Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Dom 23 Fev 2014, 03:23

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Mqc846r

A tempestade caia impiedosamente, criando ondas que agitavam o barco. Marujos corriam de um lado para o outro, recolhendo as velas e tratando de manter o barco em ordem. Por sorte, a tempestade havia aliviado um pouco e já não estava mais tão violenta, permitindo mais algum sossego e alivio para todos, no entanto, a ausência de uma forte tempestade deu tempo para a capitã dar o castigo para todos os seis encrenqueiros.

Os três marujos ficaram responsáveis por limpar todo o gelo e a água, além de se livrar das batatas envenenadas, tendo que colocar todo o convés inferior em ordem. Os três exploradores estavam em duvida se tiveram sorte ou não, já que sua punição foi escovar os dentes do Gyarados da capitã, utilizando suas próprias escovas. O Pokémon parecia satisfeito com o tratamento dentário, mas ficar tão perto do Pokémon e, principalmente, de sua boca, não era exatamente agradável.

-Quero os dentes do Fofuxo brilhando! Meu amorzinho adora ter seus dentes limpinhos, não adora?

A capitã falava de forma melosa com o Pokémon, que balançava a cauda feliz e sorrindo para a mulher, antes de voltar a olhar de forma assustadora para o trio. A chuva deixava todos molhados, a roupa grudando no corpo e pesando.




A ordem de post será: Melissa > Lix > Ayzen > Marcus > Melissa...
Espero que se divirtam ^^
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Ter 25 Fev 2014, 19:20

off:
Absorb no lugar de Withdraw, Attract no lugar de Foresight.

Depois de uma longa e cansativa batalha já estávamos curados do envenenamento, assim como os nossos Pokémon que agora jaziam descansando em nossas Pokébolas. Nancy dormia em uma rede no porão enquanto os três marinheiros limpavam a bagunça do local, pelo menos eles ficaram com a tarefa fácil.

Junto de Albert e do outro jovem que até então não sabíamos o nome escovávamos os dentes do mascote da capitã, se é que você pode chamar um Gyarados de mascote. Aquele Pokémon era um monstro, apesar de apenas nos encarar com aquele olhar o Pokémon ainda assim parecia feroz. A tempestade havia ficado mais fraca, entretanto a chuva ainda molhava nossos corpos. Tentava nos distrair um pouco com um comentário.

- E então qual o seu nome? Ou vai dizer que não confia na gente.

Falava mirando o dono do Absol que até então não havia revelado sua identidade.
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Ter 25 Fev 2014, 20:03

Off: Quick Attack no lugar de Scratch ^^
Depois da batalha no porão, o navio pareceu encontrar novamente a paz. O porão fora totalmente alagado, sendo a permanência no mesmo de difícil acesso. Tendo isso em mente, o local precisava de umas reformas e essa tarefa fora designada para os três marujos com quem batalhamos. Um sorriso de deboche já se esgueirava pela minha face quando ouvi o castigo que a capitã dava aos marujos, mas antes mesmo de ter tão satisfação, a capitã castigava a mim e os dois outros jovens que batalharam contra mim.

Não sabia se eu iria achar esse castigo melhor, porque não envolvia, de fato, esforço físico, ou pior, pois era tenebroso. Se tratava de escovar as presas do grande Gyarados, um Pokémon que era o mascote da capitã. Aquela cena era terrível! Um sorriso para a sua mestra ruiva e um rosnado para nós. Uma ou duas vezes pensei que ele iria avançar em meu braço e decepa-lo, mas isso não aconteceu. Percebi que estava apenas fazendo a sua tarefa de intimidar-nos.

Depois da batalha, o tratamento para retirar o veneno e/ou anula-lo fora feito em todos os Pokémon afetados, assim como nós, humanos. Conseguimos sair do porão sem nenhuma sequela permanente. Jasper descansava em sua Pokéball enquanto Ária deslizava ali, longe do Gyarados. Era um bebê bem divertido, mas que estava morrendo de medo da grande serpente do mar. Ária parecia adorar aquela chuva que caia, dando-lhe até maior velocidade. Possivelmente, era a sua habilidade especial, Swift Swim, que aumentava a sua velocidade em tempos de chuva.

Deixando Ária brincando ali ao lado, conhecendo o novo mundo, longe do Gyarados, mas sobre o meu olhar, eu continuava a escovas as presas do monstro. Dentre uns momentos e outros, a Pokémon pareceu querer se certificar que Gyarados estava totalmente imóvel. Não a culpava! Nascera em um momento muito turbulento da jornada.

O jovem Aramagedon se dirigia a palavra a mim. De fato era de se pensar os motivos de querer saber o meu nome. Seria inútil para ele, sabendo que eu era um Apocalipse que ainda não fora descoberto. Ele sabia, apenas, que eu de um classe não licenciada, por estar no barco, ou, alguém com poder aquisitivo para subornar a capitã. De qualquer jeito, eu estava ali e logo estaria pronto para adentrar na ilha em nome dos Apocalipses, para explorá-la, para o triunfo de minha gangue.

- Nome? É elementar que todos nós possuímos tal substantivo que nos caracteriza em meio de uma multidão de cabeças. A prole nasce com um nome e dela se destaca. No entanto, saber o meu nome não descaracteriza quem eu sou. E quem é só uma forma que tem um porquê e apenas um homem tenho sido desde que nasci. Talvez seja mais prazeroso saber o meu nome, vindo de um desafio à altura. Destarte, é capaz de que você saiba diferenciar-me, não pelo simples nome que eu porto, mas pelas minhas habilidades que possuo. Sim! De fato carrego sobre mim uma vontade... uma sede de poder... sede, esta, que pode ser totalmente saciada por uma batalha em dupla. Lhe convém tal pugna? Vencer-me-á e o meu nome te direi. Perder-se-á e sua honra eu levarei. – dizia para Kyoichi, articulando a escova como um maestro. Certamente se Jasper estivesse ali, me repugnaria com o seu olhar baixo.

Realmente não havia motivos para esconder apenas o meu nome, mas o enigma e o mistério são os temperos que deixa a vida mais abundante. O simples nome identifica e até idealiza os horizontes. Desmancha e destrói. Uma batalha seria a chave que livraria os curiosos do simples mistério que era o meu nome.


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Ter 25 Fev 2014, 23:18

Depois de uma atribulada batalha entre batatas e venenos, conseguimos a vitória sobre o trio de marujos gorduchos. Recebemos então, cuidados médicos da enfermeira que tratou de nós tão bem que logo estávamos pronto para outro combate, se necessário.

O prêmio por vencer uma luta que se inicio pela indisciplina dos meus companheiros e seus Pokémons foi escovar as presas da grande serpente de estimação da Capitã, um trabalho nem um pouco agradável ao meu ver, porém Death me alegre girando ao meu redor e brincando com meu lenço entre os meus cabelos, pelo menos a companhia dela era melhor que aturar os outros dois jovens a tagarelar enquanto escovavam os dentes de Gyarados.

O falatório trazia a minha impaciência a tona, as palavras irritantes do garoto "[i]sem nome
" ecoavam pela minha cabeça desde a batalha, sua arrogância era tanta em querer demonstrar-se superior em lábia que me deixava com vontade de vomitar.

"Se ele não calar essa boca cheia de dentes e palavras estranhas, farei ele engolir essa escova com o tártaro de Gyarados e mais uns socos." - pensou Albert enquanto torcia o rosto para o mar."

Death me encarava, parecia que ela também não estava satisfeita com a conversa que decorria por ali, me dando leves tapinhas na cabeça, querendo que eu terminasse com aquilo rapidamente. - Calem a boca vocês dois ou vão querer que eu faça isso por vocês? - encarei eles com olhos transbordando de raiva. - E você cara, pare de perguntar nomes por aqui, ainda mais para alguém como ele, cheio de si como qualquer "Flareon" emplumado. - exclamou Albert apontando para o Apocalipse na sua frente. - E vai por mim, não dê ouvidos a ele, pois desta vez você está escovando os "dentes" de Gyarados, da próxima vez você limpara o estômago dele, por dentro! - resmungou o Exilado e finalizando sua indagação, retomou. - Não vá achando que eu sou como os Marujos desde barco, não suporto pessoas do seu tipo e não queira ter a oportunidade de lutar comigo, pois posso estar neste barco sob ordens da Capitã e tão somente a ela me cabe respeitar, de resto não me importam em nada, resumindo... Arrancarei sua cabeça se for necessário! - encerrou Albert torcendo o rosto novamente para o lado, fixando sua atenção em Death, novamente.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Qui 27 Fev 2014, 19:28

Off: acredito que todas as fichas estejam atualizadas. Caso tenha faltado algo, só avisar ^^


O trio continuava sua tarefa, escovando os dentes do Pokémon “amoroso” da capitã. A serpente marinha podia facilmente devorá-los se assim quisesse, embora não o fizesse, a ameaça era constante, causando desconforto. A fera assustadora fazia com que Ária ficasse distante, brincando na chuva, mas não se atrevendo a ficar perto de seu mestre e, consequentemente, do Gyarados que havia a assustado quando nasceu.

O Armagedon pareceu tentar quebrar o clima tenso proporcionado pelo Pokémon aquático, perguntando o nome do outro gangster. Este logo se pronunciava, sendo capaz de confundir qualquer um, irritando o exilado. Albert logo se pronunciava, desejando que o Apocalipse permanecesse em silencio, voltando seu olhar para a fantasma, mas bastou uma rosnada do Gyarados para o trio voltar a esfregar suas presas.

Uma trovoada iluminava brevemente os céus, o que fez a capitã desviar o olhar e fitar as nuvens por um curto período.

-Vocês podem continuar sua tarefa. Fofuxo, quando eles terminarem, provavelmente você vai poder se divertir! – Novamente o tom meloso com o Pokémon, que pareceu ficar ansioso. – Vamos lá seu bando de inúteis! Aquele que não prestar serviço, vai virar aperitivo do meu lindinho!

As palavras da capitã eram o suficiente para que todos os marujos se mobilizassem. A mulher se afastou, provavelmente assumindo o timão. A chuva ficava cada vez mais intensa e o vento mais forte, começando a criar pequenas ondas. As velas começavam a ser recolhidas. Embora a correria, uma senhora permanecia quieta, próxima da murada e olhando o mar. Os dedos brincando com uma isca, enquanto os cabelos grisalhos sacudiam com o vento. Outro marujo pescava, olhando preocupado para a tempestade e esfregando a fronte, claramente tenso. Outros homens corriam de um lado para o outro, enquanto a enfermeira caminhava, tropeçando em algo e caindo, derrubando algumas coisas e pessoas, tendo um balde caindo em sua cabeça.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Sab 01 Mar 2014, 19:27

O dono de Absol fazia um enorme discurso dizendo o porquê de não dizer seu nome, entretanto tantas palavras complicadas parecia ter incomodado Albert, que acabou se irritando e provocando um rosnado de Gyarados dirigido para nós. O barulho do Pokémon interrompido por uma trovoada, entretanto a capitão era bem direta pedindo que continuássemos nosso trabalho e que em seguida seu Pokémon iria "se divertir". Depois de tudo aquilo cochichei para o outro jovem:

- Acho melhor deixarmos a batalha para depois.

Em seguida comecei a viajar em meus pensamentos enquanto imaginava o quê a capitã queria dizer com diversão.
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Sab 01 Mar 2014, 20:35

Gyarados soltava um forte rosnado na medida em que o jovem exilado respondia grosseiramente. Certamente detestei o fato de ele ter falado daquela maneira comigo, mas era atrapalhado a dar uma resposta devido o temor de ser engolido pela fera marinha. Estar face a face com o Gyarados e não pensar em ser devorado, era o mesmo de ir à Twister City e não visitar um cassino: impossível! Mesmo assim, entre um cochicho e outro, o jovem Armagedon pedia para batalhar depois.

Minha mente pairava naquele barco mais uma vez. De um lado, um inimigo da gangue, que fora exilado por revelar informações sigilosas. Do outro, um armagedon, que embora não fosse inimigo direto, era inimigo da minha gangue. A batalha que acontecera nos convés deixou-me interado dos estilos de batalha que ambos tinham. Tinha como ter uma chance contra eles, mas certamente a capitã iria intervir. Eu poderia apenas ter uma batalha amistosa contra Kyoichi, mas em minha mente perpetuava o desejo de querer capturá-lo.

Acenei para o gangster e assim voltei para a escovação das grandes presas do Pokémon Water/Flying, que parecia furioso com o fato de termos parado de agradá-lo como o mesmo queria. Ao lado dos dois, eu continuava o trabalho, enquanto assistia de longe Ária brincar em algumas poças de água.
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Seg 03 Mar 2014, 22:03

Enfim, o esporro dado por Albert no outro gangster fizera efeito, tanto que o mesmo se calou ao ouvir o rosnado de Gyarados e a voz da Capitã nos dizendo para não parar com a limpeza dos caninos de seu mascote pois teríamos algum tipo de diversão segundo ela.

"Ela apesar de Capitã não deve ter somente esse cargo em seu currículo, afinal ter 3 Gangster's em seu barco sendo ele ilegal e nós com Pokémons um tanto inexperientes, não é algo tão bom de se ver, mesmo que ela seja boa e de nível alto em batalhas, isso quase nunca funciona contra Cadetes" - pensava o Exilado enquanto olhava para a Capitã sorrateiramente e ainda escovando os dentes da serpente. - "Imagino que foi dada a ela a missão de nos treinar também, já que está no levando para um lugar desconhecido, melhor que os integrantes da sua tribulação durem no mínimo, mais que 5 minutos em campo" - refletia o jovem.

Albert estava pensativo demais, tento que se preocupar com os discursos de um gangsterzinho irritante, com o que poderia encontrar naquela ilha e sobre como seria o trajeto até que chegassem lá. Porém, os pensamentos de Albert foram interrompidos por um clarão, seguido de um som estrondoso vindo dos céus, certamente uma tempestade estava a caminho, o Exilado teve a certeza disso quando viu as velas sendo recolhidas por todo o barco. Enquanto um pequeno tumulto em meio a correria no convés se fez com a atrapalhada Enfermeira, Albert preferiu dar atenção a imagem que estava mais afastada dali, um senhora admirando o mar, o fez lembrar de alguém que participou de seu passado, mas que para ele já não importava mais, ele ficou olhando ela por alguns instantes até que voltou a pensar e finalizar a limpeza bocal de Gyarados.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Ter 04 Mar 2014, 15:35

Após a ameaça do Pokémon aquático, o trio continuava sua função rapidamente. O Armagedon apenas sussurrava para o Apocalipse, navegando em seus pensamentos em seguida, imaginando o tipo de diversão que a mulher queria dizer. Alexandre era impedido de responder as palavras do exilado, devido a preocupação de virar um lanche do Gyarados. Sua mente também viajando, mas com o desejo de capturar a dupla que o acompanhava. Albert, por sua vez, tinha duvidas em relação a capitã, acreditando que esta talvez a alguma missão de treiná-los.

Todos se distraiam com seus pensamentos, enquanto terminavam de limpar as presas do Pokémon da mulher. O vento se tornava cada vez mais forte e a chuva mais violenta. Uma onda mais forte atingia a lateral do barco, desequilibrando um pouco o trio e a enfermeira, mas os outros pareciam perfeitamente acostumados com aquilo. O exilado mirava momentaneamente a mulher de cabelos grisalhos que estava mais distante, encerrando junto com os outros a limpeza.

Poder se afastar das presas de Gyarados era um alivio. Uma grande onda se erguia em direção ao navio, mas logo a serpente marinha dava um jeito de desviá-la, começando a brincar de certa forma com o tempo ruim, ajudando a manter o navio estabilizado.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Seg 10 Mar 2014, 11:36

Off:
MIL PERDÕES PELA DEMORA. Na boa, não era minha intenção nos atrasar, vou tentar responder o mais rápido que puder agora. Desculpe o post fraco.

Finalmente tínhamos acabado de escovar as presas da serpente marinha e agora eu tinha certeza que teria que comprar outra escova de dentes quando chegasse em terra. A tempestade castigava todos nós que estávamos no barco fazendo com que parecêssemos bonecos caindo de um lado para o outro. Não achei muito propício que fizéssemos uma luta naquele momento então decidi esperar que a tempestade se acalmasse.

- Eu vou lá embaixo ver como Nancy está, em seguida podemos fazer nossa luta que tal?
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Seg 10 Mar 2014, 13:31

Os dentes da serpente marinha haviam sido devidamente escovados e agora poderíamos partir para qualquer outra ala do barco. Gyarados saiu contente para o meio do mar movimentado, deixando Ária mais aliviada de não ter o seu bicho-papão por perto. Assim, eu me aproximo dela e a pego no colo, fazendo-a descansar em meus braços.

O Armagedon vinha até mim e dizia que iria procurar a sua parceira de viagem, possivelmente, outra armagedon. Enquanto isso eu verificava o jovem se distanciar de mim, enquanto eu me aproximava mais perto do mar agitado pela tempestade. Pensando melhor, ali não era um bom lugar para ficar. Olhando para o céu, apenas dava meia volta e resolvia encontrar com o Kyoichi nos convéns, deixando o exilado ali.
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Qua 12 Mar 2014, 01:41

A tarefa havia sido encerrada, os homens corriam de monte por todos convés superior onde as ondas batiam de um lado para o outro nas laterais do barco, mas graças ao gosto exótico da Capitã por animais de estimação de 6,5 de tamanho estávamos parcialmente seguros da tempestade, pelo menos Gyarados nos garantiria aquele pequeno conforto por um tempo.

"Mesmo em uma tempestade violenta como essa, o mar belo assim como os seres que nele habitam..."- pensou o Exilado se aproximando da borda do barco, agarrado em uma corda olhando para o horizonte e retornando seu olhar pelo mar, afim de avistar algo que completasse a bela visão em seus olhos e organizasse seus pensamentos atordoados por muitos problemas.

- Capitã, quais são as ordens? - indagou o jovem curioso em busca de alguma miníma resposta daquela que comandava aquela enorme embarcação.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Qui 13 Mar 2014, 19:54

O Armagedon lamentava a perda de sua escova de dente, planejando comprar uma nova assim que chegasse a terra firme novamente. Ária finalmente respirava aliviada quando o monstro se afastou, recebendo atenção de seu mestre. Kyoichi informava que iria ver como estava a ruiva dorminhoca, saindo da chuva e indo para o convés inferior. O Apocalipse, vendo o mau tempo, chegava a conclusão que ficar ali não era uma boa ideia, seguindo o outro explorador.

O exilado foi o único que optou permanecer exposto a chuva, sentindo as gotas geladas golpearem a face. Segurava-se, olhando a maré. Gyarados saltava algumas vezes, parecendo brincar com as ondas que se erguiam, enfraquecendo-as apenas e permitindo que as mesmas balançassem um pouco o navio, não proporcionando grande risco. As maiores ondas ele impedia por completo, usando algum golpe que o moreno não conseguia identificar. Era possível ver outras criaturas nadando nas águas, mas muitas fugiam da serpente da capitã.

Albert se pronunciava, esperando uma resposta da mulher que comandava a embarcação. Os olhos azuis o analisavam brevemente, mas o som de um raio a fez fitar o céu.

-Muito bem camundongo, a tempestade vai piorar. Isso vai trazer mais ondas e meu lindinho é só um. Dê um jeito nos Pokémons que invadirem a embarcação e tentarem atacar esse bando de lesmas inúteis, que infelizmente, são a tripulação. Eles já são atrapalhados demais, não quero que se distraiam com batalhas inúteis.

Como se reforçasse as palavras da mulher, uma onda mais forte conseguia atingir a embarcação, fazendo-a dar um movimento mais brusco, mas não chegando a virar. O Gyarados olhou, buscando um sinal de sua mestra, que acenou para ele, sinalizando que estava tudo bem e o mandando voltar a sua tarefa.

Na outra ala, os dois gangsteres observavam o local onde todos os marujos, e exploradores, dormiam. As redes balançavam de um lado para o outro, parecendo impossível encontrar uma que não batesse em outra rede, caixa, ou parede, ou que não balançasse de forma violenta e derrubasse quem a estivesse usando, mas Nancy havia achado. A rede onde ela dormia estava estrategicamente posicionada, não batendo em nada e sendo levemente embalada com o movimento do barco. A garota dormia tranquilamente, parecendo alheia a tudo o que acontecia. Kyoichi e Alexandre se apoiavam nas paredes, mantendo o equilíbrio quando o navio se movimentou de forma mais brusca.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Dom 16 Mar 2014, 20:19

off:
Mel tem como arrumar o link para o meu cartaz de procurado? Tá redirecionando para o endereço antigo.

A tempestade lá fora estava forte e talvez tenha sido melhor eu ter entrado para o convés inferior, o outro cara tinha me seguido, parecia que ele ansiava por uma batalha. Por sorte Nancy estava bem e como de costume dormia como uma pedra, como a jovem se mostrava bem era hora de nos concentrarmos na batalha.

O local era calmo, entretanto com certeza não seria bom termos uma batalha em meio a mais marujos mal humorados.

- Onde acha que é melhor batalharmos? Lá em cima a tempestade está forte, aqui em baixo é perigoso acordamos eles, você escolhe o campo que achar melhor.

Falei esperando que meu oponente se decidisse logo.


Última edição por Kyoichi Komuro em Seg 17 Mar 2014, 15:18, editado 1 vez(es)
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Dom 16 Mar 2014, 22:11

A chuva continuava, deixando o barco um tanto desestabilizado. Sendo assim, poderia sentir que poderíamos naufragar a qualquer momento, se não fosse o poderoso Gyarados da capitã, que fazia um belíssimo trabalho quebrando as ondas do mar. Eu observava tudo ali com muita destreza e mais do que isso, perspicácia. Seguia diante dos convéns, procurando me proteger da chuva, acabando seguindo o armagedon.

Ali estava vários marujos que se intitulavam bravos, mas naquele momento estavam todos dormindo, como preguiçosos. A parceira de Kyoichi dormia profundamente, deixando o rapaz, pelo visto, bem aliviado. Eu olhei para o jovem, que logo veio até mim. Aonde batalharíamos? Ária ergueu a cabeça, tentando me encontrar e até pensar que ela seria a próxima da batalha, no entanto, sabia que ela ainda era um bebê, e o surf descontrolado fora um belo motivo que me levou a não querer usar Ária por um bom tempo em batalha, até que ela amadurecesse.

- Que tal aquela ala na qual estávamos outrora: a das batatas. Os marinheiros da capitã já devem terem limpado o caminho e lá poderemos fazer uma bela batalha em dupla, o que acha, meu caro? – proponho ao rapaz e já seguia caminho.

Depois de todo aquele tempo, eu via que aquele rapaz era diferente dos demais armagedons. De fato era novo no ramo e tinha algo muito forte contra o atual governo. Infelizmente, dedução de personalidade não era o meu forte, por isso, não poderia confiar ao rapaz a minha origem... ou poderia? De fato ele era um criminoso como eu, assim, não poderia me denunciar.

- Me chamo Alexandro Swan, Gangster Apocalipse! – dizia ao jovem olhando para trás, sobre os ombros, para ver a expressão do moreno.
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Seg 17 Mar 2014, 16:34

Albert ouviu atentamente as ordens de sua Capitã enquanto observava a serpente azul a cumprir seu trabalho em proteger o barco com todo cuidado. Firmando seu lenço que prendia seus cabelos, o jovem o aberto mais para que não caísse em momentos inoportunos ou atrapalhasse sua função que, agora era manter o convés livre de "intrusos" e seus tripulantes vivos.

Albert chamou Death que surgiu ao seu lado alegremente e rodeava, dançado. Ele sorriu e passou a mão sobre o rosto da sua pequena bruxinha fantasma o que fez ela se empolgar um pouco. - Death, precisamos auxiliar Gyarados para manter o barco seguro, posso contar com você?! - indagou ele ao seu Pokémon. Ela acenou que sim e contornou seu corpo novamente parando sentada em seu ombro.

- Muito bem minha deusa, quero que use o Double Team e Calm Mind, vamos nos preparar para proteger o convés enquanto Gyarados nos protege, quando o fizer quero que fique escondida nas sombras, vamos ser mais prudentes desta vez. - falou ele olhando para a serpente, desejando trabalhar em equipe.

Death se manisfestou assumindo a frente e esperando que algo aparecesse para que ela pudesse fazer algo ao mesmo tempo que sumiu diante seu dono, esperando o sinal para reaparecer.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Sab 22 Mar 2014, 21:07

Uma onda mais forte batia no barco, derrubando vários marujos de suas redes e despertando-os de forma nada agradável. Os dois gangsteres se seguravam como podiam, mas colidindo com o outro lado da parede do corredor, ficando com uma parte do corpo levemente dolorida. No entanto, a ruiva dorminhoca foi apenas embalada, continuando perfeitamente confortável.

Os dois fugitivos conversavam, o Apocalipse finalmente se apresentando e sugerindo um local para a batalha. Que mal faria sacrificar mais algumas batatas, sendo que muitas já não eram mais comestíveis após a luta anterior? Bastava o outro dar sua resposta perante a proposta.

Enquanto isso, a situação de Albert não era a melhor de todas. Sua missão era manter a segurança dos marujos, para que não sofressem ataques de Pokémons selvagens. Pedia ajuda para a fantasma, que logo se preparava para se fortalecer. Um olhar rápido para a serpente, mas esta continuava sua função, tornando a quantidade de ondas que os atingia serem o mínimo, afastando já alguns monstrinhos com seu olhar de poucos amigos. No entanto, antes que a Duskkul aumentasse sua força, gritos eram ouvidos, parecendo vir da proa do navio.

O rapaz logo se dirigia ao local, segurando-se nas cordas e tentando manter o equilíbrio. Quando chegou onde havia ouvido os gritos, viu alguns marujos totalmente encharcados, provavelmente uma onda que o Gyarados não conseguiu deter. No entanto, devido a onda, alguns Pokémons haviam sido arrastados e não pareciam nada satisfeitos com aquilo.


Print
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Ter 25 Mar 2014, 22:12

Off: Só um post rápido pra não atrapalhar o fluxo.

Depois de tudo aquilo e de agora conhecer o verdadeiro nome e a carreira de Alexandro decidi segui-lo para o local da batalha.

- Só não tente me capturar para dar de presente a sua gangue hein.
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Ter 25 Mar 2014, 22:33

Off: Ice Bem no lugar de Leer, por favor ^^
De certo esperava uma reação mais incomoda por parte do armagedon, mas ao invés de se comportar como um verdadeiro histérico, e preferir sair dali, ele apenas ironizou ao fato de estar compactuando com alguém de uma gangue rival. Talvez o rapaz não quisera realizar um movimento brusco até o momento e assim ele desempenhou tudo deixando o clima mais agradável do que desconfortável. Todavia, era visto que o jovem, ou sabia interpretar muito bem ou não se importava muito com o fato.

- Ratifiquemos o nosso percurso! – dizia ao jovem enquanto seguia pelos corredores do navio. Eram apertados e o balançar do barco parecia atrapalharmos um pouco a travessia, mas mesmo assim seguíamos.

No meio do nada um raio escarlate surgia. Eu pegava a esfera e dela surgia Jasper, dessa vez, demonstrando totalmente revigorado por conta da última batalha. O Pokémon parecia novo em folha e aquilo me deixava bem contente. Erguia os olhos em meio ao navio e retirava do interior uma TM, Ice Beam, e ensinava ao Pokémon no percurso.

O golpe era novo e ao ver Ária e o Skitty de Kyoichi usá-lo maravilhosamente, eu percebi que era um golpe que eu poderia manobrar de modo que seja bem efetivo em várias situações. Isso me deixava entusiasmado! Seguia pensando na batalha que se sucederia a partir daquele trajeto e tentava lembrar como é o estilo do jovem, aproveitando para criar uma contra batalha em mente...
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Qui 27 Mar 2014, 14:50

Albert caminhava em direção ao local dos gritos dos Marujos, observando alguns pokémons em forma de coração que por sinal não estavam nada confortáveis por estarem ali. Death contorna o corpo de Albert e para diante dele, esperando ordens para defender o barco.

- Seus marujos mal encarados, acho melhor não ficarem por perto ou pode sobrar pra vocês, saiam daqui! - diz o Exilado apontando uma escada atrás dele para que os homens corressem. - Death, use o Double Team e suma com as suas sombras da visão desses três, em seguida espera uma brecha e saia do chão e use o Toxic girando para poder acertar o três, feito isso tome distância para evitar ataques corporais e desapareça nas sombras.

Mais uma batalha se inicia, Albert e Death deixavam a harmonia entre eles falar mais forte, pensavam juntos e seus corações estavam ligados, afinal Death era a única que tinha o afeto do jovem Exilado e disto eles não abriam mão.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Dom 30 Mar 2014, 17:26

Kyoichi e Alexandre

O Armagedon surpreendia o Apocalipse, não demonstrando qualquer incomodo por estar treinando com um membro da gangue rival, tornando o clima mais confortável para ambos. Continuaram o percurso até o local onde havia tido outra batalha anteriormente, embora o movimentar do navio não facilitasse, jogando-os contra as paredes o tempo todo.

Durante o caminho, o Apocalipse aproveitava para ensinar um novo golpe para seu companheiro e planejando estratégias. O Armagedon seguia logo atrás. Não demorava a alcançarem seu objetivo. O porão com várias caixas e batatas, apesar de estar relativamente vazio do que na última vez. O piso ainda levemente úmido, com alguns baldes e esfregões de um lado.

Albert

O Exilado se apressava, chegando ao local onde havia ouvido o grito. Os marujos reclamavam da onda, não dando grande importância para os peixes, mas estes estavam claramente irritados. Albert se pronunciava, chamando a atenção e mandando os marujos correrem, mas invés de irem para as escadas, as ordens da capitã ainda eram soberanas e eles precisavam manter o navio, para que este não fosse prejudicado. Se afastaram do exilado e dos Pokémons aquáticos, mas retornando as tarefas.

Death começava a utilizar seu Double Team, criando várias cópias e surpreendendo o trio de peixes, sumindo em seguida e confundindo os aquáticos. Dois deles eram atingidos pelo Toxic, o terceiro tentando acertar um tackle na oponente, mas por esta ser do tipo Ghost, não era afetada.

Os três Luvdiscs usavam Charm, tentando reduzir o ataque de sua oponente, mas apenas reduziam o número de cópias e logo Death se escondia.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Dia chuvoso. Muitas ondas atrapalhando o equilíbrio e água. Luta acontecendo perto da proa, havendo por perto um dos mastros. Cordas ao redor.

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 355
Duskull/Death
Lv.11
Trait: Levitate
100%, Status: Evasiva +1 (1 cópia)
Vs.
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.6
Trait: Swift Swim
95%, Status: Badly Poison
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.2
Trait: Swift Swim
95%, Status: Badly Poison
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.5
Trait: Swift Swim
95%, Status: Badly Poison
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Kyoichi Komuro em Qui 03 Abr 2014, 11:24

Decidi que apesar de não temer Alexandre deveria ficar atento aos movimentos do Apocalipse, apesar de parecer confiável ainda assim o jovem podia tentar algo contra mim afinal um Armagedon seja de qualquer rank que fosse ainda assim seria valioso para sua gangue.

- Bem acho que minhas escolhas são óbvias não?

Já no local que apesar de limpo parecia estar bem úmido saquei minhas Pokébolas, maximizei seu tamanho e as joguei para cima esperando liberar Tochi e Helena.
Kyoichi Komuro
Kyoichi Komuro


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Ayzen em Qui 03 Abr 2014, 11:55

Já na área em que erámos destinados, estávamos um olhando para o outro. Junto ao meu Pokémon alvo eu me distanciava do jovem a minha frente, que logo mostrava as suas escolhas, que pareciam ser bem óbvias, mas não para mim. O Pokémon Grass e a gatuna rosada assumiam a frente daquela ala, e assim eu pude deduzir que eram os únicos Pokémon que o jovem tinha consigo. Eu, por minha vez, portava mais Pokémon, só que diferente dos dois na minha frente, não tão treinados quanto Jasper.

- Turtwig e Skitty, não? Acredito que a minha escolha possa ser decisiva e por isso terei cautela... – pensava comigo quem usaria. – Jasper, como minha mão esquerda eu irei lhe escolher – dizia para o Pokémon Dark, que de cabeça baixa, como se ignorasse a minha escolha, dava leves passos até a minha frente, se mostrando pronto para o combate. – Para essa pugna, escolher-te-ei, Klaus. – dizia lançando a esfera bicolor.

Um raio escarlate surgia na frente da dupla do Armagedon. A luz dançava e pairava no centro formando o Pokémon Fire, Torchic. Com uma cara de malandro, o Pokémon assumia a frente da batalha, dando um sorriso enorme para mim e tentando se concentrar, enquanto Jasper o olhava torto, como se desconfiasse do seu próprio parceiro.

- Então, lhe dou as honras do início do combate, mr. Komuro! – dizia para o jovem, pedindo-lhe para que comece a batalha.
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Luna Yum em Sex 04 Abr 2014, 22:29

OFF: Desculpe o post pequeno, finalmente resolveram trocar meu note e estou limpando tudo dele!

Eu encarei a situação com firmeza e precisão, comando Death para mantermos as rédeas da batalha... - Death, use o Calm Mind seguido de um belo Night Shade girando no meio desses projeteis de peixe, vamos colocá-los para fora daqui o mais rápido possível. - eu arrumei o lenço novamente para segurar os cabelos molhados que pingavam constantemente sobre o meu rosto enquanto Death executava os comandos dados a ela.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Érica em Ter 08 Abr 2014, 23:00

Off: lamento se o post ficou um pouco fraco, mas não havia muito o que fazer >.>'

Kyoichi e Alexandre

Os dois membros de gangues opostas, embora parecessem confiar um no outro, ainda assim mantinham-se atentos. Confiavam e desconfiavam ao mesmo tempo um do outro, criando um clima amigável, no entanto, levemente tenso.

O Armagedon mandava os únicos companheiros que possuía consigo. O Apocalipse selecionava seu Absol e Torchic para tentar combater a equipe adversária. Alexandre permitindo que o adversário começasse o combate. Um balanço mais forte no navio, fazendo a rede de Nancy balançar um pouco mais, a despertando. A ruiva bocejando e se espreguiçando de forma preguiçosa, ouvindo o caos no convés superior. Os dois jovens olhavam ao redor, recobrando o equilíbrio. Um marujo aparecia na porta, chamando a atenção.

-Hey, a capitã quer que vocês ajudem no convés! Tem mais Pokémons atacando!

Após o comando, ambos correram até o convés superior. Kyoichi se encontrando com a ruiva no caminho. Ao voltar para a chuva, o piso estava escorregadio e, na ponta oposta ao Exilado, um tentacruel atacava. Alexandre e Kyoichi mandaram seus companheiros atacarem, mas o selvagem lançou outro ataque, lançando Skitty e Turtwig longe. Turtwig caia no mar, Nancy mandando Poochyena auxiliar o Pokémon grama. Quando os dois Armagedons se aproximaram da amurada, outra onda surgia, empurrando ambos para fora. Os marinheiros e Alexandre tentaram encontrá-los, mas não obtiveram sucesso.

Albert

O exilado prosseguia com a breve batalha. Os três Pokémons, embora em maioria, tinham o nível mais baixo. O único golpes ofensivo que conheciam, Tackle, não afetava a fantasma, o que aumentava ainda mais a vantagem do rapaz.

Death aumentava seus stats. Um dos peixes usou Tackle, sendo inútil contra sua oponente. O Night Shade foi usado girando, como instruindo, nocauteando dois dos adversários. O ultimo utilizou o mastro para se proteger e não ser atingido, usando tackle em algumas cordas e soltando um nó, fazendo um balde cair quase em cima da cabeça de Albert. O Pokémon pareceu achar graça daquilo, rindo um pouco.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Dia chuvoso. Muitas ondas atrapalhando o equilíbrio e água. Luta acontecendo perto da proa, havendo por perto um dos mastros. Cordas ao redor.

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 355
Duskull/Death
Lv.11
Trait: Levitate
100%, Status: Evasiva +1 (1 cópia) / Spc. Attck +1 / Spc. Def +1
Vs.
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.6
Trait: Swift Swim
88%, Status: Badly Poison
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.2
Trait: Swift Swim
0%, Status: Nocauteada / Badly Poison
Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 370
Luvdisc
Lv.5
Trait: Swift Swim
0%, Status: Nocauteada / Badly Poison



Off: Post editado devido ausência do Kyoichi.
Kyoichi, quando retornar, crie um tópico de seu personagem e a parceiro em Mengun. Crie um tópico em Pugil, narrando Turtwig e Poochyena. Boa sorte.

Itens Perdidos:
-3 Pokébolas
-2 Antidotes
-1 Burn Heal
-2 Paralyz Heal
-2 Potions
-2 Super Potions
-TM Swords Dance

Itens Danificados:
-52 fósforos molhados
-1 Bloco de Notas molhado
-1 Celular estragado
-1 Lanterna queimada
-1 Câmera Fotográfica queimada
-1 Caderno Grande molhado
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2 Empty Re: Rota 16: A partida do navio cargueiro... e mais alguns... - parte 2

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum