Pokémon Shinki Adventures RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Loneliness

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Loneliness Empty Loneliness

Mensagem por Kitty em Sex 21 Fev 2014, 01:58

Uma jovem se escorava na parede de um prédio, observando o movimento da rua sem grande interesse. A capa negra ocultava-lhe razoavelmente a face e as curvas, embora sua função fosse manter a morena seca, esta função era do toldo da loja no atual momento. As construções serviam de abrigo para o vento, o que reduzia o frio.

Os orbes dourados fitaram o alto, observando as nuvens cinzentas e os raios de luz cruzando o céu. Não deu bola quando o capuz deslizou um pouco, fechando os olhos com suavidade enquanto desfrutava do aroma da chuva. Algumas gotas atingiam sua face e deslizavam, contornando os traços da adolescente. Esperava a voz de sua irmã a chamando, dizendo para se afastar antes que se resfriasse. A ausência dela era algo que ainda não havia se acostumado. A morte dela ainda era uma ferida aberta em sua alma.

Respirou profundamente mais uma vez, os olhos se abrindo e encarando sua realidade. Passou os dedos entre os cabelos escuros, despenteando os fios e afastando mais o capuz. Ainda não sabia o que fazer de sua vida. Era difícil decidir por si mesma que caminho trilhar, mas continuar apenas levando não dava mais. Os rostos de seus familiares estavam fixos em sua memória, bem como suas mortes e a face de cada um que causou sua desgraça.

Kate baixou a cabeça, puxando novamente o capuz e começando a enfrentar a chuva. Buscava ficar perto das construções, evitando desta forma o vento forte, pelo menos, na maior parte do tempo. Não se importava com o som de seus sapatos contra as poças de água, apenas queria chegar logo ao seu objetivo. O restaurante Kiga era o único ponto que conhecia que podia beber sem ser incomodada, pelo menos, até a visita de algum cadete. Era bom ouvir a cozinheira conversando consigo, servia para distrair seus pensamentos. Provavelmente seus pais e sua irmã reprovariam, seu comportamento não era adequado. O pensamento conseguiu fazer o esboço de um sorriso surgir na face, mas logo sumia com o aperto em seu peito.

Novamente as lembranças mais feriam, do que ajudavam em seu objetivo. Talvez alguns drinques a mais não fizessem tão mal assim...
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Dom 23 Fev 2014, 01:43

off: e ai maninha, preparada?


A chuva castigava a cidade tão violentamente, que nem mesmo os dois circos conseguiam arrancar sorrisos da população. Entretanto, apesar do frio que dominava e do vento furioso, o pensamento de sua irmã e seus pais reprovando Kate por seu comportamento nada adequado, criou um esboço de um sorriso na face da adolescente.

A cada novo passo da garota, o centro da cidade se aproximava. Os prédios, sempre a seu lado, cumpriam bem seu papel como guardiões dos ventos. A capa comprida ocultava o corpo bonito e a cor escura ajudava a garota a se camuflar nas sombras. Seu avanço era ignorado pelo povo local, mas a jovem não se importava com esse fato. A dor da perda de sua família e, principalmente, a dor da perda da irmã tão recente, lhe faziam desejar esse isolamento. Possivelmente após alguns drinks mudaria de opinião...

Os minutos de caminhada se assemelhavam a horas. A capa lutava para proteger Kate, porém a jovem exigia cada vez mais da vestimenta. A garota conhecia o caminho e sabia que seu objetivo estava no final dele. Entretanto sua vida não parecia a melhor ao chegar no estabelecimento.

Com a ajuda dos clientes, Natasha havia puxado diversos toldos, protegendo o interior e as mesas do pequeno restaurante do mau tempo. Proporcionando um ambiente seco, comida agradável e boa conversa, o lugar estava literalmente lotado. Kate teve dificuldade em conseguir uma cadeira mais perto da cozinha, em uma pequena prateleira longa que servia de bar na lateral do trailer. Cadetes, gladiadores, stylists, civis, adultos, crianças, idosos... Uma multidão exatamente como Kate não queria.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Dom 02 Mar 2014, 00:25

Off: preparada \o/ (não faça maldades ;-;)


A tempestade era realmente violenta, golpeando impiedosamente cada ser que se atrevesse a deixar o abrigo. Kate acelerava os passos, desejando chegar logo ao centro da cidade. A chuva geralmente não lhe incomodava, mas quando tão forte, a história mudava um pouco. Puxou um pouco mais a capa, tentando se proteger mais.

Sempre perto dos prédios, a chuva atrapalhando a vista, a capa escura, a adolescente parecia se camuflar nas sombras, servindo como um abrigo extra. Ninguém parecia notar a morena, mas Kate não se importava, ao contrario, desejava evitar atenção desnecessária. Não havia ninguém, cuja companhia, seria realmente bem aceita.

O tempo corria desagradavelmente lento, no entanto, não teria os momentos de paz que desejava, notando isto no primeiro instante que chegou ao local. O lugar estava lotado, havendo uma multidão ali. Pessoas de diversas idades e classes, o que fez a garota murmurar alguns xingamentos mentalmente. Era pedir muito um pouco de paz?

A morena ocupava um lugar mais próximo da cozinha, desejando conseguir o máximo de distância possível de todos. Provavelmente não poderia beber, pelo menos, enquanto os oficiais permanecessem ali. Suspirou desanimada e se focava no som da chuva, desejando que esta parasse e, quem sabe, o local esvaziasse.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Seg 03 Mar 2014, 11:25

off: mas eu te amo @w@


O tempo transcorria sem que Kate soubesse se já estava há horas ou somente alguns poucos minutos mirando o balcão perto da cozinha. Natasha se desdobrava para atender a todos os clientes, então quando chegou a vez de Kate, somente largou o cardápio ao lado e avisou que logo voltaria para anotar o pedido. A mulher parecia satisfeita com o movimento, certamente lucraria uma quantia considerável graças à chuva. Suspirando, Kate deixou o cardápio de lado e apoiou o queixo sobre o balcão. A jovem sabia o que queria, mas sabia que não poderia pedir com cadetes no ambiente.

O vento parecia aliviar um pouco... Bem pouco... O tempo ainda se arrastava. Em uma mesa ao lado, dois Gladiadores pareciam jogar pôquer. Um cadete, bebendo chá, parecia explicar algumas regras para um novato e lhe dar dicas sobre as missões que enfrentariam ou como se portar perante Angélica para um relatório. Kate somente suspirava.

Quando uma família surgiu, a morena "murchou" ainda mais em sua cadeira. Ao invés de esvaziar, o ambiente recebia mais clientes. Somente ela percebia que não cabiam mais pessoas no lugar? Até mesmo Poochyena, que gostava de dormir pacificamente perto da porta, optou por ficar embaixo da cadeira da garota.

- Voltei! Você gostaria de alguma coisa? - Perguntou Natasha ao retornar para perto de Kate.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Seg 03 Mar 2014, 18:38

Off: então não faça maldades =D


A morena não sabia dizer a quanto tempo encarava o balcão da cozinha. Talvez a ansiedade fizesse o tempo parecer mais lento, mas não sabia se já havia se passado minutos ou horas ali. A jovem lamentava a falta de bares. Porque Angélica teve que fechar todos? Não podia deixar nenhum? Mais um suspiro resignado, enquanto os olhos observavam o cardápio sem interesse.

Kate amaldiçoava mentalmente os cadetes. Desejava apenas um pouco de bebida, nada demais, mas era impedida disso por causa dos oficiais. O tempo parecia fazer questão de se arrastar, enquanto o vento só amenizava um pouco. Muitas pessoas ali não pareciam ter a intenção de sair tão cedo do estabelecimento, o que fez a adolescente suspirar desanimada mais uma vez. A garota se desanimava mais ainda ao ver mais pessoas entrando. O local já estava lotado, então por qual razão mais pessoas apareciam?!

Quando Natasha se aproximou da mais nova, Kate apenas a encarou e lançou um olhar para os cadetes, apoiando a testa na mesa em seguida. Estava desanimada, deixando claro para a mulher o que queria, mas também demonstrando saber que as circunstâncias faziam seu pedido não ser possível. Ergueu o rosto um pouco, suspirando uma vez mais, antes de apontar para um dos itens listados. Apenas uma xícara de chá.

Os orbes dourados miraram o Pokémon negro, dando um meio sorriso. Pelo menos não era a única que não gostava de tanto movimento.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Seg 03 Mar 2014, 19:47

off: vc sempre diz q amor dói @w@


Desanimo descreveria muito bem Kate naquele momento, assim como Poochyena. Após mirar Natasha e, com um olhar, falar o que queria e não poderia ter, a morena colocava o dedo sobre o item chá no cardápio. A atendente riu um e se afastou anotando em seu bloquinho. Era hora de cozinhar os diversos pedidos.

Levou algum tempo para que Kate retirasse a face de cima da mesa, literalmente, e mirasse a situação ao seu redor. O restaurante não havia esvaziado nesse meio tempo, para sua tristeza. Respirando resignada, a jovem mirou o Pokémon negro abaixo de sua cadeira. Poochyena parecia tão desolado quanto a garota.

Os gladiadores começavam uma pequena briga, no entanto. Parecia que um deles estava sendo acusado de trapaça. O coração de Kate se alegrou quando percebeu os cadetes mirando a dupla. Talvez eles os levassem até a delegacia e a garota poderia finalmente pedir sua bebida. Contudo, quando os oficiais deram de ombros e optaram por voltar a sua conversa, as esperanças da adolescente ruíram mais uma vez e sua face voltava de encontro ao balcão. Logo depois Natasha depositava a xícara de chá ao lado da cabeça da garota, sem parecer demonstrar surpresa pelo comportamento. Para melhorar a situação, uma criança vomitava no meio do lugar e fazia Kate amaldiçoar Angélica por ter fechado os bares. Se a comandante não sabia se controlar após alguns drinks era problema dela e não dos outros frequentadores do ambiente.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Seg 03 Mar 2014, 20:17

Off: não lembro de ter dito isso u.u


Kate parecia o retrato falado do desanimo, bem como o Pokémon Dark que estava abaixo de sua cadeira. A garota não tinha o menor interesse nas pessoas, parecendo achar ver as manchas da mesa muito mais interessante, mas logo voltou a sua atenção para o ambiente. Quem sabe alguém saísse do local? A esperança era a última que morre, não era?

O restaurante continuava lotado. Aquele grupo de pessoas não tinham nada mais de interessante para fazer? Não tinham que trabalhar ou voltar para casa? Mais um suspiro, mirando o ser que estava tão deprimido quanto ela: o Poochyena dorminhoco de Natasha.

O som de uma briga logo despertava a atenção, fazendo os olhos amarelados de Kate voltarem para a mesa dos Gladiadores. Um comportamento típico daqueles que seguiam tal classe, mas ao notar que os oficiais fitavam os Gladiadores, a adolescente se animou. Eles podiam prender a dupla por perturbar a paz, quem sabe a briga até mesmo incomodasse os outros e o local esvaziasse? A morena poderia finalmente beber! Infelizmente, aqueles oficiais inúteis, preguiçosos e desocupados resolviam continuar sua conversa...

Novamente deprimida, Kate apoiava a cabeça sob a superfície lisa do balcão. Sentia o aroma e o calor da bebida ao lado de sua cabeça. Uma criança vomitando não animava em nada a jovem. Várias maldições passavam pela mente de Kate, desde Angélica ser atingida por um meteorito, as pulgas de mil growlithes sarnentos a atacassem, até mesmo que Yasmin chegasse logo a adolescência e começasse a dar dor de cabeça para sua mãe.

A morena tirava a face da mesa, bebendo um pouco do chá, aproveitando o calor do mesmo, antes de voltar a apoiar sua cabeça no exato local onde estava antes, voltando a pensar em maldições e pragas que poderiam acontecer com a comandante.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Seg 03 Mar 2014, 23:19

off: mas disse e várias vezes u.u


Kate bebericava seu chá enquanto refletia e criava novas maldições para Angélica. A chuva parecia parar a cidade, a julgar pelo movimento do lugar. Analisar as manchas do balcão perdia a graça com certa facilidade e a morena logo tentava se distrair cutucando Poochyena com seu pé e torcendo para que o cão aceitasse brincar. Sem sucesso... O canino parecia mais interessado em dormir. Desanimada novamente, Kate voltou a analisar as manchas no balcão.

O tempo passava... A chuva continuava forte... Os gladiadores ainda se xingavam... Os cadetes nada faziam... Natasha limpava a sujeira enquanto os pais da criança pediam desculpas... Tudo igual... Kate estava a um passo de surtar.

Quando um dos gladiadores desafiou para uma batalha, a jovem começou a cogitar que a paz estava a caminho. Uma batalha! Os clientes não gostariam de comer com o barulho e os cadetes tirariam eles de lá... Não é?

Errado.

Os gladiadores foram para a chuva e lançaram seus pokémons. E os clientes? Passaram a assistir e fazer suas apostas. Croconaw ou Dewott? Quem venceria?

Deprimira, Kate deixava a testa colidir contra o balcão. Natasha, tentando limpar o balcão e deslizando o pano ao redor da cabeça de Kate, comentava baixo o quanto os dois eram idiotas e incapazes de usar um Pokémon corretamente.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Qua 05 Mar 2014, 20:32

Off: não me recordo disso u.u


Mais chuva... Chuva... Chuva... Até quando isso iria durar?! Aquela cidade tinha alguma lei de, quando está tendo chuva, parar por completo?! As manchas do balcão não eram exatamente interessantes, mas Poochyena não tinha interesse em brincar com a morena, deixando para ela apenas a alternativa de voltar a encarar manchas.

O tempo corria tão lentamente, que a adolescente sentia-se incrivelmente entediada. Os Gladiadores continuavam a sua briga, enquanto isso, os cadetes não faziam nada, como se tivessem passado cola na cadeira e agora não pudessem sair delas, na concepção de Kate. Se Arceus existisse, provavelmente devia estar se divertindo com aquilo.

Quando os dois briguentos se preparavam para lutar, Valquíria teve novamente esperanças. Barulho e bagunça, afastando as pessoas e fazendo os cadetes agirem. Era perfeito! Os olhos dourados brilharam com a possibilidade, mas logo as esperanças se foram. Os Gladiadores foram brigar na chuva e os clientes agora faziam apostas.

O desanimo era tanto, que a face da morena voltou de encontro ao balcão. Natasha limpava a superfície, contornando a cabeça da mais nova, comentando sobre como a dupla não era capaz de usar bem um Pokémon. O comentário fez a adolescente fitar a ruiva, acenando de forma positiva quanto a parte de serem idiotas, mas logo passou a olhar a luta. Usar um Pokémon de forma correta, como seria isso? Kate passou a mirar Poochyena, pensando em como seria ter um Pokémon perto de si. Novamente mirava Natasha, a pergunta silenciosa, embora visível, querendo saber como era ter um desses seres por perto.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Sab 08 Mar 2014, 23:26

off: a última vez q falou foi na rota (1 ou 2) do sothe u.u


Natasha mirou o olhar de Kate e, por já conhecer a garota há algum tempo, deduziu a pergunta muda que via refletido no olhar da garota. Com um sorriso travesso a ruiva se aproximou da morena, cruzando os braços sobre o balcão, o que sem querer lhe salientava o busto.

- Ter um pokémon é maravilhoso. Eles são inteligentes e muito criativos. Porém só ditar ataques e ver quem tem o golpe mais forte é estupidez de gladiador e não explora o verdadeiro potencial de um pokémon.

A ruiva começava a falar baixo e Kate se aproximava curiosa, querendo ouvir o que era dito quase como um segredo entre amigas, embora o assunto fosse completamente normal e básico. As pessoas, muito preocupadas em ver os ataques de Croconaw e Dewott, não percebiam a conversa entre as garotas. Os cadetes também pareciam mais compenetrados no assunto que discutiam, exceto o Meowth que se aproximava e pulava sobre a cadeira ao lado de Kate. Quando o felino se aproximou, Natasha olhou para o gato e sorriu.

- Olha esse Meowth por exemplo. Isso é um bom uso de um Pokémon. As qualidades naturais dele são incentivadas e há confiança entre cadete e pokémon, tanto que o pokémon age por conta várias vezes, garantindo o sucesso de seus trabalhos. Humano e pokémon devem fazer isso, trabalharem juntos e explorando o melhor de cada um. Não ficar lutando em becos.

Ao ouvir as palavras da atendente, o felino estufou o peito orgulhoso e satisfeito com o reconhecimento de sua organização. Kate observou o gato e observou os aquáticos lutando. De repente a jovem começava a entender a fala de Natasha ao comparar como as duas classes manipulavam seus pokémons. A mente da morena viajava e, pela primeira vez, refletia sobre o uso que as demais pessoas faziam dos pokémons, como stylists, civis e até criminosos... Poochyena, diferentemente, revirava os olhos ao escutar a fala de Natasha.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Seg 10 Mar 2014, 20:55

Off: mas rota 2 = sofrimento enquanto a pirada, nada certa, maluquete estiver lá u.u


Kate prestava muita atenção nas palavras de Natasha. O assunto transcorria como se fosse um segredo, embora fosse algo comum ser debatido. Menores de idade ouvindo pessoas mais experientes, pedindo dicas e conselhos, ou histórias sobre jornadas e de como era.

Ninguém parecia notar a conversa que transcorria ali, exceto o felino símbolo da força policial, que agora estava na cadeira ao lado da morena. As palavras da ruiva conseguiam despertar ainda mais a curiosidade da adolescente. Pela primeira vez a ruiva pensava sobre a forma de usar um Pokémon, comparando a luta dos gladiadores e olhando o felino. Já teve que fugir dos cadetes algumas poucas vezes, e por mais que alguns oficiais fossem os culpados por sua situação, sabia que muitos utilizavam bem os monstrinhos de bolso.

A morena pensou na possibilidade de, quem sabe um dia, fazer o teste, no entanto franziu o cenho quando as opções passaram por sua mente. Gladiadores eram apenas arruaceiros, não se considerava uma palhaça pra ficar brincando, só iria se unir aos cadetes se Arceus renascesse, algo que ao seu ver, não iria acontecer.

Suspirou desanimada, olhando o balcão novamente. Para alguns, poderia parecer que estava desanimada por não ter ainda a idade, mas quem a conhecesse saberia a realidade: nenhuma opção disponível na academia havia agradado. Passou a observar Poochyena, tendo um leve sorriso novamente. Será que a mais velha contaria onde o conseguiu? O olhar novamente para a ruiva, novamente uma pergunta muda. Talvez a presença de um Pokémon ajudasse a amenizar o vazio que sentia...
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Qui 13 Mar 2014, 23:59

off: se é maldade e loucura, pq compara a amor? u.u


Natasha observava os olhos de Kate sem dificuldade em interpretá-los. Após inúmeras garrafas viradas juntas, a ruiva conhecia a morena bem o suficiente para saber o que a mais nova pensava. Os olhos dourados de Kate vagavam sobre Poochyena e se voltavam para a ruiva, questionando-a sobre o local onde adquiriu o monstrinho.

- Cada um tem o seu caminho Kate e um dia você irá descobrir o seu. Quando isso acontecer, o pokémon certo estará te esperando e, te garanto, você nunca mais vai se sentir sozinha.

A ruiva respondia ao pensamento sobre solidão da morena, porém não informava sobre onde conseguira o Poochyena. A mais nova mirou seus olhos mais uma vez para o cão, enquanto a seu lado o gato bocejava. A morena refletia, tentando achar todas as possíveis interpretações sobre a resposta da ruiva, ciente de que não seria a primeira vez que conversavam sob códigos. De quais caminhos Natasha estaria falando?

Fora do restaurante e ainda sob a chuva, Croconaw e Dewott ainda lutava, exibindo golpes executados com maestria e perfeição. Civis comentavam sobre o desempenho e crianças apontavam ansiosas, alegando quererem um pokémon. Um dos cadetes retirava um papel dobrado do bolso e mostrava a folha, que parecia ter somente 1/4 do tamanho de uma folha de oficio normal, para o outro. Enquanto isso a mente de Kate tentava trabalhar, o que parecia ser uma tarefa impossível com a baixa taxa de álcool no sangue. A mente vagava entre a bebida e o pokémon...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Sex 14 Mar 2014, 19:39

A quantidade de vezes que a morena havia visitado o local, juntando com todas as conversas que Kate e Natasha já tiveram, parecia ter sido mais que o suficiente para que a ruiva pudesse entender qualquer palavra não dita.

A dona do pequeno restaurante respondia, algo que parecia um conselho. Não era uma resposta clara e direta, mas fazia Kate refletir. Os orbes dourados miravam o Pokémon Dark, ignorando o felino símbolo dos cadetes. Sua mente trabalhava. Aquela não era a primeira vez que utilizavam códigos, no entanto, aquele não era fácil desvendar.

O caminho dos cadetes, dos gladiadores e dos Stylists, nenhum deles era o seu caminho. Disso a menor tinha certeza. Era quase como esperar que um Geodude criasse asas e voasse, demonstrando a mesma delicadeza de uma Butterfree. Isso ficava ainda mais visível para Kate, quando ela mirou novamente a luta dos Gladiadores. Não queria batalhas sem sentido. Talvez como uma simples civil? Achava difícil, Natasha não teria falado sobre caminhos...

Valquíria olhou desolada para os cadetes e para a xícara de chá, um olhar choroso, como se fosse uma criança que foi proibida de comer seu doce favorito, olhando para o pote de guloseimas fora de seu alcance. Uma verdadeira tortura! Era impossível pensar assim, sem nem um uma gota de bebida em seu organismo! Porque a bebida tem que ser ilegal?! Justamente a bebida?! Malditos cadetes, quando iam entender que proíbem coisas, mas que não fazem mal algum?! A ideia de ser uma gangster passou levemente pela mente da morena, mas se afastou com as lembranças do dia em que seu pai e suas irmãs se foram. Recusava-se a se aliar aos Apocalipses, mas a Armagedon seria uma opção? Sim, havia dois membros dela que a morena desejava que pagassem, mas tirando eles, como seria? Mas o mais importante: seria esse o seu caminho?

Novamente ergueu o olhar para a mulher, carregando mais uma duvida. A pergunta de como poderia descobrir qual era seu caminho. Um rápido olhar discreto para os oficiais, estando pouco interessada no que faziam, mas gostaria de infernizá-los, bem como os Armagedons fazem. Sem ferir inocentes, mas dando dor de cabeça para os Cadetes. Tal pensamento fez surgir o esboço de um sorriso, mas logo sumia e os orbes dourados voltavam a fitar a mais velha.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Seg 17 Mar 2014, 17:45

A mente de Kate se perdia em diversas possibilidades, tentando entender as palavras da ruiva. Natasha continuava trabalhando em frente ao fogão, preparando diversos pratos ao mesmo tempo. Ao lado da mais nova, o Meowth reclamava da demora. Embaixo da cadeira, Poochyena dormia sossegado. A chuva do lado de fora continuava de forma constante e a batalha entre os gladiadores chegava ao fim com uma vitória para Dewott. Nada disso, no entanto, importava para Kate.

Os olhos castanhos, após refletir por um tempo, retornavam para Natasha, questionando-a como descobrir seu próprio caminho e como saber se aquele que escolheria seria o certo. Muitas dúvidas para a menina.

- Eu não posso te ajudar a escolher um caminho Kate. Isso você tem que escolher. Só posso te recomendar não julgar um caminho pelo comportamento de um ou dois.

Natasha, mais uma vez, respondia para as perguntas não ditas da morena e, logo depois, saia da cozinha carregando inúmeros pratos consigo. Meowth logo seguia a atendente, voltando para a mesa dos cadetes e passando a saborear o creme de baunilha que havia sido pedido para si. Dois pratos eram deixados na mesa dos gladiadores que agora se espancavam com socos e chutes, enquanto Dewott, já cansado, tentava separar a briga. Aparentemente o perdedor não lidava bem com a derrota...

As pessoas trocavam as notas de acordo com suas apostas originais. Kate observava o balcão, suspirando cansada. A vida não parecia ser fácil naquele momento... Se bem que para a jovem a vida nunca fora fácil... A briga na rua seguia, mas Kate não a notava aparentemente. Natasha logo retornava para a cozinha, com mais pedidos anotados. Trabalhar sem um ajudante parecia cansativo em dias como aquele principalmente.

- Não fique tão deprimida Kate. Pensa que... O dia que decidir seu caminho, posso tentar te dar uma força, não é? - A ruiva encerrava piscando um olho para a caçula.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Seg 31 Mar 2014, 00:22

A menor assistia Natasha trabalhando, enquanto sua mente trabalhava, tarefa que se tornava difícil com a falta de bebida no organismo. Um novo olhar desanimado para o chá, mais um suspiro, um olhar rápido para os cadetes, mais um olhar para o chá, mais um suspiro... Nem a briga dos dois gladiadores servia de distração para a morena. Era como se tudo aquilo não tivesse importância, a única coisa que realmente valia seu interesse era a bebida, agora inalcançável...

A ruiva novamente respondia as perguntas silenciosas, voltando as tarefas em seguida e servindo os clientes. Kate não se importava com a movimentação, apenas suspirava enquanto observava o balcão.

“Não julgar um caminho pelo comportamento de um ou dois”?...

As palavras da cozinheira rondavam a mente de Kate. Os Apocalipses foram enviados para assassinar seu pai, levando sua irmã como um “brinde”. Os cadetes torturaram sua mãe e a levaram para ser interrogada. Um Armagedon levou os cadetes para sua casa e outro levou sua irmã. A garota passava as informações em sua mente, havia sido a organização Apocalipse, a organização dos cadetes, mas não havia sido a organização Armagedon. Apenas um ou dois, como Natasha havia dito.

A cozinheira novamente falava com Kate, que sorriu de volta, num agradecimento silencioso. A menor sentia-se bem em poder confiar na mais velha e, de alguma forma, desejava retribuir tudo o que a ruiva havia feito por ela, embora não achasse que havia uma forma.

Mais um pequeno gole no chá que já havia esfriado um pouco. Ainda pensando sobre seu destino, o caminho que devia seguir. Ainda pensava sobre os Armagedons, tentando lembrar-se do que havia ouvido falar sobre eles. Seria esse o seu caminho? Talvez se conhecesse mais alguém deles... Mas eles vivem fugindo dos cadetes e deveriam se esconder bem. Observou Natasha com uma nova pergunta. Como encontrar alguém que não pode ser encontrado?
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Sex 04 Abr 2014, 01:34

Natasha corria de um lado para o outro na cozinha, atendendo os inúmeros pedidos. A chuva tornara o trabalho infindável. Os dois gladiadores ainda se espancavam e rolavam nas poças de água. Kate, por outro lado, só suspirava desanimada. Sem poder beber, a adolescente voltava a pensar nos possíveis caminhos e, de todas as opções, os armagedons pareciam ser o mais próximo de ideal para si. Contudo ela não poderia ter certeza enquanto não conhecesse mais alguém da classe e, novamente, a morena mirava a ruiva com a pergunta muda nos olhos.

Em meio inúmeras panelas, Natasha encerrava mais um prato. Ao cruzar na frente de Kate, a ruiva a mirou nos olhos e viu a dúvida no olhar, porém nada falou. Kate sabia que a outra percebera a pergunta, já que a mesma não tentara disfarçar. Então por que não comentara nada? Será que ela não sabia? Ou não poderia dizer? A morena suspirou mais uma vez, deixando a cabeça descansar sobre o balcão.

Os gladiadores ainda chamavam a atenção. Um dos cadetes se despedia do outro e saia do lugar acompanhado do felino. Kate se animou. Se o outro também resolvesse ir embora, poderia finalmente beber possivelmente. No entanto ela se decepcionou quando o segundo oficial fez outro pedido. Desanimada, a garota voltou a pensar em Natasha e seu comportamento.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Ter 08 Abr 2014, 23:52

A ruiva dificilmente parava, atendendo inúmeros fregueses chatos que, na opinião de Kate, poderiam estar longe, principalmente o cadete que a impedia de ter acesso a sua preciosa bebida. A chuva parecia ser alguma maldição, fazendo com que todos ficassem, para o desanimo da adolescente. Distraia sua mente com possibilidades para seu futuro, refletindo no que seria melhor e qual seria seu caminho.

A pergunta muda, pela primeira vez, não obteve resposta, deixando a morena confusa. A menor viu que a cozinheira havia visto sua pergunta, mas não deu respostas. Talvez não soubesse, ou não pudesse falar agora. A cabeça novamente ia ao encontro do balcão, diversos pensamentos a rondando. Quando um cadete se retirava, Kate se alegrava e, por breves instantes, acreditou que poderia ter acesso a sua preciosa bebida. Grande engano. O outro oficial desocupado continuava ali, sem fazer nada de importante, como todo bom desocupado. A jovem suspirou, quanto tempo ainda teria que esperar? Só alguns drinques era pedir demais? Ó vida...

Sem poder ainda fazer seu real pedido, a garota voltou a pensar. Natasha havia oferecido ajuda, mas poderia mesmo ajudar? Não imaginava que a ruiva possuísse algum mapa, ensinando como chegar até os Armagedons. E se fosse uma grande besteira e a abstinência de álcool estivesse afetando sua cabeça? Nesse caso, talvez a cozinheira fizesse a morena perceber a realidade...

-Natasha...

Kate murmurou, chamando pela mais velha em voz alta pela primeira vez. No olhar, o pedido de ajuda, dizendo que havia se decidido. Agora faltava descobrir como chegar ao seu caminho.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Qui 10 Abr 2014, 14:54

Após o chamado de Kate, Natasha virou-se e mirou a morena nos olhos. A adolescente pela primeira vez percebeu que havia muito mais no olhar da ruiva do que imaginava. Algo de inteligente, perigoso e ardiloso... Algo que intrigava a mais nova. Seria real? Ou somente mais uma alucinação causada pela abstinência? Após tantos anos frequentando o lugar e conversando sobre tantas coisas, será que ainda não conhecia a ruiva?

- Já escolheu Kate? Então é só pedir.

Dizia a alegre atendente entregando um cardápio para a mais nova. Kate mirou a folha ainda mais confusa, afinal sabia que a outra havia entendido sua pergunta muito bem, além de ter lhe oferecido ajuda mais cedo. Os olhos dourados vagaram pela folha, tentando entender o que a outra pretendia e, pela primeira vez, notou o nome dos pratos.

Cardápio escreveu:
Combo Apocalipse: 150Pk$
Combo Armagedon: 150Pk$
A fúria cadete: 150Pk$

Alaminuta: 30Pk$
Sopa de legumes: 30Pk$
Caldo de batata: 20Pk$
...

Sem perder muito tempo lendo tudo o que o restaurante oferecia, Kate se demorou lendo o nome dos três primeiros combos. Seria um sinal? Alguma indireta talvez? Mas se fosse... Natasha seria uma gangster? Seria possível mesmo? Se fosse, seria Apocalipse ou Armagedon? Pelo que Kate sabia, as duas gangues não se davam muito bem e, se Natasha pertencesse a uma das duas, não seria sábio pedir para entrar na outra. A ruiva disse que poderia ajudar em quase todos os caminhos... Muitas pistas começavam a se misturar na mente da adolescente.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Sab 12 Abr 2014, 20:28

Kate ficava confusa perante o olhar da ruiva. A ausência de bebida devia estar fazendo mais mal do que havia imaginado... O olhar de Natasha parecia ter algo de ardiloso e perigoso, mas visitava aquele local fazia um bom tempo, pensava conhecer bem a cozinheira. Teria se enganado? Havia mais ali do que pensava?

Se não bastasse a confusão que o olhar causava, a cabeça de Kate se emaranhava ainda mais ao ver o cardápio. Sabia que a mulher havia entendido o que ela queria. Os olhos dourados fitavam o papel, tentando buscar alguma pista, ficando surpresa com o nome dos pratos. Nunca havia reparado neles... Mas também, nunca reparou em nada que não fossem as bebidas que o local oferecia...

A mente da morena trabalhava. Natasha estava dando uma indireta? Tantas perguntas rondavam sua mente naquele momento, que era difícil colocar todas em ordem. Quem era realmente Natasha? A jovem mordiscou o lábio de leve, pensando se devia mesmo arriscar, antes de respirar fundo.

-Combo Armagedon.

Fazia sua escolha para a ruiva, devolvendo a folha. Ela disse que ajudaria e a própria jovem pedia ajuda. Observava ansiosa a mais velha, aguardando alguma resposta dela. Talvez fosse tudo imaginação, sendo causada pela falta de bebida, quem sabe?
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Dom 13 Abr 2014, 16:42

A morena acreditava estar delirando em alguns momentos e tudo seria culpa da abstinência. Após tantos anos, Natasha não poderia ter um segredo tão grande quanto esse, não é? Ela poderia ser uma criminosa que luta contra os cadetes? Era difícil de acreditar... Kate mirou a ruiva que estava em pé ao lado da mesa ocupada pelo cadete e a morena jurava que a atendente estava flertando com o oficial. Para piorar, parecia ser retribuída... Que Armagedon faria isso?

Quando Natasha deixou o oficial, que sorria como um bobo enquanto olhava um pedaço de papel, Kate balançou a cabeça e, movida por algo que só poderia ser considerado insanidade temporária, pediu o combo Armagedon. A ruiva a mirou e novamente o olhar estranho se manifestava. Natasha parecia perigosa naquele momento.

- Com prazer Kate.

A ruiva recolhia o cardápio e voltava para o interior da cozinha, começando a pegar itens e materiais para preparar o prato. Kate suspirou acreditando que era tudo ilusão mesmo. Tudo o que conseguira nessa conversa estranha foi gastar dinheiro com um prato exótico. A morena suspirou desanimada e encostou a cabeça no balcão. Por um momento acreditou que tinha iniciado por um caminho diferente.

- Essa não! Não tem manga nem canela! - A ruiva reclamava enquanto vasculhava em um armário. Desanimada, Natasha espiava por cima da porta do armário e mirava Kate com ar infantil. - Kate... Você acharia muito ruim me fazer o favor de ir até o armazém e comprar alguns itens?

Kate suspirou mais uma vez. Caso aceitasse, teria que ir no supermercado, ao invés de começar uma aventura que levaria os cadetes a loucura se tudo desse certo.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Seg 14 Abr 2014, 00:49

As duvidas de que Natasha poderia ter algum segredo cresciam. Imaginar a ruiva sendo integrante de uma organização que lutava contra cadetes era difícil, ainda mais ao ver a mulher claramente flertando com um oficial. No entanto, algo no olhar da mais velha parecia perigoso, deixando a adolescente confusa.

A duvida de Kate parecia desaparecer quando a mulher entrou na cozinha e começou a preparar o prato, fazendo a morena acreditar que foi tudo ilusão. Já possuía pouco dinheiro, agora iria gastar num prato incrivelmente exótico... Ó vida... Se ao menos pudesse beber, mas aquele cadete desocupado continuava ali. A cabeça se levantou pouco, o queixo ainda apoiado no balcão, enquanto os orbes dourados miravam a ruiva com ar infantil. Olhou momentaneamente a chuva que ainda caia, suspirando desanimada, mas acenou, aceitando comprar os itens que Natasha pedia.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Sex 18 Abr 2014, 12:30

Após o consentimento de Kate, Natasha sorriu ainda mais e passou a pegar um pedaço de papel e uma caneta, escrevendo rapidamente algo enquanto agradecia inúmeras vezes a morena pela ajuda. Depois de alguns poucos segundos, a mais nova recebia um papel dobrado, dinheiro para os itens e um guarda-chuva emprestado.

- Não tenho como lhe agradecer Kate. Mas não se preocupe, Poochyena irá com você para qualquer coisa.

Após ouvir o agradecimento, Kate acenou e se arrastou para fora do banco. O pokémon cão logo se espreguiçou e passou a segui-la sem que ninguém notasse a presença do mesmo. Na porta do estabelecimento, a morena pensou novamente no pedido enquanto observava o temporal. O interior quentinho e sequinho a convidando a retornar. Mais uma vez a adolescente respirou fundo, partindo para a chuva. Na mente a esperança de que, quando voltasse, o cadete teria ido embora.

Os passos eram lentos e sempre o mais próximo possível dos prédios de Chermont, evitando assim pegar mais chuva do que o necessário. O guarda-chuva lutando para mante-la seca. O dinheiro no bolso, junto com o bilhete. Poochyena andando bem próximo a jovem, querendo também evitar se molhar o máximo possível.

Após alguns minutos de caminhada, onde as pernas da menina e o cão já estavam completamente encharcados, Kate e Poochyena pararam sob uma marquise vazia para tentar se recompor. Indignada com o mau tempo e com seu azar, além de frustrada com a peça que sua mente lhe pregou ao fazê-la crer que Natasha (logo a Natasha) era uma gangster que poderia lhe ajudar, Kate pegou o bilhete mais uma vez.

5 mangas - 50Pk$
2 pacotes de canela em pó - 13Pk$

Muito obrigada pela ajuda Kate.
Natasha


Dois itens banais... Da expectativa para se tornar uma Armagedon para uma entregadora de comida. Frustração era pouco para descrever o que Kate sentia. Ainda incrédula, a menina foi guardar o bilhete em seu bolso novamente, porém, ao tentar dobrá-lo, percebeu uma segunda folha. A curiosidade voltando como um golpe avassalador. Os dedos chegavam a tremer enquanto separavam as duas folhas. Na segunda, outro bilhete. O mesmo tipo de papel, a mesma cor de caneta, mas outra letra... Não era a mesma forma desenhada e feminina da lista de compras. Parecia um bilhete escrito as pressas...


Quer ser mesmo uma Armagedon? Veremos então se é boa.
Vá até a delegacia. No terceiro andar há uma sala com arquivos de casos em andamento.
Encontre a pasta com o nome Grace e bata foto de todas as páginas. Não mexa em mais nada.
Há uma câmera para isso presa na coleira de Poochyena. Ela conhece os golpes Tackle, Howl, Sand-Attack e Astonish e irá ajudar em batalhas caso seja necessário, porém você deverá evitar qualquer encontro com cadetes o máximo possível.
Acredito que não seja necessário dizer que o prédio é protegido, possui câmeras e o tempo será curto.
Volte inteira, com as fotos e sem ser seguida ou identificada, e realizo seu desejo.


O coração de Kate falhou mais uma batida. Não havia como aquele bilhete estar preso ao de Natasha sem ter sido a ruiva quem o escreveu. Contudo, se os colocasse lado a lado, jamais poderia dizer que a letra pertencia a mesma pessoa. A mente da jovem voava em indagações e surpresas. Ao seu lado, Poochyena a analisava.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Sex 18 Abr 2014, 17:47

Kate, definitivamente, não estava animada. Ouvia Natasha ficar agradecendo diversas vezes, recebendo os itens da ruiva e indo para a entrada do estabelecimento. Definitivamente, o clima não era convidativo. Novamente teria que enfrentar a chuva... Pelo menos, talvez quando voltasse, o cadete não estivesse mais lá.

Com o pensamento mais positivo, a morena arrumava melhor a capa e abria o guarda-chuva, seguindo em direção ao mercado com o Pokémon Dark. A jovem sempre seguia próxima dos prédios, usando-os como proteção para o vento e a chuva. Usando uma marquise como abrigo, Kate começava a se recompor, ficando levemente irritada com a situação. Fazendo compras com um clima desses, ainda não tendo rumo e nem mesmo ideias do que fazer para seguir. Irritantemente frustrante.

A adolescente suspirou desanimada, lendo os itens que teria que comprar, estranhando a segunda folha e, por alguns instantes, se perguntando se veio por acidente. Os orbes dourados se arregalavam conforme liam o conteúdo do segundo bilhete. Não era impressão, era tudo real! Natasha era uma gangster e, durante todo o tempo que foi para aquele local, nunca havia percebido! Respirou fundo, teria que realizar uma missão para mostrar que podia adentrar na organização.

“Okay... Sair durante um belo temporal, invadir a delegacia, bater umas fotos de um documento, sair sem ser vista, comprar manga e canela e entregar tudo para Natasha. Coisa fácil... Só que não. Isso tudo depois de descobrir que minha amiga de longa data é uma criminosa...” – Kate pensava, sorrindo de leve com o próprio pensamento, voltando a aguardar os bilhetes e mirando o caminho que levava a delegacia.

-Pronta?

Perguntou para a Pokémon, aguardando que esta a acompanhasse novamente na caminhada. Ser identificada talvez fosse complicado, graças a chuva e a capa que a cobria. Só teria que pensar em como se livrar das câmeras, distrair os cadetes por tempo suficiente para invadir sem ser vista, encontrar o documento, bater fotos, sair, ir ao mercado e voltar ao restaurante... E de preferência inteira.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Alice em Sex 18 Abr 2014, 18:52

A mente de Kate assimilava toda a situação até que rapidamente. Possivelmente após tantos acontecimentos conturbados em sua vida, a atual condição não ganharia o titulo de totalmente surpreendente. Após refletir sobre toda a situação, a jovem aspirante a armagedon enumerava o passo a passo (sem esquecer do mercado) a ser feito em sua mente. Era hora de agir.

Poochyena, após ouvir o chamado, latiu em resposta, balançando a cauda e animando a garota. Natasha estava certa. Era bom ter um daqueles monstrinhos a seu lado. Dessa vez encarar a chuva não parecia ser algo tão terrível e a adolescente, erguendo o guarda-chuva, partiu com um pequeno sorriso em seu rosto rumo a delegacia.

Após cinco quadras de caminhada, tênis encharcado e podendo facilmente torcer a barra das calças, Kate parou de caminhar e observou a delegacia ao longe. Somente mais duas quadras e estaria na frente do prédio que precisava invadir. A seu lado, Poochyena fedia a cachorro molhado.

Paradas lado a lado na esquina, a morena pensava em como retirar parte dos cadetes do prédio para aumentar suas chances de sucesso. Se seguissem para dentro, a jovem poderia dar a volta e se aproximar por trás da delegacia. Contudo não tinha certeza se o prédio tinha grades, ou pior... Pokémons de vigia. A situação era complicada... Acima de sua cabeça, o letreiro de uma joalheria rangia com o som do vento lhe açoitando.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Kitty em Sex 18 Abr 2014, 19:25

Kate sorriu para a Pokémon Dark, voltando a seguir caminho com a Poochyena ao seu lado. A ruiva estava certa em dizer que era bom ter um daqueles fascinantes monstrinhos por perto. A chuva não parecia mais tão desagradável, enquanto a garota rumava para o local onde deveria realizar sua missão, mostrando ser digna de um Pokémon.

Após algumas quadras, a delegacia já era visível, o que fez a morena parar de andar e ficar pensativa. Pensava em como diminuir a quantidade de vigias do local, antes de poder se aproximar. Seus pés totalmente encharcados não ajudavam muito na situação. Os orbes dourados se viraram para a placa da joalheria, dando um leve sorriso arteiro. Voltou os olhos para qualquer objeto que tivesse ao redor e que fosse grande. Uma lata de lixo seria perfeita. Se tivesse, pediria para a Poochyena usar Astonish, de forma que o alvo voasse na direção da vitrine, o objetivo de destruí-la e causar uma pequena confusão dentro da loja, para depois ocultar-se num beco e seguir em direção a delegacia, mas indo por trás. Torcia para que tivesse menos vigias.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

Loneliness Empty Re: Loneliness

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum