Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Sab 06 Set 2014, 00:07

off: maldade é o nome do meio dele u.u e eram 2 milhões de Pk$ XD


- Ligue. - O homem desafiava ainda se aproximando e erguendo uma mexa de cabelo negro de Sakura com dois dedos, deixando somente dois dedos de distância entre sua face e a face da Stylist. - Será interessante ver o que você faria até eles chegarem.

Ao longe, Chikorita gritava mais uma vez ao ser lançada para cima e pega pela folha novamente com a outra garra. A pokémon Grass lutava, querendo se soltar, sem nem ao menos pensar que, se realmente fosse solta, cairia em direção ao rio muito distante que passava sob a ponte. Blitzle avançava lentamente, posicionando-se atrás de Sakura, enquanto Pikachu chamava a atenção da mesma com as faíscas que liberava de sua bochecha.

A confiança do homem era facilmente fundamentada. Os cadetes, por mais rápidos que fosse, seriam capazes de chegar na Rota 3 antes que o estranho jogasse Sakura da ponte e fugisse com o Skarmory?
Ou ele pretendia usar a descarga de Pikachu para quebrar seu celular? A lembrança do que fizera ao celular de Soraya em Nyender voltando a sua mente para fortalecer essa ideia.

Os dedos do estranho se fechavam em torno do cabelo que segurava, como se pudesse usá-lo de condutor para sua ira, além de manter a Amanhecer cativa e próxima de si. O olhar verde que antes lhe lembrava de Ethan, agora parecia refletir somente os piores sentimentos que a garota conhecia.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Seg 08 Set 2014, 11:49

Off: XDD




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


O que fazer? Estava encurralada diante do homem que parecia não ser um bom sujeito e olha que eu fiz um mal julgamento dele no começo, pois achei que ele era bem interessante por usar uma técnica como essa para poder adquirir Pokémon Flying, mas logo em seguida o homem se mostrou um mercenário que só pensava em dinheiro. Criminoso, já que ele traficava Pokémon. Pior ainda era quem contratava os seus serviços ilegais, que não queria sujar a sua mão. Como eu poderia fazer diferente? Não tinha! Serena agora sofria com as ações do meu senso de justiça...

- Olha, eu não tenho dinheiro. São 2 milhões, não tem como essa quantidade aparecer assim do nada.

Meu semblante variava de temerosa para raivosa. Não tinha como eu ligar para o meu pai e pedir para que ele mande 2 milhões imediatamente para aquela rota, até porque ele perguntaria o porquê e se eu responder ele não permitiria que eu viajasse nunca mais nem para comprar pão na padaria perto de casa. O homem se aproximava e pegava em meu cabelo, me dando nojo dele. Desprezível! Tinha que dá um jeito de sair dali, mas a qualquer movimento Serena poderia cair direto no mar. A Pokéball de Delcatty estava perto para ser usada, mas ai lá ia Serena... Pense, Sakura! Pense em um plano...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Seg 08 Set 2014, 17:27

Sakura parecia estar encurralada. Qualquer movimento em falso e Chikorita poderia ser lançada diretamente para o mar. Ligar para o pai e pedir o dinheiro também não era uma opção, já que no momento seguinte estaria trancada em seu quarto e não poderia sair sem supervisão nem mesmo para ir até a esquina. A Stylist ainda tentava conversar com o estranho que julgara tão erradamente a primeira vista.

- Estamos com um problema então, lindinha.

O tratamento a fez se lembrar de Ethan. Quando o ruivo a chamava de tal forma, parecia somente querer irritá-la e provocá-la, quase como uma criança, entretanto quando usado pelo mercenário, a enojava quase tanto quanto ver seu cabelo entre os dedos asquerosos. Serena gritava ao ser agarrada mais uma vez pela folha e o som era como uma facada no coração de Sakura. Fazer o certo deveria trazer boas sensações, não problemas, não é?

A mente da Stylist voava em busca de soluções, algum plano maluco e inusitado, talvez insano com os de Ethan, que a livrasse daquela situação sem que isso custasse a vida de sua amiga. Mirando os olhos verdes do estranho, Sakura não percebeu quando sua situação mudou. Tudo o que viu foi o mercenário arregalar os olhos por um segundo antes de senti-lo soltar seu cabelo e uma garra se fechar em seu peito. Alguns segundos depois, com a mente ainda tonta com os acontecimentos, Sakura avistou as águas do rio se aproximando e raios a rodeando, como se tentassem a acertar. A mão foi até o ombro e tudo o que pode sentir foi uma poderosa garra.

Braviary lhe salvara...

Se esticasse as pernas, poderia tocas os pés na água. Contudo não percebia o fato enquanto tentava assimilar tudo o que estava acontecendo. A começar, seu braço em um ângulo doloroso entre duas das garras do pokémon. Estas, aliás, se fechavam do outro lado de seu peito. Obviamente o pássaro a havia pego de surpresa e da melhor forma que conseguira, mas não era nada agradável para seus músculos. A sua frente, Serena sumia sob a outra garra, tendo somente a cabeça e a folha machucada a mostra. No entanto a pokémon lhe sorria, tentando acalmá-la. Atrás de si, Skarmory voava enfurecido com Pikachu em suas costas, em uma perseguição violenta. Quando Braviary a pegou? Antes ou depois de pegar Serena? Um dos trovões de Pikachu passou perto de seu rosto e Sakura foi obrigada a tentar concentrar a mente na fuga. Talvez achasse alguma maneira de ajudar a ave que voltara para lhe proteger...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Ter 09 Set 2014, 10:41




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


A situação era delicada e mesmo que o nojo que eu sentia do homem mercenário servisse para me impulsionar a criar um plano para me livrar dele, a mente temerosa me fazia retardar o meu pensamento. De fato o Universo gostava de aprontar comigo e logo eu pararia de fazer o que eu mais gostava que era ajudar os outros. Talvez fosse isso que o universo queria, me tirar da linha para as coisas continuassem do jeito que estavam. Mas estava determinada em dá a minha contribuição para mudar o mundo, afinal, tínhamos todas as condições técnicas para mudar e mudar para melhor. “Vai querendo mudar e depois quem vai mudar serei eu... Mas para pior ou melhor?”, me perguntava.

Antes mesmo que eu pudesse fazer algo, o homem parecia indicar que a sua paciência havia acabado. Quando eu pensei vê-lo se aproximando, eu fechei os olhos e tudo o que sentir foi um aperto no meu ombro. Doía, não ia mentir, mas para a dor que eu esperava aquilo não era nada. Ao abrir os olhos, via o mar se aproximar de mim com velocidade, mas parecia que não estava caindo pela força da gravidade, mas sim pela força das asas do Braviary que eu havia salvado. Ele voltou por mim... Nunca fiquei tão feliz de ver um Pokémon quanto agora. Mas logo me lembrei de Serena, e quando olhava para o lado, lá estava a pequena na outra pata da ave, dizendo que estava tudo bem.

Os raios pareciam serem lançados contra nós, mas não nos acertava. Ainda bem! Mas o mercenário parecia irritado e foi nesse tempo que eu não entendi como aquilo tudo aconteceu de forma tão depressa. Mas não iria reclamar, muito pelo contrário. Mas antes que eu pudesse respirar, lá ao longe surgia Skarmory que lançava raios contra nós. “Mas Skarmory conhece golpes elétricos?”. Era o Pikachu nas costas dele, que parecia pronto para nos tirar do ar. Parecia que teríamos problemas.

- Serena, use Energy Ball contra eles. Qualquer coisa, use Protect para nos proteger. – dizia para a Pokémon.

Parecia que a nossa fuga iria ser atrasada pelos movimentos do Skarmory e Pikachu. Teríamos que despistá-los ao máximo, mas embora Braviary fosse veloz, nos carregando ficava difícil para o pássaro ganhar mais velocidade, enquanto Skarmoy estava apenas com um Pikachu.



Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Qua 10 Set 2014, 11:35

Ciente de que o peso extra poderia atrasar o grande pokémon, Sakura ordenava que Serena ajudasse a despistar o os perseguidores. A pokémon grass, apesar de ter seu corpo quase que completamente oculto pela garra de Braviary, abria a boca e, a sua frente, uma grande esfera verde e luminosa se formava, sendo lançada logo em seguida contra os oponentes. Contudo a felicidade não durou muito. Pikachu contra atacou com uma Electro Ball e as duas esferas colidiram em pleno ar.

Skarmory, por sua vez, surgia pela fumaça deixada pelo encontro dos ataques. O pássaro de metal parecia estar ganhando velocidade e, só naquele instante, Sakura percebeu que ele deveria estar usando Agility, algo que não era nada favorável para a Stylist.

A água sob seus pés parecia se curvar devido a velocidade com a qual voavam, porém a morena não percebia o belo efeito. Sua mente fervilhava em busca de possibilidades de fuga. Ao lado direito, somente a parede pedregosa da montanha que abrigava Chermont. A sua esquerda, era possível vislumbrar ao longe a praia de Jorvet, lugar que a garota gostaria de ter visitado. Braviary se afastava da ponte...

Quando a velocidade de Skarmory atingiu seu máximo, a distância entre presa e predador começou a se reduzir drasticamente. Sakura ficava preocupada. No entanto, o pokémon que lhe resgatava resolveu mudar repentinamente sua trajetória, voando para cima e, assim, enganando Skarmory. Com sua velocidade excessiva, o pokémon aço acabou aumentando a distância entre os dois, mesmo tendo corrigido rapidamente seu curso. Pikachu tentava lançar seus raios, porém os poucos que poderiam atingir o pássaro eram bloqueados pelo Protect de Serena.

Sakura sentia sua cabeça vacilar após a rápida mudança de percurso, contudo voltava a se concentrar na fuga e não na dor que sentia. No entanto, nada poderia lhe despistar mais do que ser lançada para cima pela ave. Passar por Braviary sem a segurança de sua garra fez o coração da garota parar por um segundo, ainda mais ao ver Serena igualmente voando a sua frente. Em um movimento rápido, a Stylist abraçou sua pokémon pouco antes de sentir as costas do pokémon águia amparando sua queda. Como ele fez essa volta em pleno ar sem cair, a garota jamais entenderia...

Braviary cansara de fugir e agora mirava Skarmory de frente.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Qua 10 Set 2014, 14:25




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


O voo rasante sobre as águas do mar poderia ser bem apreciado, e não fosse a condição que me levara a estar fugindo de dois Pokémon e o fato das garras de Braviary estar apertando tanto o meu corpo que poderia sentir logo, logo as garras penetrando o ombro. Apertava o meu maxilar tentando resistir a dor, o que parecia ser inútil diante da condição que me levou a estar ali. “Realmente Sakura! Sua sorte parece que não muda...”, pensava comigo mesma. Se eu tivesse ficado mais um tempo em Jorvet Village seria possível que eu não presenciaria essa situação? Mas ai, quem salvaria o Braviary que estava me salvando? Realmente era melhor deixar as coisas correrem no seu devido curso e torcer para não ter muitos danos colaterais.

A ave majestosa continuava o seu voo sublime por todo o lago, como se fosse um normal para ele estar ali. A minha respiração falhava e Serena parecia estar menos confortável do que eu. Pensava como a Pokémon poderia reagir daquele jeito, mas ela era astuta e conseguia no meio das garras lançar o seu Energy Ball contra os oponentes. Infelizmente, Pikachu se mostrou atento a tudo e com um Electro ball, ricocheteava o golpe de Serena. A explosão pareceu cobrir os oponentes e por um momento um brilho de esperança cobriu os meus olhos, sendo desfeito logo em seguida que Skarmory surgia entre a fumaça.

A ave aproximava valentemente, aumentando a sua velocidade aos poucos. Mas como era possível? Tecnicamente Braviary era naturalmente mais veloz que a ave. Não havia possibilidade do Pokémon pássaro de armadura se aproximar. Foi ai que eu perceber que havia uma condição na qual não contava: Agility. A velocidade do Pokémon já estava no máximo e isso fazia com que Skarmory se aproximasse de tal maneira que fez Braviary realizar uma manobra que me fez engolir o coração.

Minha cabeça girava junto com o movimento do pássaro e logo sentia os clarões sobre nós. Ao olhar, a luz azul esverdeante do protect nos garantia uma segurança temporária e lá estava os Pokémon, todos endireitando o seu percurso contra nós. Quando a dor no ombro pareceu atingir o seu ponto máximo, deixei de sentir a grande pata da ave, o que me fez sentir um frio no estômago no lugar e um alívio seguido de um susto por estar caindo sob a força da gravidade. Institivamente segurei Serena, que também foi abandonada pela ave e assim começávamos a cair até que caia nas costas de Braviary.

- Você está bem? – Serena sacudia a cabeça, ainda em choque por ter sido abandonada no ar. Mas logo Braviary se direcionava ao Skarmory. Teria a ave desistido de fugir? – Ou, ou, ou. Com calma, calma. – dizia temendo um choque direto contra a ave Steel e consecutivos ataques. – Serena, nos multiplique com Double Team. Em seguida, use o seu Energy Ball. – dizia para a Pokémon.

Um confronto no ar seria uma oportunidade única, mas no momento só queria voltar a tocar o meu pé no solo e sentir o doce caminhar. Talvez em uma oportunidade em que a minha vida não estivesse em jogo pudesse me dá a garantia de sentir como seria uma batalha aérea.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Qui 11 Set 2014, 15:57

Sakura não saberia dizer se experimentar uma batalha aérea naquelas circunstâncias era uma boa experiência, ou não... Serena, querendo transmitir confiança, saltou para perto da cabeça de Braviary, mirando os inimigos. A sua frente, Skarmory planava com Pikachu em suas costas. A Stylist respirava fundo, sabendo que teria uma batalha muito difícil a sua frente, tendo em vista que eram dois adversários, longe dos comandos de seu treinador, e um pokémon ao seu lado, do qual desconhecia os ataques... A Stylist não teria como prever os movimentos que surgiriam em campo, então teria que tomar cuidado. Sem falar que um ataque elétrico de Pikachu poderia a acertar no meio do combate...

O brilho do double team replicava o grupo inteiro e, pela primeira vez na vida, Sakura se via rodeada pela sua imagem seu a necessidade de espelhos. A visão era intrigante... Despenteada, com a roupa desalinhada e rasgada nas partes em que a garra do pokémon a segurou, além de estar nas costas de um Braviary selvagem que diziam ser especial... Uma experiência única realmente.

Contudo, a sensação de se ver replicada não durou muito, pois Skarmory lançou um Swift, desfazendo boa parte dos clones, enquanto Pikachu mais uma vez combatia Energy Ball com Electro Ball e Braviary protegia o grupo das estrelas que estavam direcionadas aos verdadeiros com o Hurricane, fazendo-as voltar contra seu atacante. Contudo isto de nada adiantou, já que Pikachu usou um Protect e Skarmory agora avançava contra a ave que lhe resgata. Sakura tentava entender como Braviary sabia Hurricane, já que segundo os livros esse pokémon não deveria aprender esse golpe por nenhum meio conhecido. Enquanto a Stylist se surpreendia, as aves se seguravam pelas garras, voando no mesmo ritmo e com bicos abertos em claro sinal de ameaça e guerra. O som do impacto das garras não foram capazes de chamar a atenção da morena, porém Pikachu e Serena já estavam no ponto máximo da cabeça de seu carona e se miravam prontos para o combate.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Batalha aérea 

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 152
Chikorita/Serena 
Lv.8
Trait:Overgrow
100%, Status:  +1 Evasiva
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 628
Braviary 
Lv. 25
Trait:Sheer Force
70%, Status: +1 Evasiva
Vs.
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 25
Pikachu 
Lv.Static
Trait:18
100%, Status: Normal
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 227
Skarmory 
Lv.13
Trait:Keen Eye
100%, Status: +6 Speed
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Sex 12 Set 2014, 10:13




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


“Uma batalha aérea? Oba! Que animação!”, ironizava ao ver Skarmory e Pikachu planando no ar, como se fossem os verdadeiros donos da batalha. Skarmory com sua velocidade ao máximo, Pikachu com o seu poder elétrico que poderia nos derrubar dali com um golpe e Serena com a certeza que iríamos vencer. Como a Grass tinha tanta fé assim? Querendo transmitir confiança, a Pokémon pulava dos meus braços e ia para a cabeça de Braviary, que ainda não tinha demonstrado nada especial, a não ser que era grande e forte, o que não era uma grane novidade, já que com treino, todo Braviary poderia ficar forte de igual modo. Mesmo assim, ainda ficava na cabeça a dúvida sobre a raridade do Pokémon. Poderia ser na batalha e se fosse, eu iria descobrir por agora.

Serena logo brilhava branco e espalhava o brilho sobre todo o corpo do Pokémon Flying, incluindo o meu. Várias cópias se espalhavam pelo campo e assim eu percebia como era intrigante o Double Team. Maravilhada por praticamente ser eu na minha frente e nos lados, eu dava um sorriso bobo e ficava intrigada de como eu estava, descabelada, com algumas partes das roupas rasgadas... Precisava de agulha e linha urgente! Serena mantinha a sua confiança. Para ela, era comum o uso de Double team, o que para mim era fantástico.

Mas a alegria não durou para sempre, já que lá vinha Swift, um golpe de estrelas que atingiam todos os clones ao redor, levando todas à destruição, seguido de um brilho. Elevei os braços ao rosto e lá vinham mais estrelas douradas contra mim. Eu me surpreendi, quando eu já ia apontar para Serena direcionar o seu próximo golpe para as estrelas, lá vinha Braviary, mexendo as suas asas como se tivesse usando um Gust, mas na verdade surgia um Hurricane, que rebatia as estrelas para Skarmory, que era defendido pelo golpe de proteção do Pikachu. Eu olhei animada com o golpe, mas logo a minha expressão mudava para impressionada.

- Impossível!

Braviary não aprendia esse golpe. Não importava o jeito que pudesse existir. Braviary com Hurricane tornava aquele Pokémon mais especial do que se fosse Shiny. Aquilo voltava a me animar. Agora sabia por que a revolta do mercenário! O Pokémon pássaro de Armadura descia em alta velocidade e assim se prendia às garras do Pokémon valente. Skarmory estava tão próximo que deixava meio nervosa. As garras. O bico. Elas pareciam prontas para poder acabar ali mesmo, um dilacerando o outro. Enquanto isso, Serena corria e ficava frente a frente o Pikachu. O roedor elétrico parecia ser bem mais forte que a minha Pokémon e eu não poderia deixar ela sendo uma alvo tão fácil assim... Braviary, por sua vez, era poderoso e parecia ser mais poderoso do que Skarmory e Pikachu juntos. Teria que apenas dá suporte ao Pokémon...

- Garoto, pode soltá-lo! – dizia para o Flying - Serena, use Protect e expanda o escudo ao redor de Braviary, lançando Skarmory e Pikachu para longe. Em seguida, use o seu Double Team! – dizia para a Pokémon. – Vamos garoto, voe ao redor deles para confundi-los. – dizia ao Pokémon que me salvara, deixando-o livre para atacar. Não saber o seus movimentos me deixava em uma posição desconfortável.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Sab 13 Set 2014, 21:23

A herdeira Mille ficava surpreendida com o ataque que aquele Braviary dominava, compreendo o motivo do mercenário desejá-lo tanto. A mente da jovem, no entanto, retornava à batalha ao ver o bico de Skarmory tão próximo do rosto da ave que voltara para lhe proteger. Acreditando que a águia era forte o suficiente para vencer os dois adversários, a Stylist se preparava para dar suporte ao selvagem e, assim, vencer aquele desafio.

Braviary não soltava imediatamente o outro pássaro, esperando até o Protect de Serena quase atingir as garras unidas e, assim, obter maior impacto do golpe defensivo. Pikachu, sem se preocupar com isso, gritava alto, evocando pesadas nuvens de chuva. O sol logo sumia e as nuvens pesadas que acompanhar o começo da jornada de Sakura retornavam. A chuva logo tomava conta do campo. Serena usava seu Double Team e, como esperado, Skarmory contra ataca com o Swift, eliminando os clones, mas sem eliminar os benefícios do golpe.

Com o cabelo e a roupa grudando-se ao seu corpo, Sakura sabia que os golpes de Pikachu se tornariam mais certeiros e mais perigosos. Ambos os pokémons voavam em círculos, ao redor de um mesmo ponto invisível para a Stylist que lutava para não escorregar das penas molhadas. De repente, o rato elétrico sorria triunfante e, repentinamente, brilhava de forma intensa. Sakura pela primeira vez entendeu a situação em que um pokémon se encontrava ao ser vítima do Flash. A cegueira temporária a desnorteando por completo. Antes de recuperar o foco, sentiu Braviary voar rapidamente em o que ela acreditava ser uma evasiva. Possivelmente o pássaro de metal havia atacado, porém a morena não saberia dizer qual o golpe usado. Poderia jurar que aparentava ser o Steel Wing, mas não com absoluta certeza. Contudo, o Taunt de Skarmory para os dois adversários foi muito bem visto pela herdeira dos Mille. Inflado pela provocação, as asas de Braviary brilharam e, em alta velocidade, o pássaro avançou contra o adversário. Com sua velocidade elevada, Skarmory desviou do primeiro Wing Attack, porém não demorou para que, sem desfazer o golpe, a águia virasse em pleno voo e retornasse, dessa vez atingindo o adversário. Sakura lutava para se equilibrar mais uma vez, já que não pensara que o pássaro tentaria um ataque direto e, durante esta tentativa, mirava pelo canto de olho o metálico recuperar o equilíbrio. Pikachu protestando nas costas gélidas do metal molhado.

A ameaça era Pikachu, mas Braviary mirara em Skarmory e para Sakura o sentido era claro: se Skarmory caísse, Pikachu cairia também...

Hora da Batalha
Condições da batalha: Batalha aérea. Rain Dance. 

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 152
Chikorita/Serena 
Lv.8
Trait:Overgrow
100%, Status:  +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (5 turnos)
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 628
Braviary 
Lv. 25
Trait:Sheer Force
70%, Status: +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (5 turnos)
Vs.
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 25
Pikachu 
Lv.Static
Trait:18
100%, Status: Normal
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 227
Skarmory 
Lv.13
Trait:Keen Eye
86%, Status: +6 Speed
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Seg 15 Set 2014, 10:40




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


A batalha provocava o meu ritmo cardíaco. De fato Braviary era muito bom no voo, mas mesmo assim eu tinha a certeza de que não poderia ficar ali para sempre. Vencer Pikachu e Skarmory, no ar, era um desafio que eu nunca pude imaginar que enfrentaria. Respirando ofegantemente, eu tentava pensar em algo que ajudaria os Pokémon a saírem dali com vida e sucesso na batalha. Serena parecia bem concentrada e mesmo diante dos seus oponentes, face a face, a Pokémon não toscanejava e estava pronta para poder batalhar.

Com um Protect, o escudo de Serena envolvia a ave e eu via como o brilho dele era bonito, visto por dentro. Skarmory era lançado para longe com o poder do golpe defensivo, mas isso não significava que a batalha estava terminada. Pikachu invocava nuvens de tempestades. Certamente era Rain dance, que aumentaria o poder dos golpes electric do roedor. Vendo que agora a situação teria que ser melhor analisada do que antes, eu olho para a ave, antes de presenciar novamente os clones que ficavam dispensados em campo. Swift do Pokémon pássaro de armadura surgia dissipando os clones, fora o Flash de Pikachu, que não só cegou os Pokémon, mas me cegou.

Lutando para voltar ao foco, deparava com as asas de skarmory, que brilhavam em um tom metálico. Possivelmente um Steel Wing, mas não sabia ao certo. Eu olhava para frente e encarava os oponentes, depois de vê Taunt surgir e a habilidade de voo de Braviary, ao atingir um Wing Attack nos oponentes. Equilibrar-se ali em cima, com aquela chuva, estava se tornando uma difícil tarefa. Agora seria obrigada a atacar com todos os golpes que tenho, pois Taunt impediria usar Serena como suporte. Double team seria uma boa, pois apesar de sempre ser destruído, aumentava a evasiva dos Pokémon.

- Garoto, vamos com tudo! – dizia, um pouco temerosa, mas pedindo para Braviary avançar, pois agora iríamos com tudo. – Serena, abra caminho com o seu Razor Leaf e vamos em direção aos oponentes agora. Em seguida, vamos cuidar da retaguarda com Energy Ball. – pedia para a Pokémon.

Abrir caminho com Razor Leaf poderia causar duas possíveis reações: ou o golpe atingia os oponentes, ou eles desarmavam com outro golpe, ou errava. Caso fosse esse penúltimo, o impacto do encontro dos golpes seria uma cortina perfeita para Braviary aparecer com seus ataques. Serena cuidaria da defesa usando o seu golpe... Era o melhor que eu poderia fazer até o momento...

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Sab 20 Set 2014, 23:22

Sakura, pela primeira vez na vida, podia realmente ver uma batalha. Estar nas costas de Braviary enquanto ele lutava era muito mais do que assistir de uma distância segura. A Stylist podia ver o que era realmente um Protect e o que era a cegueira momentânea de um Flash. As imagens recuperavam o foco lentamente e, por alguns segundos, tudo parecia somente um vulto na infinidade branca, até que as cores começaram a fazer parte da cena.

Ao ouvir as palavras de Sakura, Braviary emitiu um grito de guerra e bateu as asas com força, voando em linha reta contra Skarmory. A ave metálica também gritou de volta e partiu em ataque. Ambos os pássaros determinados a vencer aquele duelo. Chikorita, firme sobre a cabeça da águia, erguia sua folha que, por um segundo, ficava dura e brilhava, para logo em seguida abaixá-la a sua frente liberando as diversas folhas cortantes. Pikachu, no entanto, erguia uma barreira a sua frente, protegendo-se do Razor Leaf. O brilho do Steel Wing cobriu as asas de Skarmory na mesma hora em que o brilho do Wing Attack cobriu as asas de Braviary e ambos os ataques colidiram no ar. O impacto desequilibrou um pouco a Stylist, porém a jovem conseguiu se firmar, agarrando com força as penas vermelhas sob suas mãos.

Chikorita, após conferir que Sakura estava bem com um rápido olhar, saltou para a parte posterior de Braviary, ficando próxima a sua cauda e lançou o Energy Ball nos inimigos, tentando pegá-los de surpresa. Porém Skarmory, com sua velocidade superior, já havia se virado e usava o Swift para combater a esfera verde. Enquanto os golpes colidiam no ar, Pikachu saltava e lançava seu Thunderbolt. Com a chuva, o ataque ganhou força e atingiu o adversário sem dificuldades. Poucos segundos antes, Sakura sentiu o selvagem fazer um movimento brusco que a derrubou sem que pudesse evitar. Enquanto caía, a morena viu a ave ser envolvida pela eletricidade, assim como Serena que permanecia sobre o pássaro. Ambos gritaram pela corrente que corria por seus corpos com poder e a Stylist não sabia se seu coração havia parado por causa da queda ou por causa do som agoniante.

Os segundos pareciam ter se congelado durante a queda. Sakura não sentia a gravidade sobre si, mas sabia que estava caindo. No entanto seus olhos estavam presos em Braviary que parecia ter perdido a consciência por um segundo e também começava a cair. A herdeira Mille ainda conseguia ver Skarmory investindo em direção à águia, possivelmente já preparando mais uma taque e, para a morena, era incrível perceber como sua visão estava aguçada enquanto sua noção temporal parecia ter desaparecido.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Batalha aérea. Rain Dance. 

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 152
Chikorita/Serena 
Lv.8
Trait:Overgrow
75%, Status:  +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (4 turnos)
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 628
Braviary 
Lv. 25
Trait:Sheer Force
30%, Status: +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (4 turnos)
Vs.
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 25
Pikachu 
Lv.Static
Trait:18
100%, Status: Normal
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 227
Skarmory 
Lv.13
Trait:Keen Eye
70%, Status: +6 Speed



off: desculpa a demora ^^
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Dom 21 Set 2014, 00:09

Off: sem problemas ^^




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


Ansiosa por tudo o que acontecia, eu olhava para os lados apreciando um pouco a batalha, embora a condição que me trouxe ali. Infelizmente, ou felizmente, era lindo o brilho do Protect, mas desagradável a cegueira do Flash. A chuva continuava caindo sobre o campo quer na verdade era o ar e no final tinha um enfeite do mar que eu tanto quis ir ver em Jorvet. Eu olhei e respirei fundo, procurando evitar qualquer tido de reação que pudesse atrapalhar Braviary. O Pokémon era o coadjuvante ali, mas agora, nem suporte Serena poderia dá, tendo que optar por ataques diretos nos Pokémon oponentes. Sem saber o que fazer, consentia.

A ave guerreira ousava contra Skarmory. O Pokémon dava um grito, que me fez colocar as mãos sobre o ouvido e quando eu sentir o impulso do local, eu quase deixei a ave para uma queda direto no mar, se eu não tivesse segurado a tempo. Braviary seguia contra SKarmory, na medida em que o Steel seguia contra nós. Impactos fortes colidiam no ar e eu não sabia quem levava a melhor. Embora Steel Wind fosse um golpe contra Flying bem eficiente, a ave corajosa era brilhantemente forte e isso parecia equilibrar a situação. Serena, na ponta da cabeça da ave não parecia ter grandes proveitos com o seu golpe, já que a todo instante o Protect de Pikachu interferia no golpe da Grass.

Embora a Pokémon saltasse para a retaguarda da ave, Skarmory parecia ter olhos em todas as partes e a esfera de energia verde da Pokémon não atingia os oponentes. Pikachu aproveitava essa parte para lançar um forte ThunderBolt e assim, e só sentia a queda livre, que tanto temi outrora, atrás de mim. Começava a despencar enquanto assistia a ave e Serena serem atingidos pelo golpe poderoso do Pokémon Electric.

Assustada, ainda caia olhando para cima. Embora a minha visão me torturasse com a cena, eu ainda tinha a plena noção que não tinha noção de nada. Caia como uma Berry podre abandonando a árvore isso não era nada satisfatório, até porque, abaixo só tinha o mar. Por um momento, Braviary, cansado, caia ao lado de Serena. Se o peso do nosso corpo não interferia a queda livre, tudo o que eu poderia fazer era pedir para que a gravidade nos ajudasse um pouco mais. Tentava esticar o kimono para retardar a queda com a resistência do ar, enquanto pensava que Braviary poderia acordar a qualquer momento.

- Serena, Skarmory estar vindo, reaja! Use Energy Ball. Tente se grudar em Braviary e acordá-lo e se Pikachu tentar um golpe elétrico, retenha-o com Razor Leaf e mande de volta. Caso contrário, use o seu Energy ball mais uma vez para manter a distância entre vocês. – dizia para a Pokémon, não sabia como, mas a minha voz ecoava no ar.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Ter 23 Set 2014, 17:38

A queda parecia durar uma eternidade. A águia caia levemente, simplesmente seguindo a ordem da gravidade, enquanto Skarmory mergulhava com toda sua velocidade. O bico metálico reluzia sob o temporal, quase como premeditando o próximo ataque elétrico de Pikachu. O rato, nas costas da ave prata, sorria em vitória, acreditando ser capaz de nocautear o adversário neste round.

Ouvindo a voz de Sakura, Serena abria os olhos em plena queda e esticava as patas, tentando se segurar em Braviary mais uma vez. Mal a Grass sentiu firmeza nas penas sob seus cascos, viu pikachu saltar das costas de Skarmory para as de Braviary e, quando suas bochechas começaram a brilhar em sinal de faíscas, Chikorita surpreendeu-o com o Energy Ball. Com a queda e o ainda atordoamento, Serena não conseguiu prever para onde Pikachu saltaria e acabou errando o ataque. A esfera verde passou rente às costas da águia, sumindo em pleno ar. Porém, assim como a Energy Ball, o rato foi obrigado a abandonar a ave. Frustrado, Pikachu usava seu Thunderbolt do ar, tentando nocautear o pássaro, porém Serena mais uma vez impedia o ataque, usando dessa vez o Razor Leaf. O impacto de folhas e raios tão próximos, despertou Braviary de seu atordoamento.

A águia, em um movimento suave e fluído que não exigiu mais do um pequeno erguer de asa para mudar o ângulo, desviou de um dos raios. Os olhos da águia brilhavam em fúria e, de forma ousada, o pássaro se virou de barriga para cima, impossibilitando-se de voar por completo. Sakura observou como Chikorita agora estava sob a ave, durante a queda, assim como ela própria. Contudo, o que mais chamou a atenção da Stylist, foi o furacão que aquelas asas foram capazes de criar mesmo na péssima posição para atacar. Skarmory foi pego completamente de surpresa e lançado para os céus. Pikachu, aparentemente, sofreu mais danos, já que não conseguiu se manter nas penas metálicas e molhadas e acabou colidindo contra a parede do penhasco.

O ataque poderoso afastou os adversários com danos ainda mais poderosos que o normal. Enquanto Skarmory mergulhava para resgatar Pikachu da morte certa, Sakura via Braviary fechar suas asas e virar o corpo, recuperando a posição e mergulhando para resgatá-la mais uma vez. Foi um alivio quando, após vê-lo ultrapassá-la, sentiu o impacto contra as costas penosas. Serena a mirava satisfeita, perguntando se estava tudo bem. Já mais acostumada com a mudança repentina de velocidade, a morena se segurou nas penas quando sentiu a clássica aceleração de um ataque. As asas brilhavam e o Wing Attack surgia, surpreendendo Skarmory e o fazendo desviar no último segundo. Pikachu, ainda desacordado e pendurado pela cauda em uma das patas da ave de metal, era golpeado de raspão. Braviary estava enfurecido e parecia não medir esforços para acabar com a disputa, tampouco parecia se preocupar com o destino de seus adversários naquele momento.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Batalha aérea. Rain Dance. 

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 152
Chikorita/Serena 
Lv.8
Trait:Overgrow
75%, Status:  +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (3 turnos)
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 628
Braviary 
Lv. 25
Trait:Sheer Force
30%, Status: +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (3 turnos)
Vs.
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 25
Pikachu 
Lv.Static
Trait:18
34%, Status: Normal
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 227
Skarmory 
Lv.13
Trait:Keen Eye
44%, Status: +6 Speed
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Qui 25 Set 2014, 13:28

Off: Desculpe a demora. Não tinha visto que tinha postado x.x




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


Ainda continuava em queda livre, mas o meu pensamento não estava em mim. Diante do Pokémon coragem, eu só conseguia pensar em seu bem maior, no qual a ave poderia acabar sofrendo muito com impacto na água, assim como Serena. Eu, por minha vez, nem me lembrei do mar, só queria, e precisava querer, que Braviary despertasse e salvar todos. Mas tudo parecia que cooperava para dá errado. A ave não reagia, não mexia, não aparentava que iria acordar. Eu engoli em seco, pois sabia que se não acordasse, eu e Serena estaríamos liquidadas. E meu coração quase veio para fora quando o Pikachu saltou das costas do seu parceiro e pousava na ave, na qual Serena tentava, dificultosamente, se segurar.

Pikachu esclarecia-se na tentativa de usar o seu golpe Electric, mas logo Serena parecia o impedir com o uso de Energy Ball. Não sei o que houve, apenas assistia uma explosão derivada da união do Razor Leaf com Thunder Bolt. Felizmente a ave despertava e não tardaria para reagir violentamente contra os oponentes, lançando Pikachu de encontro um penhasco e Skarmory para outro lado. Quando dei por mim, lá estava eu nas costas penosas – e molhadas – da ave especial. Serena já sorria para mim perguntava se estava tudo bem. Embora não respondesse nada, ela sabia que estava.

Braviary estava diferente. Ele estava achando aquilo um tremendo empecilho para ele e queria acabar com aquilo o mais rápido possível. Em minha mente ainda pairava o golpe da ave, que era um verdadeiro furacão capaz de lançar os Pokémon para longe. Percebia a forma de cilindro que o Hurricane poderia formar, girando com uma força centrípeta sem igual. Poderia usar aquilo ao meu favor. Era hora de acabar com aquela batalha nos céus e iria usar o Hurricane para finalizar.

- Braviary, tente desconcentrar o Skarmory com o seu Scare Face, caso saiba, ou use Wing Attack. Serena, caso Skarmory fuja, use Razor Leaf. A ideia é fazer com que Skarmory fique com movimento limitado. Em seguida, Braviary, use o seu Hurricane e, Serena, use o seu Energy Ball por cima do tornado, para que ele ganhe velocidade no decorrer do furacão que prenderá Skarmory e finalize com um grande impacto.

Força é igual a massa vezes aceleração. E sei que a aceleração centrípeta é enorme, então espero que isso seja o suficiente para poder nocautear Skarmory e o Pikachu, que já estava nas últimas.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Sab 27 Set 2014, 22:56

Sakura não sabia dizer se seu coração batia simplesmente para cumprir suas funções, ou se ainda era capaz de sentir algo com a peculiar batalha que enfrentava. O sangue corria rápido devido a adrenalina, isso era incontestável, porém a mente estava concentrada nos golpes e em como tirar proveito deles. Com uma estratégia em mente, a Stylist só podia torcer para que a ave selvagem lhe obedecesse e, assim, deve força ao plano que poderia nocautear Skarmory e Pikachu.

A ave coragem emitiu mais um grito, as asas brilhando com o Wing Attack, já que devido ao Taunt não poderia usar nenhum ataque de status. Skarmory, ao invés de escapar do ataque, contra atacou com Steel Wing. Ciente de sua baixa energia, Braviary suspendeu o ataque e esquivou, erguendo-se um pouco. A evasiva superior lhe permitiu uma manobra que, não somente driblou o ataque do oponente, mas os deixou tão próximos que Serena, subindo na asa da águia, atingiu as costas de seu oponente com facilidade usando o seu Razor Leaf, dificultando assim o voo do mesmo.

Pikachu acordava nas garras de seu aliado e, com um pedido, era lançado sobre as costas do mesmo, que se recuperava do ataque grass, visto sua resistência e a diferença de level entre os dois. Contudo, ao invés de auxiliar a dupla, o tempo para recuperar o equilíbrio de voo e colocar o elétrico nas costas foi mais do suficiente para Braviary dar a volta e preparar seu Hurricane. Enquanto os dois adversários eram pegos pelo furacão, Serena saltava e lançava seu Energy Ball por cima, para logo depois ser pega mais uma vez por aliado temporário. Sakura observava a esfera verde correr pela lateral do tornado, atingindo diversas vezes os oponentes. O cabelo castanho voando em direção do funil, carregado pelos ventos que mudavam de direção com o ataque.

Quando os ventos começaram a se acalmar, Sakura viu que Skarmory lutava para permanecer no ar, altamente cansado e ainda tentando, mais uma vez, segurar Pikachu. No entanto Braviary já avançava em um mergulho, lançando seu corpo contra o do oponente. O som do impacto ecoou nos ouvidos da morena e ela sentiu parte da colisão ao ser lançada com força contra o corpo do pokémon que a carregava, porém sua visão ficava presa na ave metálica que despencava de encontro ao mar, sem forças para abrir as asas mais uma vez.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Batalha aérea. Rain Dance.

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 152
Chikorita/Serena
Lv.8
Trait:Overgrow
75%, Status:  +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (2 turnos)
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 628
Braviary
Lv. 25
Trait:Sheer Force
30%, Status: +2 Evasiva, -1 Accuracy, Taunt (2 turnos)
Vs.
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 25
Pikachu
Lv.Static
Trait:18
0%, Status: Nocauteado
Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 227
Skarmory
Lv.13
Trait:Keen Eye
0%, Status: Nocauteado

3094 de Exp para Serena
Serena upou 7 leveis
Serena quer aprender PoisonPowder e Synthesis, mas já possui 6 ataques. Gostaria que Serena esquecesse algum golpe para aprender algum dos novos?
+1,000Pk$

Ethan não ganha Exp por não estar acompanhando Sakura na rota.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Seg 29 Set 2014, 11:30

Off:  Synthesis no lugar de Growl. Ainda estou penando se ela aprende poisonpowder. Vai de encontro ao que Sakura prega x.x




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


Era o gran finale! Se tudo desse certo não precisaria ficar naquela batalha aérea por mais tempo. Não que eu tivesse odiando. Ver a batalha daquele ângulo me proporcionou diversos tipos de movimentos que me ajudou a ter mais ideias para futuras apresentações que estariam por vim. Mas mesmo assim, ser lançada de um lado para o outro, cair e voltar para as costas do Pokémon selvagem não era algo que eu gostaria de ficar fazendo o dia todo. Teria que descer dali e deixar de ficar ensopada, afinal de conta, eu estava tão cansada quanto à ave coragem. Queria apenas terminar aquilo de vez.

Na medida em que Braviary contra o seu oponente, Skarmory fazia o mesmo. Era mais um encontro de Wing Attack com Steel Wing. O confronto das aves seria brutal e foi por pouco que não houve a colisão dos golpes. Não sabia o quanto o Flying iria suportar, mas por sorte o mesmo desviava do golpe e assim eu encarava  a ave metálica que recebia com força o Razor Leaf de Serena, o que apesar do impacto, não causou tantos danos, devido ao tipo e nível. Braviary erguia-se no ar como quem estivesse pronto para terminar o show. Quando dei conta e vi Pikachu acordado em cima da ave, Hurricane pegava os dois e Serena saltava com o seu Energy Ball que entrava no funil de vento com tanto força que eu só conseguia vê os inúmeros impactos que ocorria entre a esfera e os Pokémon.

Meus cabelos prendiam boa parte da visão, mas de resto eu via Skarmory despencar até o mar, assim como o roedor. A chuva continuava e eu tinha sérios problemas para ter que resolver. Seja de Chermont, seja de Nyender, eu teria que ligar para os cadetes, mas não antes de capturar o homem.

- Braviary, por favor, pegue Skarmory e Pikachu e vamos leva-los para o seu dono. Quando chegar perto dele, lance os Pokémon dele e em seguida segure o homem no ar, deixando-me no chão, por favor. – pedia ao Pokémon ave, enquanto Serena comemorava a vitória. Eu piscava para a Grass.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Ter 30 Set 2014, 13:04

off: então não ensina ^^ Sakura vence sem precisar disso \o/


Braviary levou um ou dois segundos antes de atender ao pedido de Sakura. Era claro que o pokémon não estava satisfeito em ajudar o adversário, porém ele se predispôs a fazer o solicitado. A aceleração para o mergulho quase derrubou mais uma vez a Stylist, mas pela primeira vez a jovem se sentia mais tranquila com a situação. A batalha estava encerrada.

O voo de volta para a ponte foi mais lento, afinal Skarmory era um pokémon pesado. Sakura aproveitou o momento para desfrutar realmente o que era voar pelos penhascos da rota 3. O vento no rosto espantando parte da água de sua roupa e a visão das paredes rochosas ao lado eram indescritíveis.  Contudo, quando a visão da ponte preencheu o horizonte, Sakura preparou-se para o que encontraria. Braviary subiu, voando cada vez mais alto e ficando fora do alcance dos olhos do mercenário caçador de aves para então, soltar a ave metálica sobre Blitzle. A zebra protestou, porém quando conseguiu se soltar, deparou-se com Sakura e Serena lhe mirando e seu dono gritando ofensas enquanto era carregado pela águia.

Chikorita deu um passo a frente, tentando intimidar a zebra, porém sem sucesso. O pokémon elétrico gritava ordens, como se exigisse que soltassem seu mestre. Sakura ainda tentava se familiarizar mais uma vez com o chão tão firme. Após os movimentos fluídos no ar, era estranho ter de se sustentar em terra firme mais uma vez. O celular nas mãos, com o número genérico dos cadetes, bastava completar a ligação e falar sua localização que a viatura mais próxima seria enviada, porém a jovem mantinha os olhos fixos na zebra.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Ter 30 Set 2014, 14:33

Off:  Verdade \o/
Deixa sem \o\




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


Mais um impulso. Braviary descia, mesmo contrariado, e agarrava os dois Pokémon Skarmory e Pikachu. Era visto em seu olhar que o Pokémon, por ele, deixaria ambos morrerem afogados, mas estava ali para evitar o máximo de perdas possíveis. Com os Pokémon nas garras da ave e Serena na ponta da cabeça, começamos um voo lento até o retorno à ponte. A visão e o ar balançando os meus cabelos eram incríveis. Contornávamos o penhasco até surgir à ponte mais uma vez. Eu olhava firme para lá, onde o mercenário estaria procurando a ave. A tranquilidade e a paisagem eram substituídas pela força de justiça e pela visão do Pokémon zebra e do homem.

Skarmory caia sobre Blitzle, que com certa dificuldade, conseguia sair sob a ave metálica e assim encarava Serena sua frente, enquanto o homem era erguido no ar pelo Pokémon valente. Apesar da Grass não intimidar a zebra, Serena mantinha-se pronta para tudo. Braviary tomava cada vez mais altitude, ao ponto que era possível vê mexendo apenas as pernas do homem. Com o celular de posse, já apertava e ligava para os cadetes, nos quais estariam prontos para chegarem ali caso solicitasse.

- Alô, estou aqui na rota 3 com um mercenário que estava maltratando uma ave de grande porte e a usaria para vender ao mercado negro. Poderiam enviar uma viatura para prender esse sujeito? Estou mais para o meio da rota. – dizia e explicava mais ou menos a minha localização, enquanto o homem continuava a proferir palavras de baixo calão. – Serena, fique atenta! – dizia para a Grass.





Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Ter 30 Set 2014, 16:33

Após a confirmação dos cadetes, Sakura ainda teve de esperar cerca de uma hora. A espera foi longa e Chikorita vira e mexe usava o Protect para impedir alguma tentativa de Blitzle em soltar seu dono. A chuva invocada pelo Rain Dance agora mais parecia uma garoa quando a jovem avistou o grupo de três cadetes se aproximando a pé. Antes de perguntar no entanto, a morena percebeu que não havia outra  forma dos oficiais chegarem até ela, já que a parte inferior da ponte, destinada a veículos, não aceitava paradas nem retornos e os cadetes não disponibilizariam um helicóptero por um mercenário comum.

- Obrigado pela colaboração. - Um das cadetes disse ao se aproximar de Sakura e lhe entregando um envelope. A Stylist mirou confusa o pacote e depois o cadete, questionando com o olhar o conteúdo do mesmo. - É a recompensa prometida por ele.

Após explicar e agradecer mais uma vez, Sakura viu os oficiais algemando o homem que era depositado na ponte por Braviary. Com calma, a águia andou para perto de Sakura e viu os cadetes levando as pokébolas do criminoso e o próprio algemado e gritando todo tipo de ofensa e ameaça para a morena. Algo no interior de Sakura temia reencontrar o vilão, porém a jovem optou por tentar afastar esse pensamento. Serena se aproximava da treinadora, demonstrando alivio por finalmente não ter mais aquele estranho por perto. Sakura, por sua vez, abriu o envelope e se impressionou com o dinheiro em seu interior. A recompensa, por mais que fosse inesperada, seria muito útil ao chegar em Chermont.
+2,500 Pk$
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Qua 01 Out 2014, 13:44




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas  


Com os cadetes alertados, nada sobrou a não ser esperar. Blitzle não sairia dali sem o seu mestre, que continuava gritando ofensas ali de cima, entre as garras da águia. Eu observava como o Pokémon era forte. Sabia um golpe totalmente incomum e ainda batalhou, comigo nas costas – que só atrapalhava – e ainda carregava o mercenário como se fosse nada. De uma hora para outra, o homem era ameaçado em ser jogado pela ponte, mas logo Braviary apenas provava que era uma ameaça. De tempos em tempos, o Pokémon zebra tentava deter a ave, mas o Protect de Serena impedia tudo isso. Eu olhava para a ponte, esperando alguma viatura, ou algo do tipo, mas nada.

Aproximadamente 1 hora depois que tinha ligado, um grupo de cadetes surgia correndo na ponte. Só ai que lembrei que aquela ala era apenas para pedestres, sendo a parte de baixo para veículos. De certo Angélica ou Kibato não disponibilizaria um helicóptero para vim buscar aquele homem. Finalmente prendiam o sujeito e de quebra ainda conseguia um envelope, que só depois compreendi que era a recompensa pela captura. Por essa não esperava... O grupo se distanciava, enquanto Serena se aproximava sorrindo, por ter conseguido trazer um pouco de paz para aquela ave.

- Obrigada! – dizia, um pouco temerosa em relação ao fato de ter que encontrar aquele sujeito de novo.

Braviary, a ave coragem, se aproximava. O Pokémon estava livre de qualquer que seja a ameaça. Olhava para a ave admirando e pensando como aquele Pokémon sabia Hurricane. Poderia ser uma mutação que lhe permitiu aprender... Mas isso só pesquisando mais a fundo para saber, coisa que eu não iria fazer, afinal, o Pokémon foi feito para ser livre. Uma das poucas espécies que talvez não sobrevivesse após ser capturado.

- Obrigada, garoto. – dizia encostando a minha cara na cara da ave, fazendo carinho nela, enquanto a neblina continuava. – Agora pode ir! Está a salvo! Você é bem fortão, da próxima vez, que eu espero que não aconteça, poderá dá uma lição nesses caras. – piscava o olho, enquanto ajeitava a minha bolsa nas costas e saia pela ponte, rumo à cidade de pedras. – Até uma próxima! – acenava quando lembrava-me do incrível passeio, meio conturbado, mas ainda assim, lindo passeio.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Qua 01 Out 2014, 23:47

Com uma lembrança incrível, Sakura se despedia do Braviary que poderia chamar de amigo. A ave mirou a garota andar pela rota 3, antes de bater suas asas e ganhar altura, sumindo entre as nuvens de chuva que começavam a se dissipar. Serena ainda acenou para o céu com sua folha, ciente de que com a visão aguçada, a águia veria o gesto. Logo depois, a pequena Grass mirou Sakura e sorriu, pulando para seu colo em seguida e surpreendendo a mesma. O sorriso da pokémon, no entanto, era contagiante e percebia-se que, apesar do cansaço, ela estava feliz por ter ajudado o pokémon coragem.

Em um ritmo mais rápido, porém não muito longe, os cadetes seguiam arrastando o mercenário. Esse, no entanto, esperneava tentando escapar e, quem sabe, se vingar da Stylist. Ao notar que se continuasse avançando ficaria muito próxima dos cadetes, Serena sugeriu um pequeno descanso. Talvez sentar-se na rota e admirar um pouco a vista enquanto verificava se o egg estava bem após a trajetória conturbada pelos céus. Sugestão aceita pela Stylist.

Inúmeros pássaros atravessavam a ponte enquanto a morena retirava o misterioso ovo e o secava com um pedaço da manga de seu quimono. Contudo, antes que pudesse guardá-lo de volta, mais satisfeita após vê-lo bem, Sakura se surpreendeu com um item estranho no interior de sua mochila: uma dentadura. Inúmeras perguntas surgiam na mente da Stylist enquanto esperava a passagem do tempo e aguardava os cadetes sumirem no horizonte com o mercenário que nunca mais gostaria de ver. Serena se aproximou, igualmente curiosa. O vento suave levava o perfume de sua folha até o rosto da herdeira e o tempo parecia perfeito para desfrutar a Rota em que se encontrava.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Qui 02 Out 2014, 11:56




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas



Com tudo indo bem, Braviary sumia pelos céus com o seu voo lindo, majestoso... Poderia qualificar Braviary com diversos adjetivos, mas nada se comparava a um que em particular me chamou a atenção: surpreendente! Hurricane? Nossa, seria a descoberta do século... Mas agora estaria longe dos olhos corruptos das pessoas. A ave sumia e torcia para que ela fosse feliz em sua vida livre. Eu, por outro lado, estava aproveitando a minha liberdade, embora um pouco conturbada com os acontecimentos ao meu redor. Mas mesmo assim, diante de loucas e gangsteres, eu estava feliz por ajudar as pessoas. Seria essa alegria que eu sentiria ao deixar uma criança feliz após uma apresentação minha de teatro?

A caminhada continuava. Embora em ritmo moderado, era possível avistar os cadetes logo a nossa frente. Serena pedia para parar e eu aceitei a proposta da Grass. As nuvens se abriam e logo Rain Dance perdia a força. Sentei-me ali no lado e pegava o Egg Pokémon. Depois de tantas coisas, ele estava ainda em perfeito estado. Sequei-o com a manga da minha roupa e assim ainda o encarei. Puxei os meus cabelos, apertando-os e retirando e excesso da água, mas nada faria com que ele ficasse mais seco do que...

- Ezra, por favor! – o flash escarlate da Pokéball trazia o Fire para fora. Serena apenas revirou os olhos para o Pokémon e assim ele aquecia as suas orelhas, nas quais eu usava para poder secar o meu cabelo, sendo auxiliada com as minhas próprias mãos. – Obrigado, querido! Retorne. – recolhia o Pokémon e assim guardava o Egg e pegava Serena no colo. – Temos ainda uma viagem, não é?

Serena sorria enquanto eu revistava a minha bolsa e encontrei nada mais do que uma dentadura dentro. Fiquei observando o item que parecia incomum para mim. De onde teria saído? Serena olhava com a mesma expressão de curiosidade que a minha e eu sabia que ela não tinha a resposta. Retirei a dentadura e ameacei lançar pela ponte, mas logo desistir e guardei o objeto de volta na bolsa e voltei para a estrada, torcendo para que os cadetes e o mercenário estejam longe.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Dom 05 Out 2014, 12:00

Com uma distância maior entre os cadetes e o mercenário e com os cabelos secos graças ao auxílio de Ezra, Sakura retomava sua viagem em direção à Chermont City. A dentadura em sua mochila lhe intrigava, porém a morena optou por não se desfazer do item ainda, afinal desconhecia sua origem. As roupas ainda úmidas se agarravam ao corpo da jovem Stylist, porém ela não se preocupava com isto. Sentir o vento sem água em seu rosto e o calor do sol que começava a surgir entre as nuvens era revigorante, ainda mais quando acompanhados da boa sensação que era ter ajudado aquele Braviary a reconquistar sua liberdade.

Satisfeita como sua dona, Serena fazia questão de balançar sua folha de um lado para o outro, espalhando o doce aroma por toda a região em frente ao rosto da Stylist, ato que arrancou um sorriso da mesma. Após tantos momentos conturbados, Sakura sentia que finalmente poderia aproveitar a jornada que tinha imaginado para si. A jornada poderia continuar tão agradável assim por muito tempo na concepção da morena, porém gritos de aves pareciam confirmar que a sorte da jovem estava sempre virando, ou talvez indicar que seu destino fosse ajudar os outros... Quem sabe?

Ao olhar em volta, Sakura não identificou a origem dos gritos, porém logo Serena apontou para o céu, onde uma revoada de pássaros menores ocorria. A jovem não conseguia ver direito, mas pode vislumbrar o momento exato em que o pássaro do meio começava a cair, tonto pelo ataque dos outros que nem mesmo durante a queda cessavam os ataques. A colisão com a ponte foi inevitável e a morena finalmente pode distinguir o grupo. Três Wingulls atacavam um Ducklett que, mesmo ferido, se recusava a entregar o que quer que tivesse no meio das patas. O pato azul parecia magro e a julgar pela posição de sua asa, havia a quebrado quando colidiu com a ponte.


Sorteio 1
Sorteio 2
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Sakura Mille em Seg 06 Out 2014, 17:14




♥ Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas


A caminhada pela ponte continuava, depois da doce sensação de ter ajudado um Pokémon, seguida da dúvida da origem da dentadura que se encontrava em minha bolsa. Os próximos passos foram curtos e pensativos. Cada passo eu refazia o meu caminho até aquela rota e não sabia dizer onde eu tinha encontrado aquele estranho, peculiar e individual objeto. Talvez em Nyender City alguém colocou na minha bolsa, confundindo a com outra. Ou sem querer escapuliu de alguma mesa e caiu ali. Mesmo diante de tantas possibilidades, dentre as quais a maioria era improvável, eu assumia o risco de ter um mistério em minhas mãos que dificilmente seria resolvido.

Serena, por outro lado, não se preocupava tanto com o que uma dentadura poderia estar fazendo em minha bolsa. Caminho pela ponte, a Grass erguia uma doce fragrância pelo ar e assim eu aspirava aquela odor doce, meio que sensível. Descontrair naquele instante e deixei de querer quebrar a cabeça para achar o lugar da dentadura ali. Sorri para a Pokémon, que de fato sinalizava a falta de preocupação com a origem do objeto que ainda estava na bolsa. Nossa caminhada era quebrada pelo simples som do alto. Serena olhava de um lado para outro, até que eu apontava a origem.

Parecia uma briga de pássaros, uma gangue contra uma ave só. Muito injusto! Parecia que eu estava ali apenas retomar o equilíbrio naquela ponte e assim as aves desciam, mas não porque iriam pousar, mas sim porque a ave que estava sendo atacava, caia direto no solo. Ducklett e três Wingulls pareciam fazer parte daquele alvoroço e assim eles pareciam não parar, atrás de algo que a pata azulada carregava. Seja lá o que for, não precisava de grandes conhecimentos para saber que a asa da Flying/Water estava quebrada e aquilo parecia desonroso para Pokémon quererem tanto o mal para com um terceiro.

- Isaac, preciso de sua ajuda! – reagia enfiando a mão na bolsa e antes que tirasse a esfera dela, abria-se e assim o gatuno surgia em campo, pronto para atender ao chamado. – Preciso de sua ajuda: use Thunder Wave envolto de seu Swift mirando naqueles Wingulls, por favor. – pedia ao Pokémon.

Swift era um golpe especial. O Normal não teria dificuldade para atingir os Wingulls, deixando Ducklett livre, mas o que eu estava mais me preocupando era com a aparente asa quebrada da Pokémon, que me deixava de mãos atadas, pois eu não sabia o que fazer nessas intenções. Membros fraturados eram difíceis de manipular. Precisava levar a ave ao Hospital da cidade de Chermont.


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Alice em Ter 07 Out 2014, 20:14

Sem perder muito tempo pensando, Sakura logo libertava Isaac em campo, dando comandos que eram realizados quase que imediatamente. O pelo do felino brilhava com as faíscas que corriam por seu corpo e, enquanto o thunder wave começava a se espalhar pelo ar, Swift surgia o atravessando e carregando a eletricidade em direção aos três pássaros que atacavam. Dois dos Wingulls caíam em direção ao mar, totalmente nocauteados e o terceiro, após tremer um pouco, fugia desesperado.

Sakura se aproximou da Ducklett que claramente precisava de cuidados urgentes. Além da asa esquerda quebrada, a pata parecia estar muito abaixo do peso, além de claramente ser muito nova. Não era necessário muito tempo de reflexão para perceber que havia acontecido algo com a mãe da patinha e que a mesma estava sendo forçada a se virar na rota 3, sem muito sucesso... A dentadura ficava totalmente esquecida na mochila, já que a mente da morena agora era dominada pela pokémon bebê.

Serena se aproximava da ave que tremia de medo enquanto mirava Isaac e tentava acalmá-la com o aroma de sua folha, sem muito sucesso. Isaac era um felino, naturalmente um predador de pássaros menores, o que era o caso da Ducklett e a mesma não escondia o pavor que a dominava, já que com a asa quebrada não poderia fugir, estando a mercê do predador. Sakura tentava se aproximar, porém a pokémon a mirava com igual desconfiança, escondendo o Luvdisc que conseguira caçar a muito custo, provavelmente sua primeira refeição há dias.


off: nem montei batalha @.@ Swift do Isaac nocauteou os dois wingulls mais fracos e o outro perdeu 70% @.@ ah, e desculpa o post curto =x
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas - Página 2 Empty Re: Finalmente livre? Rota 3, o encontro nas alturas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum