Visita a um prédio sem graça

Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Hanekawa Tsubasa em Dom 09 Fev 2014, 19:01

Depois de muito tempo viajando e conhecendo pessoas, pokémons e paisagens diferentes, Tsubasa havai chegado a uma cidade simples, sem nada de especial, que se chamava Nyander. 

Depois de uma noite de descanso em um hotel barato, adquiriu informações para seguir até a Academia de Polícia, onde se tornaria uma estilista, acreditava ela. Era um prédio totalmente sem graça, com grades horrorosas em suas janelas que a lembravam de seu quarto em Ragnarök. Não é necessário dizer como ela não iria se sentir bem ali dentro. Hesitante, entrou no prédio, perguntando onde encontraria a responsável pela mudança de classe.

Preferiu subir pelas escadas, já que elevadores lhe davam uma pequena sensação de claustrofobia, e bastava a sensação do prédio em geral, além dos olhares repulsivos de certos cadetes. Ainda assim, matinha sua pose e um sorriso perfeitamente vazio.

- Hei você, com cara de novato, o que está fazendo na minha Academia? Vai dizer que quer ter licença para ter um pokémon? Pfff! Se é isso que quer, senta logo ali ao lado, e me diga qual classe você quer adentrar, vou testar seus conhecimentos e ver se você merece passar.

Foi assim recebida por Angélica, a responsável pelo teste do qual haviam lhe dito. Ela não se importava com a arrogância dela, e apenas obedeceu sua ordem prontamente, sentando no local adequado.

- Quero me tornar uma Stylist - disse, sem sequer se apresentar corretamente, já que não lhe foi pedido.
Hanekawa Tsubasa
Hanekawa Tsubasa


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Alice em Ter 11 Fev 2014, 02:30

off: serei sua narradora. Espero que se divirta ;D
off2: Deve colocar o link para sua ficha, storage e cartão fidelidade em seu perfil, nos campos indicados ^^


As viagens de Tsubasa lhe proporcionaram todo tipo de aprendizado e lembrança, coisas que a garota jamais esqueceria, e se encerravam em Nyender City, a cidade do recomeço. Após uma noite tranquila, a jovem rumava para a Academia, a fim de tornar-se uma Stylist. O prédio destoava da cidade colorida e a aspirante já desejava para que a prova fosse rápida. Apesar dos olhares que recebia, Tsubasa mantinha sua pose e seu sorriso. Entretanto, ao ouvir as palavras da Comandante, a garota sentia que seu dia não será rápido ou tranquilo...

- Stylist?

A palavra era proferida com desgosto. Pelo menos não era com a repulsa tradicional designada aos gladiadores. Uma grande Persian surgia na sala, entrando simplesmente. Seu pelo brilhava, evidenciando o cuidado dispensado ao Pokémon. A estrela característica no ombro lhe revelava a identidade. O andar macio e silencioso contrastando com o rosnar baixo. Sem pressa, a Pokémon passou pela garota que não ousou tocar a bela pelagem, deu a volta por trás da comandante e deitou-se no chão. Metade do seu corpo surgia por trás da mesa e seus olhos se mantinham fixos na aspirante. Sua cauda, mesmo que Tsubasa não visse, se enrolava na perna de Angélica. O rosnar da gata, o vento na janela somados ao som de chuva e trovões cairiam muito bem em um filme de terror, contudo não formavam uma boa combinação para um teste.

- Por que eu deveria autorizar mais um Stylists nas ruas? - A pergunta era simples, porém sua resposta deveria ser elaborada... Angélica não era conhecida por aceitar aplicar a prova para qualquer um...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Hanekawa Tsubasa em Ter 11 Fev 2014, 19:44

Seus olhos tinham um ar modesto e relativamente triste, talvez por seu azul profundo. Capazes de se fixar diretamente nos olhos de Angélica, ao passo que se pronunciava sobre a pergunta, não se sabe que reação eles provocariam nela.

- Não é mais um Stylist. Não sou como qualquer outro, nem pretendo me tornar. Sou do tipo que, certamente, se destacará: talvez não por talento, mas por esforço. Mas não quero me destacar pelos outros, que é o que costumam fazer e, assim, fracassam. Estou numa missão, e esse comprometimento é para comigo e ninguém mais. Isso é o que deu e continuará a dar forças para a minha realização. Entretanto, preciso de seu consentimento para seguir meu caminho ao estrelato, e não me esquecerei disso. Acredito no seu bom julgamento. Ela fez uma breve reverência, ao mesmo tempo que terminava de falar - Yoroshiku onegaishimasu*.

Após terminar de responder Angélica, esperou pacientemente pela sua decisão de aplicar o teste ou não. Suas mãos, justapostas, descansavam em seu colo, e ela desviou rapidamente o olhar para analisar o pokémon felino que estava ali desde antes dela começar a falar. Achou o pokémon muito bonito, e comparou, mentalmente, a rubi em sua testa com o par de safiras em seus olhos. Sentia que combinavam.

*Tradução aproximada: estou em suas mãos; favor cuidar bem de mim.
Hanekawa Tsubasa
Hanekawa Tsubasa


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Alice em Qua 12 Fev 2014, 22:29

Angélica mantinha-se em sua cadeira, observando atentamente a aspirante. Persian rebatia o olhar da jovem para sua rubi com um rosnar mais alto e o mostrar das presas. A felina claramente só não atacava por não receber autorização da comandante e a morena sentia isso. Apesar de tudo, as mãos de Tsubasa se mantinham calmas sobre seu colo. A comandante não parecia tensa, tampouco relaxada. As palavras da morena pareciam não ter surtido nenhum efeito sobre a mais velha.

- Nossa. Buscar a fama por si e não pelos outros... Que missão honrosa. - A voz da comandante era carregada de ironia. A mulher obviamente não dava nenhum crédito para a jovem Tsubasa. - Você acaba de provar que meu julgamento prévio sobre quem solicita esse teste está correto: egocêntricos em busca de bajulação.

Apesar da pouca diferença de idade entre as duas, Angélica exalava uma aura poderosa e impaciente. O rosnar da Persian era somente uma manifestação sonora do mesmo poder emanado pela comandante. Tsubasa sentia que, apesar dos Stylists serem menos desprezados que os Gladiadores, o preconceito ainda era forte. Sem receio, a comandante menospreza o desejo pela fama.

- Acredito que já percebeu que minhas mãos não são o melhor lugar para um aspirante a Stylist, não é?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Hanekawa Tsubasa em Qua 12 Fev 2014, 23:43

Deixou de fitar o felino para voltar a olhar sua dona. Com sua resposta, ela conseguiu adquirir mais informações sobre ela. Certamente, essa mulher parece ser mais uma pessoa comum. Tsubasa achava engraçada a pose dela de altruísta. Tentava imaginar como alguém podia, de alguma forma, não possuir ego; ainda por cima, não sentir necessidade de qualquer bajulação em algum momento de sua vida. Era uma ignorância para com a essência humana e uma postura desnecessariamente rígida diante a vida. Bastante infantil, para alguém que parecia mais velho. De qualquer forma, seu exterior permanecia inalterável.

- Suas palavras são equivocadas. A honra, por si só, que é um conceito ligado à moral, é ilusória. A fama é o de menos. Ela vem com o reconhecimento do seu trabalho mas, para isso, é necessário que você tenha fé em si mesmo e em seu ofício. O trabalho duro não se sustenta se não há compromisso consigo mesmo ou você não sinta prazer em faze-lo. A fama é mera recompensa depois de suas vitórias, estas que me assegurarão o meu pão de cada dia. Bajulação pouco me importa. O meu interesse é de seguir o meu caminho e, nele, conseguir meus meios de sustentação. Não se engane.

"... O que não deve diferir de você", pensou. Ela dizia aquilo como explicaria a uma criança que sofreu lavagem cerebral e não tinha muito interesse por se aprofundar. Pelo que observou dela, imaginava que sua reação fosse a de alguém intolerante, ainda mais depois de ser contrariada por uma jovem como ela. Ainda assim, esperava se impressionar.
Hanekawa Tsubasa
Hanekawa Tsubasa


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Alice em Sab 15 Fev 2014, 21:18

off: desculpe a demora. Muitas tarefas extras nas outras áreas x.x


Enquanto Tsubasa avaliava a morena, era igualmente analisada pela comandante e seu Pokémon. No lado de fora, os trovões e relâmpagos aumentavam de intensidade, criando um espetáculo de luzes e sons. Persian se mantinha atenta e o rosnar baixo ainda ecoava no ambiente.

- Será mesmo que sou eu a equivocada?

A luz se apagava após a pergunta de Angélica. O tom de voz da mulher se mantinha neutro e completamente indiferente a presença da aspirante ou a falta de luz. Os olhos da gata brilharam, chamando a atenção da morena. Ainda era cedo, porém as nuvens negras pareciam igualar dia e noite. A escuridão dominava agora.

- Suas palavras são incoerentes do começo ao fim. Você fala de reconhecimento pelo trabalho e solicita autorização para pertencer a um grupo de pessoas que só busca naturalmente a fama. Entretanto não é isso o mais interessante em seus argumentos. O que realmente chamou minha atenção é sua ingenuidade em achar que uma resposta floreada vinda de alguém que considera a honra algo ilusório teria algum valor.

A resposta da comandante não era nada como a jovem esperava. O rosnar de Persian ecoava em sua mente e a voz da mulher lhe atingia em cheio no meio da escuridão. Sem conseguir ver a silhueta de Angélica, a garota se preparava para responder o novo argumento, sabendo que a comandante possivelmente ignoraria a maior parte de suas palavras. Para a cadete, honra era significado de integridade, honestidade, respeito e justiça. Por que então Angélica autorizaria alguém que considera tais conceitos algo ilusório?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Alice em Dom 23 Fev 2014, 12:43

Rota bloqueada por inatividade.

Em caso de retorno, poste em pedidos solicitando a reabertura.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Visita a um prédio sem graça Empty Re: Visita a um prédio sem graça

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum