Pokémon Shinki Adventures RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Twister City: The Mystic's Dream

3 participantes

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Qua 28 Maio 2014, 10:04


Mais um sacrifício?


- Coloque-o para dormir.


Por um instante vacilo com a nova ordem, tentando descobrir para quem meu ataque deveria ser direcionado e é nesse momento que percebo o pequeno e curioso Smeargle. Ah!, meu caro. Não devia ter se aproximado. Agora, possivelmente, será mais um sacrificado para Lord Giratina.


Minha Senhora está quase terminando a estrela e eu, com meu Psychic, tento erguer o cão. Se conseguir, o farei olhar para mim e o farei dormir. Conseguirei a energia que me falta, finalmente, e Giratina possuíra dois sacrifícios garantidos.


Alice pega Kecleon, totalmente sem energias, e o coloca no centro da estrela. Preciso ser rápido. Smeargle não pode saber o que acontecerá, ou do contrário certamente tentará fugir. As orações se iniciam e sua voz me fascina como sempre. A lâmina se ergue. Os últimos segundos do camaleão.





Dividindo as apostas


Penélope parecia feliz demais por ter vencido mais uma vez para perceber o perigo que corremos constantemente. Mas, pelo menos, Ralts a proibira de apostar tudo. Rapidamente lanço um olhar a psíquica, agradecendo sua intervenção. Ela me responde com um sorriso gentil e posso jurar que ela me parece feliz, apesar de não saber exatamente o que estava fazendo ali.


Penélope grita satisfeita com mais uma vitória e, sem pensar duas vezes, empurra mais mil Pk$ para o centro da mesa. Começo a acreditar que ela gosta de apostar esse valor ou está simplesmente apostando o máximo que ralts a permite apostar.


- Cinco números para cada um de nós gente. Vamos lá.


Cinco números? Vejo que a menina está pedindo os números 13, 27, 35, 43 e 59. Ralts pediu os números 5, 6, 7, 21 e 65. Era minha vez. Realmente não sabia se isso era uma boa ideia, mas vamos nessa... Com meu bico aperto os números 10, 20, 30, 40 e 50. Logo depois pouso ao lado de Penélope. Atrás de nós, Munchlax passa com um pirulito maior que sua cabeça. Contudo meus olhos estão fixos na roleta.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Seg 09 Jun 2014, 20:12

Alice e Morfeu

A nova ordem da Giratinista confundia o Pokémon Psychic, que ainda não havia notado a aproximação do Pokémon cão curioso. Morfeu levava alguns instantes para perceber o Smeargle. A criatura tímida ainda tentava se manter um pouco escondido, com medo de se aproximar, mas curioso demais para se afastar. Este era o pior erro do Pokémon selvagem.

O golpe psíquico era repentino, surpreendendo o Smeargle e o confundido. O Hypnosis funcionava perfeitamente e o Drowzee começava a se preparar para se alimentar, antes que Alice, sua protegida, terminasse o círculo.

O ritual se iniciava e o camaleão era depositado no centro da estrela com velas negras. A oração era pronunciada, a voz doce que parecia enfeitiçar o Pokémon amarelo. A adaga era erguida e Morfeu se apressava. Uma trovoada cruzava os céus neste momento, anunciando que em breve a chuva voltaria.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Parque fechado, estando sem movimento e com brinquedos desligados. Luta acontecendo perto de algumas barracas de jogos. Garoa mediana, criando algumas poças de água e deixando o chão um pouco escorregadio. Carrossel próximo, bancos espalhados junto com latas de lixo.
Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 96
Drowzee/Morfeu - Lv.15 - Trait: Insomnia
81%, Status: Normal
Vs.

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 235
Smeargle /Apelido - Lv.11 - Trait: Own Tempo
100%, Status: Sleep

Penélope e Bubble

A felicidade da criança era algo notável. Parecia que a menor nem se lembrava do perigo que corriam. Se não fosse pela Pokémon psíquica, provavelmente a morena apostaria tudo, resultando em péssimas experiências se eles perdessem. A coruja agradecia a Ralts, recebendo um doce sorriso como resposta. A Pokémon meiga, embora confusa sobre como chegou ali, estava feliz.

Mais dinheiro era empurrado para mais uma aposta e cada um apostava mais cinco números. Munchlax ressurgia ao lado de Ralts, devorando um pedaço de pizza. A roleta girava e a ansiedade crescia, mas por sorte, três números escolhidos eram sorteados, gerando mais uma vitória.

Todos comemoravam e o Pokémon guloso surgia com um bolo de chocolate com morangos, desejando comemorar a nova vitória. A criança se preparava para apostar mais ainda, mas para sua felicidade, a energia acabava. O local era iluminado por luzes de emergência, o gerador fazendo com que o hotel continuasse com alguns benefícios, como água quente, mas o cassino não estava mais operando até a energia voltar.

Print
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Qui 12 Jun 2014, 18:38


Uma alma para Giratina!


Smeargle está dormindo aos meus pés e meus olhos estão focados na minha menina Alice. Um trovão ecoa ao longe no céu e a faca reluzia com a luz repentina. Uma luz mortal e belíssima, que iluminava a face da minha Senhora e lhe concedia ainda mais nobreza.


Simplesmente linda...


A faca desce e a lâmina rasga o peito de Kecleon sem dificuldade. Ela canta o final da oração e envia a alma do Pokémon camaleão para Giratina. Com um pouco mais de força, a lâmina negra se retira da carne do Pokémon morto. O sangue escorre pela adaga, encontrando o chão e, por alguns instantes, Alice mira o vermelho rubro com fascinação.


Rapidamente ergo minha mão acima de Smeargle. Preciso me recuperar o mais rápido possível, antes que Alice comece o segundo ritual. Não demoram muitos minutos até que ela desvie o olhar da lâmina negra e vermelha e mire a mim e ao cão. Sua vez se aproxima pequeno Smeargle...





Cadê ela? (de novo...)


- Não!!!


O grito de Penélope poderia fazer alguém pensar que a criança presenciava um crime horrendo, contudo era simplesmente a luz que acabava. Até mesmo Munchlax empurrava logo a comida para a boca e em seguida mirava o ambiente ao redor. Ralts, a doce Ralts, mirava a criança, tentando consola-la. Mas a verdade era uma só: sem luz, sem jogos.


Será que estou triste ou feliz? Por um lado, tenho medo em pensar no que aconteceria se perdêssemos o dinheiro, por outro... Jogar é muito divertido...


Enquanto penso no que fazer, Ralts me questiona se não seria uma boa ideia procurar Alice. Concordo piando várias vezes, afinal como protetor de Penélope eu devia ter pensado nisso... Mas enfim...


Após juntar o dinheiro, caminhamos para a rua. Era hora de pensar onde Alice e Morfeu estavam. Isso não me animava, afinal Twister era imensa... Penélope, por sua vez, caminha mirando a bolsinha cheia de dinheiro. Aquilo certamente chamaria a atenção de um assaltante, porém eu não me preocupava. Afinal de contas, eu estava ali para protege-la.


Meu voo era tranquilo e eu estava com o peito estufado, orgulhoso de mim mesmo. Estava levando Penélope para Alice após ganhar muito dinheiro. Morfeu fiaria orgulhoso. Miro de canto de olho para o lugar onde a menina deveria estar e nada encontro. Entro em pânico e começo a voar em circulo, tentando acha-la. Por sorte Ralts me chama, me mostrando que Penélope já estava gastando o dinheiro conquistado em uma câmera fotográfica.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Sex 13 Jun 2014, 00:04

Alice e Morfeu

Smeargle estava adormecido, totalmente indefeso, aos pés do Pokémon Devorador de Sonhos. Os olhos de Morfeu, no entanto, miravam a Giratinista com admiração, enquanto esta descia sua adaga e fincava a lamina no peito do Pokémon camaleão. O canto da oração se encerrava, e os olhos de Alice se perdiam no vermelho que manchava a lamina de sua adaga.

Enquanto a jovem se distraia com o sangue recente, Drowzee aproveitava para se alimentar dos sonhos de Smeargles. Os sonhos eram tão puros e inocentes, que pareciam preencher rapidamente o Pokémon Psychic. Não levou muito tempo para que o Pokémon pintor fosse levado ao nocaute, sendo bem a tempo para Morfeu.

Praticamente no mesmo instante, Alice mirava o novo sacrifício. Era o momento de iniciar o próximo ritual.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Parque fechado, estando sem movimento e com brinquedos desligados. Luta acontecendo perto de algumas barracas de jogos. Garoa mediana, criando algumas poças de água e deixando o chão um pouco escorregadio. Carrossel próximo, bancos espalhados junto com latas de lixo.
Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 96
Drowzee/Morfeu - Lv.15 - Trait: Insomnia
100%, Status: Normal
Vs.

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 235
Smeargle /Apelido - Lv.11 - Trait: Own Tempo
0%, Status: Nocauteado

Penélope e Bubble

Penélope parecia estar arrasada. Os jogos não funcionavam mais, pelo menos, até a energia voltar, algo que parecia uma tragédia para a menina. O Pokémon Guloso engolia o bolo inteiro sozinho, olhando ao redor com atenção, ou talvez apenas buscasse alguma coisa a mais para comer. Ralts consolava a criança. Bubble ficava em duvida se ficava feliz ou triste com a falta de luz.

Os pensamentos da coruja eram interrompidos pela psíquica, que desejava encontrar a Giratinista, recebendo apoio do voador. O grupo se reunia e ia para a rua. Hoothoot se desanimava com a busca, devido o tamanho da cidade, mas mostrar o quanto ganharam para Morfeu podia ser bom. Penélope olhava o dinheiro que havia juntado, podendo atrair maus olhares, mas Bubble confiava em suas habilidades como protetor.

Após alguns instantes de caminhada/voou, Hoothoot olhava o local onde a criança deveria estar, entrando em pânico quando não a encontra. Para sua sorte, Ralts o chamava. A coruja via a menina gastar 500Pk$ numa câmera fotográfica.

-Se quiser, temos também o curso de fotografia. São 5 níveis, cada um custando 150Pk$. O que acha? Vai poder tirar fotos como uma profissional.

O vendedor oferecia para a morena. Um curso basicamente inútil, que custaria mais dinheiro de Alice.

Morfeu ganhou 286 de EXP!
Ralts ganhou 39 de EXP!
Munchlas ganhou 39 de EXP!
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Dom 15 Jun 2014, 21:54


O Cão de Giratina


Minha senhora se aproxima e sinto meu coração palpitar a cada novo passo dela... Cada vez mais perto... Sangue goteja da lâmina negra, misturando-se à terra molhada, mas meus olhos não percebiam isto. Tudo o que me importava era o fato dela estar mais perto, tão perto que eu sentia seu perfume tão delicado. Entretanto...


Não era eu o alvo de sua atenção...


Quando minha Senhora se ajoelhou ao lado de Smeargle, meu coração parou por um segundo. Senti raiva e desejei que o cão acordasse a tempo de ver a lâmina retirar-lhe a vida. Queria que ele pagasse por ter a atenção que eu tanto desejava.


Sigo os passos de minha menina, para cada vez mais longe do camaleão morto. O vento carrega sua capa, me agraciando com o toque sedoso. Dessa vez nossos passos param perto das xícaras dançantes. Consigo imaginar a surpresa das crianças ao girar neste brinquedo e se deparar com o sangue.


Alice está desenhando a estrela e acendendo as velas, eu vigio a nova oferenda e me esqueço das imagens em minha mente, embriagado pela voz e pelo perfume da mulher misteriosa que um dia libertarei.





Adeus dinheiro, adeus vida...


Curso!


Por que ela iria querer gastar o dinheiro da Alice aprendendo a bater fotos? Não é só apertar o botão e deu? Esse sujeitinho só quer nos roubar, tenho certeza!


-Eu quero os cinco níveis!


Meus protestos são calados e o dinheiro é colocado sobre a mesa. Ralts me dá alguns tapinhas nas costas, tentando me consolar, porém é em vão. Após tanto sacrifício para conseguir esse dinheiro, ela parecia muito disposta em gastá-lo com besteiras.


-Também quero um notebook e um celular!


É demais para meu coração. Incrédulo, mais uma vez caio duro no chão. Ralts tenta me animar, mas me sinto apavorado demais para pensar em algo bom quando sei que Morfeu irá me transformar em assado.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Ter 17 Jun 2014, 01:32

Alice e Morfeu

Morfeu sentia cada batimento de seu coração. Parecia que ficava mais forte, acompanhando os passos de sua senhora, de sua criança. Ficando cada vez mais perto... A lâmina negra estava manchada com sangue fresco, o liquido escarlate escorrendo pelo fio cortante que levara a vida do Pokémon Camaleão, antes de finalmente atingir o chão e misturar-se a terra. O perfume da religiosa encantava o Pokémon Psychic, mas a adoração que ele sentia fez com que surgisse inveja.

Alice se aproximava do inocente Smeargle nocauteado. O canino tinha toda atenção da Giratinista para si, fazendo o sangue de Morfeu ferver. Desejava atenção da mulher, mas ela sempre era tão distante...

Os passos da jovem se afastavam do copo de Kecleon. O vento dançava com sua capa, espalhando seu doce perfume por todos os lados, o misturando ao cheiro da chuva. O tecido tocava de leve na pele amarelada do Pokémon, que seguia a iniciada até perto das xícaras dançantes. O brinquedo infantil e inocente, mas que seria testemunha de mais um sacrifício. Sim, crianças ficariam assustadas e chorariam quando se deparassem com o sangue derramado.

A mulher preparava o novo ritual. A estrela desenhada com perfeição, acendendo as velas enquanto entoava a oração. A voz de Alice parecia ser o suficiente para que Morfeu alcançasse as estrelas e descobrisse o paraíso, não importando-se com o sangue inocente que em breve seria derramado, nem com o sangue inocente que ele mesmo derramou para limpar a reputação de sua mestra.

Penélope e Bubble

A coruja não acreditava no que acontecia. Não entendia a razão de um curso de fotografia. Penélope já possuía o aparelho, precisava apenas bater as fotos, certo? Acreditava que o homem queria apenas roubá-los, mas a criança parecia cair facilmente na lábia do individuo, deixando-se persuadir e desejando realizar o curso.

Após a aceitação e depositar o dinheiro no balcão, Bubble petrificava. A fada tentava consolar o Hoothoot, não obtendo muito sucesso. Após tanto tempo trabalhando duro, juntando o dinheiro para Alice e Morfeu, a criança simplesmente o gastava com algo inútil. Como se não bastasse, a menina ainda comprava mais itens caros.

Hoothoot parecia uma estatua, petrificado, enquanto o vendedor alcançava os novos itens para a menina e sorria de forma afável.

-Por favor, me acompanhe.

Ele pedia com gentileza. Se não fosse o Confusion de Ralts, que puxava a coruja junto, Bubble teria ficado petrificado no mesmo lugar. Outro vendedor surgia, guiando Penélope para outra parte da loja, começando a explicar as partes da câmera. Começava com o básico, mostrando como se ligava e desligava, o flash e o zoom. A menina prestava grande atenção no que o individuo falava, repetindo e testando o que ele ensinava.

Após a explicação básica, o homem passou a mostrar as várias opções de fotos que a câmera possuía, juntando com ensinamentos de iluminação e sombra. A aula durava algumas horas, tempo em que Penélope ficava focada, desvendando cada parte de sua aquisição, aprendendo a utilizá-la com perfeição. Batia algumas fotos para testas, as primeiras tremidas, fora de foco, com iluminação e zoom ruins. No entanto, conforme passava o curso, as fotos melhoravam gradativamente. Ralts sorria com orgulho, satisfeita em ver a criança tão empenhada. As fotos mais recentes saiam parecendo terem sido tiradas por profissionais.

Enquanto a criança treinava, Munchlax surgia comendo um yakisoba, que só ele e Arceus saberiam de onde veio. Um vendedor reclamava com o Pokémon, avisando que alimentos não eram permitidos dentro da loja.

Penélope adquiriu nível 5 de fotografia!
-750Pk$ pelo curso
-300Pk$ pelo celular
-1500Pk$ pelo notebook

Total: 2550Pk$
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Dom 22 Jun 2014, 11:06


Um segundo sacrificado!


Alice encerrava a estrela e a oração. O ritual estava quase finalizado. Faltava somente o sangue...


Com delicadeza ela pegava o pokémon cão, pequeno e curioso Smeargle. O corpo desfalecido era gentilmente colocado no centro da estrela. Sua cauda era colocada a seu lado. Quem o olhasse, diria que ele dormia tranquilamente, um sono até sereno.


A lâmina ensanguentada se ergue e encontra o peito do cão, perfurando-o com facilidade na altura do coração. Sangue de um pokémon já morto se mistura com o sangue daquele que está morrendo. Isso, no entanto, não faz diferença para mim.


A faca sai da carne morta com a mesma facilidade com a qual entrou. Na lâmina não é possível dizer de quem é o sangue. Será que é ainda o do camaleão? Ou será somente o do cachorro?


Alice se ergue. O segundo sacrifício está feito. É hora de deixar o corpo descansar em paz, enquanto Giratina decide o futuro dessa alma. Enquanto nos afastamos, minha Senhora pega a esfera de Butterfree de dentro de sua capa. É chegada a hora da borboleta. O último sacrifício da noite.





Uma boneca? Fala sério...


Finalmente aquele curso inútil terminava. Ainda não acredito que Penélope gastou uma quantia mais do que considerável para aprender a bater fotos! Sério! Fótos?! Quem precisa de curso para isso? Eu quero é meu pescocinho intacto e, para isso, preciso levar essa pequena gastadeira de volta para Alice e Morfeu o mais rápido possível... Infelizmente sou forçado a parar de tempos em tempos para chamar as duas distraídas.


Ralts está ao lado da criança, caminhando com muita calma. Pareciam inatingíveis aos meus chamados de pressa. Ambas miravam as fotos e pareciam satisfeitas com os resultados... Isso me preocupa. Eu sei que as fotos finais ficariam melhores se eu não estivesse com o bico aberto e com um olho maior que o outro, mas eu estava tendo um ataque de nervos. Elas podiam ser mais compreensíveis, parar de rir e me seguir...


Munchlax é outro que preciso ficar chamando. Ele fica parando em cada barraquinha de comida que encontra pelo meio do caminho. Não sei como ele ainda pode ter fome depois de tudo que comeu hoje.


Mas enfim...


Meus olhos veem ao longe a roda gigante e sei que estamos nos aproximando. Viro meu rosto e pio feliz, pensando que vou conseguir entregar uma boa quantia de dinheiro para Morfeu, quando Penélope para em frente a loja de brinquedos, mirando encantada uma boneca de pano. Tento inutilmente chamar sua atenção, desviá-la desse gasto sem sentindo. Porém sou ignorado mais uma vez: ela entra na loja.


- Fica calmo Bubble.


Ela me fala quando começo a piar incessantemente. Ficar calmo? Como? Ela está gastando o dinheiro da Alice em  bonecas? Não acho que isso possa ser um item de sobrevivência muito relevante...


- Depois nós vamos até o Mercado, ok?


Mercado? Mais compras? Meu coração não vai aguentar tanto assim...


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Sab 05 Jul 2014, 22:25

Alice e Morfeu

A estrela era encerrada, estando simplesmente perfeita. O ritual chegava ao final, faltando apenas a vida de um ser. O Pokémon pintor era colocado no centro do símbolo, acomodado de forma delicada, parecendo estar dormindo para os olhos desavisados. Seu peito subia e descia conforme sua respiração continuava, mas em poucos segundos, aquilo acabaria.

Gotas do sangue de Kecleon ainda pingavam da lâmina da seguidora de Giratina. Uma pequena gota encontrava o pelo do cão, manchando o pelo amarelado de vermelho, poucos instantes antes da adaga perfurar o coração do tímido pintor. O pelo amarelado ficava rubro e uma quantidade de sangue se espalhava ao redor do corpo, crescendo quando a lâmina negra deixava a carne de Smeargle. Mais uma vida se fora. A alma do tímido pintor havia partido, tendo como testemunha apenas Morfeu e Alice. O primeiro indiferente, a única coisa que importava era sua senhora, que era o centro e a dona de seu mundo. A Giratinista há muito havia partido, sendo incapaz de se importar com a partida do pintor.

A lâmina parecia tingida de vermelha, o liquido viscoso deslizando e atingindo o chão. Era difícil dizer se era o sangue do camaleão, ou se era do cão. Não importava para a dupla. A esfera da borboleta estava em mãos, sendo a próxima a encontrar o fim.

Penélope e Bubble

A coruja continuava indignada com a quantia gasta num mero curso de fotografia. Não estava nada satisfeito, acreditando ter sido um gasto inútil. Desejava levar a pequena gastadeira de volta para Alice, almejando ter seu pescoço intacto, mas Penélope não parecia querer colaborar muito com Bubble. Nem Munchlax.

Ralts e Penélope avaliavam as fotos distraidamente, rindo das expressões do Hoothoot e avaliando o pregresso da criança. Munchlax parava a cada instante que via uma fonte de comida, tentando obtê-la. Agora devorava um grande sanduíche que era maior que sua cabeça, fazendo a coruja se perguntar como ele conseguia comer tanto. Era realmente inacreditável.

Hoothoot se anima ao ver a roda gigante ao longe. Era um bom sinal. Significava de que não estavam longe de Alice. No entanto, seu erro foi passar em frente de uma loja de brinquedos enquanto acompanhava uma criança gastadeira. Agora Penélope estava parada em frente a vitrine, observando uma linda boneca de pano. Bubble se desespera e tenta chamá-la, mas é em vão. A menina já cobiçava o brinquedo.

A atendente se aproximava, sorrindo de forma amável para a menor, que logo indicava seu objeto de desejo.

-Aqui está. São 10Pk$, mas por mais 5Pk$, pode levar algumas roupas e fitas para enfeitar a boneca, o que acha? Temos mais bonecas e bichos de pelúcia no corredor 2, se quiser dar uma olhada. No corredor 9 temos os jogos de tabuleiro, no 7 os jogos eletrônicos, e no 3 os jogos educativos. Sinta-se a vontade para explorar.

A garota, aparentemente jovem demais para gerenciar uma loja sozinha, comentava com um grande sorriso. Parecia feliz em ver as crianças brincando e se encantando com os brinquedos, no entanto, parecia a inimiga mortal de Bubble por incentivar Penélope a gastar mais.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Seg 07 Jul 2014, 16:24


Pequena Borboleta


Os passos são calmos, como sempre serão. Alice não possui pressa. Giratina não gosta de sacrifícios feitos às pressas. O ritual pede um lugar adequado, ainda mais o ritual desta borboleta.


Butterfree, pequena Butterfree...


Não nos culpe pelo seu destino. Enquanto viaja até o outro mundo, lembre-se de que foi seu mestre quem lhe condenou, no exato momento em que ele decidiu abrir a boca. Desculpe por não lhe permitir ficar ao lado dele, mas você agora irá ganhar um novo senhor: Giratina.


A lua está alta no céu e, em frente a rota gigante, Alice ergue a esfera e liberta a borboleta. O raio vermelho refletindo na adaga negra e vermelha. A pokémon está tão cansada que mantem-se inerte sobre o chão. Os ferimentos de nossa batalha ainda visíveis sobre seu corpo pequeno. Alice novamente começa a riscar no chão, usando a ponta de sua adaga. O sangue se mistura com a areia e pequenas partículas se prendem à lâmina. Sangue e mais sangue. Sobre nós, a lua cheia. Brilhante e soberana.


Alice canta baixo sua oração para o Sagrado Pokémon. Giratina, o único capaz de criar o cenário para o Deus Pokémon renascer. A estrela está pronta, pela terceira vez. As velas iluminam suas extremidades e sua perfeição por completo. A borboleta repousa no centro, com suas asas coloridas abertas e belamente expostas. Minha senhora a acaricia e eu queria receber esse toque... Como eu queria. A lâmina se ergue e ceifa a terceira vida, mas tudo no que consigo pensar é no toque que mais uma vez não recebi...





Duas?! Pra que duas bonecas?! Elas vão me ouvir e... bolinha vermelha...


Fico repetindo mentalmente um mantra para tentar não voar no pescoço dessa vendedora manipuladora enquanto rezo para que Penélope não caia mais uma vez nesse golpe fraco. O preço da boneca não era o fim do mundo e talvez Morfeu não se importasse, desde que isso mantivesse a criança comportada e quieta no seu lugar.


Contudo minhas preces parecem não ser atendidas. Por que Arceus? Por que permiti a essa menina ser tão infantilmente impulsiva?


Minhas dúvidas ficam sem resposta e tudo o que posso fazer é chorar enquanto Penélope compra 5 Kits de roupas e lacinhos para bonecas, além de uma boneca para Ralts alegando que assim as duas poderiam brincar juntas (fato que arranca um sorriso da psíquica), um bicho de pelúcia muito grande em formato de Mew, um kit de chá para a boneca e, para piorar, uma bolinha vermelha para mim.


Por que eu tava chorando mesmo?


Não consigo me lembrar...


Tudo o que tenho em mente é a pequena e vermelha bolinha. Minha garra esquerda se fecha ao seu redor e percebo que ela é macia e gostosa de apertar. Tão fofinha e tão vermelha...


Solto um pio e me arrepio todo a cada vez que fecho a pata e vejo a bolinha se moldar entre minhas garras. É gostoso demais. Céus...


Penélope me arrasta para fora enquanto fala com Ralts sobre as bonecas. Não sei para onde elas me levam. Tenho a vaga sensação de ouvi-las falando sobre o Mercado. Mas quem se importa? Nada pode ser ruim quando se tem uma linda e macia bolinha vermelha.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Sab 12 Jul 2014, 16:43

Alice e Morfeu

Calma e serenamente, essa era a forma como Alice sempre percorria seu caminho, e assim sempre seria. Não havia pressa para realizar o terceiro, e provavelmente último, sacrifício da noite. Giratina não perdoaria a pressa de qualquer forma. Tudo deveria ser feito em seu devido tempo e com perfeição, exatamente da forma como a jovem Giratinista fazia. Os passos eram lentos e firmes, mas a guiavam, levando-a para o próximo ponto.

A única testemunha era a luz cheia. Sua luz pálida iluminava as formas da roda gigante, projetando sombras em direção à Alice e Morfeu. A borboleta era liberada de sua esfera, estando ainda desmaiada por causa do último combate. Feridas eram visíveis em seu corpo arroxeado. Sua respiração é calma, como se estivesse dormindo serenamente.

A adaga da mulher encontra o chão, começando a formar o desenho. Pequenas gotas de sangue são deixadas para trás, enquanto pequenas partículas de areia e poeira se fixam no liquido viscoso ainda presente na lâmina. A estrela logo ficava pronta e a voz de Alice reinava no silencio do parque. Butterfree no centro da estrela, com as asas abertas e expostas, como se fosse exibida para Giratina.

A adaga se ergue, negra e vermelha, iluminada pela lua. Mais uma vida era ceifada pela religiosa e mais sangue manchava o solo. Mas nada disso importava para Morfeu, pois tudo o que desejava, era o toque de sua senhora.

Penélope e Bubble

Bubble tentava se acalmar e não atacar a jovem vendedora, ao mesmo tempo em que rezava para que a criança não caísse na lábia da atendente e não gastasse em bobagens. Não que o preço da boneca fosse exorbitante, mas haviam coisas mais importantes do que meros brinquedos. Necessitavam encontrar Alice o quanto antes. Sua prece era dita com mais fervor, rezando para Arceus que Penélope criasse juízo e não se deixasse levar pela tentação.

Mais uma vez foi em vão.

A pequena coruja chorava de desgosto enquanto Penélope aumentava a lista de compras. Mais uma boneca, para que a Pokémon psíquica pudesse brincar junto com ela; muitas roupas e laços para as bonecas; um bicho de pelúcia grande demais em forma de Mew; o kit para chá. Aquilo parecia não ter fim! Mas logo os problemas eram esquecidos.

Os grandes olhos do Hoothoot fixavam na bolinha macia e vermelha. A morena pagava as compras e gastava o dinheiro de Alice, mas isso não importava para Bubble. Seu novo brinquedo era a única coisa que importava agora.

O grupo deixa a loja de brinquedos. As sacolas eram carregadas pelo Confusion de Ralts. Penélope carrega o bicho de pelúcia, mas o rabo era segurado pelo Pokémon guloso. A asa de Bubble era segurada pela mão de Penélope, que conversava alegremente com sua nova e roubada companheira. Chegavam sem dificuldades ao Mercado.

Um homem alto, com cabelos loiros e bagunçados, os mirava intrigado. O leque fazia algum vento para ele, enquanto os olhos verdes pareciam surpresos ao ver um Pokémon extinto. No entanto, não demorava muito para voltar ao normal. Bebia mais um copo de bebida, ato que fez Ralts o mirar com desgosto.

-Olá pequeninos. Precisam de alguma coisa?

Ele perguntava de forma gentil, aguardando uma resposta de Penélope ao mesmo tempo que indicava os itens que possuía a venda.

Boneca: 10pk$
5 kits de roupas e lados: 25Pk$
Bicho de pelúcia tamanho extra grande de Mew: 30Pk$
Kit de chá para bonecas: 13Pk$
Bolinha vermelha: 4Pk$
Total: 82Pk$
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Dom 13 Jul 2014, 12:30


Parque das Dores


Alice retirava a lâmina vermelha de dentro do corpo de Butterfree. Acredito que depois de hoje, algumas manchas vermelhas permanecerão eternamente na lâmina uma vez negra. Pois é, pequena borboleta. Sua vida se finda.


Alice se ergue mais uma vez. Um movimento rápido faz as gotas pegajosas se desprenderem da adaga e voarem para o chão, quase que deixando a lâmina limpa. Os olhos de minha senhora estão fixos na roda gigante. Tão concentrados... Sem resistir, uso meus poderes psíquicos em sua mente, tentando lê-la. Imaginava encontrar o vazio de sempre, mas dessa vez me surpreendo de uma forma não muito positiva.


O que é melhor? O vazio ou a dor?


Fico preso na mente de Alice por alguns instantes. Queria me livrar da dor que a prende. Contudo não encontro minha senhora e não sei como tirá-la de seu tormento. Tudo o que vejo é a dor, uma dor saudosa e agoniante. Parece que a algo bom chamando, mas inalcançável. Resta somente a tristeza de saber que a felicidade está tão perto, mas muito longe ao mesmo tempo. E isso dói...


Meus olhos se abrem repentinamente, me libertando da prisão que a mente de minha Senhora pode se tornar. Alice está tão perto, seu rosto ao lado do meu, sua boca a poucos centímetros do meu ouvido. Algo completamente inusitado.


- Destrua-a.


Ao som de sua voz, meu corpo emana a energia psíquica. Não sei nem dizer o que estou fazendo, só sei que vejo em minha mente os parafusos e sistemas de segurança da roda gigante se afrouxarem. A mão de Alice desliza pelo meu rosto enquanto ela se ergue, afastando-se novamente. Não quero isso. Mas não consigo protestar, tudo o que consigo fazer é permitir ao meu poder se esgueirar do meu controle, como se eu fosse uma simples ferramenta dos desejos da minha dona. A cada novo segundo, um parafuso fica solto. Primeiro a roda gigante, depois a montanha russa, o túnel do terror e todos os outros brinquedos. Um a um eles se tornam armas letais, preparadas para descarrilhar ao próximo anoitecer.


Desfrute de seu último dia de diversões parque. Amanhã a noite, quando estivermos longe, você será palco dos desejos de Alice e sua dedicação à Giratina.


Que venha o caos!





Eu e minha Bolinha Vermelha


A vida é bela e vermelha. Tão divertido. E quica! Oba!


- Eu quero um Lucky Incense, por favor!


Sei lá o que Penélope está fazendo. Também, por que eu deveria me preocupar? A bolinha está quicando para longe. Não vou permitir isso!


Sem me importar, me jogo embaixo de algumas prateleiras e escuto algo caindo. Mas quem se importa? Recuperei minha bolinha vermelha. Ela é tão lindinha e tão fofinha. Ralts está dizendo algo, vejo sua boca se mexer, mas a bolinha é mais interessante. Desculpe Ralts, outra hora conversamos. Agora quero a minha bolinha vermelha.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Dom 13 Jul 2014, 15:37

Alice e Morfeu

Alice havia ceifado mais uma vida. Butterfree partira, sua alma enviada para Giratina e seu sangue manchando a adaga negra da Iniciada. Um gesto rápido era o suficiente para que o excesso de sangue abandonasse a lâmina, manchando o solo onde muitas crianças corriam e brincavam inocentemente. No entanto, o que mais chamava a atenção do Pokémon Psychic era o olhar fixo de sua senhora, mirando a roda gigante. Novamente invadia sua mente e tentava ver o que havia, sendo surpreendido.

O sofrimento de Alice o envolvia, mas Morfeu era incapaz de libertá-la. Apenas uma palavra surgia dos lábios da mulher, uma ordem simples e direta, sendo seguida no mesmo instante. Os parafusos eram soltos e vários brinquedos se tornavam armas em potencial. Armadilhas letais para todas as pessoas que preencheriam aquele espaço dentro de algumas horas.

O caos em breve reinaria quando todos fossem apenas se divertir. Famílias seriam mortas. O parque se banharia em sangue. A confusão e o pânico se espalhariam, e as únicas testemunhas de quem era o responsável por aquilo estavam ao lado de Giratina.

As nuvens se afastavam e a lua continuava soberana. Estrelas se tornavam visíveis. Faria um lindo dia quando amanhecesse. Ao longe, muitas luzes voltavam, indicando que a energia havia retornado com força total à cidade. Sim, seria um lindo dia, mas apenas por um instante.

Penélope e Bubble

Enquanto Bubble se distraia com sua bolinha, Penélope começava a negociar com o homem. O mais velho tentava cobrar um preço mais alto do que o item valia, alegando que aquela quantia logo seria esquecida após a jovem ver o lucro que ele traria, mas por outro lado, a morena se negava a pagar o preço proposto, achando-o abusivo e argumentando. Um longo debate que poderia durar algumas muitas horas.

Por um instante, a bolinha vermelha quicava para longe e a coruja se jogava em sua direção. Algumas coisas caiam e quebravam ao colidir com o chão. Outras eram salvas por Ralts e seu Confusion. A fada bronqueava com a coruja, mas Bubble só se focava em sua preciosa bolinha.

O vendedor analisava os itens quebrados e a bagunça, pensando. Penélope fazia uma leve careta, sabendo que teria que pagar por aquilo.

-Por 3.000Pk$ você leva o Lucky Insence e considero todos os itens quebrados e a bagunça paga, o que acha?

O homem comentou e a criança suspirou derrotada, pagando o preço e pegando o item, saindo dali antes que o Hoothoot deixasse a bolinha quicar para longe novamente e corresse o risco de quebrar mais alguma coisa.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Dom 13 Jul 2014, 16:19


Onde está Penélope?


Com cada brinquedo transformado em uma arma letal, Alice se vira e se afasta do parque deserto. Não penso duas vezes antes de segui-la. Os corpos sem alma são deixados para trás. Agora, não passam de cascas vazias. Suas almas pertencem à Giratina.


- Procure Penélope.


Meus olhos brilham. Não posso dizer que estou satisfeito em saber que seguiremos ainda ao lado da menina, mas uma ordem de Alice deve sempre ser cumprida, não importa o que me custe.


Vasculho a cidade pela mente de Bubble. Seria fácil localizá-los assim que estabelecesse uma comunicação psíquica com ele. Contudo sou surpreendido por algo inexplicável. É óbvio que encontro Bubble, porém não consigo enxergar sua localização pelos olhos deles. Por algum motivo desconhecido, só há bolinhas vermelhas. Diversas delas. Isso me preocupa... Teria acontecido algo com a coruja ou com a menina? Tento mais uma vez, mas é igualmente inútil. Nada bom...


Alice parece não se abalar com meu fracasso e começa a andar pela cidade a procura da dupla. A cada novo passo, tento mais uma vez descobrir a localização deles pela mente de Bubble. Por que não tentei montar algum elo psíquico com Ralts ou Munchlax antes deles se afastarem? Munchlax seria possivelmente tão útil quanto Bubble está sendo nesse momento, mas Ralts é psíquica também, teríamos maiores chances de uma conexão forte e sustentável.





BOLINHA VERMELHA!!!


Acho que estou sendo arrastado novamente. E novamente, isso não me importa. Assim como não me importa o muxoxo que a menina fazia pelo dinheiro gasto por eu não ter me comportado. Nada disso importa. Afinal ainda tenho minha bolinha vermelha. Tão linda e redonda e vermelha. O som do sininho de outra loja é ignorado, assim com a voz da menina Penélope pedindo uma arma de choque. Que loja teria isso? Pouco me interessa. Assim como pouco me interessa essa voz insistente na minha cabeça perguntando onde estou. A resposta é óbvia: estou me divertindo com minha bolinha vermelha. Que resposta mais esse pokémon amarelo na minha cabeça pode querer?


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Ter 15 Jul 2014, 18:23

Alice e Morfeu

Alice e Morfeu começavam a se afastar do parque de diversões. Suas armadilhas preparadas, apenas aguardando o dia seguinte, quando iriam se ativar e levar centenas de vidas. Uma nova ordem era pronunciada e o Pokémon Psychic começava a tentar cumpri-la, embora não muito satisfeito em saber que ainda teriam a companhia da criança, mas se este era o desejo da mulher, seria cumprida. No entanto, havia um pequeno problema...

A mente da pequena coruja não mostrava nada além de vermelho. As tentativas de estabelecer uma comunicação psíquica com Bubble são em vão, tudo se resumia a esferas vermelhas em sua mente, deixando Drowzee preocupado. Teria acontecido alguma coisa?

A Giratinista seguia seu caminho, buscava seu Pokémon e a criança, ao mesmo tempo em que o Pokémon amarelo tentava se comunicar com o companheiro de time, sem sucesso. As ruas, apesar da hora da noite, se encontravam movimentadas. Aparentemente eram poucas as pessoas que dormiam naquela cidade. Luzes coloridas brigavam por atenção em cada esquina, impedindo uma boa visualização das estrelas. Algumas pessoas comentavam sobre o incêndio no cassino, mas aparentemente, as autoridades ainda não haviam revelado grandes informações.

Penélope e Bubble

Bubble não se importava com mais nada. Sua preciosa bolinha era tudo em sua vida naquele momento. Não importava estar sendo levado por Penélope, de ter quebrado algumas coisas, apenas o novo objeto que se encontrava em sua posse. Nada importava. Nem mesmo as novas compras de Penélope, que ainda gastava o dinheiro de sua mestra, ou a voz de Drowzee em sua mente, o questionando sobre onde estava ou o que estava fazendo.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Seg 01 Set 2014, 15:45


Te achei!


A caminhada por Twister era infernal. Tentei a cada 2 minutos me conectar a Bubble para saber de sua localização, porém aquele filhote com cérebro de passarinho só pensava em bolinhas vermelhas. Não conseguia entender essa obsessão. Aliás, nenhuma obsessão faz sentido para mim, umas vez que não me permito ter minha mente desviada para qualquer fim que não seja a liberdade de minha Senhora.


Mas, voltando à missão em questão: encontrar Bubble. Sentia uma vontade crescente de depenar aquela coruja irresponsável. Eu sei que ele saiu do ovo há pouco tempo, mas ele é um pokémon de Alice, não deve se distrair com infantilidades. Também sei que talvez não tivesse sido sábio de minha mestra deixá-lo com guardião de uma criança que carregava sua carteira. Uma combinação potencialmente perigosa e destrutiva. Infelizmente, após algumas horas de caminhada, meus temores sobre esse último detalhe se mostraram fundados quando os avistei saindo de uma loja de armas e, antes de pensar no dinheiro gasto, pensei:


"Por Arceus, o que vocês estão fazendo em uma loja de armas?"


Ralts ouviu meu pensamento indignado e se virou para mim, parecendo incrivelmente tímida. Bubble por sua vez, aquele filhote sem bom senso, era arrastado por Munchlax e mantinha o olhar vidrado na bolinha vermelha em sua pata. Pelo menos já sei a origem do que via na mente dele.


"Penélope estava comprando uma arma de choque. Acredito que estava pensando na segurança dela e de Alice."


A doce voz de Ralts ecoa em minha mente, respondendo minha pergunta anterior. Ela deve ter achado que sua explicação era mais do que suficiente e completa, entretanto a pobre e doce Ralts esqueceu-se de um pequeno detalhe:


"Está me dizendo que gastaram o dinheiro de Alice em uma arma de choque? Para que precisariam disso? Eu protegerei as duas antes que precisem dessa arma inútil!"


"Não seja ranziza. Penélope é só uma criança e quer garantir a segurança das duas. Agradeça por ela se preocupar com sua mestra também."


"A boneca que você ta carregando também é para a proteção de Alice?"


Ralts mirou a boneca constrangida, como se tivesse sido pega fazendo algo que não devia e, com isso, consegui lhe tirar as palavras. Não posso evitar rir mentalmente. Não aceitaria perder um debate com a pokémon de uma criança. Pensando nisso... É interessante que ela não tenha me perguntado de seu antigo dono, mas também isso não me interessa. Menos explicação para dar. Estou mais preocupado com as consequências da falta desse dinheiro...


- Olha o que eu comprei, Alice.


Penélope parece feliz mostrando outra boneca, roupas para bonecas, uma máquina fotográfica, um computador e muitas outras coisas. A cada novo item percebo que o gasto era exorbitante e altamente desnecessário, mas Alice não comenta nada. Ao contrário, minha Senhora senta-se no chão mirando os itens com seu olhar vazio, mas fazendo a criança feliz com o gesto. Por Arceus, isso não fará bem para minha sanidade.


- Ho... - Pia Bubble apertando a bolinha vermelha ao lado de um Munchlax petrificado após ter mordido um picolé.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Seg 01 Set 2014, 20:37

Morfeu se irritava com a falta de resposta, chamando Bubble de cérebro de passarinho, apesar do mesmo ser de fato um passarinho bebê. Pensamentos confusos na mente do Pokémon psíquico, que não notava que ele mesmo era obcecado, mas ao contrário da coruja que era obcecada por bolinhas vermelhas, o Drowzee era obcecado pela segurança de sua senhora.

Uma pequena preocupação se alojava no peito do psíquico. Uma coruja irresponsável como guardião de uma criança, que carregava todo o dinheiro de Alice. Aquilo podia tomar proporções preocupantes... Para sua sorte (ou não), encontrou o pequeno grupo saindo de uma loja de armas. Seu primeiro pensamento foi a razão de estarem naquela loja.

Ralts e Drowzee começaram a conversar, a primeira tentando acalmar o segundo, porém ele não se dava por satisfeito, iniciando um pequeno debate, do qual conseguia rapidamente tirar qualquer argumento da fada. Enquanto isso, a criança mostrava alegremente todos os objetos adquiridos, recebendo uma reação que parecia estimular ainda mais seu comportamento de gastar dinheiro alheio com objetos sem real utilidade. Morfeu já previa os danos que aquilo traria para sua sanidade, bem como os danos na conta de Alice.

Ralts se deixava levar pelo jeitinho de Penélope, Bubble não via nada além de sua bolinha vermelha, Munchlax estava ocupado demais comendo picolé, ficando com stats Frozen após morder o alimento gelado, mas nada que alguns minutos para se recompor, mordendo novamente a sobremesa e ficando novamente congelado enquanto sentia os dentes e o cérebro congelarem.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Qui 04 Set 2014, 02:48


Xuxa? Fala sério...


Enquanto Munchlax enfrentava seu duelo particular contra o picolé que o deixava petrificado por alguns segundos, Ralts se aproximava de Penélope, carregando sua boneca e ajudando a criança a guardar os itens comprados. Entretanto, logo a pequena deixou Ralts sozinha ao avistar a loja de artigos musicais. Bubble seguia sendo um inútil e Munchlax seguia congelado. Alice se erguia com graça e delicadeza, porém não impedia Penélope de correr saltitando para a nova loja. Será que só eu percebo o problema que isso será?


- Venham.


Minha Senhora me chama e eu a sigo. Arceus, eu te imploro, que Alice esteja indo impedir gastos desnecessários, pelo amor de Arceus, Arceus (?), me ajude a impedir essa loucura.


Entramos na loja nova. Há itens interessantes e que me chamam a atenção. Alguns por sua beleza, outros por sua estranheza. Não consigo imaginar o motivo de alguém querer comprar uma gaita de fole, mas enfim...


- Oi moça. - Penélope chama a atendente enquanto Alice desliza os dedos por sobre um violino. Por algum motivo é fácil imaginar o instrumento sob seus dedos, emitindo notas tão lindas e encantadoras quanto ela. No entanto, meu sonho de ouvir minha Senhora tocando transforma-se em pesadelo ao ouvir Penélope continuar sua fala. - Cadê a lista de cursos?


O que ela quer com cursos? Meus olhos se voltam para Ralts, na esperança de que ela se manisfeste e se redima impedindo sua nova dona de gastar dinheiro alheio. Porém novamente me frustro. Essa psíquica fajuta pegou um cd e começou a analisar as músicas. O que ela pretende? Mostrar mais itens para despertar o espírito consumista dessa criança?


- E ela vai querer fazer mais este aqui também. Ah! E ela vai querer os instrumentos desses cursos.


Minha atenção se volta para Penélope e eu quase infarto, literalmente falando, ao ver a atendente colocar por sobre o balcão um violino, uma lira e uma flauta doce. Será que Penélope estava fazendo mesmo o que eu imagino que ela estava fazendo?


- Mais alguma coisa pequena? - A atendente perguntou.


- Ah sim. Mais um curso de canto também.


- Então é Violino, Lira, Flauta Doce e Canto. Todos no nível máximo?


- Com certeza!


Agora enfartei. Quatro cursos no nível máximo? Mais os instrumentos? Essa menina tá achando que foi adotada por um banco?


Começo a me aproximar para impedir tudo isso, porém Alice se aproxima antes e pega a lira em suas mãos. Agora essa será a lira dela... Quando minha mestra começa a se afastar para as aulas, esqueço a existência de Penélope e a sigo, ansioso por ouvir suas notas e me maravilhar com a melodia que ela será capaz de produzir. Este seria o meu mais maravilhoso engano. Se por um lado o prazer de ouvi-la cantar não possa ser descrito, por outro ver Penélope pagando ainda mais itens foi como uma facada. Afinal de contas, eu falhei como os outros. Por que a deixei sozinha?


Após suspirar resignado, me aproximo do balcão e vejo o sino (tenho medo de pensar na utilidade dele), um rádio, um ipod, um fone de ouvido (obrigada Arceus) e 3 cds com músicas personalizadas. Pego cd após cd para ver a seleção de músicas e agradeço ainda mais pelo fato dela ter comprado fones de ouvido. Eu sei que ela é uma criança, mas não quero imaginar o que seria de minha mente se tivesse de passar o tempo todo ouvindo Xuxa, Eliana e Sucessos e Sandy e Júnior.


Conclusão do dia: Arceus você me odeia ou Penélope quer me enlouquecer.



off:
Lista de músicas CD1:
Lindo Balão Azul (Guilherme Arantes)
Vivemos no Mundo Pokémon (Pokémon)
A Orquestra Dos Mosquitos (Eliana)
Berlinda (Chiquititas)
Do-ré-mi-fa-so-la-si-sol (Eliana)
Piui Abacaxi (Trem da Alegria)
É De Chocolate (Xuxa)
Doce Mel (Xuxa)
Somente o Necessário (Disney)
Orquestra dos Bichos (Eliana)
Para Todo Sempre (Disney)
Upendi (Disney)
Não Direi que é Paixão (Disney)
Splish Splash (Sandy e Júnior)
Dança do Coco (Xuxa)
Frutanimais (Eliana)
Amarelinha (Xuxa)
Dig-Dig-Joy (Sandy e Júnior)
Vamo Pula (Sandy e Júnior)
Quando Rola o Tchan (Disney)
Lista de músicas CD2:
Dança dos Bichos (Eliana)
Aquarela (Toquinho)
Exército do Surf (Angélica)
Vai Ter Que Rebolar (Sandy e Júnior)
Lá Vou Eu (Disney)
Com a Corda Toda (Angélica)
Brincar de índio (Xuxa)
Mãos Ao Alto (Angélica)
Pra ver se cola (Trem da Alegria)
Beijo é Bom (Sandy e Júnior)
Pipoca (Xuxa)
Canção do Eco (Eliana)
Estas Ruas São de Ouro (Disney)
Na Malandragem Eu Sou Rei (Disney)
Eu e Você e Pokémon (Pokémon)
Tô Ligado Em Você (Sandy e Júnior)
É Um Mundo Totalmente Livre (Pokémon)
Pokémon Johto (Pokémon)
Remexe (Chiquititas)
Pop Pop (Eliana)
Lista de músicas CD3:
É tão Lindo (Eliana)
Tindolelê (Xuxa)
Bicharia (Eliana)
Eu Quero Mais (Sandy e Júnior)
É duro ser bebê (Eliana)
Uni, Duni, Tê (Eliana)
Ilariê (Xuxa)
Tema Pokémon (Pokémon)
Você Quer Dançar (Barbie)
Beijomania (Eliana)
Aqui no Mar (Disney)
Piuí, Piuí, Piuí (Eliana)
Coração Criança (Eliana)
Libera Geral (Xuxa)
Eu Acho que Pirei (Sandy e Júnior)
Dona Felicidade (Eliana)
Vejo Uma Porta Abrir (Disney)
Boneca de Lata (Eliana)
Lua de Cristal (Xuxa)
Amigas (Chiquititas)
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Sex 05 Set 2014, 20:02

Off: Ficha atualizada (fico pobre XD)


O Pokémon Psychic começava a acreditar ser o único a ver os problemas que toda aquela situação poderia acarretar. Ninguém, nem mesmo Alice, sequer tentava impedir a criança de continuar a gastar incessantemente o dinheiro da religiosa. Agora o alvo era a loja de artigos musicais, sendo tão úteis quanto os outros objetos que a menor havia adquirido. No entanto, apenas Morfeu parecia se importar com este pequeno detalhe.

Drowzee rezava para que sua mestra impedisse Penélope, seguindo-a e adentrando na Love Music. Os diversos itens chamavam a atenção, seja por sua beleza, seja pela estranheza. Violinos e liras se mostravam elegantes e delicados, enquanto as gaitas de fole e berrantes se erguiam de forma estranha. A giratinista acariciava um dos vários violinos em exposição, fazendo seu Pokémon se perder em pensamentos por breves segundos, pois Penélope logo o despertava.

A criança avaliava a lista de cursos. Desesperado, Morfeu observou Ralts, desejando que ela fizesse alguma coisa, mas a fada avaliava outros artigos. Aparentemente, por Penélope ser uma criança, a Pokémon acreditava que ela merecia perdão por querer tantas coisas. No entanto, Drowzee teve sua atenção desviada para Penélope novamente. A pequena agora, além dos cursos (no nível máximo), pedia os instrumentos necessários. Aparentemente, realmente acreditava ter sido adotada por um banco, ou por uma moça muito rica.

O Pokémon desejava impedir aquela loucura, mas sua senhora se aproximava antes, dirigindo-se para o local onde seriam realizadas as aulas. A expectativa das melodias que Alice tocaria distraiu Morfeu por tempo suficiente para que Penélope realizasse mais compras. Drowzee agradecia um dos itens, que o impediriam de ouvir as músicas infantis, voltando e seguindo Alice para outra sala.

Quatro professores diferentes se aproximavam, observando e conversando brevemente, antes de iniciar as aulas. Ensinavam a forma correta de se segurar cada instrumento, a posição dos dedos, fôlego necessário no caso da Flauta e Canto, e a força necessária para aplicar nas cordas da Lira e do Violino. As primeiras notas soavam ruins, mas ao decorrer das horas, cada objeto era totalmente dominado, bem como a entonação da voz. Morfeu não podia estar mais encantado com tudo aquilo, perdendo a noção das horas conforme Alice conseguia produzir lindas e suaves melodias de cada nova aquisição. Talvez o gasto não tivesse sido tão ruim assim, não é? No entanto, seu encanto acabou quando saíram da sala.

     

A música soava alta do lado de fora, vindo do rádio de Penélope. A morena cantava e dançava a música Pipoca de Xuxa, sendo acompanhada por Bubble. Munchlax comia pipoca alegremente, rebolando ao som da música infantil. Ralts sorria, batendo palmas de leve no mesmo ritmo, parecendo se divertir com o pequeno show de sua nova senhora. A atendente também cantarolava, enquanto arrumava alguns objetos, mexendo a cabeça numa pequena dança.

Outra garota também dançava com Penélope, tendo provavelmente quatorze anos, mas parecendo compartilhar do mesmo gosto musical da menor. Rodava junto com Bubble, espalhando o cabelo longo e azulado para todas as direções, até que parava subitamente, encarando Alice por alguns instantes.

-AAAAAAAAAHHHHHHHHHHH! É Alice-sama?! Não acredito, não acredito! Ai minha santa do pudim de chocolate! Se eu estiver sonhando, não me acorde! É mesmo a vencedora do evento dos 50 anos?!

A garota perguntava. Os olhos brilhando enquanto encarava a giratinista de perto. Aparentemente, o fator de estar dançando e cantando com um Pokémon extinto, não serviu de pista para que ela tivesse certeza que de fato era Alice. A música ainda soava, Penélope ainda cantava e dançava com Bubble.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Sab 06 Set 2014, 15:39

off: adeus din din ç.ç

Uma Estranha Muito Estranha


Ok... Vejamos por onde começo a descrever a estranha situação em que me encontro... Para começo de conversa, estava ouvindo a melodiosa voz de Alice entonar notas musicais com tamanha perfeição que me senti no céu. O som de seu violino também era perfeito e majestoso. Então, extasiado com esta maravilhosa sinfonia, sou tragado de volta a realidade com violência por:
1) A voz infantil e agitada de Penélope cantando Xuxa
2) Os pios de um Bubble que tenta cantar, pular e não perder a bolinha vermelha ao mesmo tempo
3) Uma atendente sem noção que cantava junto a música da Xuxa
4) Um rádio ligado no último volume
5) Uma estranha cantando junto com o grupo
6) Uma Ralts que estimulava tudo batendo palmas
7) Uma estranha (a mesma que estava cantando) começando a gritar entusiasmada e com frases incoerentes questionando-se se realmente minha Alice era a vencedora do evento dos 50 anos. Como se não fosse óbvio.
8) Um Munchlax dançando


Em resumo: minha mente foi bombardeada por sons irritantes e imagens estranhas.


Bubble voou e pousou sobre o ombro de Alice, mexendo em seu cabelo. Talvez fosse somente isso que faltava para que a estranha confirmasse a identidade de minha Senhora, ou talvez a frase de Penélope tenha sido mais adequada para a distraída estranha...


- É sim. E ela ta cuidando de mim.


Penélope afirmava sorridente. Minha presença parecia ser totalmente ignorada. Alice deixava os dedos deslizarem pela asa de Bubble, em uma suave carícia que me causava inveja. Penélope estava sentada com as mãos na cintura e peito estufado. Isso, por um lado, era bom, afinal ela havia parado de cantar. Por outro lado, ela não havia desligado o rádio e a música Pipoca seguia tocando como uma trilha sonora muito estranha. Suspirei, mas me mantive no lugar, aguardando Alice se afastar.


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Seg 08 Set 2014, 20:34

Off: quem mando adotar a Penélope? u.u


Levou alguns instantes para que Morfeu conseguisse acreditar na situação em que se encontrava, sendo praticamente bombardeado por fatores bizarros ao mesmo tempo. Se antes estava no céu, acompanhando as doces melodias de sua senhora, centro de seu mundo, agora era arrastado para o inferno.

Seus ouvidos foram bombardeados violentamente, enquanto sua mente tentava processar o excesso de imagens bizarras.

Enquanto a garota continuava encarando Alice com admiração, a coruja voou e pousou sobre o ombro da giratinista, mas como se quisesse dar mais ênfase, Penélope se pronunciou e revelava a identidade da religiosa. Morfeu parecia ser totalmente ignorado, mas agradecia pela menor ter parado de cantar, embora a estranha trilha sonora perpetuasse.

- AAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH! Meu santo das amoras, você me ama! Nunca imaginei que um dia poderia encontrar Alice-sama! Minhas irmãs nem vão acreditar... AH! MINHAS IRMÃS! Elas PRECISAM ver você! Se não, nunca vão acreditar que encontrei Alice-sama! Vou buscá-las e já volto!

A garota saia correndo eufórica, abanando-se rapidamente com o leque de flores e borboletas, sendo vista pegando a rua da direita. Alice começava a caminhar, também saindo da loja e mirando as ruas ao seu redor, como se estivesse em duvida para onde ir. Penélope, ainda com a carteira, contava quanto de dinheiro havia sobrado, possivelmente pensando em mais compras. Ralts e Munchlax seguiam o grupo de perto. Desta vez foi Morfeu quem guiou o grupo, querendo evitar se encontrar com aquela garota eufórica, levando todos pela rua da esquerda.

Os passos eram calmos e o psíquico teve alguns instantes de calma, mas isso não durou muito tempo ao ouvir um berro muito familiar. Todos pararam e miraram a construção ao lado, onde a mesma garota que haviam encontrado na Love Music estava. Os mesmos cabelos longos, a mesma roupa, até o mesmo leque e penteado.

-Por todos os docinhos do mundo, é mesmo Alice-sama?! AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH! Nem acredito!

A garota descia pela escada de incêndio de forma apressada, quase tropeçando diversas vezes nos degraus, antes de parar bem na frente de Alice e admirá-la de perto. Os olhos azuis brilhavam.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Ter 09 Set 2014, 01:04

é uma criança sozinha nas ruas da cidade ç.ç


Teleport, só pode!


Ok...


Vamos pensar com calma...


Posso jurar que vi a garota estranha correndo pela rua da direita e, por isso, segui pela esquerda. Afinal, eu só queria um lugar tranquilo para ouvir minha Senhora cantar novamente sem o barulho que Penélope chama de música ou estranhas histéricas e sem noção de espaço. Então, como podemos ter dado de cara com ela novamente?


Não faz sentido. Assim como não faz sentido ela já estar em cima de uma escada. Se ela era tão rápida para subir quanto para descer, realmente não faria sentido.


Conclusão: ela deve ter um Psychic.


Chamo Ralts e, mesmo contrariada, ela me ajuda a procurar o pokémon psíquico que deve ter usado Teleport para levar essa garota até lá em cima com o único propósito de testar minha paciência. Ralts desisti um pouco cedo da busca, alegando que não havia nada. Fato que fui obrigado a concordar depois de insistir um pouco mais.


- Você é rápida, hein moça.


Penélope comentava, sendo acompanhada por um pio de Bubble que concordava. Pelo menos a criança não é tão desatenta quanto pensei...


- Como faz isso?


Penélope perguntava verbalizando uma dúvida que eu também tinha. Contudo eu viveria sem essa resposta se conseguíssemos nos afastar desses acontecimentos estranhos. Alias, acho que eu ficaria melhor se saíssemos dessa cidade barulhenta. É meio da madrugada, logo o sol deverá começar a nascer. Por que tem tanta gente acordada?


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Ter 09 Set 2014, 15:01

Off: q agora vai fazer o Morfeu surtar xD


Morfeu sentia-se confuso com a situação. Não fazia sentido. Haviam pegado o caminho que levava a direção oposta a que a garota havia tomado, então como haviam a encontrado novamente? Como ela estava no topo da escada? Era pedir demais alguns instantes ouvindo a doce melodia de Alice?

Drowzee concluía que devia haver algum Pokémon psíquico com ela, talvez com teleport... Começava a busca atrás do ser misterioso, pedindo ajuda para a fada que acompanhava Penélope, no entanto, não encontravam nada. Não havia nada. Isso tornava a situação ainda mais estranha.

Penélope verbalizava a pergunta que Morfeu se fazia, demonstrando que não era tão desatenta assim. Todavia, o que o Psychic mais desejava era sair da cidade, ir para algum lugar distante. Embora fosse madrugada, a cidade ainda não dormia. Eternamente brilhante e movimentada, esta era Twister City.

-Você acha? Bom, vivo subindo e descendo escadas o tempo todo, então devo ter ficado rápida sem notar... – A jovem comentava pensativa, mas logo desviava sua atenção. – Mas como não ficar rápida quando se está perto de Alice-sama?! Minhas irmãs não vão acreditar em mim! Já sei! Vou ligar pra elas! Esperem aqui, volto antes de falarem bibidibobodibumbidialguma coisa!

A garota dizia, se atrapalhando na última palavra, antes de subir as escadas correndo e quase tropeçando. Quando sumiu de vista, Morfeu pensou na palavra proferida e saiu andando, guiando o grupo mais uma vez. Tomava a rota oposta a da menina, desejando se afastar da mesma o mais rápido possível. Todavia, o destino pareceu rir dele mais uma vez.

Enquanto o grupo caminhava, passavam próximo de um mercado. Qual a surpresa ao ver a garota saindo do mercado? As sacolas se encontraram com o chão velozmente, sendo possível ouvir o som de ovos quebrando.

-AAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH! Alice-sama?! Pela santa do meu bolinho de fubá! Ninguém me belisque! É você mesmo?!

Novamente a mesma reação, como se fosse o primeiro contato da garota, observando Alice de perto com olhos brilhando. O mesmo cabelo azulado, os mesmos olhos azuis, mesmo leque, mesmo penteado, mesmo traje. Tudo igual. Como era possível?
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Qua 10 Set 2014, 23:51

off: e vai mesmo XD pobre Morfeu XD


Teleport, comprovado, mais... Amnésia?


Devo dizer que o senso de humor do divino pokémon é muito fraco. Mandar uma garota, aparentemente, equipada com teleport e amnésia não era exatamente a melhor brincadeira da história. Acreditar que isto não é uma brincadeira é ainda mais sem sentindo. Afinal de contas, vamos analisar: munchlax está mexendo na sacola de compras caídas e espalhadas de uma estranha que encontramos pela terceira vez em poucos minutos e, em todas elas, agiu como se fosse o primeiro encontro. Lógico? Claro que não. Ainda mais se somar a um Hoothoot pousado na cabeça da estranha, bicando a cabeça da mesma, para se certificar se era de verdade ou não, e sendo completamente ignorado...


- Por que a surpresa? Acabamos de nos despedir...


Penélope verbalizada a única coisa que parecia lógica naquele cenário insensato. Agora a questão é: como uma menina de somente 6 anos parecia ser a única capaz de perceber a estranha situação?


Percebo ao meu lado que Ralts está começando a concordar com meu ponto de vista e simplesmente a miro de canto de olho no meu melhor estilo: eu sempre estou certo. Porém aguardei ela reconhecer o fato antes de verbalizar um "eu te falei". Contudo... Algo me diz que esse suspiro dela é sinal de que ela não vai reconhecer o fato... Mas enfim, não é isso que importa agora. O importante é como se livrar dessa garota com teleport e amnésia. Será que Giratina não gostou dos sacrifícios? Ou talvez esteja pedindo mais? A segunda proposta me agrada mais, devo confessar...


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Érica Qui 11 Set 2014, 16:19

off: é divertido torturar ele (o(


Morfeu chegava a conclusão que o Pokémon Divino estava fazendo alguma brincadeira de muito mau gosto com ele. Que outra razão deveria existir para justificar uma garota que, aparentemente, possuía Teleport e Amnésia? Aquilo tudo estava muito estranho e impossível. Munchlax remexia a sacola da estranha, tirando um pacote de biscoitos e passando a devorá-los sem se importar. A estranha já havia encontrado o grupo pela terceira vez, mas não parecia se recordar e tratava aquela experiência como se ainda fosse a primeira. Bubble parecia testar, tentando ver se ela era de verdade e bicava sua cabeça, mas era totalmente ignorado.

Novamente, Penélope se pronunciava e se mostrava mais atenta do que o imaginado. A garota piscou algumas vezes para a menor, claramente confusa com o comentário. Enquanto isso, Morfeu esperava que Ralts finalmente cedesse e concordasse que ele estava certo, coisa que não ocorreu. A mente do psíquico se ocupou com outras coisas: como se livrar daquela garota estranha? Giratina não havia gostado dos sacrifícios e o estava punindo? Ou havia gostado e queria mais? A segunda possibilidade era realmente tentadora...

-Não nos encontramos não... A não ser... Ai não! Pelas tangerinas do meu jardim, não fui a primeira!

A estranha começou a chorar. O choro alto mais parecia uma sirene estridente e irritava os ouvidos de Morfeu. Bubble tentou consolar a jovem, enquanto Munchlax agora comia o queijo que estava na sacola que ela havia deixado cair.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Alice Sex 12 Set 2014, 14:06

off: Morfeu discorda u.u


Curiosidade... Infeliz Pecado...


Muito bem. Alguns podem pensar: a coitadinha está chorando, console-a Morfeu. Para esses meu mais desinteressado: sinto muito.


Sinceramente? Tenho coisas mais importantes com as quais me preocupar, como por exemplo buscar sacrifícios para Giratina, para que ele crie o caos, Arceus retorne e assim, libertar Alice de seu prisioneiro com a ajuda do Sagrado Pokémon. Então, é muito a se fazer e pouco tempo. Afinal, de que me adiantaria levar 50 anos para libertar minha Senhora? Meus objetivos são para ontem e não tenho tempo para perder com uma adolescente que fica chamando pelas tangerinas do jardim.


Sem me importar com o drama da estranha, com o fato de Munchlax estar assaltando sua sacola de compras ou de Bubble tentar consolá-la, me viro e começo a me afastar. A noite pode ser melhor aproveitada. Contudo não me afasto nem dois passos antes de ser detido pelo som de voz de Penélope. Involuntariamente olho para trás e vejo a criança sentada ao lado da estranha, conversando com a mesma.


- Não precisa chorar moça. Podia se distrair me contando o que tá acontecendo, não é?


O tom de voz infantil pode soar reconfortante para muitos, mas não para mim. Sei que aquela criança quer mais é saber do que a estranha falou do que consolá-la na realidade. Pequena manipuladora... Eu quero ir embora! Por que bancar a curiosa agora?


Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Twister City: The Mystic's Dream - Página 3 Empty Re: Twister City: The Mystic's Dream

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos