Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Sab 22 Fev 2014, 23:20

O medo parecia um amigo intimo se recusando a abandonar o corpo de Sakura. A chuva convidava a garota a abaixar os olhos, abandonando a difícil batalha. A visão era turva, apesar da adrenalina correndo pelo corpo. Quando Isaac foi congelado, a morena mordeu o lábio inferior e franziu a testa. Mesmo sempre prezando pelos duelos limpos e justos, respeitando as regras, a morena lançou sua segunda pokébola. Quando percebeu, Serena estava ao lado de Isaac, pronta para a luta. Um simples obrigada parecia ser exigente demais. Sakura seguia seus instintos e ensinava Double Team, pensando em um meio novo de utilizar o ataque.

- Sakura!

Quando a garota percebeu, Jolteon colidia no ar contra Vulpix, ambos rolando para longe da morena. Os rosnados eram animalescos e os dois se enfrentavam com mordidas e arranhões, ambos estudando o adversário, a espera da hora certa para atacar. O elétrico parecia sentir que a raposa era forte e seu golpe mais forte lhe deixava com a guarda baixa... Se errasse, estaria perdido... Voltando os olhos para Chikorita, já que não poderia perder muito tempo naquela batalha, a Stylist comandava novos ataques. Entretanto, quando deu um passo para trás após ensinar Double Team para Serena, a Pokémon grass foi surpreendida por uma Ekans que surgia de um dig. A serpente se enrolava em Serena, sufocando-a. Sakura gritava assustada. Contudo, antes que pudesse correr para ajudar sua Pokémon, Ethan a alcançava e a abraçava pelos ombros, segurando-a. Meowth, por outro lado, corria e saltava sobre a Pokémon cobra, arranhando-a nas costas e a obrigando a liberar a Chikorita.

- Ahhhhhhhhhhh... Outro miau miau? Não gostei! E aquele menino quer roubar a boneca Bailarina, não podemos deixar!

A fala da louca mais uma vez demonstrava alguma coerência e insanidade ao mesmo tempo. Os rosnados de Jolteon e Vulpix ainda preenchiam os ouvidos de Sakura, assim como o Protect de Serena impedindo o ataque de ekans contra si e contra o Meowth. Apoiada em Isaac, Kirlia parecia se divertir com a expressão de Sakura. Nem mesmo os braços do ruivo lhe dando alguma proteção parecia lhe acalmar naquele momento. A única visão que pareceu dar alguma esperança para a jovem, foi a do gelo se quebrando com o Shadow Ball de Isaac. O gato estava livre. Kirlia usou seu teleport no primeiro momento, fugindo dos vestígios de gelo e rapidamente usou outro Teleport para desviar do Tackle. O golpe quase a atingiu e a reação rápida do felino conseguiu desmanchar o sorriso debochado da Pokémon.

Sakura tentava não se distrair, todavia era complicado pensar na luta de Serena e Meowth contra Ekans, Issac contra Kirlia, ainda mais com o som de trovões acompanhando os rosnados de Jolteon e Vulpix. Ao mesmo tempo, a morena pensava na possível complicação do aparecimento do ruivo. A louca parecia querer se livrar dele, como a Stylist previra. O ruivo, por outro lado, parecia já cansado, talvez de procura-la pela rota 2 em meio ao temporal.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 300
Skitty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
80%, Status: +1 evasiness
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
100%, Status: Normal
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Dom 23 Fev 2014, 15:05




♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Kirlia era um Pokémon muito lindo! Era perfeito para apresentações que envolviam danças e charme. A Pokémon poderia, certamente, desempenhar o papel perfeito e assim poderia ser perfeito. Embora isso tudo fosse verdade, o simples fato da Kirlia ter uma tendência psicopata era de se jogar fora toda a concepção que já possuía da Pokémon. Aquela, diferente das habituais, era medonha, parecendo, visivelmente, doente e aquilo apertava muito o meu coração, que não me deixa olhar para a Pokémon sem um sentimento de repreensão. A louca não ficava atrás também! Possuidora de um raciocínio bem diferente das demais pessoas, a ruiva ficava lá, rindo e rindo.

Aquela chuva estava sendo traiçoeira. Meus pés fraquejavam. Meu coração temia. Isaac congelado era tudo o que eu não queria. Eu não sabia do Ice Punch, mas algo me dizia que manter a distância era melhor ainda. Sentir-me uma completa inútil, já que mesmo mantendo a distância, selava o meu Pokémon daquele jeito. Serena assumia o campo e assim levava tudo mais sério do que o gato, embora este estivesse, todo o tempo, me protegendo. Mas a minha alegria, ou tristeza, fora ver o selvagem Joelton de Ethan avançar contra Vulpix, caindo ao lado entre rosnados, arranhões e mordidas. Ethan estava ali!

Próximo de mim, o ruivo conseguira me encontrar em meio daquela tempestade. Sabendo disso, eu me sentia mais leve, voltando aquele estado de garotinha indefesa que não consegue nada sozinha. Estava pronta para me jogar ao chão e chorar pela perda de Lillipup. Mas, ao invés disso, eu fiquei parada. Sim! Fiquei parada porque eu não poderia reagir daquele jeito. Era uma batalha poderosa, até mesmo para o pseudocadete. Mesmo levando isso em consideração, meus pés queriam que eu descansasse, mas eu não deixei.

Preocupada com o ruivo, que estava ali, mais uma vez, por mim, eu voltei para a batalha. O mínimo que eu poderia fazer era auxilia-lo na batalha contra a Ekans que até agora eu não sabia que existia e batalhar, sozinha, contra a Bailarina infernal. As bailarinas de chamas que eu havia visto há metros atrás eram lindas comparadas aquela forma medonha na minha frente. Isaac se libertava do gelo, felizmente, no entanto, Teleport era o nosso maior inimigo naquele momento, no qual não deixaria o meu Pokémon tocar na bailarina. Embora usasse os clones, a habilidade natural da Pokémon iria localizar o verdadeiro...

- Serena, ajude Meowth a derrotar a Ekans. Use o seu Double Team para confundir o seu oponente e em seguida, use o seu Protect para proteger-se assim como o felino de qualquer golpe de Ekans. – dizia para a Pokémon Grass.

O peso da água em meu corpo apertava-me contra o solo. Até então, eu não sabia o que fazer a não ser me preocupar com os meus dois Pokémon. Era Ekans de um lado. Kirlia a frente. Vulpix ao longe.

- Isaac, eu sei que ela conhece o verdadeiro, mas vamos continuar nisso: use Double Team mais uma vez. Corra na direção de Kirlia e preste atenção nos movimentos dela. Se ela conseguir lhe atacar, use um clone como defesa e salte usando um Tackle surpresa nela. Caso ela se teleporte, prepare um Shadow Ball e segure, lançando apenas quando ela reaparecer. – dizia para a Pokémon.

Double Team era um golpe nulo? Apenas os clones poderiam ser descobertos, mas era um golpe que aumentava a evasion do Pokémon normal. Já Kirlia não tinha tanta sorte, já que o golpe de Isaac iria normalizar, sempre, a evasion da bailarina.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Qui 27 Fev 2014, 11:15

O coração de Sakura batia em uma profusão de sentimentos. A presença de Ethan parecia, por um momento, retirar o peso dos ombros da Stylists e um convite para que se entregasse ao choro pelo pequeno Lillipup. Entretanto a morena resistiu ao impulso. Jolteon ainda lutava sozinho contra Vulpix. Uma esfera verde voou atrás de Sakura, destroçando uma árvore. A raposa conhecia um movimento muito efetivo contra o elétrico e ele estava impossibilitado de usar seu ataque mais poderoso, já que se não conseguisse derrubá-la com somente este ataque, estaria fragilizado depois. Sem Jolteon, Ethan tinha Lotad... O pequeno Pokémon conseguiria enfrentar um dos pokémons talvez e, por alguma razão, o ruivo não o colocava em cena. Entretanto Lotad também não seria capaz de enfrentar os outros dois pokémons da louca e Meowth ainda não havia sido treinado verdadeiramente... Ethan precisava de Sakura naquela batalha em que se envolvia para protege-la.

Ethan não falava brincando, só comandava seu Meowth com a agressividade já característica de sua luta. Sakura nunca o viu em uma batalha em que não estivesse incrivelmente preocupado ou correndo risco de vida, porém este era mais um pensamento que, apesar do desejo de explorá-lo e tentar descobrir se seu destino ao lado do ruivo seria sempre assim, a garota optou por enterrar momentaneamente. Ignorando também o fato de sua mente querer diferenciar aquela Kirlia das demais, a morena comandava tanto seu Skitty quanto sua Chikorita.

Serena usava seu Double Team e Ekans sumia no subsolo, preparando-se para o ataque. Apesar dos clones, a Pokémon Grass e o felino ficaram sem saber o que fazer até que a serpente surgiu, derrubando Meowth sobre um dos clones da Chikorita. A serpente aproveitava o buraco já aberto para sumir mais uma vez da vista da dupla, aparentemente brincando com os dois. Sob os olhos de Ethan, Meowth parecia se tencionar, aguardando o momento certo para o contra ataque.

Enquanto isso, Sakura inovava na utilização do Double Team. Kirlia poderia ver através dos clones, porém isso não os descartava por completo em sua estratégia. Os diversos Isaacs surgiam e em igual proporção surgiam diversas Bailarinas. O felino rosnou perante a visão, insatisfeito, porém mesmo assim avançou contra uma das adversárias. Quando a primeira Kirlia avançou para o ataque, o clone do gato se lançou em sua frente e, devido a colisão, ambos sumiram em pleno ar. Um a um os clones de Kirlia atacavam e um a um os de Isaac sumiam contra atacando e protegendo o verdadeiro, enquanto o verdadeiro tentava descobrir qual dos clones era a verdadeira Kirlia. Enquanto perseguia clone por clone da adversária, o felino ficou com a guarda baixa e não conseguiu evadir por completo do Charge Beam que voava em sua direção, revelando assim a verdadeira Kirlia. Sem mais clones para lhe proteger, assim como Kirlia não tinha mais clones para lhe ocultar, o felino avançou dessa vez contra a adversária correta, tentando atingi-la com seu Tackle. A bailarina, em uma pirueta, desviou um pouco do golpe e conseguiu se manter em pé para pegar o gato pelo rabo, irritando-o. Sempre que ele tentava se virar para atingi-la, ela saltava e pulava para o lado, garantindo que sempre estaria atrás do gatuno e longe de sua cabeça. Quando o gato parava de tentar, Kirlia puxava um pouco a cauda do mesmo, provocando-o.

O medo de Sakura era acompanhado pelo som da voz da louca acompanhado do uivo do vento. Levantando os olhos, a morena percebia que a mulher tinha nos braços o corpo de Lillipup e agora brincava de escová-lo, alegando que ele deveria ficar bonito para brincar com a boneca nova da Bailarina dela. Incoerência e insanidade... O coração de Sakura parecia esquecer o alivio e se afundar mais uma vez no pânico. Seus olhos lhe pregando peças e a morena já imagina seu amado Isaac na situação.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 300
Skitty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
62%, Status: +2 evasiness
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
93%, Status:  +1 Evasiness
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Sex 28 Fev 2014, 23:14

Off: Swift no lugar de Tackle.



♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


A batalha continuava naquele campo molhado. Diante dos golpes trocados, o meu foco estava essencialmente na batalha. Nunca fiquei tão vidrada quanto ficava em algum ótimo livro. Meu coração palpitava em todo e qualquer movimento que se caracterizava um pouco acima do comum. Às vezes, por uma pequena fração de segundos, eu mentalizava o pior na frente. Os clones se chocando. De fato, não esperava que a rota 2 fosse tão perigosa quanto estava sendo...

Ethan estava ao meu lado... Digo, estava perto de mim. Os olhos verdes do gangster pairava ora o seu Joelton atacando o Pokémon alaranjado, ora o seu felino, golpeando Ekans. Era visto que a cobra era habilidosa e dava trabalho para Serena e Meowth. Mas não era para menos: meowth ainda era um Pokémon que não fora treinado e por isso não sabia muita coisa, enquanto Serena se encontrava em uma posição não tão diferente.

A coisa complicava era no meio daqueles dois encontros. Isaac dava tudo de si, enquanto a bailarina brincava mais uma vez com o gatuno. Não entendia porquê, mas a batalha do felino parecia ser a mais importante dali. Eu parecia me enfocar mais nela. Kirlia não recebia comando nenhum, o que me assustava, pois ela realizava os movimentos como uma verdadeira gladiadora. A louca me assustava com o seu riso, falas incoerentes. Eu queria calá-la, mas era apenas uma vontade descabida, pois sabia que nunca iria chegar perto dela e que a batalha que se sucedia era para distanciar dela.

Isaac começava com os seus clones novamente. Via cada Isaac se materializar em campo e assim via que a Pokémon bailarina já havia identificado o verdadeiro. Os clones de Kirlia surgiam e assim se lançavam contra os de Isaac, e um anulava o outro. Charge Beam e Tackle surgiam em campo, mas nenhum acertava por completo o outro, mas eu sabia que aquele Charge Beam era poderoso, ainda mais em presença de chuva.

Não poderia atacar diretamente, afinal, naquele meio, a chuva ajudava a Kirlia em todos os sentidos. Era Ice Punch, que usava da água para congelar mais fácil. Era Charge Beam que se intensificava melhor em presença aquosa. O que mais poderia vim? Presenciava mais uma vez a batalha de Serena e Meowth, que estavam tendo bastante dificuldades. Peguei a minha TM Double Team e fui até o felino.

- Aqui! – ensinava o golpe rapidamente ao gatuno. Nada que fosse decisivo, apenas para dá uma vantagem qualquer. – Serena, use Double Team mais uma vez e disperse a atenção da Ekans. Em seguida, use o seu Razor Leaf na Pokémon, caso ela se esconda, lance direto no buraco, ou espere ela reaparecer.

Serena estava em desvantagem de tipo. A Pokémon poderia facilmente ser envenenada pela ofídia, que parecia poderosa. Temia se ela fosse a sua forma evoluída, Arbok. Joelton estava mais longe. Depois de rolar tanto com Vulpix, nada eu poderia fazer para dá uma vantagem ao Pokémon. Já Isaac, poderia.

- Isaac! – chama o gatuno, enquanto retirava outra TM: Swift. Além do golpe que ensinava, ainda dava duas oran berries para o felino rosado, que pareceu comer com gosto, mas assim que terminou, voltou a se virar contra Kirlia. Ele queria a vitória. – Isaac, corra em direção a Kirlia, do mesmo jeito e assim que chegar perto use Double Team novamente. Mesmo esquema: use os seus clones para receberem os golpes por você e assim que Kirlia for te atacar, não deixe, use os clones. Use Swift pelo campo, girando a sua cauda para concentrar muitas estrelas douradas e assim, mesmo que ela use Teleport, seja pega pelas estrelas que estarão girando em campo. – dizia para o gatuno.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Seg 03 Mar 2014, 11:17

Concentrada principalmente na batalha de Isaac, Sakura sentia o desejo de calar a ruiva que ria insanamente se misturar ao medo perante a situação. A vantagem clara da pokémon dançarina e seu jeito de lutar perfeito para um Gladiador tornavam a batalha a mais exigente que a garota já presenciara. Nem ao menos na tv lembrava-se de ser transmitido algo com aquela violência. O controle de conteúdo era severo demais aparentemente.

Com a cauda ainda presa pelas mãos da Kirlia, Isaac não pode correr até Sakura quando esta o chamou, o que forçou a Stylist a se aproximar. Ethan logo a chamava de volta, alegando não ser seguro se aproximar da psiquica, porém a morena mesmo assim ensinava um ataque novo para o gato e lhe entregava duas Oran Berry. Enquanto o gato comia, a jovem mirou nos olhos de Kirlia. A pokémon parecia não se importar com as frutas, como se dissesse para a garota que isso não faria diferença na batalha. Quando o gato terminou de correr, sentiu o puxão tradicional em sua cauda irritando-o.

O felino tentava correr na direção de Kirlia, porém essa continuava saltando e o puxando pela cauda, o que irritava o gato a proporções nunca antes vista. Quando o Double Team surgiu, não fez nenhuma diferença, já que a pokémon estava desde o começo agarrando o verdadeiro. O felino esperneava e fazia de tudo para alcançar a pokémon e atacá-la, sem nenhum sucesso. Por não conseguir girar a cauda como ordenado para usar o Swift, acabou não usando o ataque e a Kirlia optou por usar um Double Team também, assim seus clones infernizavam o clone de sua presa, permitindo a ele uma visão do que lhe acontecia e o enfurecendo mais ainda, se é que era possível.

Do outro lado, após ensinar Double Team para Meowth e ser agradecida por Ethan pelo novo golpe, ambos os pokémons usavam o mesmo ataque, confundindo a serpente. Seria uma surpresa quando ela surgisse em terra, o que não demorou para acontecer. Ekans acabou mordendo um dos clones de Serena, que se desmanchou em sua boca. Para a sorte da serpente, ela conseguiu mergulhar de volta no buraco pouco antes do Razor Leaf a atingir. Aproveitando o túnel, a serpente se preparava para envolver Meowth em seu abraço mortal, porém, quando surgiu mais uma vez, encontrou outro clone. De guarda baixa, a cobra não conseguiu desviar do Scratch que lhe mirava nos olhos. A julgar pelo olhar, a serpente estava muito irritada.

- Veja totó, Bailarina gostou de brincar com o miau miau. Você quer um miau miau pra brincar com você?

A louca conversava com o corpo de Lillipup em seus braços, o que arrepiava Sakura. Já não bastasse a tensão do momento, assistir a cena mórbida destruía qualquer chance de pensar racional ou mesmo calmamente no desafio.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 300
Skitty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
82%, Status: +3 evasiness (3 clones em campo mais o original)
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
93%, Status:  +2 Evasiness (3 clones em campo mais o original)
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Qui 06 Mar 2014, 11:52




♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Mesmo sobre forte pressão eu não me amedrontava. Embora o medo fosse parte de mim! Era difícil me descrever naquele momento em que a emoção luta contra a razão e todas convergem para um único bem: segurança. É da minha espécie busca segurança quando se sente ameaçado. Naquele momento, a segurança não era correr, já que Teleport mostrou-se muito importante nessa parte. Mais do que isso, segurança naquele momento era vencer o combate que se erguia com força, e pior, sem ajuda da louca, que continuava a rir maleficamente e a gritar em harmonia – ou seria desarmonia – com os trovões.

Naquele momento em que tudo fazia parte de uma imensa escuridão, eu pensava mais uma vez no universo. Universo, este, que estava aprontando comigo desde que decidi desafiar os meus pais. Assim, agora estava eu enfrentando um demônio que se caracterizava na forma bela de um Kirlia. Lá se ia a minha vontade de ter uma Kirlia, e ficava a raiva e o ódio de ter que encarar aquela figura desalmada em minha frente.

Isaac fora pego pelas manobras engenhosas da Pokémon psychic, e assim começava a ficar com raiva e mais raiva. A Pokémon bailarina continuava a brincar com a cauda do gatuno, que não gostava nada daquele submissão à forma “atlética” da Pokémon da ruiva. Joelton, Serena e Meowth estava dando tudo de si, principalmente o canino trovão, que tinha um golpe poderoso, mas que não poderia ser usado à toa naquele momento tão tenso.

Isaac era impedido de usar todos os seus golpes, afinal, com a cauda presa e com ordens de invocar um furacão de estrelas cadetes, o Pokémon não tinha muito para onde ir. Kirlia conseguia deixar Isaac mais nervoso ainda, pelo fato de ter invocado seus clones para atentar os clones do gatuno rosado, que a cada passo ficava mais furioso com o que estava acontecendo.

- Isaac, concentre-se. Não deixe que ela tire proveito de sua raiva. – dizia para o gatuno enquanto este parecia furioso por ter sua cauda, brinquedo seu, sendo alvo de manipulação.

Naquele momento eu deveria usufruir de uma estratégia melhor, só que eu trabalhava com certezas, e em minha mente havia apenas planos de possibilidades. Era difícil alguém como eu usar da sorte para sair dali com alguma coisa descente. Olhei para Ethan, procurando uma resposta. O olhar do ruivo se encontrava ao meu, e talvez ele fizesse uma expressão “o que foi?!”. Uma coisa Ethan tinha em seu estilo de combate: um estilo confiante. Embora os movimentos dos Pokémon dele fossem quase perfeitos, eram combinações que poderiam dar certo ou não.

Os clones se espalhavam em campo, tanto de Isaac e da bailarina, como de Meowth e Serena. A Batalha estava tensa para todos e naquele momento era hora de coordenar naquela batalha usando das possibilidades e esperar que a sorte esteja comigo, pelo menos em situações como esta.

- Isaac, permita que Kirlia continue lhe atrapalhando, mas use outro Double Team para confrontar os seus oponentes. Deixe o campo com mais clones que Kirlia, para que os clones comecem a atentar os clones da Pokémon bailarina. Em seguida, quando a Pokémon voltar a “brincar” com a sua cauda, lance dela um Thunder Wave direto nela. – sabia as consequências daquele movimento, no entanto, eu teria que buscar a sorte agora. – Serena, use o seu Energy Ball contra Ekans. Lance no buraco se ela conseguir fugir por ele, causando um desmoronamento ai. Em seguida, quando ela sair, use o seu Tackle nela, e lance-a longe. – dizia para a Pokémon.
Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Dom 09 Mar 2014, 14:37

Kirlia parecia muito entretida em ficar puxando a cauda de Isaac e vê-lo se irritando, porém ainda prisioneiro do aperto. Quando o felino usou mais um Double Team, a psíquica o imitou, igualando o número de clones e mantendo equilibrado o atentado entre as cópias. Por um momento os clones pareciam travar uma batalha mais movimentada do que os originais, entretanto Sakura sabia que era somente uma ilusão. Quando o gato parou mais uma vez de lutar, Kirlia não resistiu a mais um puxão em sua cauda. Pela primeira vez satisfeito com o ato da outra, o felino fez o ordenado e lançou o Thunder Wave contra a adversária. As ondas elétricas percorreram o corpo da pokémon e a obrigaram a soltar a cauda do rosado. Um pequeno brilho rodeou o corpo da pokémon e, em seguida, sua habilidade replicava a condição, rodeando o corpo do felino com os mesmos raios amarelos. A fúria no olhar da bailarina não poderia ser descrito diferentemente de insano e cruel. Não eram olhos de humanos ou pokémons... Em um esforço para vencer a paralisia, Kirlia usou seu Confusion, arremessando o gato contra os galhos de árvores. O pelo todo apresentava marcas de arranhões após as colisões e por muito pouco o olho do felino não havia sido furado. Caído na lama ao lado da árvore, Skitty se reerguia. Longe dele e com os raios amarelos lhe atormentando o corpo, Bailarina caia de joelhos na terra molhada. Seu olhar ainda enfurecido.

- Ahhhh.... Bailarina não gostou. Miau miau não sabe brincar e não vai mais brincar. - A louca reclamava da condição que era imposta a sua pokémon.

A chuva ainda castigava a dupla e o escuro da rota atrapalhava um comando melhor aos pokémons. Sakura queria luz, porém quando a recebeu, um pequeno remorso correu seu corpo. A suas costas, um feche luminoso lhe permitiu a visão completa da ruiva com o corpo de Lillipup nos braços. Remorso dominava o seu ser. Cedendo por um milésimo de segundo à curiosidade, a morena olhou para trás, em busca de Jolteon. Sabia que a luz viera de algum ataque elétrico do pokémon e queria ver se o mesmo estava bem.

A cena não lhe agradou...

O canino mancava da pata dianteira direita e estava incrivelmente lento. Vulpix, por outro lado, tinha o pelo escurecido devido ao ataque elétrico e também respirava com dificuldade, além de apresentar agulhas amarelas espalhadas por seu pelo e um olho fechado. A pata machucada de Jolteon sangrava e os dentes de Vulpix também. A luta dos dois era violenta e Sakura virou os olhos, receosa em mirar mais agressividade do que a infligida contra Isaac e Serena naquele momento. Assim que se livrasse de Ekans e Kirlia, voltaria para ajudar o elétrico, mas até este momento só poderia rezar para que ele aguentasse.

Do outro lado, Ekans também apresentava um olhar nada amistoso. O scratch em sua face parecia ter indignado a serpente. Nenhum daqueles pokémons parecia estar acostumado a ser confrontado... Quando Serena lançou seu Energy Ball, a serpente evadiu mergulhando no buraco. Chikorita e Meowth esperavam o surgimento para contra atacar, todavia previram o alvo errado...

Quando Ekans ressurgiu em campo, estava a poucos centímetros de Sakura e mirava o rosto da Stylist. O Toxic foi lançado e claramente seguia contra seu alvo. A morena olhou perdida as presas da cobra tão perto de si e nem ao menos notou o puxão em sua roupa que lhe derrubou no chão e, sem querer, arrancou alguns fios de cabelo. As mechas pouco importavam. Sua visão ficou detida em Ethan sendo atingido nos olhos. A garota não conseguia entender como ele não desviou. Para a jovem tudo parecia ter passado de forma tão lenta que a velocidade do gangster deveria ter sido suficiente, contudo sua mente sabia que não demorara mais do que dois segundos. Ethan a salvou de correr o risco de perder a visão com o veneno, mas agora era ele quem precisava de tratamento imediato. Toxic nos olhos poderia deixar um humano cego...

Serena e Meowth mergulharam contra Ekans, usando Tackle e Scratch,afastando a serpente do casal. A louca reclamava que a boneca de Bailarina deveria ficar inteira pra ela brincar e que Fofinha não deveria estragar o cabelo dela. Sakura só via o ruivo caindo sobre os joelhos, com a mão nos olhos, a pele arroxeada na região atingida pelo veneno, respirando com dificuldade e claramente tentando recobrar a noção do que acontecia ao seu redor para seguir a batalha. Meowth não sabia lutar sozinho ainda e parecia receoso sobre o que fazer, ao mesmo tempo em que desejava continuar combatendo e proteger (ou talvez vingar) Ethan.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 300
Skitty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
50%, Status: +4 evasiness, paralisado, arranhões pelo corpo (7 clones em campo mais o original)
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
93%, Status:  +3 Evasiness, paralisada (7 clones em campo mais o original)
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Seg 10 Mar 2014, 18:12




♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Em vez de realizar movimentos corretos e bem lógicos, usava de uma forma mais variada de uma batalha Pokémon. Assinava, naquele momento, um contrato com o universo que dizia que venceria aquele que tivesse mais sorte, já que a força estava claramente com os Pokémon insanos da insana. Diante desse quadro nada agradável, aprendia que as batalhas nem sempre haviam sido feitas para serem amigáveis e ser amigável com o inimigo poderia deixar sérias sequelas. Até agora, não havia sentido essas sequelas...

Isaac estava furioso com a bailarina, que se divertia mais com o ocorrido. Ficar puxando a cauda do gatuno o deixava furioso o bastante para poder querer matar a Kirlia, no entanto, era difícil até tocar naquele Pokémon. Eu via isso, e, embora tivesse sentido a dor psicológica de Isaac, só poderia lançar os dados da sorte. Naquele momento vários clones se espalhavam pelo campo. Era como se os clones seguissem a cena principal: um atentando o outro, um batalhando contra o outro. Era terrível aquela cena, pois Isaac se chateava. E eu ainda mais.

Quando a Psychic tocou na cauda do felino mais uma vez, ai veio a surpresa: o flash do Thunder Wave corria em direção a Pokémon e assim ela toda ficava eletrizada e paralisada. A situação, como prevista, se deu em Isaac que ficou todo paralisado devido a habilidade especial de Kirlia: Synchronize. Naquele momento, era hora de ver o quanto sorte teríamos, mas parece que o universo não queria saber de me ajudar e naquele momento Skitty era lançado com toda força contra uma árvore ali, caindo no solo, arranhado e ferido. Os clones continuavam a guerra!

Naquele momento algumas cenas foram totalmente confusas para comigo. Estava chovendo e a escuridão da nuvem pairava sobre o local, deixando tudo ali escuro. Era terrível como a natureza trabalhava para trazer o equilíbrio de volta. Todavia, o meu equilíbrio interior estava abalado, mesmo em uma batalha junto ao Ethan. Por falar nisso, mas uma vez a visão da louca brincando com o corpo de Lillipup era mostrada a mim, buscando me assombrar. Em vez disso, sentia-me enjoada. Não queria vê-la mais, no entanto, teria que vencer esta pugna se quisesse sair dali bem.

Ekans sumia novamente em campo. Ali, o Pokémon cobra conseguia fugir da esfera luminosa de Serena, e dos clones dela junto ao de Meowth. Era um verdadeiro exército de clones em campo, todos esperando a venenosa aparecer. Mas contrariando as previsões de todos, inclusive a minha, Ekans não surgiu para atacar Serena ou Meowth, e, sim, para me atacar. Um susto tomei ao ver a boca da serpente se abrir de tal forma que poderia engolir a minha cabeça. Mas não teria essa sorte, muito pelo contrário, a serpente estava pronta para ejetar um veneno em mim. Aquele líquido viscoso roxo era bem conhecido no meio médico: Toxic. O veneno saia lentamente, pelo menos para os meus olhos, que nem piscavam ao ver cada traço do veneno.

Um puxão era sentido nas minhas costas. Caia no chão tendo os meus braços prontos para me aparar no solo lamoso. Alguns fios de cabelo meu caiam na minha frente e em seguida só avistava Meowth e Serena usarem os seus golpes efetivos contra Ekans, lançando-a para longe de mim. Deu um sorriso ao ver o tremendo trabalho de equipe da dupla e me levantava alegre e confiante. Até um sorriso torto, que não era comum, apareceu em minha face, mas fora por poucos momentos. Ethan caia de joelhos ao chão e aquela cena deixou tão nervosa quanto... irada!

O ruivo agido mais uma vez para me salvar. Dessa vez, ele recebia o Toxic que era para mim, por mim. Era como se ele tivesse recebido uma bala no peito por mim. Meu coração tremeu e aquela super Sakura que eu estava descobrindo se desmanchou do nada. A risada da louca era ouvida no fundo. A cara da bailarina paralisada era vista na frente. Eu não sabia bem o que fazer, mas sabia que se Ethan não recebesse ajuda médica, certamente, no mínimo, perderia a visão.

- Ethan.. Ethan... – corria até o ruivo, me lançando de joelhos ao chão. – Eu.. eu não queria que isso acontecesse – parei.

Aquilo tudo era culpa minha! Eu que sair da cidade e deixei que ele me seguisse. Eu que fiquei para a batalha e não o chamei de imediato. Naquele momento, não havia palavras que me fizesse deixar a situação melhor. Era hora de aceitar o fato: você é um perigo, Sakura! Eu olhava para o meu interior e todas as imagens vinham junto comigo. Eu poderia muito bem acabar presa em Nyender City, junto com qualquer tentativa frustrada de resgatar Serena. Ou poderia acabar em uma pior naquele beco. Mas não! Ethan sempre estava comigo, me ajudando e protegendo de toda e qualquer situação. Seja em Nyender, seja em uma árvore olhando estrelas. Ele não poderia acabar sendo alvo de qualquer que seja aquela coisa ruiva. Era hora de eu dá a Ethan o pagamento por todas as coisas boas que ele fez para comigo, sobretudo, por ter me feito me encontrar. Era hora de provar que eu poderia ser alguém bem melhor do que estava destinada a ser naquela cidade.

Um novo olhar pairava sobre a minha mente. A minha bolsa ao lado era vista como a única ferramenta. Olhei-a e ali estava o meu kimono azul, de apresentações. Olhei e assim não hesitei: o rasguei. Tirei de dentro um pedaço do pano, uma seda tão lisa que começava a escorregar dos dedos, se não fosse a chuva que caia e o molhava. Curvava a cabeça de Ethan em direção do solo, para que o veneno escorresse. Da minha bolsa, tirava o cantil, que tinha um pouco de água e assim lancei nos olhos do gangster, tentando lavá-los. Era certo que as pálpebras não iria deixar o trabalho fácil, por isso eu seguirei firme para que ele abrisse os olhos. Com a seda eu secava lá no mais fundo dos olhos, até o deixa lavá-los sozinho.

Corria até Isaac deitado ali e ele me olhou, falando claramente que não estava disposto a perder, mas sabia que era fraco demais para a bailarina. Eu balancei a cabeça negativamente. Já morreram pessoas demais naquela rota e não deixaria mais ninguém morrer. Não disse isso para o felino rosado, mas ele estava me olhando de tal forma que era como se lesse a minha mente. Pela primeira vez, Pokémon e mestre, pareciam sincronizados. Era um milagre aquilo? Talvez! Mas Isaac levantava com ousadia e ali eu dava-o e aplicando uma potion e uma lum berry. O Felino comia e em seguida tocava com a sua pata na minha bolsa. Eu olhei-o de volta, bem espantada e sabia o que ele tinha em mente. Eu tirei um item de dentro, mas ninguém viu. De longe, eu gritei:

- Pessoal, ainda não terminamos – dizia lançando uma oran berry para Jolteon, que a devorou e mostrou-se furioso. Ali eu peguei mais um pedaço da minha roupa de apresentação de teatro e rasguei, enfaixando a pata do Pokémon electric. – Serena, Meowth. Mantenham as posições, misturem-se com os clones. Serena, use Razor Leaf e impeça que a serpente fuja novamente para o solo. Meowth, use Growl para desconcentra-la e impede-la. Você é veloz, use disso. Serena e Meowth, em seguida, ela saindo do buraco, ou não, usem respectivamente Energy ball e Scratch. – dizia dando um nó forte na pata do Pokémon electric, que deu um rugido abafado e em seguida ensinava-o Protect e Shadow Ball, dois excelentes golpes que iriam ajuda-lo no combate. – Eu sei que você consegue sozinho, amigão! – batia na cabeça dele.

Em seguida eu dava o item que havia retirado da bolsa para Isaac, que o segurou na boca e foi para frente, encarar Kirlia e os diversos clones que ainda brigavam entre si. Na boca do felino, a Moon Stone pairava no meio daquele campo chuvoso. Era a pedra que evoluía o Isaac ali. Depois disso, era hora de ver o que o destino estava preparando para mim.

- Isaac, Serena, Meowth, Joelton. Eu confio em vocês! Não vamos deixar que essa rota seja marcada por derrotas. – dizia para todos e em seguida para Isaac, que já começava a brilhar. – Querido, use o seu Foresight e acabe com esses clones. Agora você é que tem a Evasion alta e não Kirlia. Corra em campo e use na Pokémon uma forte Shadow Ball o mais rápido que puder. Use os seus clones para poder se defender. Isaac, brilhe!
Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Seg 17 Mar 2014, 10:39

off: desculpa a demora ç.ç mas esses dias podem ser descritos como infernais x.x


As palavras se perdiam na boca de Sakura, sem saber exatamente como se formar. A risada da louca ecoava juntamente com o temporal e a visão de Ethan caído sobre os joelhos com a pele ao redor dos olhos já arroxeada pelo veneno perturbava a Stylist tanto ou mais do que a visão da ruiva brincando com o corpo morto de Lillipup. Sem saber para onde tinha ido sua coragem e vendo quatro pokémons em campo com dificuldades para superar os outros três, a morena inspirou o ar contendo um soluço. Não era hora de chorar. Ethan, que tantas vezes lhe ajudara, agora precisava de sua ajuda. Respirando fundo, a morena olhou para sua mochila. Precisava ser rápida...

Assumindo rapidamente o comando da situação e sem hesitar por um segundo, a Stylist pegou seu kimono para apresentações, uma fina peça da mais bela seda azul, e o rasgou em tiras. O tecido tentou resistir, porém não fora feito para suportar a força que a jovem usou. As tiras delicadas deslizavam pelos dedos enquanto Mille separava uma delas. Com agilidade e pegando o cantil, Sakura obrigou Ethan a se inclinar um pouco mais e passou a tentar lavar os olhos do rapaz. A água deslizava por seus dedos roxa, evidenciando a alta dose toxica que o ruivo recebera. Mille imaginava a dor, porém tudo o que o criminoso (ainda podia considerá-lo um?) era pressionar os dentes uns contra os outros, em um claro sinal de contenção da dor.

- Obrigado. - O agradecimento chegava logo que a garota terminava de enfaixar os olhos do falso cadete, embora parecesse mais um sussurro. Um sorriso fraco e seu graça decorava o rosto cansado e a morena parecia sentir que ele estava arrependido ou triste, quase como se ele achasse que falhou em algo... Sakura sabia que teria de conversar mais tarde com o ruivo... Assim que vencesse a batalha e levasse todos para um local seguro.

Com o ruivo tendo algum tratamento e sem tempo a perder, Sakura correu até Isaac. O felino a olhava com determinação em vencer e reconhecimento de que faltava força. No meio do campo, Kirlia ainda lutava contra a paralisia, tentando se erguer para lutar. A louca reclamava com frases insanas, dizendo que a brincadeira não tinha graça se sua bailarina não podia brincar. Sakura não ouvia. Seus olhos estavam fixos nos do gato e, por um instante, ela sabia que ele lia sua mente com tanta facilidade quanto ela lia a dele. A sincronia que tanto buscava nos livros de repente se revelava a sua frente.

Sem perder mais tempo e sabendo que em algum momento Kirlia se mexeria, Sakura aplicou uma Lum Berry e uma Potion em Isaac, livrando-o dos danos que lhe prejudicavam na batalha. Agora somente a psíquica sofreria com a paralisia. Enquanto gritava motivações e comandos para os outros pokémons, Sakura enfaixava a perna de Jolteon que, em segundos devorava a Berry recebida. Após uma caricia na cabeça do elétrico e confirmar que confiava nele tanto quanto Ethan, a Stylist o viu partir, agora com dois novos golpes, para o combate contra Vulpix. A raposa já apresentava sinais de desgaste também e, apesar da pata ainda sensibilizada, o canino do raio era perseverante como seu dono. Pronta para retornar ao combate, Sakura alcançou a Moon Stone para Isaac e lhe deu os comandos para tentar virar a batalha.

Os olhos do felino começaram a brilhar e uma esfera azul saiu de seu corpo, se expandindo ao seu redor e eliminando os clones de Kirlia conforme os alcançava. A psíquica não parecia satisfeita em ter sua evasiva normalizada mais uma vez e muito menos com o que acontecia a sua frente. As patas de Isaac tocavam o chão, impulsionando-o para frente e para mais perto da sua adversária. As poças de água respingavam a cada toque das delicadas patinhas que começavam a crescer e se tornarem mais compridas e elegantes. Brilhando, o corpo inteiro de Isaac se desenvolvia. Crescia e se fortalecia, tornando-se mais belo. Um espetáculo para os olhos. Quando o brilho cessava, a pedra lua havia sumido e um Delcatty se mostrava em campo, liberando um poderoso Shadow Ball contra a adversária.

Kirlia juntara suas forças desde que a evolução começara para lançar o contra ataque. Entretanto o adversário agora era mais rápido que ela e a bailarina não conseguiu evitar a esfera negra. Contudo seu Charge Beam encontrou o ataque (próximo demais de si para ficar satisfeita) e lhe reduziu o poder, sem impedi-lo. O Shadow Ball que lhe alcançou era mais fraco do que o original, mas ainda sim lhe alcançou. Bailarina se ergueu após o ataque e mirou Isaac, agora transformado, desejando acabar com o mesmo. Todavia os raios amarelos percorreram seu corpo e a obrigaram a se ajoelhar uma vez mais.

Do outro lado, Serena e Meowth demonstravam bela sincronia em atacar Ekans. A serpente começava a se enfurecer e, assim, cometia erros tolos e previsíveis. A luta mais tensa, entre Jolteon e Vulpix, parecia mudar radicalmente. O pokémon trovão parecia saber fazer muito bom uso do Protect, se aproximando perigosamente da raposa, bloqueando seus ataques e contra atacando com força.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Delcatty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
70%, Status: +4 evasiness, arranhões pelo corpo (7 clones em campo mais o original)
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
85%, Status:  paralisada

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Isaac evoluiu para Delcatty
Recebeu:
1 ponto em Ataque
1 ponto em Especial Defesa
1 ponto em Velocidade

Gostaria de mudar a personalidade dele?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Seg 17 Mar 2014, 13:01

Off: Entendo bem x.x
Off²: Gostaria sim, o que sugere?



♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Evolução. Em seu significado mais simples vinha a designar mudança. Forma. DNA. Personalidade?! Era um emaranhado de pesquisas que permutaram toda a história desse mundo, tentando saber qual seria os limites dos Pokémon. De um lado, os naturalistas defendiam que apenas a relação Pokémon e treinador/meio poderiam desencadear este processo. Já os cientistas, por meio de técnicas, hipóteses, teses e pesquisas, desembrulharam mais do que apenas relação sentimental. Todavia, era necessário fazer-se uso de qualquer técnica para poder deixar o Pokémon mais forte. Apesar de ter usado um meio indireto na evolução assistida, o emocional estava mais unido do que a razão.

Isaac começava! Com um glóbulo azulado, envolvia todos ali, e logo os clones da bailarina sumiam em campo, deixando claro que o Pokémon Normal era o vencedor em número. Já livre da paralisia, o gatuno rosado seguia a diante, procurando se aproximar mais da bailarina. Isaac brilhava. Seu corpo mudava. Era visto que logo o campo se abria na presença a mais nova forma: Delcatty. Isaac evoluía e logo era visto a sua esfera ser lançada contra o seu oponente, que tentava detê-la com o uso de um golpe electric. Uma explosão ocorria, mas o Shadow Ball enfraquecido ainda atingia a Pokémon, que sofria os danos.

Delcatty mudava. Parecia não só mais belo, como também forte, veloz e resistente. O Pokémon mexia com elegância. Parecia um verdadeiro ator no teatro. Era a face de Delcatty, meu Isaac, que eu via. Poderoso. Mudado. Era a magia da evolução naquela rota. Era algo que apenas um coração sensível entendia. Mesmo ligada apenas ao lado científico das coisas, o lado natural era magnífico. Isaac estava pronto para uma nova jogada.

Serena e Meowth desempenhavam um papel formidável contra a Ekans, que de todas ali, era a mais raivosa. Joelton, com seu poder, parecia desempenhar ótimo proveito de seus novos golpes, que poderiam ser fatais contra a Vulpix. A louca continuava com o Lillipup em braços. Meu corpo era totalmente indiferente a minha mente. Agora, a verdadeira batalha começaria.

- Serena, Meowth. Força! Meowth, avance com os seus clones contra Ekans e use Scratch várias vezes que conseguir, tentando forçar a serpente a entrar dentro do túnel. Serena, use o seu Energy Ball no solo, caso a Pokémon serpente entre do solo novamente, procurando desmoronar os seus túneis. Após tantos túneis, possivelmente o solo está fragilizado. Caso ela não entre, use vários Razor Leaf contra ela. – dizia aos dois.

Felizmente, Joelton era um Pokémon bem independente. Com isso, eu não precisaria ordenar nada para o mesmo, sabendo que ele era uma máquina mortal. No entanto, todos os Pokémon ali presentes eram poderosos. Kirlia com a sua manipulação psíquica. Ekans com o seu veneno mortífero. Vulpix com chamas aterrorizantes. Ao longe, já não avistava mais as bailarinas flamejantes dançarem ao sabor do vento. A chuva já haviam apagado as chamas. Agora era a hora de apagar a minha bailarina.

- Isaac, agora é com você! – dizia para o felino, que miava com determinação. – Use os seus clones perto de você. Use-os como verdadeiros escudeiros. Coloquem-nos contra qualquer golpe. Salte, role, corra. Não deixe os golpes de Kirlia lhe acertar. Lance Swift sobre o campo, cercando a Psychic a princípio e atacando-as em segundo plano. Logo em seguida, prepare Shadow Ball. Lance quando ver um espaço. – dizia para o Pokémon recém-evoluído.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Dom 30 Mar 2014, 20:02

off: Personalidade Isaac:
Após a evolução necessária durante uma batalha severa, Isaac passou a ser mais centrado em seus duelos, deixando as brincadeiras para outros momentos. Costuma obedecer com precisão os comandos de Sakura, sempre compreendendo o que a mesma espera do ataque. Seus olhos ficam sempre atentos, em busca dos melhores momentos para atacar e sempre tentando garantir a segurança da Stylist. Fora dos combates, entretanto, muito da personalidade anterior a evolução se manteve. Sempre em busca de um carinho, é comum o felino colocar a cabeça sob as mãos da morena, deixando claro seu desejo. Murphy ainda parece ter certa atração pelo gato, transformando suas brincadeiras inocentes ainda em verdadeiro caos e agora ganhando suporte no fato do Pokémon não perceber seu real tamanho e ainda tentar se esconder em lugares que obviamente não cabe após ter aprontado algo, como a mochila de Sakura. Desde o encontro com Margareth, na rota 2, é desconfiado de estranhos e aguarda confirmação da Stylist de que está tudo bem para relaxar a guarda e se aproximar amigável. O mais peculiar é que, desde a evolução, Isaac desenvolveu o estranho gosto por cutucar os Pokémons de Sakura ou Ethan que sejam menores que ele.


Ver Isaac evoluindo despertara em Sakura os mais diversos pensamentos sobre o evento. Se a garota permitisse que as reflexões se aprofundassem, perceberia que não somente o Pokémon mudava na luta, mas ela também. Seu corpo estava calmo, a mente enfrentava um turbilhão de pensamentos. Em pouco tempo, novos comandos deixavam sua boca em busca dos ouvidos dos pokémons.

Jolteon, mais independente, seguia lançando golpes altamente destrutivos contra Vulpix. Apesar da faixa em sua pata, o Pokémon elétrico ainda estava um pouco mais lento que a raposa e esta conseguia evadir de boa parte de seus ataques. Entretanto o canino também se protegia dos grandes ataques da raposa graças ao Protect ensinado por Sakura. Em um momento que o elétrico achou oportuno, seu Hyper Beam foi lançado, quase atingindo a raposa e derrubando uma árvore próxima a Ethan e Sakura.

- Ok, amigão, mais cuidado com essa mira hein?! - O ruivo gritava sem mirar o canino que respondia de longe.

Sakura mirou o falso cadete, notando pela primeira vez que ele já estava em pé. O cabelo rubro colado na face graças a chuva e a faixa azul sobre os olhos, ocultando a pele ainda arroxeada. A jovem sabia que retirar o excesso do veneno lhe garantiria mais tempo, mas a batalha precisava ser encerrada o mais rápido possível ainda assim. Ethan, apesar de tudo, transmitia segurança para a Stylist.

Meowth nem ao menos questionava a origem das ordens, obedecendo com precisão os comandos. Ekans tentava atacar os clones, sem conseguir distinguir o original em meio os arranhões que recebia. Acuada, a serpente mergulhou no solo e Serena, já de prontidão, usava o Energy Ball derrubando toda a estrutura. O tremor de terra chegou a desequilibrar Sakura e Ethan, bem como Isaac e Kirlia, ajudando a psíquica a recobrar o controle do seu corpo no exato momento em que o Delcatty lançava seu Swift. Sakura, surpresa, viu a bailarina usar o teleport e ficar atrás do verdadeiro Isaac e, como esperado do ataque, as estrelas se viraram e perseguiram a psíquica, atingindo também o felino, desmanchando os clones mais uma vez. A surpresa foi grande para a dupla. Apesar da evasiva surpreendente do gato, Swift não poderia ser evitado.

Ekans retornava furiosa, surpreendendo Meowth com o Toxic. Isaac se erguia enfurecido e lançava o Shadow Ball que mais uma vez colidia contra o Charge Beam. A psíquica ainda era atingida pela esfera negra, porém com bem menos poder novamente e, mais com a paralisia, Kirlia não resistiu e caiu novamente sobre os joelhos. Os olhos ainda eram cruéis e a Pokémon claramente objetivava destruir seu inimigo. Isaac, incrivelmente próximo, saltava para trás, ganhando distância da inimiga e evitando qualquer chance dela lhe atingir com seus punhos gelados.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Delcatty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
55%, Status: +4 evasiness, arranhões pelo corpo
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
70%, Status:  paralisada
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Seg 31 Mar 2014, 12:14

Off: Gostei! ^^



♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


A batalha continuava em campo. Dessa vez, bem mais ofensiva que antes. Era eu controlando muitos Pokémon, os quais já estavam agindo de forma bem proveitosa. Não teria problemas com Joelton, eu sabia, já que o Pokémon era muito bem treinado, como esperado de Ethan. Já Meowth, precisava de mais alguns movimentos de coordenação, afinal, por ter sido roubado na delegacia, o Pokémon deveria ter causado alguns problemas, mas pelo visto, seguir ordens não é um problema dele.

Ekans continuava a tentar localizar o verdadeiro Pokémon, mas logo era atingido por diversos golpes. Como previsto, a Pokémon cavou um buraco, que teve a estrutura derrubada pelo golpe de Serena. Assim, conseguimos triunfar aos poucos. Mas Toxic surgia, e assim Meowth era pego pelo golpe da Poison. Ao olhar o golpe, direcionava o olhar para Ethan, que apesar de se encontrar vendado, estava ao meu lado, pronto para me dá segurança, já que sem ver a batalha, as coisas ficariam difíceis.

Joelton continuava a batalhar contra Vulpix, que se mostrava poderoso. A raposa de fogo demonstrava a sua sede de sangue, e Joelton tentava atingi-lo com tudo, mas com a pata ferida, era difícil. Observava o poder do Electric, que logo lançava o seu Hyper Beam, golpe que me surpreendia sempre pelo seu poder.

No campo oscilante, tentava manter o equilíbrio. Era Serena derrubando a estrutura sobre Ekans. Era Joelton derrubando uma árvore. Isaac se concentrava e via que era hora de partir para cima, mas uma evolução não dava a certeza de poder vencer aquele combate. Diante disso, Kirlia mostrava o quão poderosa era. Com um Swift, a Bailarina procurava sumir, reaparecendo próxima de Isaac, que recebia o golpe que parecia dançar em campo, e atingir os dois, na busca pela Psychic.

Kirlia se distanciava com o seu golpe electric, enquanto o Normal lançava Shadow Ball. O golpe era enfraquecido pelo golpe da Pokémon bailarina, que agora recebia. Enquanto paralisia dava um jeito de conter a bailarina, Isaac afastava-se, afinal, um Ice punch naquele momento era tudo que não queria. O pokémon estava um pouco diferente. Como se fosse mais parecido com Joelton, que batalha sozinho, mas ainda procurava as minhas ordens.

- Meowth, resista ao veneno. Vença a batalha para podermos tratar melhor. Serena, dê cobertura ao felino, abra caminho lançando Razor Leaf enquanto Meowth usa mais um Double Team e atinge Ekans com Scratch. Lembre-se, Serena, de que se Ekans se recolher de novo para debaixo da terra, use o seu Energy Ball para poder derrubar parte da terra sobre ela. Caso contrário, use o seu Protect, protegendo a si e ao felino. – dizia para a dupla.

Joelton estava ali para poder agir sozinho, o que significava que pouco fazia diferença, ou até piorava, se eu desse algum ordem para ele. Ethan estava ali, dando-me segurança, pelo simples fato de estar presente naquele momento de tormento. Fitava a ruiva louca de longe, na qual ainda estava de posse do canino bebê. Como pode? Tal insanidade cair em minha vida era algo que o universo havia exagerado. Será que todos passaram por isso também?

- Isaac, concentre-se. Vamos com tudo! Use o seu Shadow Ball, divida o golpe em duas esferas, lance uma, caso Kirlia use telerpot, use a segunda esfera quando reaparecer, caso contrário, lance contra ela em seguida. Isaac, salte o mais alto que puder e use o seu Swift contra a bailarina, e continue correndo pelo campo, para que ela não te use como escudo. – finalizava os comandos.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Ter 08 Abr 2014, 22:56

A batalha parecia longe de terminar e o coração de Sakura já não parecia bater. Sua mente estava tão concentrada no duelo e em tentar manter todos vivos, que seus sentidos pareciam desligados para tudo que não tivesse relação direta ao combate. Kirlia permanecia de joelhos sobre o solo, mirando Isaac com os olhos mais feios que a Stylist já havia visto, olhos que a perseguiriam a noite certamente, mas que precisam ser vencidos naquele momento.

- Não to gostando dessa brincadeira...

A louca começava como uma criança contrariada. Os dedos compridos e elegantes, com unhas quebradas e mal cuidadas, fechavam-se em torno do pescoço do cão morto, como se quisessem torcê-lo ou quebra-lo, exatamente como uma criança faria com um bichinho de pelúcia. Contudo, para a tristeza de Sakura, o som dos ossos do Lillipup estralavam e ecoavam nos seus próprios ossos. A morena não resistiu ao desejo de dar um passo para trás, mais próximo de Ethan. O ruivo era, naquele instante, seu porto seguro e um motivo para manter-se no controle de seu corpo.

- Bailarina, por que não faz ele dançar? - Ela comandava como uma sugestão.

A psíquica tentou erguer-se para atacar, porém caiu sobre os joelhos novamente. Isaac levava alguns segundos a mais para atacar, tentando dividir a esfera negra em duas menores e, após conseguir, lançou a primeira. Kirlia jogou-se contra a terra molhada, sujando o rosto de lama, mas conseguiu evadir da meia esfera. Sakura, imitando a pokémon, também jogou-se no chão, já que os próximos na linha do ataque seriam ela e Ethan. O corpo feminino desequilibrou o homem, cobrindo-o parcialmente durante a queda. O meio Shadow Ball estourava próximo de seus pés. Uma nova cratera surgia na rota 2 e a morena de repente se lembrava das várias pelas quais passou em sua caminhada. Teriam sido todas resultados de lutas contra a louca? Se fosse e a julgar pelo fato dela ainda estar lá, onde estariam os desafiantes? Medo correu pelo corpo da morena que não ergueu o rosto para ver o resultado do confronto.

A segunda era lançada logo depois, de forma que não havia escapatória do ataque. Os olhos vermelhos miravam o ataque que se aproximava velozmente, ciente de que não tinha condições de escapar. Isaac erguia a face satisfeito. Seu golpe atingia a psíquica em cheio. Sem esperar, o gato salta e lança mais um Swift que, assim como a meia esfera roxa, lançava a bailarina para mais longe. O som das estrelas e das folhas navalhas, bem como de rosnados e latidos, descargas elétricas e gritos agonizantes, chegavam aos ouvidos de Sakura, porém a jovem ainda se perdia mirando a cratera e pensando nas demais vítimas, possivelmente mortas.

Após o último ataque, Kirlia recuperava o equilíbrio e, como uma mão no chão, se apoiava e ficava em pé. Os olhos brilhavam e Isaac se preparava para evadir. Após tantos double team, seria fácil evadir de um Charge Beam. O gato estava confiante, até perceber a aura que contornava seu corpo e o erguia do chão. Confusion era um golpe desconhecido até o momento. A expressão da psíquica era de dor enquanto se concentrava e lançava o gato contra os galhos de uma árvore. Para a sorte do felino, a paralisia no entanto a forçava a interromper o ataque antes que os galhos lhe ferissem mais, todavia ela tivera força o suficiente para tornar o impacto altamente dolorido. Mais arranhões surgiam no pelo bege e lilás. Uma pequena gota de sangue escorria em um ponto que um galho mais grosso e pontiagudo machucou, felizmente sem ser nada letal. Sua evasiva pode não ter lhe ajudado a escapar de um confusion, como faria com um ice punch ou um charge beam, porém lhe ajudou a contornar os pontos perigosos daquele ataque. Isaac procurava firmar as patas nos galhos, tentando descer da árvore. Seu miado implorava para que Sakura ergue-se o rosto e lhe dissesse o que fazer.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Delcatty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
23%, Status: +4 evasiness, arranhões pelo corpo, uma pequena perfuração próximo no lado direito da barriga
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
40%, Status:  paralisada
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Qua 09 Abr 2014, 22:22




♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


A batalha em campo prosseguia ao som da chuva. O grande encontro com a Louca rendeu muito tempo, mas nenhum era tão torturante quanto aquele em que a louca usava do corpo do bebê Lillipup para poder saciar seus próprios desejos insanos. Aquilo tudo era doentio e por mais que eu tivesse em consciência o estado psicológico da minha adversária, não conseguia aceitar tal condição. Cheguei a desejar, de raspão em minha mente, que me levasse logo para poder me privar de tanto sofrimento visual, pensamento que passou logo, pois sob os meus ideias, teria que ficar e continuar a batalha.

Isaac parecia novo. Mais corajoso. Mais confiante em si e em mim. Talvez o mesmo poderia ser dito de minha pessoa naquela rota. Mais corajosa. Mais confiante em mim e em meu Pokémon. Nesse momento eu pensava o quão evoluir junto do meu Pokémon, mas diferente dele, só mudava a mente. Mais do que isso, pensava como todas aquelas pessoas que possivelmente passaram por aqui se saíram na batalha contra a ruiva desmiolada e como sofreram. Quantas mortes... Não conseguia nem imaginar... Precisava vencer e sobreviver. Era terrível apenas pensar.

Ao ouvir a voz da ruiva pedindo para a Bailarina reagir – do seu jeito! – eu me lançava para trás, e em seguida para o solo, tendo Ethan a me seguir. Com isso, preparávamos para o golpe poderoso da Pokémon Psychic, que fora atrasado devido a paralisia. Santa paralisia! Ali, Isaac erguia as duas esferas negras de Shadow Ball. Dividir as esferas deveria ser uma boa ideia, mas funcionaria? Ainda sob a misericórdia ao nome de várias pessoas que passaram por ali e pereceram na mão da louca, eu assistia a primeira esfera cair no nada, explodindo ali com força. Já a segunda, a bailarina não obteve tanta sorte, acabando acertando-a em cheio.

- Um golpe direto! – quase que gritei ao ouvir a explosão e logo em seguia Swift surgia em campo com o seu brilho amarelado que atingia a Pokémon Psychic em cheio, ao ponto em que a mesma teve que recuar mais.

Mas eu deveria comemorar depois, já que agora um golpe inesperado surgia naquele campo. Golpe, este, que iria acertar o meu Pokémon, mesmo com uma taxa de Evasion tão alta. Confusion. O Golpe psychic manipulador surgia em campo e lançava o gatuno para longe. Para ser mais específica, para a árvore logo ali. Os galhos atingiam Isaac, ou Isaac atingia os galhos, de tal forma que deixava vários arranhões e ferimentos no corpo. Era terrível e a minha careta de dor – que não sentia fisicamente falando – fora pior ainda.

- Isaac, força! – tentava animar o gato, que já se colocava em uma extremidade do galho, pronto para deixar o local, sob minhas ordens. – Não, fique! Daí quero que use o seu Swift e faça algumas estrelas se chocarem uma com as outras no ar, e outras serem lançadas contra Kirlia, provocando vários flashs e danos para desconcentrar a sua oponente. Salte contra Kirlia e assim prepare sua Shadow Ball e vá de encontro contra à Kirlia. Não se preocupe, pois você é do tipo Normal e o golpe não vai lhe ferir. Caso ela impeça o seu salto, lance a esfera. Go! – dizia para o meu Pokémon.

Me colocava de pé no momento das ordens. Estava eufórica. Mas ainda assim mantinha a concentração, mesmo que só na batalha de Isaac, dessa vez. Os demais Pokémon sumiam de vista por um momento, mas eu sabia que poderia confiar totalmente neles, mesmo diante de tanto sofrimento próximo.

- Pessoal, vamos conseguir, eu sei... estamos perto, mesmo não vendo o final do túnel. Serena, conto com você. Use Double Team e fuja de vista de Ekans. Cuidado com o veneno dela, já basta Meowth. Use o seu Energy Ball nela, ou na estrutura de terra. Meowth, Double Team seguido de Scratch. Força, bichano! – dizia para eles dois e assim virava a minha cabeça para o canino elétrico – Joelton, força! Mostre o que tem garoto! – finalizava o percurso endireitando-se para Ethan. – Ethan, como você está? Os olhos.... Algum ferimento?
Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Sab 12 Abr 2014, 20:18

Sakura refletia sobre como a evolução de Isaac não representava somente uma mudança no Pokémon, mas nela também. Assim como o Pokémon parecia mais corajoso, a jovem poderia sentir a mesma diferença em si. Por mais que a mente as vezes lhe traísse e desejasse logo o fim, a Stylist não se entregava e continuava a batalha. Apesar de seus Pokémon ter acertado um golpe forte, apesar de Kirlia a surpreender ainda, apesar de sentir que muitos padeceram naquela rota, Sakura não desistiria e não comemoraria antes do final.

Meowth e Serena logo se multiplicavam, voltando a atacar Ekans. A serpente começava a ceder e recuar, cansada de enfrentar dois adversários, principalmente com a quantidade de clones em campo. Do outro lado, Jolteon e Vulpix rolavam pela lama, sujando-se e mordendo-se. Nenhum ataque real era desferido e ambos pareciam tentar vencer o outro em um combate puramente físico.

No campo principal, Isaac recuava nos galhos ao ouvir o comando de Sakura. Ciente do plano, o felino saltava antes da psíquica conseguir se mexer. Enquanto as estrelas voavam em sua direção, ora atacando-a, ora colidindo e explodindo no ar, as faíscas amarelas corriam por seu corpo, mantendo-a imóvel. A cena poderia ser bonita, se não fosse todo o cruel caminho que os levara até ela.

- Não!

A louca gritava. Ao mirá-la, Sakura viu uma face de medo. A insana teria algum afeto por seus pokémons? Ela saberia o que eles eram? O corpo do Lilillpup já caído no chão, totalmente esquecido pela ruiva. Tentando ignorar a sensação de que a outra teria algum tipo de sentimento, Sakura questionou como Ethan estava.

- Olha lindinha, não vou mentir que to legal, mas já estive pior.

A voz saia com falso divertimento e uma pequena risada que nada tinha de alegria ou animo. Logo depois, o ruivo chamava por Jolteon, como se o nome do Pokémon fosse um comando. Dessa vez a voz saia séria e forte, como o guerreiro que ela sabia que ele era. O elétrico, em resposta, soltava uma descarga elétrica forte, capaz de iluminar o campo. A stylist, entretanto, não distinguiu mais uma vez o ataque. Seus olhos estavam focados em Isaac, que mergulhava com o Shadow Ball em direção a Kirlia. A psíquica só o mirava séria, sem nem ao menos tentar se mexer. A morena sentia que a luta quase acabava. Quando o gato chegou perto, a Bailarina tentou atingi-lo com o Ice Punch. A alta evasiva e a previsão do futuro da psíquica entravam em conflito, mas o gato levava a vantagem, aproveitando o impulso da esfera negra que lançou a adversária para longe e sendo atingido somente na pata esquerda traseira. A água permitia ao gelo se fixar e se alastrar pela pata, congelando-a. Contudo, o gato não era imobilizado. Arrastando a pata afetada, o felino se distanciava da adversária e se preparava para o que possivelmente seria o último golpe. A morena, pelo canto do olho, percebeu que o elétrico se lançava contra ekans, pegando-a de surpresa. Sem se conter, a jovem virou os olhos para trás, vendo que Vulpix estava caída e desacordada. A voz da louca era gutural, enquanto chamava sua raposa. A esperança começava a surgir em meio a chuva de dor.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Delcatty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
7%, Status: +4 evasiness, arranhões pelo corpo, uma pequena perfuração próximo no lado direito da barriga, pata esquerda traseira congelada
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
8%, Status:  paralisada
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Dom 13 Abr 2014, 12:08




♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Como decidir entre a fé e a razão? Diante de uma batalha temerosa contra os Pokémon poderosos da ruiva, eu nunca poderia imaginar que chegaria tão longe. Ao ponto de fazer a louca temer, a Kirlia recuar, e a batalhar ficar equilibrada. A evolução de Isaac contribuiu para esses feitos, de tal forma que eu me sentia mais confiante. O Pokémon parecia mais maduro, e eu também.

Ethan tentava fazer uma gracinha, mas eu estava séria e concentrada demais – mais do que o normal! – para poder, sequer, dá uma risadinha. Isso tudo deveria agir para levar Ethan para um Hospital, mas voltar duas rotas era muito arriscado. Na porta de Jorvett Village, eu teria que arriscar. Aya era conhecida por usar de produtos naturais no auxilia de cura Pokémon e humanos. Ela deveria ser o suficiente... Assim espero!

Ekans recuava aos golpes ofensivos da dupla. Meowth e Serena faziam uma bela batalha, fazendo a serpente temer e a louca tremer. Vulpix rolava de um lado para o outro com Joelton, ambos fazendo movimentos bruscos. Ao som da voz de Ethan, um clarão elétrico era lançado e assim Vulpix caiam, deixando o canino electric para agir contra a serpente.

Mais uma vez não distinguia qual era o golpe usado, pois a minha atenção estava sobre a batalha de Isaac, que como disse, lançava as suas estrelas, que ora atacavam, ora colidiam no ar. Era lindo de se ver, mas a circunstância que me trouxe a ver aquela cena não era nada legal ou fofa. Kirlia sofria paralisia completa – até que enfim! – e assim Isaac caiam como um torpedo contra a Pokémon, usando o seu Shadow Ball. Não via nada direito, mas logo percebia que Kirlia estava de um lado e Isaac de outro. Este, com parte da pata congelada, o que me fez supor que um Ice Punch fora lançado no meio da batalha, no qual deixou Isaac nas últimas.

- Isaac, força! Você consegue! Estamos quase lá, mas preciso que se esforce só mais um pouco. Lance Shadow Ball em direção de sua oponente, com toda a força, e em seguida, use o seu Swift, caso ela continue de pé. Mostre o seu poder. – ordenava para Isaac. – Serena, Meowth! – dizia me virando para os dois. – Termine a batalha, use Razor Leaf e Scratch, respectivamente, dando espaço para Joelton atacar. – finalizava.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Sex 18 Abr 2014, 09:37

A batalha chegava ao seu momento final e Sakura sentia-se mais confiante com seu desfecho. A evolução de Isaac marcava o fim da jovem insegura e o nascimento de uma nova Stylist. A chuva já não era percebida, nem mesmo o tornozelo ferido, a roupa suja ou qualquer outra coisa que não fosse a luta. A tentativa de Ethan de fazer uma brincadeira também passou sem fazer nenhum efeito, devido a seriedade da situação. A morena sabia que ele precisava de atendimento logo.

Isaac se preparava para o último ataque. A frente de seu rosto, a esfera roxa surgia luminosa. Do outro lado, Kirlia se erguia. Seu corpo era coberto pelo brilho do Confusion, porém logo as faíscas da paralisia surgiam mais uma vez, derrubando a bailarina sobre suas pernas. O Shadow Ball, movimento arriscado, a atingia sem dificuldades, derrubando-a e lançando-a longe, diretamente aos pés da ruiva louca.

A estranha gritou e abraçou sua pokémon, deixando Sakura confusa. Ao longe, o corpo de Lillipup abandonado. A ruiva falava frases incoerentes, pedindo para sua pokémon levantar e dançar para ela. Algo sobre um café no meio dos pedidos estranhos... Sakura de repente não sabia mais dizer contra quem lutava. Alguém que matava um filhote inofensivo, poderia ter compaixão por um pokémon assassino?A jovem mirou as próprias mãos. Sujas de terra. A roupa já rasgada, grudada na pele e suja também... Em completo desalinho. O cabelo emaranhado e encharcado. Se alguém chegasse naquele momento, saberia distinguir quem era a louca agressora da rota? A jovem em pé ou a caída no chão que chorava enquanto abraçava um pokémon. Isaac, ainda de guarda erguida, mirava a ruiva e rosnava em ameaça.

Enquanto refletia, a morena não viu seus outros pokémons, atacando juntos a serpente da louca, abrindo espaço para Jolteon. A jovem só podia ouvir os sons da batalha, mas que mesmo assim pareciam ecoar como se viessem de uma tv em outra sala. Distantes demais para ganhar sua atenção...

Enquanto Jolteon erguia a face para lançar seu Shadow Ball também, uma esfera verde o atingiu pela lateral de surpresa. Ao longe, Vulpix se aproximava ainda fraca. Meowth e Serena miraram incrédulos, acreditando por um momento que a raposa já estava nocauteada. O cão rapidamente se ergueu e pulou contra sua adversária, enquanto o pokémon felino e a pokémon grama eram derrubados pela cauda de Ekans que os empurrava para longe. Quando Jolteon se aproximou, Vulpix evadiu e, em poucos segundos, sumia seguindo a serpente por um túnel. O grupo aguardou que eles surgissem, porém eles não voltaram. Do outro lado, Sakura ainda mirava a louca que, em meio a um clarão de um raio, desaparecia com Kirlia. A psíquica parecia ter forças para um último teleport e desaparecia de campo levando sua mestra. Sozinha no meio da roa 2, com destroços por todos os lados, a jovem ainda refletia sobre tudo o que acontecera.

Isaac, agora mais forte do que antes, se aproximava lentamente. A pata congelada sendo arrastada. O gato envenenado, o cão elétrico também mancando, Serena, a mais saudável entre todos que lutaram... Todos se aproximavam.

- Acho que já podemos ir lindinha. Você acha que consegue achar o caminho de volta?

A pergunta também parecia distante, mas fez Sakura erguer a face, olhando em volta em busca das bailarinas de fogo. Infelizmente a chuva as extinguira há muito tempo. No meio do temporal, tudo parecia muito igual. Nem mesmo isso parecia ganhar espaço na mente de Sakura. Seu próprio corpo parecendo um estranho. A mente concentrada em tentar descobrir por que não se sentia feliz com a vitória. Por que, no momento em que a estranha abraçou a Kirlia, chorando, se sentiu a vilã?


Hora da Batalha
Condições da batalha: Meio da rota 2. Um temporal dificulta a visão do pokémons. Pequenos buracos ocultos pela água acumulada e diversas poças menores cobrem o chão. Raios esporádicos iluminam de vez em quando o campo. Alguns galho estão caídos pelo chão, derrubados pelos ventos.
Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Delcatty/Isaac - Lv.07 - Trait:Cute Charm
7%, Status: +4 evasiness, arranhões pelo corpo, uma pequena perfuração próximo no lado direito da barriga, pata esquerda traseira congelada
Vs.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 281
Kirlia/Bailarina - Lv.12 - Trait:Synchronize
0%, Status:  Nocauteada

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 301
Isaac ganhou 2633 de exp e upou 7 níveis.

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 270
Lotad ganhou 236 de exp

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 135
Jolteon ganhou 236 de exp

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 52
Meowth ganhou 236 de exp e upou um nível.
Meowth aprendeu Bite
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Sab 19 Abr 2014, 12:14

Off: Qual Pokémon de Ethan tem Exp. Share? =)



♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Uma tensão corria o meu corpo quando Isaac e Kirlia ser erguiam. A bailarina psychic erguia com o seu golpe que eu sabia bem: Confusion. Isaac erguia a sua esfera em posição de ataque. Naquele momento, um golpe decidiria o combate. Isaac permanecia concentrado até que ... uma estática corria o corpo da Pokémon oponente, fazendo-a cair de joelhos. Shadow Ball era lançado. A esfera negra com estática roxa nunca pareceu tão bela. O golpe atingia com força a Pokémon, lançando-a para longe, caindo perto da maluca.

Uma sensação dominou o meu ser. Foi tal que não sabia distinguir qual era. Era um pouco de orgulho, misturado com uma satisfação e, ainda, medo. Era tudo muito subjetivo. A batalha toda foi regida por se’s, até que no último momento resolvi tentar, em vez de especular. Diante dessa retórica batalha, eu apenas pude imaginar que era tudo um pesadelo, sonho, sei lá. Era diferente aquela sensação. Não foi uma batalha por um gatuno rosado nas ruas de Nyender City. Fora uma batalha pela vida minha, dos meus Pokémon e de Ethan.

Caia de joelhos no solo, deixando Ethan ao meu lado. Abafava um choro para não ser um ataque de desespero como aconteceu no beco da Biblioteca Central. Abracei Isaac, que continuava rangendo os dentes para a ruiva, que no meio daquilo tudo, não reconhecia que sua Pokémon fora nocauteada. Observava as minhas mãos sujas. Os meus cabelos embraçados. Era tudo tão diferente do sabor de uma vitória. Não sentia a vitória no ar. E piorava ao observar a louca clamando para que a sua Pokémon respondesse a ela. Tremia ainda, tentando fazer Isaac se acalmar. Tirando a face do gatuno da observação.

Barulhos eram ouvidos ao lado. Não queria ver, ou não conseguia. Tentava abafar o choro e o desespero. O sentimento de vitória, eu tentava buscar. Mas no fim, eu só conseguia tremer e ficar chocada com a cena da ruiva. Vulpix ainda se erguia com o desenrolar da batalha que se seguia ao lado e logo um clarão mostrava-se em campo levando a maluca embora, enquanto ao lado um buraco levava Ekans e Vulpix para longe. Todos percebiam que... Acabou! Mas a sensação de vitória não seguia por conseguinte, muito pelo contrário. Me sentia a vilã da rota.

Ethan me despertava. Não sabia se ele havia notado que eu estava tentando abafar o choro ou não, mas ele citou algo importante: sair dali! A pata de Isaac continuava congelada, ao ponto de que todos ali tinham algum tipo de ferimento, sendo o de melhor condições, Serena.

- Sim, sim... vamos embora! – dizia ainda ofegante.

Erguia-me e sorrir para o gatuno que lambeu a minha mão e assim eu recolhia com um curto “Obrigado!”, que levava o Pokémon para um bom descanso. Peguei as Pokéballs de Ethan e recolhia os seus bravos guerreiros. Ainda tremia um pouco, mas eu tinha que demonstrar segurança para o rapaz ruivo. Sair dali seria um pouco difícil, afinal, a chuva ainda caia e sobre a rota estava uma visibilidade péssima.

Peguei a minha bússola e assim a analisava de perto, tampando-a com a mão, evitando que a chuva me atrapalhasse a observa-la. Apontei para o Sul.

- Jorvett Village fica ao Sul. Vamos! – dizia segurando o braço de Ethan e conduzindo-o, tendo Serena ao meu outro lado, como companheira.

A minha mente seguia-se sobre o campo de batalha, ou o que sobrou dele. As bailarinas flamejantes já não estavam ali. Eu reprimia o temor em meu corpo. Andava firme sobre o solo lamoso, tentando ao máximo demonstrar para Ethan que eu estava bem e poderia guia-lo com segurança até a vila. Nessas horas, Arceus que me proteja!


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Dom 20 Abr 2014, 01:25

off: nenhum. Mas como seu parceiro, o equivalente a 35% da exp q vc ganha em batalhas que ele não participa é dividido entre os pokémons dele ^^


A caminhada era lenta e cansativa. A chuva ainda castigava a dupla. Sakura segurava o braço de Ethan, guiando-o para longe do campo de batalha, deixando os destroços para trás e tentando deixar a sensação ruim que carregava no peito com ela. Serena seguia ao lado da garota, fiel companheira, tentando a todo custo parecer forte e transmitir força para a Stylist. A bussola indicava o sul e a lama terminava de se agarrar no pouco da barra do kimono da jovem que ainda exibia sua cor original.

- Isso passa, Sakura. Acredite... Logo passa. - Ethan dizia repentinamente colocando o braço sobre os ombros da morena e a abraçando com um pouco de força.

O gesto era inocente e reconfortante, porém mostrava a Sakura que, fossem quais fossem seus sentimentos, ela não conseguia esconder seu confuso estado de espírito. Ethan percebia facilmente, mesmo sem a visão... O uso de seu nome e não de um apelido também não passara despercebido para a morena. Aparentemente o gangster estava mais preocupado com o emocional e psicológico da jovem do que com seus olhos. Apesar da pose não ajudar muito a garota a guia-lo, a morena permitiu-se seguir a caminhada com esse pequeno apoio.

O terreno hostil se abria aos poucos e, para desgosto de Sakura, o corpo da loira que tinha o cabelo trançado surgia a sua frente mais uma vez. A pele azulada e a roupa encharcada de uma casca abandonada por sua alma. O que poderia fazer? Abaixando a cabeça, a morena optou por seguir seu caminho, pelo menos agora ciente de que estava na direção certa. No entanto Serena chamou sua atenção para a loira mais uma vez, fazendo a jovem notar a mochila caída próxima a um arbusto e a ponta de um Egg Pokémon aparecendo.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Sakura Mille em Dom 20 Abr 2014, 11:52

Off: Prreciso ler o manual de narração de novo! XD



♥ Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  


Acabou. Depois de um show de horrores. Um teatro armado pelas forças de uma insana e seus Pokémon menos certos ainda. Eu estava acabada diante das circunstância que me impuseram a realizar tantos movimentos que me custou mais do que alguns ferimentos para meus Pokémon. Custou um pouco de mim. Não sabia se estava contente em deixar parte de mim naquela rota. Ou estava feliz por perder uma parte que era desnecessária para mim, e me traria problemas sérios no futuro. Estava desconfortável diante daquilo tudo, mas ainda não estava tão forte quanto eu gostaria de me tornar.

Os passos foram lentos. Não sabia como estava a percepção de Ethan, mas pelo visto, estava tão boa, senão melhor, quanto antes. Ethan me abraçava. Precisava daquilo, mesmo minha mente pedindo um não, dizendo que eu precisava ser forte. Foi reconfortante, e com aquele abraço o peso –ou parte dele!- descia por terra e eu estava mais disposta a seguir em frente.

O caminho continuava difícil e eu seguia em direção ao que seria o sul. Passos leves, molhados, enlameados. Andei como se fosse a única coisa que pudesse fazer naquela rota e logo cheguei a uma das cenas que não queria rever. A mulher loira, de pele que já entrava em putrefação. Engoli em seco e segui. Não sabia se Ethan havia notado a minha indiscrição naquele momento. Dei alguns passos até Serena me apontar algo.

- O que... o que é aquilo? – dizia soltando Ethan das minhas costas um momento.

Corri sozinha no meio da chuva e fui até a mochila que se encontrava junto do corpo. Dentro, a única coisa que deu vida aquele amontoado de carne em decomposição: um Egg Pokémon. Era pequeno, mas precisava das duas mãos para tirá-lo dali. Era suave... Meio que... Não sei bem... Era estranho segurar aquilo. Uma vida ao lado da morte. Era insanidade da minha parte deixa-lo ali. Olhei para Serena e ela sorriu acenando com a cabeça. Guardei o Egg na bolsa, aconchegando-o e seguindo a viajem, tendo Ethan com as mãos de volta ao meu ombro.

- Acho que teremos mais um membro em nossa equipe... – disse com um pouco mais de humor e explicando o que havia achado ali.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Alice em Dom 20 Abr 2014, 16:31

Com um pequeno sorriso, Sakura se juntava a Ethan mais uma vez. O ruivo esperava pacientemente, como se a chuva não o incomodasse. O ovo nas mãos da morena que, com um pouco de humor, relatava o achado para o gangster. O homem comentava sobre o egg com mais humor, comentando sobre a sorte do mesmo, já que na chuva ele poderia não sobreviver.

Serena logo chamava a atenção da dupla, retomando o caminho para Jorvet, mas claramente satisfeita por ver Sakura sorrindo apesar do triste duelo sobrevivido. A Stylist, por sua vez, enrolava o pequeno ovo em um pedaço de seu antigo kimono de apresentações e retomava sua caminhada, auxiliando Ethan no trajeto. O dinheiro encontrado junto ao egg não era comentado em nenhum momento, tendo em vista a importância que era salvar uma vida.

A chuva agora parecia um alivio para Sakura. Lavando mais rapidamente do que a lama se grudava em sua roupa. Lavando, também, as sensações ruins e deixando para trás toda a sujeira que vivenciou. Talvez a chuva também conseguisse lavar a ferida aberta e aliviar a dor de ter deixado uma parte sua para trás, algo que deveria ser feito, mas que talvez ainda fosse muito cedo para acontecer. Agora, na porta de Jorvet, a morena respirava fundo e entrava no vilarejo. Ainda enlameada, mas com um olhar diferente e mais forte no rosto.


off: Mochila atualizada. Hora de Jorvet \o/
tópico trancado e movido para rotas completas. Pode criar seu próximo tópico em Ruas de Jorvet.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!  - Página 2 Empty Re: Rota 2: Sob a chuva e sobre o medo!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum