoso perfume que aquela estranha mulher emanava.

- E eu sei que essa criança é tão sua quanto minha... - Jane seguia falando deslizando os dedos belo braço do homem até alcançar a mão sobre o ombro de Yasmin. O toque macio sentido plenamente através do tecido grosso dos kimonos tradicionais. - Então, por favor, deixe que uma mulher tome conte dela. - Ela complementava segurando os dedos do Gladiador e tentando removê-los dos ombros da menina.

Pachirisu parecia rosnar, subindo em Yasmin em soltando faíscas por suas bochechas. Marill esquecia seu chapéu, abrindo os braços claramente zangada. Os pokémons queriam sair do beco e a menina se agarrava com mais força na calça do Gladiador que estava sem sua licença por perto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Seg 05 Jan 2015, 03:19

OFF:
Ah, por enquanto tá divertido, só espero que a rota não vire uma tragicomédia mais tarde D=
Amanhã mando uma MP, mas só adiantando, eu to livre todo dia pela tarde, já que to de férias da facul.

Asura suava, de nervosismo, não medo. Claro que era aterrorizante aquela situação, uma mulher desconhecida fazendo-lhe ameças subliminares - e que ele esperava que não passassem ao nível liminar - enquanto tentava - com muito sucesso - seduzi-lo. Respirando fundo, e não podendo deixar de sentir o belo perfume da moça, o gladiador tentava no momento controlar o próprio corpo enquanto pensava em uma resposta tão cretina quanto a que tinha dado anteriormente:

-Jane - ele dizia alguns minutos após a mulher desgrudar os lábios de seu rosto, a voz um pouco trêmula - Só Jane? Qual é, como eu vou poder te procurar depois? Aliás, belo perfume, qual seria ele?

Ao notar a inquietação de Yasmin, e a tentativa da figura feminina em tentar tirá-la de seu poder, o moreno tentava encontrar mais palavras para continuar aquela distração. Apesar da tensão, ele não poderia dizer que não estava se divertindo, quando a sua opositora resolveu tomar mais uma iniciativa e reiterar seu pedido. De alguma forma, as palavras da mulher pareciam quebrar momentaneamente a hipnose de Asura, que se mostrava estranha e verdadeiramente ultrajado, levantando sua voz muito mais do que o aceitável:

-Ei, ei. Calma ai. Depois de todos anos, com uma guerra no caminho, e você vem me dizer "Deixe ela comigo por que eu sou uma mulher e todos sabem que os homens são irresponsáveis que não sabem tomar conta de crianças? Sério? Onde está a igualdade entre os gêneros? Vocês mulheres lutam tanto pelos seus direitos, salários mais altos e coisa e tal, viram líders de gangues, comandantes de cadetes, traficantes de pokémon super-procuradas, mas quando chega na parte boa não querem saber de divisão, não é mesmo? Típico - complementava abanando a mão, como se afastando-a do domínio da moça - vamos, Yasmin, não dê muita bola para essa daí.

Asura bufou forte, virava-se de costas e pegava a mão da criança com firmeza, começando a andar calmamente enquanto posicionava o corpo dela frente ao seu próprio, caso fossem vítimas de um ataque pelas costas, usaria-se como escudo. Fez sinal a Pachirisu subir em seu ombro de modo que pudesse ver o que a mulher aprontava. Por fim, apertou a pokébola de Safira com mais força. Se o esquilo pudesse avisá-lo a tempo, quem sabe o vigarista ainda não poderia fazer um ou outro movimento, para prolongar aqueles momentos de espera por ajuda?

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Ter 06 Jan 2015, 13:13

off: sorry a demora =x mamy andou precisando de mim @.@
off2: tragicomédia são as melhores )o) -apanhaXD


Sem querer Jane destruía os efeitos que estava conquistando no Gladiador ao insinuar que uma mulher cuidaria melhor da pequena Yasmin e ele logo se virava, preparando-se para sair do beco e levar a menina consigo. O corpo grande servindo de escudo caso alguém atacasse por trás. Pachirisu, sem dificuldades, escalou o Vigarista, mantendo-se em seu ombro e analisando a estranha que parecia muito querer levar a filha de Angélica.

- Se prefere pelo jeito difícil...

A voz surgia baixa como uma ameaça e Asura percebia que ela partiria para a ofensiva real. No instante seguinte Pachirisu pulou por sobre seu ombro, na mesma hora em que uma esfera se abria materializando um Poochyena em campo. O cão infelizmente escapava para o lado do Iron Tail desferido pelo esquilo. Olhando para trás, o ex-presidiário via um Deerling se materializando ao lado da bela mulher.

- Não posso desperdiçar essa oportunidade. Não com os Apocalipses criando um verdadeiro escândalo naquela praça.

As palavras da moça revelavam algo que era fortalecido pelo pokémon que ela possuía: era uma Armagedon. Os raios de Luxray podiam ser vistos ao longe, indicando que ele ainda lutava contra os dois oponentes ou, quem sabe, até contra novos oponentes. Asura, contudo, estava sozinho contra a outra mulher. Atrás de si, uma faísca elétrica reluzia, mostrando que o pequeno Pippy não era tão inofensivo quanto aparentava, apesar de ainda não ter nem 30% do poder dos pokémons da Comandante.

- Mas essa briga não é sua Gladiador. Então, aproveite a oportunidade. Caía fora. - Ela reiterava, com sua voz macia.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Ter 06 Jan 2015, 17:52

OFF:
No problem /o

Como que desperto de um transe, Asura armava uma peculiar rota de fuga, mas após a primeira frase formulada por Jane fazia ele parar. O homem não perderia a chance de dar uma reposta mal criada para ela.

-É verdade, já estava te achando muito fácil. Você seba, uma mulher tem que se dar ao respeito. Ou estou sendo machista agora?

Asura se virava com uma expressão divertida, e encarava a mulher, finalmente tirando a pokébola de Safira de dentro do kimono, e liberando a criaturinha que lá repousava. Safira estaria sozinha contra dois oponentes, e um aparentemente tinha vantagem de tipo contra ela. A unica opção seria utilizar os pokémons de Yasmin.

-Apocalipse, Armagedon. Não me importa muito sabe? São tudo farinha do mesmo saco. Com certeza nas suas mãos essa garota não teria um uso muito diferente do que nas mãos deles - em seguida abaixou-se na altura da criança - E então, senhorita - dizia, sem jamais sair do personagem que incorporara no momento em sentara naquela toalha xadrez- já batalhou alguma vez? Porquê acho que esse é o melhor momento para aprender. Se não sabe o que fazer, apenas me acompanhe e tente derrubar os pokémon dela, ok?

Provavelmente, como filha de Angélica Thompson, a garota já tomara uma ou outra lição de batalha. Asura duvidava muito que aqueles pokémon eram apenas bichinhos de estimação, seria subestimar em muito a inteligência da comandante. O comportamento do Pachirisu parecia confirmar isso. O homem levantou-se e encarou Jane mais uma vez.

-É, algo me dizia que nós não estávamos destinados um ao outro. Uma pena, até que você faz o meu tipo. Eu tenho esse probleminha de me meter onde não fui chamado, sabe? Essa cicatriz no meu rosto é prova disso. Enfim, sem mais delongas, vamos começar o show! Safira, vamos começar com dois Growls para reduzir o poder de ataques dele.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Qua 07 Jan 2015, 12:56

off: não esqueceu da TM q ganhou de natal né?


- Eu não gosto de batalhas... - A menina respondia de cabeça baixa, como se ficasse triste por não poder ajudar.

A frase Yasmin parecia uma surpresa para Asura, tendo em consideração a genitora da criança. Olhando por cima do ombro, o homem via Pachirisu ainda enfrentando Poochyena. A cauda do esquilo brilhava prateada enquanto ele girava e tentava incessantemente acertar o cão. O treinamento do elétrico poderia estar ainda no começo, porém a comandante já havia preparado-o para algumas situações aparentemente.

- Você realmente não entende nada, não é? - Jane falava, ganhando a atenção de Asura. Com Pachirisu assumindo a frente sozinho contra Poochyena, cabia a ele tentar impedir a Deerling. - Comparar Armagedons a Apocalipses... Prova que realmente não sabe de nada... - A bela seguia falando, claramente se sentindo ofendida. Deerling abaixava a cabeça, raspando o casco no chão e preparando-se para o ataque. - Deerling, combata Growl com Growl!

Com os comandos dados, tanto Safira com o pequeno cervo abriam as bocas, gritando e liberando o ataque que reduzia seus ataques. Ambos ainda frente a frente, preparados para algum ataque. Yasmin colocava as mãos sobre os ouvidos, tentando não ouvir os sons da luta, o que se tornava muito difícil ao se considerar que Growl é um ataque relativamente alto e a outra batalha parecia estar muito mais ofensiva e agressiva. Marill se aproximava da criança, fazendo um carinho em seu braço e tentando distraí-la. Asura, por outro lado, tentava entender como a menina podia colocar tanta fé em sua mãe nas batalhas, falando com certo orgulho e, perante uma luta, se encolher assustada.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco de Nyender. Algumas latas de lixo próximas. Uma escada de incêndio no prédio da esquerda.
II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 258
Mudkip/Safira - Lv.5 - Trait:Torrent
100%, Status: -2 Attack
Vs.

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 585-summer
Deerling - Lv.5 - Trait:Chlorophyll
100%, Status: -2 Attack

- Deerling, use o Camouflage! Depois use sua audição para determinar o melhor momento e atacar com o Tackle! - A mulher seguia atacando, determinada a vencer aquele duelo e sair daquele beco antes que Angélica os localizasse.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Qua 07 Jan 2015, 14:36

OFF:
Esquecer eu n esqueci, mas segundo a Shinkidex não dá pra ensinar o move pra Mudkip :(
Se possível, pode revisar a pontuação do evento, nas duas vezes em que só ganhei um ponto? Pq aqui aparece que a postagem foi em menos de 12h, e não 24.

-Tudo bem pequena - Asura dizia numa tentativa de confortar Yasmin - não precisa se preocupar com isso. Pode deixar que eu te protejo enquanto sua mãe não chega, tá bem?

O gladiador não tinha mais tempo a perder, a sua adversária continuava falando e falando o que poderia indicar que seu foco não estava 100% na batalha. Olhou de relance para ver como Pachirisu se saía e logo voltou as atenções para Safira. Só lhe restava confiar que o elétrico poderia dar conta de seu adversário, Mas e ele? Será que poderia?

Observava calado o embate das ondas sônicas entre Mudkip e Deerling, e respirava um pouco aliviado. A mulher não parecia ter muito mais experiência do que ele, o que talvez não tornasse as coisas tão difíceis.

-Em algumas ocasiões, a ignorância é uma benção. Admito, talvez vocês sejam um pouquinho menos piores do que os Apocalipse, e também não sei se o mundo é pior ou melhor com os cadetes no poder, mas a partir do momento em que precisam usar uma criança para atingir seus inimigos, vocês provam que não são dignos de estarem lá. E não me venha com essa ideologia forçada de que os fins justificam o meio. Nada justificar aterrorizar uma criatura tão inocente. Enfim, já lidei com tipos da sua laia nos meus tempos de presídio, sei que não são do tipo que se deixam convencer com um belo discurso, e pra ser sincero já cansei do falatório. É hora da ação. Safira, utilize o seu Growl mais uma vez. Em seguida, quero que espere. Se ele tem a audição, você tem sua barbatana. Espere pelo momento certo, utilize sua barbatana para detectar os movimentos do Deerling (OFF: Vide Shinkidex), e com isso use uma evasiva, e tente acertá-lo com um Tackle por trás.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Qua 07 Jan 2015, 18:11

off: x.x achei q Mudkip aprendesse Bubblebeam x.x dorgas x.x
off2: vou verificar os pontos o/ arrumei o fuso horário do meu usuário, que ainda estava como thynder_bay e ainda no formato 12h @.@



- Não é do interesse de nenhum Armagedon ferir Yasmin...

As palavras da mulher poderiam levantar alguma dúvida no Gladiador sobre as reais intenções dela. Saber os planos de sua adversária era algo que poderia fazer a diferença. A mão do homem se fechava ainda mais possessiva sobre o ombro da criança, deixando bem claro que não a deixaria cair nas mãos de nenhuma gangue. O olhar passava de relance em Pachirisu, porém o Gladiador só poderia rezar para que o esquilo se saísse bem naquela batalha.

Deerling logo desaparecia, graças ao Camouflage, com suas cores se misturando ao ambiente. Contudo, o golpe Growl não precisava ser visto, somente ouvido. Sendo assim, mesmo não sabendo para onde atacar, a pequena aquática tinha sucesso em reduzir o poder de ataque de Deerling uma vez mais. Pouco depois das ondas sonoras, o silêncio reinou naquele campo.

Asura ficava tenso, torcendo pela percepção da pequena axolote. Enquanto a criminosa ficava séria, aguardando pelo ataque de seu pequeno cervo. Quando Deerling abriu os olhos, sua coloração voltou ao normal e ele avançou com o Tackle. Por sorte, após a pequena vibração sentida pela barbatana, Mudkip saltava para o lado, fazendo com que o adversário passasse reto, em seguida o atingindo com seu próprio Tackle. A armagedon nada dizia, somente fechando o punho, enquanto seu Pokémon se reerguia uma vez mais, mirando sua adversária.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco de Nyender. Algumas latas de lixo próximas. Uma escada de incêndio no prédio da esquerda.
II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 258
Mudkip/Safira - Lv.5 - Trait:Torrent
100%, Status: -2 Attack
Vs.

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 585-summer
Deerling - Lv.5 - Trait:Chlorophyll
89%, Status: -3 Attack

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Qui 08 Jan 2015, 02:40

OFF:
Infelizmente não :( ia ser uma mão na roda começar com um ataque desses.

-Pode não ser do interesse de vocês, mas caso precisassem, duvido que hesitariam em machucá-la. Aliás, o simples fato de ela não querer ir contigo já me diz o suficiente para não permitir tal coisa.

Por mais que as palavras de Jane despertassem alguma curiosidade em Asura, o mesmo hesitava em aceitar que a moça tivesse boas intenções com Yasmin. Cabia a ele proteger a criança, e quando um encargo do tipo era dado a um homem com aquele, nem mesmo a mulher mais bonita do mundo o faria desistir da missão. Ele não seria ludibriado pelo rostinho bonito da gângster. Era o que seu cérebro lhe dizia, por mais que todas as outras células de seu corpo gritassem o contrário.

Na batalha, Safira levava a melhor durante o primeiro turno. A axolote parecia ter uma vantagem graças à sua barbatana, e enquanto aquela estratégia funcionasse, o gladiador não via por que mudar. Em time que está ganhando não se mexe.

-Safira, comece com um Tackle, em seguida, use novamente sua barbatana para captar a movimentação do Deerling, e repita o processo: evasiva e depois Tackle.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Alice em Sex 09 Jan 2015, 14:22

off: sorry a demora ç.ç


- Se quer partir para o agressivo, também partiremos para o agressivo. Duplo Tackle Deerling!

Não passou desapercebido para Asura que a mulher não retrucou suas palavras, mas também não passou desapercebido o lampejar indignado naquele belo olhar. Contrariar os desejos de seu corpo se tornava uma tarefa mais difícil do que comandar Safira em sua primeira batalha. No entanto a mãozinha de Yasmin apertando o tecido de seu kimono se tornava uma âncora perfeita, lembrando-o do porque resistia.

Deerling, ainda mais rápido que Safira, avançava com seu Tackle, sendo contra atacado por Safira. A colisão dos golpes tão diretamente intensificou os danos para ambos os lados. O estouro do impacto fazendo dúvidas nascerem no Gladiador. Sua pokémon ainda não tinha todo o treinamento necessário, então ele não sabia se ela resistiria a algo assim ou se ficaria tonta por alguns segundos, tempo mais do que necessário para se tornar um alvo fácil. Contudo a pequena aquática se mostrava ser resistente, logo se erguendo novamente e raspando a pata no chão.

O cervo logo voltava a investir contra a axolote, parando poucos centímetros dela e erguendo as patas, preparando para investir contra a coluna da pequena em um golpe que poderia lesioná-la eternamente. No entanto, fazendo um excelente uso de sua barbatana, a pequena girou mais para o meio das patas de seu adversário, evadindo das patas e acertando um Tackle em sua barriga. Um pouco sem ar, o pokémon grass se afastava um pouco, tentando usar a distância para normalizar a respiração.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco de Nyender. Algumas latas de lixo próximas. Uma escada de incêndio no prédio da esquerda.
II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 258
Mudkip/Safira - Lv.5 - Trait:Torrent
87%, Status: -2 Attack
Vs.

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! 585-summer
Deerling - Lv.5 - Trait:Chlorophyll
61%, Status: -3 Attack

- Siga com os Tackles Deerling! Não se afaste mais e tente pisoteá-la com seus cascos! - A dama dizia e Asura começava a perceber outra coisa em seu tom de voz: pressa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Yurisas em Sex 09 Jan 2015, 17:48

OFF:
No problem ^^/
Faltou só adicionar a pontuação pela resposta em menos de 12h

-Pra falar a verdade eu prefiro partir daqui sem que ninguém se machuque. Mas não abro mão da menina.

Asura olhava curioso para Jane. Não sabia se a ficha dela tinha caído ou simplesmente não queria mais discutir com o gladiador, e até mesmo chegasse a pensar que ela talvez não fosse tão ruim assim, mesmo sabendo que provavelmente ele só estivesse sendo enganado pela beleza da criminosa.

Enquanto isso, na batalha, Safira era acertada pela primeira vez, e após duvidar por um breve momento se ela resistiria ao ataque, o homem era surpreendido positivamente pela rápida resposta da axolote, e com muita habilidade, cumpria as recomendações que lhe eram passadas.

-Tá indo muito bem Safira. Agora preste atenção. Quero que você espere e siga com as evasivas. Quando ele levantar as ptas para tentar te pisotear, golpeie as pernas traseiras dele com um Tackle, isso deverá derrubá-lo. Depois, tente golpeá-lo por cima com outro Tackle.

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada! Empty Re: II - Preparar, apontar, fogo! Começo de Jornada!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum