Tape - IX - Let's sing while we fight!

Ir em baixo

Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Luna Yum em Ter 31 Jan 2017, 20:52

O carro da tutora era extremamente confortável e o casal não teve nada do que reclamar de todo o percurso feito até o vilarejo que se mantinha aos pés do deserto. O ar árido só ficava cada vez mais seco conforme avançavam rumo ao seu destino, Piesok.

Luna ainda revisava em sua mente se havia esquecido de alguma coisa enquanto o rapaz no banco de trás lhe afagava carinhosamente o ombro ferido. Os dias se passaram e logo a paisagem ia assumindo uma tonalidade avermelhada e o sol parecia descarregava seu tédio sobre os mortais que ousavam cruzar o deserto. Nolan pôde notar outros veículos que fazendo o mesmo percurso que a Drª Caitlyn, já sabendo que certamente o Vilarejo estaria tão cheio de gente quantos as ruas de Twister.

Algumas paradas foram necessárias durante a viagem para que pudessem descansar e se alimentar. Diante disso, Nolan e Luna acabaram dormindo juntos pela primeira vez, afinal não podia exigir quartos separados mediante a quantidade de gente que fazia a mesma viagem que eles. A jovem realmente havia se tornado uma grande mulher e o Stylist se orgulhava de tê-la ao seu lado, mesmo após momentos tão difíceis.

Pouco antes de embarcarem novamente no carro tendo como próxima parada o Vilarejo de Piesok, a Vigarista agradecia mais um vez ao rapaz pela companhia e novamente o lembrava para ter cuidado quando chegasse lá, pois não conheciam o real estado do local.

Algumas horas adiante e a pequena cidade introduzida aos pés do deserto se mantinha firme abaixo do Sol ardente. Muitos caminhões que transportavam vários cadetes até lá, seguiam o conversível já empoeirado da médica. Luna pôde ouvir quase que aos pés de seu ouvido a voz de Nolan dizendo que enfim, eles haviam chegado ao seu destino.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Henri Sollari em Sex 03 Fev 2017, 01:06

1° dia em Piesok
Quinta-feira, 13h25

A sorte do casal era que o conversível da médica era um mar de conforto. O ar condicionado eficiente não deixava os jovens sentirem os ataques do deserto. Porém, apesar de todo o conforto ofertado, as pernas e costas dos jovens pediam por liberdade. Quando finalmente começaram a avistar a vila, o alívio vinha chegando.

Caitlyn estacionou o carro numa sombra que encontrou por sorte e desceu do carro logo se espreguiçando. Luna e Nolan também deixaram o carro e esticaram as pernas com o alívio de finalmente terem chegado ao destino. A gladiadora deu uma boa olhada nos arredores e logo percebeu que a realidade da vila era totalmente nova para ela.

O chão de terra se estendia aumentando ainda mais o clima árido da região. As casas eram feitas de barro e muitas não aparentavam possuir saneamento básico. O sol castigava e já começava a incomodar o casal recém-chegado. Diversas pessoas se espalhavam pela vila. Alguns eram gladiadores exibindo sua força. Outros eram stylists que procuravam sombras para se abrigar. Os cadetes procuravam se organizar entre si para conseguir um lugar onde dormir.

— E meu medo se realizou... — A mulher colocava um chapéu branco para se proteger do sol enquanto olhava ao redor. — Peguem suas coisas meninos, ainda vamos ter que arrumar um lugar para ficar. Vocês podem checar o PEVOAK, por favor?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Luna Yum em Ter 07 Fev 2017, 13:17

A dupla já tinha a tarefa de encontrarem um lugar pra se alocarem melhor e terem onde dormir. Nolan seguia ao lado da jovem para evitar que se perdesse, afinal ali havia muitas pessoas de todos os lugares de Shinki, era preciso manter-se por perto.

O Sol parecia tornar o cabelos brancos da Vigarista em fios prateados brilhantes. O Stylist até sorria ao reparar no contraste entre o astro e a doce mulher que andava ao seu lado. Aos poucos conseguiram avistar a cabana do PEVOAK, mas ao contrário do que eles esperavam, não haviam muitas pessoas ali, talvez por acharem que em um Vilarejo tão pequeno e distante não houvesse uma cabana do PEVOAK, muito pelo contrário, ela estava diante deles.

Ao se aproximarem puderam ver que diferentemente das demais cabanas espalhadas por Shinki, ali a humildade reinava, pois os recursos não deviam ser muitos comparados a acessibilidade do local. Contudo, o essencial jamais faltou e as portas do local sempre foram abertas aqueles que precisaram.

- Olá, eu sou Luna e este é Nolan, viemos saber se há lugares vagos por aqui?! - dizia Luna entrando no lugar e procurando por alguém.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Henri Sollari em Dom 12 Fev 2017, 16:00

1° dia em Piesok
Quinta-feira, 13h40

O casal seguia pelas ruas da vila em direção ao estabelecimento famoso por ser acolhedor. Assim que entraram no PEVOAK, Luna percebeu que o lugar estava repleto de pessoas, diferentemente da impressão que tivera ao achar que estava vazio. Um spinda um pouco desastrado andava se esgueirando por entre as pessoas com uma bandeja de água na mão. Uma Azumarill um tanto paciente tentava organizar as pessoas.

Nolan tomou a mão da jovem para que não se separassem e a conduziu até o balcão. Um homem, do outro lado do balcão, mantinha uma expressão fechada e rabugenta. Era nítido que ele não estava feliz com todo aquele acúmulo de pessoas ali.

— Não! — A resposta fora curta e com um tom bem ranzinza.

O atendente apenas se virou para outra pessoa que chegava para dar a mesma resposta. O único lugar que sabiam que poderiam acolhê-los estava lotado. Agora os jovens estavam por conta própria para arrumarem algum lugar onde pudessem ficar de estadia. Nolan fitou a jovem enquanto parecia pensar em algo, ou tinha a esperança que a gladiadora tivesse outra ideia. A porta do PEVOAK se abriu novamente revelando Caitlyn. A médica se destaca do resto devido ao seu grande chapéu branco e os óculos escuros em formato de coração. A doutora levava consigo uma bolsinha branca levemente pendurada em seu ombro. A mulher retirou os óculos e fitou Luna de longe esperando saber sobre a vaga de quartos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Luna Yum em Dom 12 Fev 2017, 22:04

Nolan não havia gostado do tom do rapaz, mas entendia que era totalmente justificável o mal humor dele, tendo em vista a enorme movimentação do local e que possivelmente todas as vagas já estavam preenchidas.

Ao se virar para a médica para na entrada da cabana, Luna balançava a cabeça de forma negativa para indicar que ali não havia mais espaço para alocar os três visitantes. As pessoas ainda seguiam agitadas e muitas esbarravam umas nas outras e quase derrubavam a bandeja das mãos da pequena Spinda.

A dupla se afastou um pouco da massa de pessoas e se achegou próximo a Caitlyn perguntando quase que em uníssono sobre onde poderiam arrumar hospedagem, sendo que a pequena cidade ficava cada vez mais cheia de gente de todos os lugares imagináveis. Então no auge da chegada de todos no Vilarejo, seria um tanto difícil encontrar algum lugar que desse ao menos para o trio se banhar e reduzir o calor excessivo do deserto.

- Algum opção?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Henri Sollari em Qua 15 Fev 2017, 12:22

Off: Eu tinha postado no face, mas vou reforçar aqui... Tô sem cel =(

1° dia em Piesok
Quinta-Feira, 13h55

Assim que Caitlyn viu a expressão de Luna percebeu que não teriam sorte ali. Lá no fundo, todos já esperavam por algo assim. A mulher suspirou enquanto olhava as horas no celular.

— Teria sido um milagre se tivéssemos conseguido vaga. Estamos atrasados. — Caitlyn falou pensativa. — Mas tenho um plano B, apesar de não querer muito isso. Vamos voltar ao carro.

Nolan hesitou por um momento e pediu para que as jovens seguissem na frente pois ele precisaria resolver algo ainda no PEVOAK. Luna não conseguia imaginar o que seria, mas deu um beijo no rosto do stylist e seguiu Caitlyn.

De volta ao carro, a loira abriu o porta-malas do carro. A gladiadora percebeu que a médica estava muito bem preparada para diversas situações, pois o porta-malas estava repleto de bolsas.

— Eu tenho uma barraca familiar. Acredito que dê para ficarmos bem. Se você puder montar, eu agradeceria muito. Não me dou muito bem com trabalho manual. Além disso, a Maria vai te ajudar. — Antes mesmo que Luna pudesse perguntar quem era Maria, Caitlyn retirou de sua bolsa uma esfera e a lançou no chão. Uma poderosa machamp surgiu com um sorriso no rosto — Agora preciso me reunir com alguns colegas médicos para traçarmos nossa operação aqui. Até mais.

Caitlyn desapareceu rumo a uma pequena caravana que parecia ter vindo de Nyender. Da outra direção, Nolan retornava com uma caixa um tanto grande. O jovem olhava meio tímido para a gladiadora enquanto estendia a caixa em sua direção.

— Comprei quando ainda estávamos em Twister. Uma sela e uma rédea para sua futura Arcanine.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Luna Yum em Qua 22 Fev 2017, 13:37

Diante da situação o trio não tinha muito o que fazer, exceto seguir as orientações da Dr. Caitlyn. Os itens que os ajudariam estavam no porta-malas do carro e a própria doutora oferecia ajuda de sua Machamp, mesmo Luna sabendo que dava conta de montar tudo aquilo com a ajuda de Nolan. Caitlyn desapareceu no mesmo instante em que a Pokémon lutadora surgiu.

Não restando muitas opções diante daquele Sol escaldante, Luna trazia Kirah para fora e pedia que ela os ajudassem. Machamp cuidava da parte mais pesada enquanto a psíquica utilizava de sua telecinesia para encaixar as barras e montar a estrutura da tenda.

Os minutos se passaram e não demorou muito para que a proteção do Sol estivesse prontamente erguida e os pudessem abrigar. Luna sorriu com o bom trabalho que haviam feito e quando olhou para a entrada da barraca o Stylist vinha caminhando em sua direção com uma caixa consideravelmente grande.

A Gladiadora ainda não havia tido tempo de dar a Jaw sua recompensa por ser tão corajosa em sua última batalha, mas o momento ali era totalmente propício a fazê-lo.


O ecoou da voz de Luna trouxe a canina para fora de sua esfera. Ao contrário de todos ali, Jaw parecia estar confortável com o clima, o que era algo bom, pelo menos alguém estava bem com todo aquele ar seco.

- Hora de receber seu presente, não acha? - a jovem tirou a mochila das costas enquanto todos se aproximavam para ver o que ela iria fazer. Jaw balançava o rabo de um lado para o outro em sinal de empolgação com seu presente. Ela retirou a Fire Stone que havia recebido na estação de Twister e colocou diante da canina que pulou com as duas patas em cima da pedra avermelhada.

Um brilho forte preenchia todos os cantos da tenda criando sombras por causa de todos ali. O corpo de Jaw aumentava de tamanho, a pelagem crescia e as presas avantajadas de antes se tornavam maiores ainda. Luna não conseguia se conter de alegria em ver tudo aquilo e quando o brilho cessou ela abraçou a Pokémon. - Você está linda! - disse ela perdendo-se na juba de sua Arcanine.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Henri Sollari em Seg 27 Fev 2017, 17:56

Off: Avançando no tempo o/
Ficha sendo atualizada

1° dia em Piesok
Quinta-feira, 18h

Com Kirah e Maria ajudando, montar a barraca era algo realmente menos trabalhoso e mais rápido. Depois de alguns minutos, a grande barraca familiar estava de pé. Maria bateu as mãos e foi atrás de Caytlin. Ali, na barraca, a gladiadora era presenteada pelo stylist. Os presentes lembravam a jovem de algo que daria à Jaw como recompensa por ter se esforçado tanto na última batalha que tivera.

A voz da jovem ecoou pela barraca e a canina surgiu. Jaw não se incomodava com o clima quente e seco da vila enquanto ouvia atentamente a jovem. De sua mochila, Luna retirou uma pedra alaranjada que parecia possuir um fogo vivo em seu interior. Jaw tocou a pedra e a energia se transferiu para a fire restando apenas uma pedra sem cor nas mãos da gladiadora. Um brilho intenso envolveu Jaw e logo inundou toda a barraca. A growlithe crescia de tamanho gradualmente até quase alcançar o topo da barraca. Quando o brilho cessou, uma imponente arcanine estava diante da gladiadora. Luna não se conteve e pulou para um abraço.

Nolan admirava a cena enquanto notava que já era quase 16h. Caytlin surgiu rapidamente através da entrada da tenda sendo seguida por Maria que carregava sua bolsa.

— Parece que uma tempestade está a caminho. Se tivermos sorte, irá durar apenas algumas horas, senão ficaremos presas por dias....

Nolan espiou para fora da tenda e percebeu que um vento forte já soprava. O stylist fechou a barraca enquanto a medica retocava a maquiagem. As horas passavam e a tempestade já dominava ficando cada vez mais forte. Repentinamente, uma explosão foi ouvida um pouco ao longe.

— Esses gyarados são um problema nessa vila... — Caytlin falou com um tom de voz desinteressado enquanto maquiava Maria. Porém, mal demorara e outra explosão surgiu, mas desta vez muito próxima de onde estavam. — Okay! Não são os gyarados! Vamos, Maria! Vamos, crianças!

Caytllin se envolveu com um longo cachecol e saiu sendo acompanhada pela machamp.

Evolução:


Jaw evoluiu para Arcanine
Jaw recebeu 1 ponto em HP, 2 pontos em Ataque, 1 ponto em Defesa, 1 ponto em Especial Ataque, 1 ponto em Especial Defesa e 1 ponto em Velocidade.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Luna Yum em Qua 01 Mar 2017, 20:37

A construção da tenda havia sido bem sucedida graças ao trabalho em equipe. Todos estavam protegidos do Sol e podiam descansar um pouco no interior da tenda. A Arcanine recém evoluída era o sonho de consumo da Vigarista que não conseguia conter sua alegria e ver que sua pequena canina agora tinha pouco mais de 1,90 de altura.

Rapidamente uma tempestade se erguia sobre o Vilarejo. Sem dar tempo para os desavisados se preparar ou se abrigar. Logo depois vieram os estrondos, semelhantes as bombas que Luna ouviu no ataque a capital no passado. Ela olhou para Nolan com preocupação, mas já imaginava o que lhes aguardava.

- Precisamos ir! - disse ela abrindo a bolsa e pegando dois lenços que havia guardado. - Tome, isso deve ajudar! - disse ela entregando um deles para o rapaz.

Kirah e Jaw seguiram o casal para o lado de fora da tenda, tudo estava escondido pela tempestade, enxergar por ali seria um dádiva de Arceus, mas eles precisavam seguir Caitlyn, afinal ela era tutora de Luna.

"Fiquem por perto vocês duas! - disse ela em pensamento."

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Henri Sollari em Qua 08 Mar 2017, 16:52

Off: Só avisando que eu havia esquecido de atualizar o egg que está com o Nolan. Mas tudo certo agora o/

1° dia em Piesok
Quinta-feira, 18h15

Assim que a médica sumira tenda afora, Luna se virou para Nolan o convocando para segui-la. Tomando dois tecidos para se protegerem da areia. O stylist assentiu com a cabeça e a seguiu juntamente com Kirah e a recém-evoluída Jaw.

Era quase impossível enxergar algo naquela tempestade. De fato, o clima estava forte e, mesmo com a proteção das roupas, ainda era possível sentir o impacto da areia no corpo. Diversas explosões aconteciam. Luzes de cores diferentes pintavam a areia com os moves de diversos pokémon. Luna pisou em algo molhado e logo identificou se tratar de um líquido vermelho. Sangue...

— Meninos, aqui! — A voz de Caytlin ecoou. Não foi difícil identificar a mulher naquela confusão graças a Maria que estava ao seu lado sempre erguendo barreiras de proteção ou quebrando rochas que vinham em sua direção. Luna e Nolan se aproximaram e perceberam que a médica estava ao chão ao lado de jovem caído. Era uma versão diferente da Dr. Caytlin que estava diante dos dois jovens. Diferente daquela mulher cheia de luxos, agora Luna via uma mulher preparada para a guerra. O chapéu branco já havia desaparecido e os cabelos loiros estavam amarrados em um rabo de cavalo. Ao lado dela, uma gardevoir auxiliava controlando a saída de sangue. — Luna, estou fazendo um curativo simples no braço desse rapaz. Sei que não estamos no melhor momento, mas tente prestar atenção. E qualquer dúvida pergunte!

Repentinamente Kirah ergueu sua proteção impedindo que um ataque os atingisse. Por detrás do golpe, uma pessoa se mantinha oculta pelas roupas próprias para o deserto. À sua frente, um simipour saltitava sem se importar com a tempestade. Mais dois homens surgiam. Maria se virou para um deles enquanto que Nolan ficou com o último que liberava um corsola.

— Aceitaremos rendição. Aproveitem a oportunidade...

Nolan lançou um olhar para Luna um pouco preocupado. Caytlin ainda se mantinha concentrada no jovem que estava tratando confiando plenamente em Maria.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tape - IX - Let's sing while we fight!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum