Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Dom 23 Mar 2014, 16:12

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Mqc846r

- Içar velas! Levantar pranchas!

O imediato do barco começava a instruir seus marinheiros para colocar o barco em andamento. Diversos marinheiros corriam para todos os lados acompanhados de Machops, Poliwhrils e Tyrogues. Outros pokémons, menos frequentes, também passavam pelo grupo que se encontrava no centro do convés.

Galatea Grey, ou Amanda Flores, ficava mais perto da amurada a estibordo. Emily F. Jones e Ananeth Collins estavam escoradas na amurada a bombordo. Jasmine e Jonathan ficavam no centro do convés, enquanto Lucy ficava perto do timão. Cadetes circulavam por todos os lados, acompanhados de seus felinos. A movimentação era novidade para todos, mas o grupo todo não pode esconder a animação ao sentir o navio se deslocar pela Rota 15. As ondas se erguendo com o movimento da embarcação e colidindo contra suas laterais. Nenhuma gota ainda era capaz de voar alto o suficiente para atingir alguns dos passageiros que tinham uma perigosa missão a sua frente: explorar a ilha misteriosa.

Olhando o porto de Mengun se afastar, o grupo se despedia da terra firme por algum tempo. O Growlithe da Stylist choramingava, não estando muito feliz em ficar cercado por água, ao contrário de Queen que observava tudo curiosa. O Zorua de “Sabrina” e a Emolga de Lucy brincavam e exploravam sem medo, sendo seguidos por um Bulbasaur que tentava evitar que eles se metessem em encrencas. Já a Pokémon fantasma permanecia perto da Giratinista, segurando uma de suas mãos. O capitão descia as escadas e o grupo se reunia no centro do convés.


- Quero parabenizá-los pela coragem de se candidatarem para os perigos que os aguardam. Se preparem para muitos perigos e desejo boa sorte a todos. Porém, a viagem será incrivelmente longa e todos os recursos neste barco são necessários para a cidade que está sendo erguida. Acredito que algumas coisas precisão ser esclarecidas logo no começo para evitarmos conflitos.

A voz do homem era séria e forte, deixando claro que não estava de brincadeira. Seu cabelo castanho se movia com o vento, uma das mãos segurando o quepe. Seus olhos castanhos fitavam cada individuo, analisando cautelosamente, como se tentasse medir o nível de problemas que cada um poderia causar.

- Há um espaço no convés inferior com redes, acredito que deve haver o suficiente para todos. As refeições são servidas todas juntas e controladas. Como sabem, em um barco, os mantimentos são escassos e não podemos nos dar ao luxo do desperdício. Caso alguém se machuque ou tenha um Pokémon ferido, tem um enfermeiro que estará a disposição, só peço que tenham paciência com ele e suas crenças. Peço para que evitem brigas desnecessárias, como eu disse muitos recursos aqui são para a cidade e devem ser preservados. Se mesmo assim algum de vocês quiser bancar o irritadinho, pode tirar o tédio do meu Wailord, Huntail ou Gorebyss, mas não irei me responsabilizar pelas consequências. Uma boa tarde.

O capitão informava e logo em seguida se retirava, voltando para sua cabine em silencio e deixando o grupo livre para explorar, caso assim desejassem.


A ordem de post será: Melissa > Galatea > Panda > Bianca > Melissa...
Espero que se divirtam ^^ qualquer erro em suas fichas, só avisar.
Lembrando: quem ficar 3 dias sem postar sai barco, fiquem atentas ao prazo \o
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Dom 23 Mar 2014, 17:12

Afastada de todos Galatea observava a beleza azulada do movimento marítimo, a imensidão e o balanço do mar faziam com que a jovem giratinista se sentisse pequena da mesma forma que se sentia quando entrava nos templos de Giratina.

Já Amanda sorria de forma altiva e maravilhada pela nova aventura, isso até as palavras do Capitão, a presença forte do homem fez com que a Stylist sorrisse de maneira gentil e educada prestando a atenção em cada instrução dada aos exploradores, Galatea por sua vez apenas pensava em um lugar onde pudesse permanecer em paz durante a viagem.

Hell observava Galatea com curiosidade, o fingimento de outra personalidade não atrapalhava o entendimento de sua mestra e muito menos escondia seu dever como Giratinista para a pequena fantasma, assim que as palavras do Capitão se encerraram Hell puxa levemente a mão de Galatea apontando para a pokebola de Rellis.

Com um sorriso calmo a giratinista assente com a cabeça, enquanto dizia:

- Sim vamos cuidar das feridas da Rellis!
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Seg 24 Mar 2014, 20:42

E lá estavam elas, sob o mar da rota 15! Prontas para o início da viagem para a ilha misteriosa. Já estavam ambas com seus pertences em devidos lugares e Emily não deu muito tempo para a pobre Anabeth se arrumar direito, logo já estava a puxando para fora do quarto, enquanto Queen e Growlithe iam ao seu encalço. Logo foram em direção a bombordo, escorando na amurada, conversando calmamente. Tinham se conhecido há pouco tempo então aquela era a oportunidade perfeita para trocarem ideias.

Ambas resumiram um pouco suas histórias. Emily contou sobre a fazenda, os avós e os sonhos de se tornar gladiadora. Anabeth por sua vez demonstrava animação ao falar sobre os pais que também era artistas e sobre seu número. Também fora uma coincidência saber que ambas eram de Twister, e apesar de ser uma cidade grande e elas nunca terem se encontrado antes tinham lugares em comum em que visitavam. Foi um bom papo, e logo elas perceberam... Seriam melhores amigas em pouco tempo.

Enquanto isso, Queen olhava para tudo ao seu redor com grande curiosidade, enquanto Growlithe parecia nervoso por estar em volta de... Tanta água... E Emily tinha que concordar com o mesmo que era desconfortável... Era tão acostumada ao terreno arenoso e escasso da ilha de Ho-Oh que o mar ainda lhe era meio que um mistério a ser considerado.

Desconfortos a parte, quando Anabeth viu o estado de Growlith logo foi ao seu encontro e o segurou em seus braços, naquele momento oportuno surgira o capitão do navio, dando suas primeiras considerações sobre a viagem. Ambas ouviram atentamente e Emily anotou em sua mente para quando procurasse batalhas fosse realmente cuidadosa. Não queria estar na pele de quem irritasse o capitão! Após um belo discurso, o sério capitão voltava a seus aposentos e naquela hora nossa querida caipira voltava-se para a mais nova parceira:

- Eirr Arnaberth qui târr darmos urmas vortas perlo narvio? – Dizia afastando qualquer pensamento negativo, enquanto deixava Queen subir em sua bolsa.

- Acho uma boa ideia... O que acham Growlithe, Queen? – Perguntou com doçura e com os ruídos animados dos Pokémon, mesmo que os do primeiro fossem meio hesitantes, lidou isso como um sim. – Então vamos! É melhor do que ficarmos aqui paradas né... – Deu uma pequena risada.

- Cêrterza! Arventurra aír varmos nóirs! IRRÁ!Segurou o chapéu para cima em êxtase apenas imaginando o que viria depois.

Off: Enjoei de template :v

Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Ter 25 Mar 2014, 17:56


Com nossos disfarces e identidades falsas não tivemos nenhuma problema n hora de embarcar e agora estávamos observando o barco se afastar do porto, mas como ficar na amurada por causa da nossa maquiagem, eu e Mauricio/Jonathan ficamos observando tudo do meio do convés enquanto Jessica/Lucy chegava cada vez mais perto do timão cheia de curiosidade. O dia estava muito bonito depois daquela tempestade e mesmo que o mar parecesse calmo, eu me sentia levemente tonta, mas esperava que isso passasse logo.

Assim que o capitão saiu de sua cabine todos nos reunimos para ouvir o que ele tinha a dizer. Dando um chute discreto em Jonathan quando ele ameaçou tirar o chapéu para coçar melhor sua orelha que estava sendo afetada pela peruca comprida, fiquei atenta ao que o capitão disse e se não fosse o risco de estragar meu disfarce, eu iria pedir para ver o Wailord dele. Afinal, quando mais eu teria a chance de ver o maior de todos os pokemon?

Antes que eu ou Lucy pudéssemos pedir isso o Capitão voltou a sua cabine, nos deixando para explorar o navio ou fazer alguma outra coisa que não fosse destruir os preciosos recursos da ilha, o que na minha opinião era muito tentador. Vendo Zorua e Emolga correndo pelo convés sendo seguidos de perto pelo Bulbasaur de Jonathan, decidi também ficar de olho neles.

- Vou ver o que Zorua e Emolga estão aprontando. Você consegue manter sua noiva longe do timão sozinho ou precisa de ajuda? - Falei rindo um pouco enquanto me afastava sem esperar uma resposta dele. Mina tinha deixado claro para fazermos de tudo para mantermos nossos disfarces intactos tanto na aparência como nas nossas atitudes, o que significava nada de destruições ou usar as bolsas de sangue para deixar um recadinho para os cadetes a bordo, então para não ficar entediada ou acabar estragando tudo dando uma de "apocalipse" no barco decidi que Sabrina seria uma irmã bem chatinha que adora importunar o irmão. Algo que com certeza me divertiria por um bom tempo.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Qua 26 Mar 2014, 20:49

Todos observavam admirados o mar imenso e azul. Parecia não haver um fim, como se as águas continuassem eternamente, mas todos sabiam que iriam, sim, para algum lugar. Uma terra desconhecida e nova, cheia de mistérios que deveriam descobrir. A religiosa sentia-se pequena perante o mundo desconhecido, mas sua personagem, a Stylist, demonstrava estar maravilhada. Já Emily e Annabeth, únicas que não utilizavam disfarces no grupo, conversavam e se conheciam. Jasmine e Jonathan deviam evitar a água a todo custo, devido sua maquiagem, mas mesmo longe da amurada, a gangster não evitou sentir-se nauseada com o balanço do navio.

Após as instruções do capitão, as exploradoras e explorador se dispersaram. Amanda se dirigia a cabine onde estava o enfermeiro, batendo na porta e ouvindo um “entre” pouco depois. O homem organizava ainda algumas coisas, mas quando viu a jovem, a primeira coisa que fez foi entregar um crucifixo, jogando água benta nela e na Pokémon, enquanto rezava e murmurava sobre “proteção contra os espíritos malignos da terra condenada”. A religiosa ficou um pouco confusa, mas quando ele terminou, pegou a esfera da Skarmory e avisou que em breve ela estaria curada. Não haviam muitas feridas, então a espera seria mínima.

A Gladiadora e sua parceira passaram a explorar o navio. Alguns cadetes caminhavam por ali, claramente tranquilos. Alguns Meowths farejavam com curiosidade, enquanto outros se encolhiam e rosnavam para o mar, incrivelmente incomodados. Growlithe e Emily compartilhavam o desconforto de estarem cercados pelo mar, mas a viagem seria longa, só podiam tentar se acostumar.

Jasmine também incorporava sua personagem, optando em ser uma irmã chata, para assim se divertir à custa de seu “irmão” e não ficar tentada em bancar a Apocalipse. O ruivo resmungou e abriu a boca para responder, mas a voz de Lucy gritando um sonoro “Amorzinho” o fez mirá-la. O ruivo correu apressadamente, tirando sua “noiva” de perto do timão, ato que a gangster agradecia. Lucy já era um perigo no volante, era preferível não imaginar suas habilidades como capitã. O Gladiador reclamava, enquanto a nova ruiva pulava em cima dele, sendo possível ver que o rapaz se controlava para não soltar algum palavreado inadequado e manter o disfarce. Não tendo que se preocupar com a menor naufragando o barco, Sabrina correu atrás do trio de monstrinhos.

Sem querer, Emily cruzava o caminho de Zorua e Emolga. A raposa se transformava na voadora, ambos voando e pegando o chapéu da gladiadora, tentando se esconder embaixo dele. O Pokémon Grass bufava, claramente irritado com a dupla que tentava se equilibrar na cabeça de Emily e manter o chapéu os ocultando.

Enquanto isso, Galatea ainda estava na cabine do enfermeiro. Sua Pokémon já estava curada, tendo sido algo realmente rápido, mas o enfermeiro ainda não havia a liberado. A voadora estava com um olhar confuso, tendo um manto dourado em suas costas, um crucifixo pendurado no pescoço, enquanto o enfermeiro jogava mais água benta nela e fazia inúmeras rezas de proteção. Incensos queimavam ao redor dela, espalhando vários aromas, incomodando a garota e a fantasma.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Qua 26 Mar 2014, 22:58

Galatea sorriu com a atitude do estranho enfermeiro, observando o tratamento dado a Rellis a jovem ficou curiosa para descobrir no que aquele homem acreditava.

Já a pequena fantasma tampava o nariz com força apontando com uma das mãos para o enfermeiro com, Galatea observando isso acabou por segurar Hell em seu colo enquanto coçava o nariz com delicadeza, Rellis por sua vez observava o homem com desconfiança e tentava bicar o instrumento que o enfermeiro usava para jogar água em suas plumas, cansando-se rápido disso a ave abriu as assas piando alto com o estranho enquanto olhava para Galatea como se pedisse para sair dali e ganhar os céus fora daquele consultório.

Com cuidado Amanda sorriu com doçura falando:

- Ela ainda é um filhote inquieto. Seria melhor eu leva-la para fora!
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Sex 28 Mar 2014, 16:50

A caminhada das jovens não durou tanto. Conversava ainda animada sobre suas expectativas da viagem com Anabeth, que de vez em quando parava para ter certeza que Growlithe estava se sentindo bem. Foi nesse meio tempo que Emily sem querer cruzou com dois Pokémon. Um pensava já ter visto uma vez, mas, o outro era completamente desconhecido. Se tivesse tempo até ponderaria sobre qual era qual, mas, estes foram bem mais rápidos e... Voaram bem em cima do seu chapéu!

- Eirrtarr! Carma perssoarr! - Segurou o chapéu com cuidado dando risada, afinal tinham Pokémon na sua cabeça, era sim meio engraçado. Nem ligava muito com os cabelos sendo emaranhados, mas, é claro que tinha que tomar cuidado com o chapéu de vovô. - Hey armirgors! Di quêr tanto se escorndem? - Queen vendo todo aquele "auê" começou a piar animada, como se dissesse "Eu também! Eu também quero brincar!"

- Céus Emily! - Anabeth exclamou vendo o estado da amiga, mas, foi outra que não aguentou e começou a rir.

No meio de todo aquele bom humor, Emily acabava por se perguntar:

"Mas, di quem érr erssis Porkérmon?!"

Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Sab 29 Mar 2014, 21:12


Depois observar Jonathan "engolir"o que iria me responder para salvar todos a bordo do barco afastando Lucy do timão, me senti mais confiante em deixar os dois para ir com Bulbasaur ficar de olho em Emolga e Zorua, principalmente no meu travesso pokemon noturno. Para qualquer um que observasse eles, pareciam dois pokemon fofos simplesmente brincando de "pega-pega", mas eu e Bulbasaur sabíamos que era apenas uma questão de tempo até que eles aprontassem algo.

Confirmando nossas suspeitas, assim que outras duas selecionadas para explorar a ilha apareceram no nosso caminho, Zorua se transformou em um Emolga e junto de Lizzy pularam em cima de uma das gladiadores e se esconderam embaixo do chapéu enquanto tentavam se equilibrar em cima da cabeça da mulher. Correndo e gritando o que eu achava que eram ordens para os dois pararem, Bulbasaur começou a correr para tentar ajudar enquanto eu fique apenas observando.

Mesmo com muita vontade de ficar apenas rindo e vendo o que mais aqueles dois aprontariam com aquele chapéu, "Sabrina" não faria isso e iria ajudar a outra gladiadora, então lamentando mentalmente, segui Bulbasaur para ver se eu poderia fazer alguma coisa.

- Zorua e Emolga deixem ela em paz! Vão achar outra coisa para brincarem. - Falei torcendo para que ao menos um dos dois lembrasse do meu pedido de se comportarem para não sermos jogados no mar, mas não tinha muita esperança que isso adiantasse, então me afastei um pouco para que Bulbasaur seguisse seu próprio plano, que basicamente consistia em usar suas vinhas para tirá-los de cima da Gladiadora. Assim que conseguisse tirar os dois eu sabia que teria que me desculpar com elas, então tentei fazer a mesma cara que fazia quando me importava com as broncas do meu pai e continuei tentando tirar Zorua e Emolga de debaixo do chapéu.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Dom 30 Mar 2014, 18:34

A religiosa ficava curiosa, perguntando-se sobre o que o homem acreditava. Já a fantasma não estava nada satisfeita com o cheiro que predominava no ambiente. A ave, desconfiada, tentava pegar o objeto que o homem usava para jogar a água, mas este parecia estar acostumado e conseguia evitar sem interromper sua reza. A criança logo observou sua mestra, num pedido silencioso de liberdade, fazendo Amanda se pronunciar.

-Compreendo perfeitamente. Acredito que ela estará salva das forças malignas que rondam aquela terra pecaminosa por enquanto, mas por favor, não esqueça de pedir proteção ao divino e sagrado Arceus! Eu sinto que muitos perigos rondam naquela ilha, fruto do demônio!

O enfermeiro dizia, retirando o manto que cobria as costas da voadora e finalmente liberando o trio. Amanda voltava para o convés, vendo Mauricio arrastar Jéssica, falando que ela não deve tentar manobrar o navio, enquanto a ruiva protestava e dizia que parecia ser muito divertido. O noivo apenas suspirava, encarando desconfiado cada Meowth, Persian, Shinx e qualquer Pokémon felino que encontrava, estes rosnando para ele como resposta.

Enquanto isso, Emily e Annabeth gargalhavam com sua situação. Os dois Pokémons brigavam por espaço dentro do chapéu da loira, escondendo-se de um Bulbasaur claramente irritado e de Sabrina. A Torchic parecia querer entrar na brincadeira, piando alegremente.

Sabrina, conhecendo bem a personalidade de seu Zorua, temia que este aprontasse alguma coisa, embora ele já aprontasse junto de Emolga. Teve que segurar a vontade de rir junto da Stylist e Gladiadora, ordenando a dupla de encrenqueiros a brincar com outra coisa enquanto Bulbasaur usava suas vinhas pra tentar pegar os dois fujões, mas antes que tivesse sucesso, Zorua/Emolga pareceu “ouvir” a ordem de sua mestra, voando e pousando na cabeça de um cadete que estava por perto, levando consigo o chapéu de Emily, encontrando outra vitima coisa para brincar. Lizzy protestou, estufando as bochechas chateada, voando atrás e tentando conseguir seu lugar dentro do chapéu de novo. O homem ficou claramente surpreso com o “ataque” repentino, seu Meowth olhando e virando a cabeça, estranhando a ocasião.

Ainda segurando a vontade de rir, Sabrina se desculpava pelo comportamento dos dois Pokémons. O cadete mantinha a postura, enquanto Lizzy protestava com Zorua, que tirava apenas o rosto para fora do chapéu e fazia careta. Após uma repreensão do Pokémon grama, o Pokémon noturno saltou e se transformou no cadete, ainda com o chapéu de Emily, rindo da situação. Queen piava, ainda desejando entrar na brincadeira, pulando ao redor do Zorua/Cadete.

-Vocês tem Pokémons bem agitados, não?

O oficial dizia com um meio sorriso, achando graça da situação. Um marinheiro reclamava da bagunça, chamando o grupo de encrenqueiros. Enquanto isso, Mauricio se esforçava para manter sua noiva fora de problemas, mas esta agora olhava fascinada para a Skarmory de Amanda, perguntando se não podia voar nela. Murieta suspirou desanimado, se desculpando pelo comportamento da ruiva, que o ignorava por completo enquanto olhava a voadora.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Seg 31 Mar 2014, 20:47

Galatea sorriu concordando com as palavras do Enfermeiros se despedindo brevemente, aliviada por sair do ar esfumaçado e pesado devido a queima excessiva de incensos, Galatea apenas queria sair para o convés do navio e respirar o ar fresco do mar.

Hell guiou a jovem até o convés onde Amanda foi interceptada pela Noiva de um dos exploradores, a pergunta sobre montar nas costas de Rellis pegou a jovem de surpresa principalmente devido as desculpas do Noivo da garota, com um sorriso meigo e calmo Amanda respondeu de forma firme mas segura:

- Ela ainda é muito jovem e recentemente batalhou, talvez quando ela for mais velha. Mas agora não é aconselhável!

Disse a jovem se afastando para perto de uma das muradas enquanto Rellis empurrava Hell com a grande cabeça esfregando em suas costas.
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Qua 02 Abr 2014, 20:09

- Zorua e Emolga deixem ela em paz! Vão achar outra coisa para brincarem. - Ouviu uma garota dizer enquanto tentava segurar seu chapéu. Ufa! Finalmente a dona dos Pokémon tinha aparecido, porém esses não pareciam muito obedientes. Vinhas e mãos vinham para cima de seu chapéu e Emily torcia mentalmente que este não se danifica-se neste processo. Céus! Tudo ficou uma loucura tão rápido! Até Anabeth e Growlithe tentavam ajudar, o que se tornou quase um montinho em sua volta!

Não conseguia parar de rir, apesar do chapéu em perigo era uma situação engraçada mesmo, e era de se esperar que todo os envolvidos também achavam graça daquela situação repentina, que não durou mais, já que o Emolga, ou Zorua sei lá, saiu voando junto com seu chapéu para a cabeça de um cadete! Enquanto seu parceiro ia atrás visivelmente chateado.

Todos foram até o cadete, enquanto a dupla de encrenqueiros continuavam a brincar e disputar por espaço em seu chapéu. Depois de vários protestos do Pokémon de grama, o primeiro Emolga transformou-se no cadete! Wow não é que era um Zorua mesmo?! Agora haviam dois homens, sendo que um era falso e usava seu chapéu. Enquanto isso Queen continuava a pular ao redor de todos, piando alegremente.

-Vocês tem Pokémons bem agitados, não? - O cadete disse com um meio sorriso. Emily acabou sorrindo meio sem graça de volta, segurando a pequena Queen no processo.

- Ara... Discurpe por incormordar... - Disse ainda sorrindo super sem graça. - Queerrn varmos norrs arcarmar e arssim nóirs brirrncar orkay? - Segurou o riso ao segurar de leve a Torchic hiperativa, a colocando um pouco na bolsa e depois se virou para o cadete/zorua - Zôrua bunitirnho... Qui târrr dervolverr o charpérr da Titia Emily siirrm? - Okay, aquilo provavelmente não ia dar certo e Anabeth não aguentou o riso com aquela cena. Oh céus...





Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Qui 03 Abr 2014, 23:32


Ainda não acreditando em como Zorua tinha conseguido começar a aprontar em tão pouco tempo no barco, fiquei em volta da gladiadora junto da amiga dela e do Bulbasaur tentando tirar os pokemon do chapéu. Com tanta confusão, e talvez ouvindo o que eu tinha falado, Zorua/Emolga voou para outro levando consigo o chapéu, mas infelizmente para onde ele foi me fez desejar nunca ter tirado ele de cima da Gladiadora.

Deixando Lizzy sozinha, Zorua voou até a cabeça de um cadete, o que me fez "congelar" de medo por um instante até me lembrar de que estava disfarçada, então logo fui até o cadete acompanhada de Emolga, Bulbasaur e as duas gladiadoras. Parando ao lado de um Meowth muito confuso, ri um pouco quando o Cadete pareceu achar graça da situação.

- Agitados é pouco. - Comentei olhando Zorua fazer várias caretas para Emolga antes de saltar e se transformar no cadete, com o chapéu da Gladiadora sendo a única coisa que os diferenciavam. Estava tentando pensar em uma solução para pegar o chapéu de volta, mas assim que a Gladiadora pediu o objeto de volta eu suspirei já imaginando o que aconteceria a seguir. Assim que vi um brilho travesso no olhar do Zorua/Cadete eu sabia que ele provavelmente fugiria com o chapéu para fazer todos corressem atrás dele de novo, mas por mais que isso fosse estragar meu disfarce eu não entraria nesse jogo.

"Elas que se virem" Pensei ajeitando meus óculos no rosto enquanto esperava para ver o que Zorua aprontaria agora. Estar prestes a ver outra perseguição começar me lembrou de Jonathan e Lucy. Como eles tinham ficado para trás e eu não podia perder meu pokemon de foco, só podia imaginar e torcer para que eles não estivessem fazendo nada que estragasse nossos disfarces.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Ter 08 Abr 2014, 22:17

Off: Mil desculpas pela demora x.x'


Galatea sentia-se feliz por, finalmente, sair daquele ambiente cheio de incensos incômodos. O ar salgado era bem vindo, tocando a face pálida. Por sorte, o vendo não estava muito forte, não levando o chapéu para longe. Jessica parecia alegre ao ver o Pokémon voador, como se os admirasse, os olhos negros brilhantes fixos na ave. Amanda se justificava, fazendo a ruiva soltar um pequeno suspiro desanimado.

-Queria tanto voar...

A ruiva lamentava, olhando o céu de forma sonhadora, enquanto afastava uma mecha de cabelo do rosto. Seu noivo pousou uma das mãos sobre o topo de sua cabeça, dizendo que algum dia, ela poderia voar, conseguindo um sorriso como resposta.

Enquanto isso, Emily chegava a conclusão de que os dois seres brincalhões não gostavam de obedecer sua mestra, pelo menos, não totalmente. A garota torcia para que seu chapéu não danificasse, sendo muito valioso para si. Tantas mãos e vinhas se aglomeravam a sua volta, tentando ajudar, que tudo se tornou confuso. A situação era cômica demais para não rir. O cadete levava na brincadeira, achando graça daquilo tudo. A Gladiadora verdadeira se desculpava.

-Não se preocupem. Uma brincadeira de vez em quando não mata ninguém.

O oficial dizia com um meio sorriso, olhando para o Zorua transformado nele, com o chapéu da loira e um sorriso travesso. O sorriso aumentou quando o Pokémon saltou, como se estivesse se preparando para correr, se divertindo com a situação. Zorua balançava o chapéu para Emily, se afastando enquanto dava pequenos saltos, preparando-se para correr e assim brincar. Lizzy estufou ainda mais as bochechas, voando atrás de Zorua, que saiu correndo e brincando. Bulbsaur se irritava, começando a perseguir a raposa arteira. O felino do homem miou, correndo atrás, não tendo como saber se havia entrado na brincadeira, se estava curioso e queria ver o que ia acontecer, ajudar alguém do trio, ou qualquer outra razão.

Sabrina ficava surpresa com a bagunça que seu Pokémon fazia, aliviada pelo disfarce e se permitindo rir um pouco quando o cadete demonstrou não ter se irritado. A jovem apenas observava o que acontecia. A Gladiadora e a Stylist logo seguiam o Pokémon transformado, tentando recuperar o chapéu. Torchic piando alegre, torcendo pela sua mestra vencer a “corrida”, mesmo que esta tivesse começado com desvantagem.

Zorua, transformado no cadete e usando um chapéu, corria. Emolga, Emily, Annabetch, Bulbsaur e um Meowth correndo atrás dele. Aquela cena, com certeza, atraia muitos olhares interrogativos. O pequeno grupo atravessava o navio, quando Zorua quase colidiu contra Amanda, mas parando a tempo. A jovem encarou o oficial confusa, mas Mauricio e Jessica conheciam o sorriso e o olhar, imaginando o que aconteceria.

-Não me diga que...

Mauricio começou a falar, mas não terminou. A raposa, agilmente, pegou o chapéu de Amanda e o colocou, como se tentasse definir qual combinava mais. Quando ouviu os gritos de Bulbasaur, voltou a correr, levando os dois chapéus. Mauricio, Jessica, Amanda, Hell e Rellis entraram na perseguição, as três ultimas para recuperar o chapéu que fazia parte do disfarce. Zorua conseguia atravessar todo o barco, enquanto fugia do grupo razoavelmente grande, tendo um sorriso satisfeito, voltando ao ponto de partida.

Os passos apressados chamaram a atenção, fazendo Sabrina e Cadete olharem e se depararem com o grupo que avançava. Zorua, com os dois chapéus, pulou em cima de sua mestra, votando a forma normal. O rabo balançando alegremente, tendo um sorriso satisfeito. A ave metálica, desejando recuperar o chapéu de sua mestra, continuou avançando, mas ao contrario da raposa, não parou a tempo. Para a infelicidade de Sabrina, um Skarmory colidiu com ela e a derrubava. Rellis ficou satisfeita, segurando em seu bico um chapéu, mas após ouvir a risada de Zorua e vê-lo usando o chapéu de sua mestra, notou que segurava o chapéu de Emily. Jessica ajudava Sabrina a se levantar. Bulbasaur, claramente irritado, pegou o chapéu de Amanda com uma das vinhas, colocando na cabeça da mesma e voltando a tentar pegar Zorua. O Pokémon Dark, novamente, escalou o oficial. Meowth se esfregava nas pernas Emily, dificultando para ela caminhar, mas rosnando para Mauricio. O oficial apenas sorria, segurando o riso, perguntando se alguém havia se machucado.

Os marujos que assistiam sorriam de forma debochada, soltando alguns comentários. Faziam apostas de quanto tempo os exploradores sobreviveriam na ilha, a grande maioria apostando que durariam apenas algumas horas.

-Se um simples Zorua faz esse grupo de bobo, então não vão durar nada na ilha!

Os marujos riram. Zorua pareceu não gostar do comentário, olhando para Sabrina e esperando apenas que esta permitisse que ele “brincasse” com o marujo. O cadete olhou de forma reprovadora para os marinheiros, conseguindo silenciar alguns, mas outros ainda debochavam do grupo.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Qua 09 Abr 2014, 20:43

Correr em busca do próprio chapéu enquanto segurava os cabelos para manter a peruca no lugar não era a coisa mais divertida do mundo, mas mesmo assim Amanda se permitiu sorrir, até mesmo Hell e Rellis pareciam gostar do que estavam fazendo.

Quando a confusão finalmente parecia ter terminado a jovem mais do que rapidamente recuperou seu chapéu nao sem antes de fazer uma caricia na cabeça do Bulbasaur.

Com um sorriso tímido a jovem da apenas uma ordem para a grande ave:

- Rellis ganhe os céus! Você é muito grande pra ficar andando no convés!

Ajudando a gladiadora a se levantar Amanda pedia desculpas pelo ocorrido
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Sex 11 Abr 2014, 15:21

Uma corrida maluca se iniciava por causa do Zorua, Anabeth corria junto com a mesma na tentativa de capturar o chapéu. O Pokémon noturno corria pelo barco até quase esbarrar em outro grupo e... Roubar o chapéu da outra menina! Dali apenas mais pessoas se juntaram ao grupo no único motivo de pegar o Pokémon. Davam voltas pelo barco e Zorua chegava em sua dona pulando na mesma, Emily por um segundo deu graças a Arceus, mas, tudo se esvaiu quando viu um Pokémon pássaro ir com tudo contra a mestra de Zorua. Oh! Isso deve ter doído!

Uma pequena confusão surgiu ali e as parceiras estavam cada vez mais sem graça. O Skarmory tentava pegar o chapéu de sua dona, mas, acabou pegando o de Emily e acabou que Bulbasaur que recuperou o da menina que ajeitava os cabelos.

- Ara... Irsso fôir urma berla côrridarr haha... - Ao localizar o chapéu deu um grande sorriso e já ia em direção dele até que sentiu o Meowth do cadete se esfregava em suas pernas. Deu uma risadinha sem graça e tornou-se para o Skarmory e para sua dona. - Érrr... Archo qui êrsse Charpérr com o Skarmoriêrr é meu... -

Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Sex 11 Abr 2014, 23:57

off: sem problemas Mel \o/



Não demorou nada para que Zorua fizesse exatamente o que eu havia imaginado. Com um enorme sorriso travesso cheio de animação, o cadete falso saiu correndo carregando o chapéu da gladiadora, que logo começou a segui-lo com sua amiga ao lado e Torchic muito confortável torcendo muito como se estivesse de carona no meio de uma espécie de "corrida maluca."

Sem vontade de ficar correndo de novo atrás do pokemon noturno, acabei ficando ao lado do cadete rindo muito da situação, que ficava ainda mais engraçada quando o Meowth dele também se juntou a bagunça. Não sabia se era mais impressionante ver o grupo em si correndo de um lado para o outro ou se era aquele Meowth correndo totalmente a vontade em um barco navegando no meio de tanta água.

- Nossa. Quem mais falta entrar nessa bagunça? - Comentei rindo quando vi Jonathan, Lucy e mais uma garota, acompanhada de dois pokemon se unindo a perseguição ao pokemon noturno, que parecia ter conseguido mais um chapéu para a brincadeira. Aquilo estava mais engraçado e tranquilo que nossa corrida pelas ruas de Twister e eu continuava rindo com o cadete até que algo peludo e escuro pulou no meu colo.

Olhando surpresa sem entender a onde ele tinha vindo, fiquei olhando para Zorua com sua aparência natural e seus dois novos chapéus enquanto ele ria olhando para mim e para o outro lado. Ainda meio confusa com o que estava acontecendo olhei para frente bem a tempo de ver uma Skarmory chegando cada vez mais perto, até que finalmente ela se chocou em mim quase me jogando para o outro lado do barco.

Até aquele momento eu achava que Geodude tinha uma pele muito dura e muito pesada, mas comparada as penas metálicas e tamanho daquela voadora com certeza nunca mais pensaria o mesmo da minha pequena pedrinha com braços. Deitada ali sentia meu corpo todo dolorido fiquei vendo várias estrelas até que Lucy/Jessica me ajudar a levantar.

- Anotou a placa? - Perguntei ainda meio tonta. Olhando em volta vi Bulbasaur devolver um dos chapéus para a sua dona, enquanto a gladiadora e seu Torchic pegavam o chapéu que estava com Skarmory, Zorua voltava a ficar na cabeça do cadete e logo Lizzy pousava no meu ombro, mas antes que eu pudesse ver o que a roedora queria, o som de risadas chamou a atenção de quase todos.

Alguns marujos que haviam parado para assistir a bagunça agora estavam rindo e debochando de nossas caras. Não sabia se tinha sido a pancada, mas aquelas simples piadas idiotas estavam conseguindo tirar totalmente a minha paciência e a única coisa que mantinha minhas mãos longe da pokeball de Geodude ou do pescoço de algum deles, era a carta da Mina na minha mochila.

Tão incomodado quanto eu, Zorua ficou encarando eles e depois de pensar um pouco ficou olhando para mim com o olhar mais "pidão" que eu já tinha visto e nem precisei pensar muito para entender o que ele queria. Segurando a risada apenas acenei com a cabeça e fiquei esperando para ver o que aquela raposinha aprontaria com aqueles marinheiros babacas. Com o canto do olho vi Bulbasaur suspirar e olhar para mim de forma critica, mas nem me importei, só queria ver como aqueles marujos "durões" se virariam sozinhos com meu Zorua.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Seg 14 Abr 2014, 11:31

A “corrida maluca” continuava, fazendo boa parte do grupo dos exploradores dar a volta pelo navio. Amanda segurava o cabelo, permitindo-se sorrir junto de suas companheiras. Emily e Annabeth ainda tentando recuperar o chapéu. Jéssica, Mauricio e Bulbasaur tentavam pegar Zorua e evitar que a confusão aumentasse. Lizzy seguia ainda querendo brincar com o chapéu. Sabrina e o cadete riam da situação, conversando de forma amigável.

Para a infelicidade da mestra da raposa, ela não ficou totalmente de fora da situação. A colisão com a Skarmory fez a morena cair no chão, que acreditava ver estrelinhas girando ao redor de sua cabeça. Amanda pedia desculpas, enquanto Emily e Annabeth faziam uma leve careta, imaginando que aquilo deve ter doído. Skarmory devolvia o chapéu de Emily, agora todos os objetos roubados haviam voltado para suas respectivas donas e a ave metálica voava, ocupando menos espaço.

-Essa não deve ser uma sensação agradável... Que ir até o enfermeiro?

O oficial perguntava, também com uma leve careta, imaginando o quão dolorosa deve ter sido a sensação. Apesar de dolorida, Sabrina não apresentava qualquer ferimento. A irritação surgia conforme o número de piadas crescia, fazendo a “Gladiadora” deixar Zorua aprontar com os marujos, vendo um grande sorriso arteiro crescer na face da raposa.

Os marujos ainda riam, quando Zorua se transformava em Emolga, voando na direção de um deles e se agarrando no rosto do mesmo. O outro marujo, tentando ajudar, pegou um esfregão e tentou acertar o Pokémon, que desviava e fazendo o cabo do objeto atingir o rosto do marinheiro. Para provocar ainda mais, Zorua/Emolga estava logo acima do cabo do esfregão, fazendo caretas. O homem balançava, tentando se livrar do Pokémon noturno, sem sucesso, até que este voou novamente e se transformou na Skarmory, caindo em cima do terceiro homem que debochava. O primeiro marinheiro ainda esfregava o nariz, enquanto o terceiro tinha dificuldades de respirar. O segundo se aproximou, querendo ensinar uma lição para o Pokémon, mas Zorua novamente voltava a forma original, fazendo o cabo do esfregão que o homem carregava acertar o topo da cabeça do homem quase nocauteado. Repetia o movimento do começo, transformando-se em Emolga e indo para a face agora do homem que carregava o esfregão, se pendurando no bigode deste. O primeiro marinheiro se apoderava de outro esfregão, tentando atingir Zorua, mas a mira ruim o fazia acertar o marujo e derrubá-lo no mar. Zorua voou de volta para Sabrina, ainda como Emolga, pousando no ombro desta e, em sua boca, os fios do bigode do homem.

-Homem ao mar!

Um marujo gritava, sacando uma Pokébola e materializando um Pidgeotto. A ave auxiliava no resgate e, quando os três estavam juntos de novo, encararam os exploradores. O cadete tentava abafar a todo custo sua risada, apresentando dificuldades.

(Marujo¹) – Acham isso engraçado?!
(Marujo²) – Eles só sabem arrumar confusão!
(Marujo³) – Acho que precisam de uma lição...

Os homens diziam, claramente furiosos. O Pokémon voador pertencente ao marujo¹ parecia já aguardar algum comando. Os outros dois já pegavam cada um uma Pokébola, não querendo deixar aquele constrangimento passar em branco.
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Ter 15 Abr 2014, 16:27

Ao ver que um dos marujos havia sido jogado ao mar pelo pokemon raposa, Amanda não conteve um pequeno sorriso, mas ao ver que a situação mudara de uma simples brincadeira para uma possível luta a jovem com um simples movimento chamou Rellis para perto de si.

A grande ave prateada por sua vez piou alto enquanto eriçava suas penas metálicas, Amanda por sua vez olhou para as duas Gladiadoras falando de forma gentil:

- Não acredito que tenhamos outra escolha, embora eu quisesse poupar minhas pokemons de embates desnecessários!
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Qui 17 Abr 2014, 17:02

A caipira e sua parceira assistiram atônitas ao Zorua brincando com os marinheiros, e Emily não conseguiu deixar de dar risada em como eles pareciam os três patetas ou algo assim. Levou uma pequena bronca de Anabeth, mas, que a cena valia a pena, era uma grande verdade.

A coisa ficou ainda pior quando um dos marujos caiu no mar, deixando os outros ainda mais furiosos. Por mais que Emily achasse que era bem feito pra eles, sabia que aquilo iria acabar mal... E não é que acabou mesmo... Os marujos sacavam suas Pokéballs e a garota do Skarmory chamando sua Pokémon.

- Ara... Danorr-se... - Disse com uma risada sem graça e coçou a cabeça levemente. Ela não queria mesmo que a sua primeira batalha fosse por causa de brigas, mas, não iria deixar isso para as outras. - Borrm, vorr arjudar di quarquer jeirtorr. Nérr Queern? - Se voltou para a Torchic que pulava da bolsa, piando determinada. - Não archo qui vair ser nórrs qui vâr arprender algo sinhôr... - Exclamou tão determinada como a sua Pokémon, ela não iria perder para deixar aqueles idiotas rindo.

Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Sab 19 Abr 2014, 00:07

off: ensinar Attract, Swagger e Double team pra Zorua e Rock Tomb pra Skarmory ^^



Ainda com um pouco de tontura e o corpo todo dolorido depois da colisão nada agradável com Skarmory, que saiu voando para longe antes que pensasse em uma maneira de revidar, ouvi o cadete falar algo sobre eu ir até o enfermeiro, o que até era uma boa ideia, mas primeiro havia algo que eu queria ver. - Talvez depois. - Falei apontando discretamente para todos olharem Zorua/Emolga que voava a a toda velocidade em direção dos marujos "engraçadinhos".

Parecendo mais uma cena de algum filme de comédia, Zorua usou várias transformações e toda a sua habilidade de salto para fazer aqueles marujos verem o que um pokemon travesso podia fazer quando queria irritar. Eu não conseguia parar de rir enquanto os marujos se batiam inutilmente tentando parar Zorua enquanto este só ria e fazia com que eles mesmo se machucassem.

- Isso não vai acabar bem.... - Comentou Jonathan tentando sair de perto do Meowth do cadete que insistia em ficar sempre atrás dele rosnando. Enquanto isso Lizzy se preparava para entrar na brincadeira do Zorua, mas foi logo impedida quando Lucy a pegou ficou segurando. - Nem pense nisso. - Falou ela rindo muito do que Zorua estava fazendo.

Encerrando seu "trabalho" da melhor forma possível, Zorua fez com que um dos homens acertasse o outro com toa a força usando o cabo e um esfregão. O marinheiro deve ter ficado com um olho roxo, mas não pude ver, pois logo em seguida ele caiu para fora o barco e meu pokemon logo veio voando até meu ombro com o que parecia ser metade de um bigode arrancado na boca. Nessa hora eu quase cai no chão de tanto que já estava rindo.

Chamando a atenção de todos, um dos marinheiros trouxe o outro de volta a bordo com seu Pigeotto e nem precisavam falar para que eu percebesse o que aconteceria em seguida. Parecia que eles eram do tipo de pessoa que provoca todos a sua volta, mas que não aguentariam nem metade das provocações que fazem.

Sem perder tempo e aproveitando que Zorua e Skarmory estavam próximos de mim, logo tirei quatro TMs da minha mochila e depois de ensinar três para o meu pokemon e um para o pokemon alado, me preparei para passar os comandos enquanto ouvia ao fundo Lucy e Jonathan tentando decidir entre eles se deveriam ou não entrar na batalha.

- Não temos escolha. Eles precisam aprender uma lição. - Comentei enquanto Zorua/Emolga pulava do meu ombro e se posicionava ao lado da Skarmory e logo se transformava em uma réplica idêntica da pokemon metálica. - É Rock Tomb. Vai ajudar muito se tivermos que enfrentar outros como aquele Pidgeotto. - Comentei olhando para a mestra da Skarmory e esperando que as TM recarregassem a tempo para serem ensinadas também para o Torchic da gladiadora que lutaria ao nosso lado. Ficar ensinando minhas Tms assim não me agradava muito, mas se elas iriam me ajudar na luta eu ao menos queria garantir que todas estivessem com bons ataques para acabar com aqueles marinheiros.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Sab 19 Abr 2014, 23:41

A situação dos marinheiros era cômica demais para não rir. Eles se atrapalhavam e acertavam uns aos outros, enquanto tentavam atingir a pequena raposa, sendo uma cena típica de um filme de comédia, aumentando ainda mais a graça. Nem mesmo o cadete resistiu e dava boas gargalhadas com tudo aquilo. Amanda tentava ser discreta, enquanto Emily comparava o trio aos três patetas. Annabetch repreendia levemente a gladiadora, mas o que os marinheiros mereciam aquilo, todos concordavam. Jonathan estava ocupado demais, fugindo do Meowth e rosnando para ele as vezes, enquanto Lucy ria e segurava sua Emolga. Jasmine não conseguia parar de rir, recebendo o meio bigode de presente da raposa.

Vendo os exploradores e cadete rindo da situação, não gostando nada de terem sido feitos de bobos pelo Pokémon, os marinheiros ficaram prontos para batalhar. As três jovens já mandavam seus companheiros, que se posicionavam para batalhar, mas antes ganhando alguns ataques de Sabrina. Os dois marujos, que ainda não haviam revelado seus Pokémon, lançavam as esferas e materializavam os oponentes do trio. Uma Psyduck e um Machop.

(Marujo¹) – Acham que esses fracotes podem nos vencer?
(Marujo²) – Isso será fácil!
(Marujo³) – Meu Machop pode derrotar os três com as mãos amarradas nas costas!
(Marujo²) – Primeiro as lindas perdedoras...

Os marujos pareciam confiantes, o tom de deboche estando bem presente no último que se pronunciava. Jonathan e Lucy se olhavam, em dúvida se deviam ou não participar, mas optaram por aguardar no primeiro momento, assistindo junto com a Stylist que acompanhava Emily. O cadete suspirou, dando espaço para que o combate ocorresse, mas ainda perto, como se quisesse ter certeza de que aquilo não sairia de controle, ato que Mauricio agradecia, já que o Meowth voltou para perto de seu mestre.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Dia claro, com algumas nuvens e muito vento. Batalha acontecendo perto do mastro central. Caixas perto da amurada e cordas ao redor do mastro. Barco balançando levemente.

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 227
Skarmory/Rellis
Lv.02
Trait: Keen Eye
100%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 255
Torchic/Queen
Lv.05
Trait: Blaze
100%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 570
Zorua/Apelido
Lv.04
Trait: Illusion
100%, Status: Normal
Vs.
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 17
Pidgeotto
Lv.07
Trait: Keen Eye
100%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 54
Psyduck
Lv.09
Trait: Cloud Nine
100%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 66
Machop
Lv.15
Trait: No Guard
100%, Status: Normal

off: fichas serão atualizadas em breve com os ataques \o
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Galatea Grey em Dom 20 Abr 2014, 18:50

Amanda sorriu ao ver que a Gladiadora dona da raposa sapeca havia ensinado um golpe para Rellis, esta por sua vez agradece de forma educada:

- Obrigada isso sera de grande ajuda, e sinto pela colisão mais cedo!

Olhando para o local de luta Galatea ficou seria em dar as primeiras ordens a sua companheira:

- Rellis alce voo e sobrevoe o campo longe do mastro e das cordas, então use Rock Tomb contra a ave chamando-a para longe dos outros. Use outro Rock Tomb contra ela!
Galatea Grey
Galatea Grey


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Panda.Hero em Ter 22 Abr 2014, 23:02

Uma batalha iria acontecer ali. A primeira batalha de Emily! A menina do Zorua se juntava a elas e ensinava um TM para a Skarmory. Os marujos lançaram um Machop e Psyduck que pareciam ser de força considerável em relação a elas. Queen parecia determinada a vencer de qualquer maneira e Emily sabia que não deveria deixar as dificuldades lhe tirassem a confiança. Sabia que se hesitasse poderia colocar tudo a perder.

A batalha começava e a garota do Skarmory mandava que seu Pokémon voasse e afastasse o Pidgeotto. Dava para ver que elas eram bem mais experientes que Emily apesar dos Pokémon serem de níveis parecidos. Aquilo só lhe dava certeza que tinha de ser cautelosa para que não fizesse algo que as atrapalhasse e não desse mole para ser logo a primeira a perder!

Com a garota já começando com o Pidgeotto sobravam psyduck, um pokémon de espécie digamos confusa, mas, de potencial e Machop, um Pokémon baixinho, porém, muito forte. Esse sim era um problema complicado. Também tinha seu aliado Zorua ao qual não sabia bem qual era o seu verdadeiro potencial, apesar de perceber que a treinadora do mesmo não estava para brincadeira. Aquele momento era realmente o de ser o mais cuidadosa o possível.

- Queerrn erssa ér norssa prirrmera batalha, mas, não varmos dêrrxar qui isso nors atrapalhe! - Disse confiante, ouvindo um piado animado. - Manterrnha uma distância considerráverr usando Growl duas verzes, um em cada um derles. Mantenha-se im morrvimento Queern i prersterr artenção nus morvimentos di seus adverrsários para disviar derles se artarcarem. - Fala de maneira clara e objetiva, na tentativa de não fazer com que a pequena pokémon de fogo se confundisse. Não queria ser uma presa fácil para aqueles marujos babacas. Virou-se para as garotas com um sorriso. - Borrm si varmos cormeçar urma bartalha ér bom uma arpresentarção. Emily Jones, prarrzer! - Fez uma pequena mesura com o chapéu, antes de voltar sua atenção para Queen e também para os comandos de Zorua, estando disposta a oferecer a assistência necessária.

Off: Post super bosta, mas, véi... To com soninho ç-ç

Panda.Hero


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Bianca.red em Qua 23 Abr 2014, 20:34


Com Zorua e os outros pokemon com ataques ensinados e prontos para a batalha, só me restava esperar que os marujos lançassem seus pokemon para decidir como Zorua lutaria. Não me surpreendi muito quando vi um Machop e um Psyduck surgir na frente dos marujos. Um pokemon lutador e um aquático... se tivesse menos criatividade nessas escolhas de captura o aquático seria um Poliwhirl e os dois pokemon estariam exibindo seus músculos mantidos pelo trabalho duro no barco.

Mesmo não estando impressionado com os pokemon eu sabia que eles dariam trabalho. Água, lutador e voador contra fogo, noturno e voador metálico. Em questão de tipos nem precisava pensar muito para saber que eles estavam em vantagem, mas isso era apenas um detalhe, pois se mantivéssemos nossos pokemon concentrados em se esquivar para depois atacar no momento certo eu tinha quase certeza que poderíamos vencer.

- Vocês estão bem confiantes pra pessoas que acabaram de ser humilhados por um Zorua fofinho. - Comentei, fazendo com que Zorua voltasse a sua forma original para dar uma piscada para os marujos antes de se transformar em Torchic e ficar ao lado da pokemon da gladiadora assim que Skarmory subiu aos céus.

- Certo Zorua, fique nessa forma e comesse usando Double team, espalhando seus clones para que eles não te encontrem ou a Torchic. Fique desviando dos ataques pulando de um lado para o outro e faça suas cópias fazerem o mesmo depois assim que tiver uma chance use Attract na Psyduck. - Comandei esperando que a decisão de usar apenas ataques de status no começo não fosse uma ideia muito ruim.

Enquanto isso, Lucy e Jonathan se aproximavam da Stylist que estava com a mestra da Torchic e se afastaram um pouco para apenas assistir a luta. Nenhum deles parecia com vontade de entrar na bagunça, mas eu esperava que se a luta ficasse muito difícil que eles pudessem ajudar. Lucy ficou abraçando Jonathan, enquanto esse ficava olhando da luta para o Meowth, parecendo ficar muito feliz quando o felino se juntou ao cadete para assistir a batalha.
Bianca.red
Bianca.red


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Érica em Qua 23 Abr 2014, 23:31

Amanda agradecia Sabrina, agora sua Pokémon possuía um novo golpe que tinha vantagem contra um dos oponentes. Começando o que mais parecia um combate separado, a Skarmory alçou voou, sendo logo seguida pela outra ave. Os dois voadores pareciam se perseguir, ameaçando-se constantemente. Rellis usava seu novo ataque, tentando atingir seu adversário.

- Pidgeotto, rápido, defenda-se com Protect e depois ataque essa ave de aço com seu Gust!

Quando as pedras pareciam prontas para acertar, Pidgeotto se defendia com Protect. A ave dos marinheiros utilizou Gust, atingindo a Skarmory, mas que graças a sua resistência ao tipo, não sofria grandes danos. As rochas do segundo Rock Tomb atingiam seu alvo dessa vez, infelizmente, a diferença de nível atrapalhava.

No navio, a batalha também acontecia. A Gladiadora estava em seu primeiro combate, optando ser mais cautelosa e tentar manter distância dos oponentes. A Pokémon utilizava Growl, enfraquecendo o ataque de Machop e Psyduck, mas os marinheiros não pareciam se importar.

-Psyduck, elimine essa galinha com Water Gun, depois use Tail Whip, para reduzir a defesa de Zorua!
-Machop, vamos acabar rápido com essa raposa! Use Focus Energy e em seguida Karate Chop!

Os marujos comandavam, mas logo ficavam furiosos com o comentário de Sabrina. Zorua assumindo a forma da Torchic de Emily e se multiplicando. Não levou muito tempo para que vários Torchics tomassem o campo, deixando Machop e Psyduck confusos e sem saber qual atacar. Psyduck usava seu jato d’ água, atingindo um clone, em seguida o Tail Whip, afetando outro clone. Machop se fortalecia, mas ao tentar acertar um dos Torchics, atingia outra cópia. A dupla ficava claramente confusa e sem saber qual atacar.

Zorua logo usava Attract, deixando a Psyduck apaixonada por ele, mas quando a Pokémon tentou se aproximar de seu amado, já não sabia qual deles era, ficando deprimida. Os marinheiros praguejavam e amaldiçoavam o trio. Jéssica ficou boquiaberta.

-Zorua sabe Poder Feminino?

A ruiva perguntava, fazendo seu noivo soltar um suspiro entediado, não tendo interesse em explicar que era uma TM.  


Hora da Batalha
Condições da batalha: Dia claro, com algumas nuvens e muito vento. Batalha acontecendo perto do mastro central. Caixas perto da amurada e cordas ao redor do mastro. Barco balançando levemente.

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 227
Skarmory/Rellis
Lv.02
Trait: Keen Eye
82%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 255
Torchic/Queen
Lv.05
Trait: Blaze
100%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 255
Zorua/Apelido
Lv.04
Trait: Illusion
100%, Status: +1 Evasiness (3 clones em campo, contando original)
Vs.
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 17
Pidgeotto
Lv.07
Trait: Keen Eye
83%, Status: Normal
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 54
Psyduck
Lv.09
Trait: Cloud Nine
100%, Status: -1 Attack / Apaixonada por Zorua
Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras 66
Machop
Lv.15
Trait: No Guard
100%, Status: -1 Attack / + Critical Hit
Érica
Érica


Voltar ao Topo Ir em baixo

Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras Empty Re: Rota 15: A partida do navio com novas exploradoras

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum