Reborn.

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Sab 28 Maio 2016, 14:07

E finalmente eu tirava meu certificado de modelo de pés e mãos, eu estava orgulhosa de mim mesma e realmente feliz, esse era o primeiro curso que eu tinha feito e acho que iria usa-lo bastante.

Após me direcionar para a secretaria para pegar os registros da escola, eu já estava com tudo que eu precisava em mãos, então sem nadar para fazer, eu ligava para Eric perguntando se o trabalho poderia ser feito ainda hoje, já que eu não tinha para fazer o resto do dia.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Sab 28 Maio 2016, 17:46

Estando orgulhosa de si mesma, a loira saia da escola de beleza perturbando seu agente uma nova vez no mesmo dia. Eric atendia meio ocupado, como sempre, e dizia para ela tentar e ir procurar a Cintia, mas que provavelmente já deviam estar fechando. De qualquer forma a tarde já estava terminando e Lily poderia ir no dia seguinte, contudo a escolha era dela.

Off: Se quiser saber das fofocas, na página do "Início" tem um player logo abaixo da barra de guias início, portal, etc. Tem um rapaz falando por 4min algumas "novidades" e pode usar essas informações se quiser dizer que pesquisou de novo na internet as fofocas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Dom 29 Maio 2016, 14:58

Após ligar para Eric, o mesmo me aconselhava voltar no dia seguinte para fazer o comercial, já estava ficando tarde e eu estava cansada, a melhor opção era voltar para o hotel e dormir a noite toda para amanha estar linda e disposta para fazer o comercial.

off: Post só pra n passar em branco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Seg 30 Maio 2016, 23:28

Disposta a descansar, lembrando da luxuosa estadia no deserto, Lily decidiu aceitar o conselho do agente e voltar para o hotel tendo como foco o comercial no dia seguinte. Ela tinha poucas falas e já sabia como se comportar diante do novo desafio que surgia. Só faltava-lhe experiência e esta estava prestes a ser conquistada.

Passando pelas ruas da cidade que começava a imergir na escuridão, a loira se lembrava do que tinha lido. A partir das 21h todos que fossem pegos na rua seria presos e interrogados. Os cadetes sabiam ser bem malas quando queriam abusar da lei. Contudo, um odor magnífico invadia as narinas de Lily. Era um daquele food truck gordurosos, mas igualmente apetitosos e este ela conseguia sentir o saber pelo aroma que as delícias inalava. Chegando perto ela pôde ver que eles tinham diversas espécies de hambúrguer, bolos, cachorros-quente e também sanduíches naturais, mas de tamanho que alimentavam a dois tranquilamente. O especial deles era a carne do hambúrguer que grelhava magicamente. Olhando no relógio do celular ainda eram 18:49h e Lily tinha dispensado seu almoço no hotel. Seu estômago fez questão de dar-lhe um soco em resposta.

Off: Não perca o dia de se apresentar :P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Ter 31 Maio 2016, 15:01

Já estava indo em direção ao Hotel, mas antes de chegar perto do mesmo, pude sentir um cheiro que me hipnotizava, um daqueles food truck maravilhosos estava perto de mim, e sem conseguir me controlar eu andava até o mesmo e já começava a pensar nas delicias que iria pedir.

- Oi, eu quero um x-bacon, uma porção de batata frita e um refrigerante de laranja grande e bem gelado de preferencia, quando que da tudo? Perguntava para o atendente, enquanto via no meu celular as noticias sobre cornélios, e entre várias coisas, duas me deixavam morrendo de raiva, a primeira era, toque de recolher as 21:00 N-O-V-E horas, como que eu vou me divertir nos finais de semana se nove hora já não posso mais estar na rua, e a outra era que todos os Stylist tinham que se apresentar em Chermont, eu estava realmente com raiva, pois eu tinha acabado de voltar de Chermont, eu não estava preparada pra voltar pra aquela cidade de pessoas chatas e mal-humoradas, mas se eu não fosse minha licença seria caçada, então o jeito era fazer o comercial e voltar novamente para Chermont.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Ter 31 Maio 2016, 15:21

Com um sorriso, um senhor de maior peso atendia a loira com uma redinha no cabelo e de avental. Ele anotava o pedido e começava a preparar dizendo que ficaria por pk$19. O cheiro do bacon e da batata já subiam pelas narinas da menina.

Eis que vasculhando pela internet Lily viu uma notícia de que seriam as cidades Chermont e Twister, ambas para apresentação. Então ela não teria que voltar para Chermont correndo com risco de perder sua licença. Entretanto, como era sites de fofocas o mais indicado - por eles mesmo - era se apresentar o quanto antes à delegacia da cidade listada.

- Mocinha o seu pedido é para viagem ou vai comer aqui? - perguntou o tiozão do truck.

Na rua tinham umas mesinhas com umas cadeiras de plástico. Como tinha deixado a noite paga, Lily podia optar também por comer no seu quarto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Ter 31 Maio 2016, 15:43

Após ler novamente via que Twister também era uma das cidades que eu podia me apresentar, então me acalmava um pouco e voltava a prestar atenção no moço.

- Vou comer aqui mesmo. Dizia para o homem enquanto esperava meu pedido, logo em seguida sentaria em uma das mesas de que tinha ao redor e iria comer meu lanche, e depois pensar noque fazer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Ter 31 Maio 2016, 17:14

Já mais calma, Lily se sentava numa das mesinhas ali dispostas pelo truck e aguardava, dizendo que comeria por ali mesmo. A loira ao se sentar sentiu toda a exaustão das semanas passadas no deserto. Por mais que tivesse passado uma manhã 5 estrelas e feito as unhas, seus olhos pesavam e as pernas começavam a ficar dormentes. Assim que a barriga dela reclamou por uma segunda vez, seu lanche chegava com um sorriso e um desejo de bom apetite do senhor que preparava a refeição.

Não muito distante dali, uma viatura cadete passou apressada seguida por duas motos oficiais. Ao que tudo indicava, a movimentação militar estava começando. Como será que o pessoal de artes como Stylists serviriam para os propósitos de Cornélios?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Qua 01 Jun 2016, 15:05

Me sentava em uma das mesinhas ao redor do Foodtruck e esperava minha comida, por sorte no momento que minha barriga resolvia me bater, foi o momento em que o dono chegava com a comida, automaticamente minha boca abria e começava a salivar, e quando o moço dava as costas eu atacava a comida como uma verdadeira selvagem.

Após terminar minha refeição, pude ver uma viatura cadete e duas motos oficiais andando perto do local, parecia que a intervenção de bosta do cornélios já tinha começado, eu não queria nem pensar em oque eu uma Stylist serviria para isso, mas para não ter minha licença cassada eu preferia me arriscar.

Me despedia do dono do Foodtruck pedia mais um refrigerante e sai do local indo em direção ao hotel, e só agora eu pude perceber como as ruas de Twister eram estranhas e meio que circulares, mas nada tão difícil de andar. Logo chegava no hotel.

Chegando ao Hotel, ia diretamente para meu quarto, tirava minha roupa e tomava um banho estava me sentindo exausta e suada, então um banho seria mais que necessário. Após ficar uns 20 minutos debaixo d'agua já estava em sentindo melhor, secava meu cabelo, colocava meu pijama e logo me deitava para dormir, já que amanha seria um dia cheio, Comercial, me apresentar para os cadetes...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Qui 02 Jun 2016, 00:05

O final de tarde da loira foi recheado de gordura gostosa e nada saudável. Tinha um casal de namorados na mesa do lado que ficou incomodado e se retirou, pedindo para colocar o resto para viagem. Ao que tudo indicava Lily nem tinha percebido, pois estava entretida demais com seu lanche. A movimentação cadete logo após o término da refeição só servia para reafirmar o sentimento dela para com o atual comandante. Visão essa que era partilhada por quase toda a classe de stylist e grande parte dos gladiadores.

Se despedindo da lanchonete, não sem antes pagar por mais pk$3 por um refri, a loira dava uma voltinha - literalmente - pelo quarteirão até encontrar o Nokori. Paskin percebia somente no final do primeiro dia na cidade que ela era toda circular. Chegando em seu quarto, a primeira coisa que fez foi tomar banho. Ao sair, viu numa mesa a comida que antes lhe fora oferecida. Já devia estar até fria e azeda pela hora.Enquanto ela escovava os cabelos, cuidando de secar eles também, aproveitava para ver um pouco a vista da cidade que começava a se erguer com a noite. Por infelicidade dos acontecimentos a vida noturna de Twister se perderia por tempo indeterminado. Toda e qualquer pessoa vagando a partir das 21h seria detida e levada para interrogatório. Quanto ao toque de recolher, Cornélios fora bem específico. Jornais, rádios e TVs, sem contar na internet. Por toda Shinki, só se falava nisso.

Dormi então não seria o pior dos problemas. Difícil seria levantar sabendo que uma suposta guerra se aproximava.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Qui 02 Jun 2016, 15:45

Enquanto tentava cair no sono, não conseguia tirar da minha cabeça que uma possível guerra estava prestes a começar e isso me dava um pouco de medo, eu não queria perder meus pokemons na guerra, eu não queria acabar com a minha vida nessa guerra também, tirava esse pensamento da cabeça e voltava a dormir.

Acordava era exatamente 9:27, tinha colocado o despertador 9:30, então ficava deitada de olhos abertos até o mesmo despertar, quando dava o horário exatamente eu me levantava e ia direto para o banho. Após sair do banho secava meu cabelo e deixava ele solto e ao natural, colocava minha roupa, fazia a limpeza básica da unha, pegava a comida que estava ali desde de ontem e dava para algum funcionário levar para algum lugar longe do meu quarto.

Já pronta saia do Hotel, e me dirigia até alguma padaria, comprava um pão de queijo e um refrigerante e logo ia para o local do comercial, queria terminar o comercial o mais rápido possível, para dar tempo de me apresentar para Cornelios.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Qui 02 Jun 2016, 19:37

A noite foi difícil por conta das teorias e conspirações que a loira tinha lido nos sites de fofoca, mas todas tinham algo em comum: vinha algo grande pela frente. O problema com o sono foi facilmente resolvido pelo hotel do primeiro mundo naquela cama king size, lençóis de mil e mais alguns fios, travesseiros com plumas de swanna e outros mimos.

No dia seguinte, bem disposta, Lily acordava antes do despertador, mas aguardou até a ordem do aparelho para levantar e cuidar da higiene pessoal. Eram quase 10h quando ela saía do Nokori despedindo-se do luxo e do pessoal. Passou na padaria antes de tomar a direção do primeiro afazer do dia e gastava pk$ 6 no café da manhã de uma das mais conceituadas da cidade, com nome e filiais até.

Em uma das vias principais Lily encontrou o estúdio de gravação com poucos minutos de caminhada. As portas já estavam abertas e algumas pessoas - poucas, por sinal - perambulavam por ali. Uma delas era uma mulher que possuía uma prancheta na mão e parecia distraída anotando alguma coisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Qui 02 Jun 2016, 19:52

Depois de toma meu pequeno café da manha, em questões de segundos já estava no estabelecimento para o comercial, no local tinha poucas pessoas e entre elas uma mulher com uma prancheta na mão, logo me aproximava dela.

- Oi, sou Lily Paskin, e estou aqui para fazer o comercial de esmalte. Dizia para a mesma, enquanto esperava sua resposta olhava para minhas unhas checando pela ultima vez se elas estavam realmente limpas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Qui 02 Jun 2016, 22:08

Ao se aproximar, Lily ganhou a atenção, mesmo que despreocupada, da mulher. Esta ainda parecia processar a informação.

- Hm? Ah sim. Sou Cintia. Eric me avisou que você viria, mas não levei muita fé. Enfim, já que está aqui vou pedir para arrumarem o set. Venha comigo por fazer, vou te apresentar para o pessoal da produção. - ela terminava de fazer umas anotações e andava apressada até um grupo que ria numa mesa cheia de bolinhos e café. - Atenção, essa aqui é a srta. Paskin. Ela é a nossa modelo representante da agencia Icarus e vai estar fazendo o anúncio da nova linha de esmaltes.

A secretaria apontou para duas outras mulheres na mesa que pareciam escanear Lily dos pés a cabeça. Uma era negra e usava um laço rosa prendendo o penteado black na lateral enquanto a outra era uma mistura oriental e ocidental de pele alva e cabelos lisos e escuros como carvão, mas brilhosos como prata. Eram apresentadas como Beatrice e Judy, respectivamente. Maquiagem e figurino.

- Quando ela estiver pronta, levem-na para a gravação e me avisem. Vou notificar o diretor. - ela fez mais algumas anotações e completou antes de sair. - Ao trabalho pessoal! Vocês tem 10 minutos.

Bea e Judy começaram a rir alto e levantaram quando a outra mulher já estava longe. Elas deviam ter entre os 22 à 24 anos. Foram até Lily e diziam:

- Não se preocupe. Ela só tem muito estresse e recebe pouco.

- Tenho certeza que se alguém pegar ela de jeito as coisas mudam de figura. - e alguns gargalharam. - Vem, vamos nos aprontar. Já gravou suas falas?

Deixando a mesa com os bolinhos, elas iam para um camarim onde um espelho enorme e uma luz muito boa incindia no ponto exato onde pediram para que a stylist sentasse. Água para os pés e para as mãos foram preparadas. As meninas estavam colocando os aventais. Uma separava alguns looks enquanto a outra alguns produtos.

- Alguma sugestão de vestimenta para o comercial, querida? Tipo cor ou tecido? - era Judy quem perguntava.

Off: Nem perguntei, mas como se sente sabendo que Lily e Eric tem quase a mesma idade. A diferença são apenas alguns meses rs O cara já se aposentou como stylist no auge da carreira e agora tem dois negócios haha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Sex 03 Jun 2016, 16:00

Logo a assistente me levava para o local com duas mulheres , uma negra e uma asiática ambas muito estilosas e risonhas, logo ela me apresentava para a maquiadora e figurinista e saia indo em direção a algum lugar.

Logos as duas voltavam a falar e rir, eu não me importava muito, pois daqui a algumas horas eu iria embora e nunca mais veria as duas então apenas dava um sorriso e seguia elas, mas quando elas falaram que a cura pro mau humor da assistente era alguém pegar ela de jeito eu não pude ficar quieta.

- Olha, eu já decorei as falas sim e já estou pronta para me aprontar, mas alguém pegar uma pessoa "de jeito" não é solução pra nada, mal humor não gira em torno das relações sexuais e nem na falta delas. Então, melhorem... Enfim, vamos fazer o comercial? dizia com um sorriso no rosto, um pouco sínico, mas era oque tinha para hoje.

Logo após sentar em frente ao espelho eu ficava cega momentaneamente tanto pela luz como pela felicidade de estar em algo minimamente glamouroso novamente, logo Judy me fazia uma pergunta e um pouco avoada eu respondia a mesma.

- Bom, eu acho que como o foco é nos esmalte, devemos usar alguma cor básica, como branco ou preto para o esmalte se destacar totalmente no vídeo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Sex 03 Jun 2016, 17:02

Durante a ida até o camarim Paskin disse algo que poderia ter gerado um discurso machismo versos feminismo, mas elas se mantiveram caladas. A loira percebeu inclusive que a asiática revirou os olhos e trocou alguns códigos com a amiga de trabalho.

Já sendo preparada, Lily estava quase deixando o início da fama subir a cabeça. Bea estava arrumando seus materiais quando tocou nos pés da stylist e depois viu as mãos.

- Olha só! Que unhas bonitas! Vou só dar uma polida e alongar um pouco antes de preparar o primeiro tom. - Beatrice disse, já se apressando.

Judy atendia ao conselho de Lily e ia procurar no conjunto de figurinos do estúdio alguns no padrão preto.

- Certo. Montei então três tipos de look. Um para cada tom. Se não o diretor não gostar vou preparar uma segunda opção para cada um.


Após apresentar as opções, Bea liberava a loira para colocar o primeiro modelo de roupa antes de usar a primeira cor e liberar para o primeiro das três etapas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Sex 03 Jun 2016, 18:18

Após falar sobre as roupas a mulher voltava com três estilos de vestidos, um para cada esmalte, e todos eram extremamente lindos, logo pegava o primeira vestido e o colocava, eu realmente estava me sentindo poderosa com aquilo, quer dizer eu me sentia poderosa com qualquer coisas, mas aquele vestido ganhou um pequeno espaço no meu coração.

Após estar vestida ia em direção a mulher e perguntava pra ela oque fazer em seguida, já que eu não vazia ideia do que fazer a seguir.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Sex 03 Jun 2016, 19:16

- Agora você senta aqui que vou botar você para arrasar com esse Joia Rara! - Bea disse empolgada com certa autoridade levando Lily à cadeira novamente.

Durante poucos minutos a negra parecia fazer mágica. Com aquele pincel pequenino a mulher dava cor às unhas da stylist, não só das mãos como também os pés! Havia uma maquininha que parecia um secador moderno de luz azul. Judy ajudou, pois Bea ainda precisava montar a maquiagem que seria colocado na modelo. Com uma base do mesmo tom de pele e um rímel poderoso, o batom vermelho do mesmo tom do esmalte fechou o conjunto. Para finalizar ela passou o mínimo de blush possível e foi conferir o estado das unhas.

- Perfeito! - disse Cintia entrando no camarim - Digo, que ótimo que ela está pronta. Vamos que nosso câmera está pronto.

Judy pegou os tamancos e escolheu um simples, sem muito brilho, mas que dava um pouquinho de tamanho à Lily.

Terminada a parte da produção era a parte da gravação. No estúdio com um fundo branco haviam três homens e as duas meninas seguindo Cintia e Lily bem atrás, trazendo as outras roupas e um conjunto simples para os retoques. Numa bandeja, cada um dos três esmaltes era disposto para a promoção da linha e estava bem do lado do tal diretor. O homem usava óculos de sol mesmo num ambiente fechado. Talvez por causa da luz forte que incindia no espaço em branco. Os outros dois eram um câmera e um fotógrafo que parecia não ter assistente. Só parecia, pois Cintia largou a prancheta e foi ajudar. Bea deu nas mãos da modelo o primeiro esmalte que estava na bandeja e desejou bom trabalho.

Um pouco impaciente o diretor perguntou se Paskin estava pronta e dava sinal para o câmera gravar. Ele pediu algo sutil para o primeiro lance.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Sab 04 Jun 2016, 17:47

Após colocar o vestido era a hora dos outros preparativos, a maquiagem foi um momento muito bom para mim, tinha tempos que eu não era maquiada por mãos diferentes das minhas e eu adorava a sensação de ser um "tela" sendo preenchida por beleza.

Logo após isso Judy me dava um tamanco, simples, mas bonito e que também me dava um pouco de altura, colocava o mesmo em questões de segundos e já saia desfilando pela Set, eu era viciada em saltos, então andar neles nunca sera um problema.

Logo era a hora de começar a gravar o comercial. Como o diretor tinha pedido eu começava com algo Sutil, colocava minhas mãos um pouco abaixo do vestido e ia subindo elas pela meu corpo delicadamente, deixando o esmalte avista , logo quando chegava perto do meu rosto, dava um leve sorriso como se tivesse achado algo que estava procurando e logo com um tom sexy e morno eu falava a frase, obviamente deixando o esmalte em destaque.

- O Rubi Perdido é brilhante como uma joia e raro como você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Dom 05 Jun 2016, 12:14

Após a atuação de Lily, o diretor falou algo no ouvido da assistente e pediu para a loira fazer uma pose para a foto do produto segurando o esmalte. Então era hora de fazer uma nova troca de roupas e produto. Judy tinha montado um biomo no set de gravação e aguardava Lily com a segunda vestimenta. Um estilo de preto mais sensual, assim como dizia o segundo esmalte. Assim que a loira estivesse pronta, Bea estaria disponível para fazer a troca de cor e liberar a modelo para a segunda parte de gravação.

O diretor queria a mesma coisa. Uma cena, a frase e depois uma pose para a foto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Dom 05 Jun 2016, 16:37

Após fazer a primeira cena, me liberavam para fazr a segunda, rapidamente trocava de vestido e já dava minhas mãos para Bea trocar a cor do esmalte. após a troca eu já estava liberada e voltava para o lugar para fazer a segunda parte do comercial.

O tom pecado Capital era forte, e muito sexy então tentava usar meu corpo de uma maneira leve e sexual, mas nunca vulgar, logo em seguida deixava o esmalte a mostra e falava a frase. - tom Pecado Capital é capaz de deixar qualquer homem louco e as mulheres babando de inveja.

Em seguida posava para a foto que o diretor pedia usando as dicas que tinha recebido da senhora Cavalone.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Seg 06 Jun 2016, 12:32

Um pouco insatisfeito o diretor se ajeitou em sua cadeira e ao ver Paskin terminar com aquele tom, fez um pedido antes de mudar para o próximo:

- Tenta agora assim: e as mulheres se rasgando de inveja. - ele olhou para a secretária e questionou - Soa menos agressivo, não acha?

Ela concordou usando a palavra provocante.

Assim que Lily gravou mais uma vez, era permitida a última troca de roupas e o último e mais importante tom. Seria a mesma coisa. Falar o texto e ficar dentro do papel e por último uma pose para fechar o comercial.

O diretor e os câmeras aguardavam, não muito pacientes, mas parecidos acostumados a tratas com as demoras de trocas de roupa e maquiagem.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Seg 06 Jun 2016, 15:20

Após reformular a cena, eu estava liberada para fazer a ultima cena com o ultimo vestido e o ultimo esmalte, era algo um pouco cansativo fazer comerciais, mas acho que era algo do oficio.

Após trocar de vestido e de esmalte, eu já estava pronta para acabar com esse comercial de uma vez. Entrava na cena de um jeito muito sexy, mas extremamente classudo, usava e abusava da linguagem corporal e trazia uma enorme sexualidade para as telas, após um tempo de sensualizar com uma voz aveludada dizia a frase. - o lançamento mais aguardado é o Nova Escarlate. Com um tom tão intenso que pode ser usado com qualquer look, desde sofisticado a ousado. Venha conhecer a colação Nova Escarlate. Ela está louca pra te possuir!


Terminando eu voltava para minha pose sexy e classuda para a ultima foto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Mathito em Seg 06 Jun 2016, 15:49

Já passava das 14h quando o último trabalho foi encerrado. Lily reconhecia o serviço como exaustivo, mas já era algo do meio. Quando o fotógrafo disse que estava tudo certo a última palavra era dada.

- Ótimo. Terminamos aqui. Quero que mandem as imagens para edição. - e o diretor se levantava e ia embora junto dos câmeras.

As duas meninas ajudavam Lily a retirar toda a maquiagem e o último figurino enquanto Cintia dizia que o comercial seria passado no horário do almoço que era onde as domésticas e senhoras do lar estão assistindo. Quanto a todo resto seria tratado direto com o agente dela. Se Paskin não tivesse mais nenhuma outra pergunta estaria liberada para ir assim que Beatrice e Judy terminassem.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por ~Betty em Seg 06 Jun 2016, 16:15

Com o fim da gravação eu estava liberada para ir embora, Judy e Beatrice falavam o horário que o comercial passaria na Tv, e começavam a tirar maquiagem e o esmalte dos meus dedos, após terem terminado tudo eu me despedia de todos e agradecia por tudo.

Saindo do estúdio passava em um mercadinho qualquer e comprava algo para comer, e logo em seguida ia para a delegacia me apresentar, já que eu não queria minha licença cassada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reborn.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum