Começando minha jornada Gangster

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Ter 02 Out 2012, 09:38

Estava esbaforido tinha fugido de casa e meus tios não podiam saber, a partir de agora seu virar um gangster vou ser um fora da lei. O garoto que aparentava ter uns 18 anos queria liberdade, não viver um mundo de regras em que temos que obedecer aqueles cadetes que se diziam os donos do pedaço. O garoto finalmente parecia ter descobrido o esconderijo dos gangster armagedon, o restaurante Kiga. Pelo simples fato do Pokémon do dono ser um Poochyena, sério mesmo aqueles Pokémon eram raros, ninguém tinha um a não ser que fizesse parte da gangue.Adentro no restaurante e sento logo a frente do balcão e pergunto para o dono:
-Vejo que você tem um Poochyena certo? Eles são bem raros onde conseguiu um?
Falo isso enquanto pego um guardanapo e escrevo nele "Armagedon" e dou para o dono do restaurante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Qua 03 Out 2012, 14:55

O dono do restaurante olhou para o guardanapo e olhou para aquele jovem que tentava extrair informações dele. Amassou o guardanapo e o jogou fora, dizendo:

- Não sei do que você tá falando. Eu não sei quem é você e não sei o que quer comigo ou com meu pokémon. Esse daqui é uma herança de família. Acho que você tá me confundindo com alguém!

Rapidamente o homem fez sinal com as mãos, e o pokémon dele correu para os fundos do estabelecimento, se guardando. Então o estranho senhor continuou:

- Caia fora daqui!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Qua 03 Out 2012, 18:17

Cara, sério mesmo você gosta de viver tendo que viver sobre as regras desses cadetes, se você me aceitar com um dos seus vai ser melhor pra você. E me vê um número 9 tenho certeza que eu sou corajoso o bastante.
Estava confiante é claro que ele fazia o recrutamento. Como ele teria um Poochyena se era um dos Pokémon do Armagedon.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Qua 03 Out 2012, 23:07

- Olha, eu não vou atender nenhum cara revoltado aqui no meu restaurante.

Imediatamente o rapaz se retirou para trás do balcão, mantendo-se afastado um pouco do estranho cliente e disse-lhe:

- Caso o senhor não saia, vou chamar os Cadetes.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Qui 04 Out 2012, 19:11

Tirando um foto da mochila digo para o dono do restaurante:
Esses aqui são eu, meu pai, minha mãe e meu Persian. Quando eu tinha unAs 5 anos meu pai foi chamado para servir a grande guerra que aconteceu, como ele trabalhava no exército não teve como recusar desde então eu nunca mais o vi, três meses depois os cadetes invadiram a minha casa não sabia o que eles estavam à procura mas mataram minha mãe, eu e Persian fugimos... ou melhor tentamos quando estava passando a esquina de casa meu Persian foi morto por um dos cadetes. Eles me deram para um orfanato onde eu esperei a justiça decidir o que ia ser feito. Aos nove anos de idade fui morar com meus tios mas eles nunca preencheram a falta que uma família me faz. Por isso que eu quero virar gangster, pra acabar com essas pragas chamadas cadetes que destruíram minha família. Digo com o rosto todo molhado de lágrimas.
Por favor se não for o alistador da gangue pelo menos me dê um trabalho aqui, eu não tenho pra onde ir eu fugi de casa só para me alistar nos gangster.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Qui 04 Out 2012, 21:19

Um silêncio sepulcral instalou-se no ambiente. O jovem olhava o dono do restaurante e este devolvia o olhar de forma séria. Nada acontecia, o pokémon do estabelecimento olhava silenciosamente, não se ouvia ninguém nas ruas, não se sentia nem a respiração de ambos ali.

O proprietário olhou seriamente para os olhos do homem, parecia enfrentá-lo, parecia engolir sua alma, degustá-la e devolvê-la. Mas não mexeu os lábios.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Qui 04 Out 2012, 21:26

Podemos recomeçar então? Meu nome é Lix e o seu?
Falo enquanto estendo a mãe direita para o homem, queria recomeçar com o homem, seguir pelo caminho da amizade violência não
iria levar a lugar algum.
O que você sabe sobre os gangster?
Falo num tom bem baixo e calmo para que ele não se assusta-se.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Qui 04 Out 2012, 21:28

O cozinheiro ignorou o cumprimento do rapaz. E de forma grosseira e rápida respondeu:

- Eu que quero saber, o que você sabe sobre Gangsters?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Qui 04 Out 2012, 21:32

Na verdade sei que alguns chamados Apocalipse são estúpidos, só querem fazer o mal, os Armagedon querem a paz em Shinki são contra a violência e roubam apenas para sua existência. Por isso gostaria de me tornar um, não gosto de seguir regras e quero poder seguir minha própria aventura sem a intervenção de cadetes, óbvio que eu iria obedecer meus superiores e fazer as missões que me mandassem.
Enquanto falava procurava algum símbolo do Ho-oh para ter certeza que aquele era o lugar de recrutamento dos gangsters Armagedon.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Dom 07 Out 2012, 14:06

O cozinheiro mudou o semblante. Ficou sério, fechado e pensativo. Sentou-se em silêncio, e ficou ali olhando para o rapaz, esperando que dissesse mais. Algo parecia faltar naquele discurso que ouvira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Dom 07 Out 2012, 16:19

Também sei que aqui em Nyender existem casas secretas em que os gangsters alistam novos membros para sua gangue, foi por isso que vim parar aqui e fazer todas aquelas perguntas. Você tem um Poochyena um Pokémon que é um dos iniciais do Armagedon e imaginei que fosse você que fazia o alistamento.
Dessa vez tinha falado tudo que sabia sobre os gangster, o que será que ele queria com todas aquelas perguntas?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Dom 07 Out 2012, 22:08

- Caso essas casas de recrutamento existam mesmo, por que ser um Armagedon? - Disse o ajudante de cozinheiro enquanto fingia passar um pano no balcão, finalmente movendo-se e respondendo pouco mais amigável.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 08 Out 2012, 10:02

Ser um Armagedon para ter liberdade de fazer o que quiser, não apenas sucumbir as ordens daqueles malditos cadetes. Os cadetes acham que fazem o que querem podendo fazer o mundo a seu jeito mas eles não podem fazer isso. Eles mataram minha mãe e meu Persian na minha frente, quem diz que eles só querem fazer a paz está mentindo, eles fazem o que querem com qualquer um por se acharem superiores e isso não pode ficar assim.
Dessa vez meus olhos estavam cheios de lágrimas, mas eu não chorei não poderia parecer fraco na frente daquele homem.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Seg 08 Out 2012, 19:03

Uma pequena porta, no fundo do estabelecimento, que dava para um banheiro sujo e imundo, foi aberta. De dentro um homem gordo, enorme, careca, usando um paletó apertado e encardido. Ao vê-lo, Poochyena começou a chorar e correu escondendo-se.

- Suba e feche a lona - Disse o homem com uma voz grossa, quase indecifrável.

Imediatamente o rapaz que atendia mudou de fisionomia, lançou uma lona grande no chão e a subiu, a lona guarneceu todo o espaço do trailer o protegendo de possíveis curiosos.

Quando a lona estava alta, e já encobrindo o que acontecia ali, o rapaz que atendeu inicialmente retirou-se para trás do balcão, e aquele sr enorme passou a falar:

- Ouvi toda a sua conversa. Quem é você? De onde veio? E por que veio nos importunar com essas histórias?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 08 Out 2012, 19:11

Meu nome é Shurikon Myamoto, eu sou aqui de Nyender mesmo apesar de ter nascido em Twister. Só vim falar com vocês pois quero me tornar um gangster Armagedon e acho que o lugar mais óbvio seria aqui.
Estava com medo o que aquele cara queria comigo? Engoli seco de tanto medo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Seg 08 Out 2012, 19:49

O cara enorme moveu-se pelo trailer, fazendo o pequeno automóvel modificado mover-se por causa de seu peso. Ele pegou duas cadeiras, colocou uma ao lado da outra formando uma cadeira enorme, e sentou-se. As cadeiras envergaram, quase não suportando o peso do monstro.

- Sou Bakalo Hugrain Dork, sou uma das referências dos Armagedons. Conte-me sobre você... Quem és? Qual a sua história? Sente-se, agora!

O gigante virou para o cozinheiro e disse:

- Sirva-nos uma cerveja, ele precisa molhar a boca enquanto fala.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 08 Out 2012, 19:59

Prazer senhor Bakalo, bem eu morava com minha mãe, meu pai e meu pequeno Persian de estimação em Twister City. Meu pai morreu no começo da guerra quando ele foi chamado para o exército para combatar na guerra. Três meses depois os cadetes invadiram a minha casa, parece que estava procurando alguma coisa. Eles bagunçaram tudo e depois mataram minha mãe, eu fugi junto com Persian, naquela meu pequeno Pokémon de estimação foi baleado por um dos cadetes. Depois eles me levaram para um orfanato e aos nove anos de idade fui morar com meus tios aqui em Nyender. Depois de tudo isso descobri que os cadetes são uma praga que merecem ser combatidos e quem mais seria melhor do que o Armagedon para combate-los?
Depois disto tirava uma foto da minha mochila e mostrava para o grande e alto homem e dizia:
Esses eram eles, minha família.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Seg 08 Out 2012, 20:13

O cozinheiro colocou a bebida na mesa discretamente enquanto o jovem falava. Bakalo viu a foto, olhou, olhou e deu um grande gole em seu copo. Apontou para o rapaz o copo dele e disse:

- Beba.

Em seguida continuou:

- Essa é sua família? Eu os acho conhecidos...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 08 Out 2012, 20:16

Claro obrigado!
Dou um grande gole em meu copo e quando ele fala que os acha conhecidos meu coração bate mais forte.
O senhor saberia de onde os conhecia?
Eu falava calmamente mas meu coração batia mais forte que um trem.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Seg 08 Out 2012, 20:31

O coração do rapaz parecia escapar pela boca. Batia forte, batia rápido, tudo parecia ficar alucinante. Ele achava que era a emoção de saber que aquele homem de aparência asquerosa saberia algo de seus pais. Mas para a infelicidade do estranho que tentava impressionar Bakalo, a adrenalina sentida no peito era por causa do entorpecente que o cozinheiro havia colocado discretamente em seu copo.

Corpo suado, ombros e pálpebras pesadas, começou a espumar sua boca. Shurikon Myamoto caiu no chão e começou a debater-se com os braços, poucos segundos e perdera completamente a noção e a consciência. Apagou.

O rapaz acordou, completamente nu, num beco atrás da Loja de brinquedos: Brincar é Viver. Com muita dor de cabeça, tonto e sozinho.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 08 Out 2012, 20:35

O que eu estou fazendo aqui? Eu estou pelado?
Milhões de perguntas passavam pela minha cabeça porque estaria ali? Pegava uma tampa de lixo e me tapava para não aparecer minhas partes íntimas, enquanto tentava achar algum jeito de sair dali.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Ter 09 Out 2012, 19:04

O rapaz tampava-se com uma tampa de lata de lixo, mas sendo ela uma só ou tamparia a sua frente ou suas costas, o outro lado ficaria à mostra.

As ruas estavam ainda cheias, as lojas de roupas de luxo de pokémons ainda estavam abertas, então as senhoras ricas e soberbas da cidade passeavam de um lado para outro olhando os modelos que acabaram de chegar de outras cidades.

Shurikon Myamoto ainda estava confuso. Não saia o que tinha acontecido e por quê tinha acontecido. Só sabia que estava atrás da loja de brinquedos, lugar muito movimento por senhoras e crianças, na hora do movimento das compras, nu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Kyoichi Komuro em Ter 09 Out 2012, 19:15

Eu tive uma ideia, procurava algo no lixo que pudesse tapar meu corpo algo como um saco de batatas ou algo mais. Depois de achado o objeto voltaria para a casa de meus tios trocaria de roupa e iria tirar minhas contas com aquele cozinheiro malandro.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Ana em Qua 10 Out 2012, 19:12

Off: Por motivos técnicos sua rota será repassada para a narradora Susan. Espero que tenha se divertido comigo, espero que nessa nova etapa da sua narração tenha melhor desempenho.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Érica em Qua 10 Out 2012, 19:23

Off: Estarei assumindo a rota, espero que se divirta.

O rapaz sentia sua cabeça doer, ainda um pouco tonto, seja o que houvessem colocado na bebida, ainda fazia um pouco de efeito. Procurava algo em meio às caixas de papelão e latas de lixo, para poder se cobrir. Havia muito movimento na rua, e para sua infelicidade, uma senhora o viu, gritando e o chamando de pervertido, antes de sair correndo.

Infelizmente, ele não encontrava nenhum saco de batatas, mas encontrava um avental branco e velho, um pouco esburacado e rasgado, no qual se lia “Mamãe Cozinhando”. Aquele realmente não era um bom dia para o futuro gangster. Pode ver um pokémon felino, de pelo arroxeado, rosnando para ele. O movimento na rua continuava intenso.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Começando minha jornada Gangster Empty Re: Começando minha jornada Gangster

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum