Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Sex 31 Out 2014, 01:59





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Os movimentos que realizava no momento eram ao todo bem automáticos. Eu apenas passava a linha e tirava. Avistava o objeto pontiagudo metálico atravessar a pele do ruivo e aquilo me dava uma sensação horrível no momento. Minha boca estava já sem saliva de tanto que engolia, tentando não enjoar com a cena. Meus olhos lacrimejavam na medida em que torcia para poder acabar com aquela “cirurgia” o mais veloz possível e o caminhar de Serena de um lado para o outro, preocupada, não estava ajudando muito, mas enfim, continuava a realizar o trabalho. Depois disso tudo, Ethan confiava em mim e mesmo com o sentar brusco, que fez abrir um pouco o ferimento, ele ainda se entregava.

A primeira resposta de Ethan foi séria, um tanto quanto constrangedora, mas afinal, Zuzu levou ao Jolteon a um estágio bem mais avançado de ferimento, enquanto Ethan estava perdendo cada vez mais sangue. Mas foi só citar John que a brincadeira do Gangster voltava, revelando o velho Ethan debaixo daquele pedaço de carne bem maltratado. O Armagedon bebia ainda mais, como se aquilo fosse a única solução para sentir menos dor, e de fato o álcool deixava a sensibilidade física bem rasa, já que encurtava os vasos sanguíneos. O gangster me oferecia a bebida, e para evitar que suasse frio, dava apenas um gole e devolvia para ele, fazendo uma careta enorme.

Nesse momento eu percebia que os efeitos da bebida estavam deixando Ethan menos ríspido com os seus segredos. Olhava para o vidro com álcool e percebia que se ele estava tão sensível como no momento presente, estava na hora de saber um pouco mais sobre ele. Serena continuava mirando com vontade de saber até onde a cirurgia ia, mas para a tristeza dela, ainda demoraria um pouco. Não estava fazendo um trabalho qualquer e muito menos tinha experiência de costurar corpos, apenas roupas de bonecas.

Pedia para Ethan me respondesse com acenar de cabeça. Começava um interrogatório sem perceber que era um de fato. Na verdade, ele nem se lembraria da cena no dia seguinte. Comecei pelo primeiro nome dele, se era Ethan Durval mesmo. Depois foi para Jonh, perguntei se ele o conheceu hoje. Perguntei se ele tinha vontade de matar Zuzu. Perguntei se ele deixou Jorvet no momento em que nos separamos. Perguntei se ele achava Berenice chata. Intercalava algumas perguntas interessantes com algumas perguntas nada haver, apenas para manter o nível e fazer com que ele ficasse comigo no momento. O trabalho prosseguia. Para finalizar, fazia perguntar que necessitava mais do que sim ou não: Como conheceu Jonh; qual o pokésigno dele, idade e cidade natal. Mas no final, veio a pergunta esperada...

- De quem você estava fugindo em Nyender? Foi do mesmo cara que atacou o PEVOAK? E quem ele era?




Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sab 01 Nov 2014, 13:14

Sakura sentia o álcool rasgar-lhe a garganta enquanto descia até seu estômago, para logo depois sentir o calor subir, exatamente como o descrito pelos apreciadores de bebidas. A morena ainda não fora capaz de identificar a Vodka, mas sabia que era algo forte e que, infelizmente, era o máximo que Ethan poderia ter acesso para não sentir tanta dor. Apesar de não apreciar o álcool, aquele pequeno gole parecia ter aliviado um pouco a situação de Sakura, se não a acalmando, pelo menos se umedecendo a língua já seca.

Serena se aproximava muito lentamente, querendo saber o andamento da quase cirurgia que Sakura realizava. Porém, sempre que via as mãos da Stylist sujas de muito sangue, a Grass se afastava ainda mais temerosa. Certamente Sakura teria de ajudá-la a aumentar sua tolerância ao sangue se um dia quisesse a ajuda a de sua amiga para se tornar uma médica-Stylist. No entanto, antes de pensar nisso, Sakura optava por tirar proveito da embriaguez do ruivo e assim obter algumas respostas. Perguntas curtas e intercaladas com algumas sem sentido para não levantar suspeitas e não colocá-lo em estado de alerta.

- Seu nome é mesmo Ethan Durval?
- Yep. - Uma resposta simples e rápida. Realmente ele não estava refletindo ou, naquele momento, não se importava com as barreiras de sua vida, ou talvez considerasse a pergunta inofensiva, já que havia dado um cartão com essa informação para a morena mais cedo.
- Você conheceu John somente hoje?
- Preferia nunca ter conhecido. - Dessa vez a resposta era vaga, mas ainda sincera. Ethan claramente não gostava do loiro que, aliás, a esta altura estaria espumando de raiva pela demora de sua suposta noiva.
- Você quer matar Zuzu?
- Como um verdadeiro Apocalipse. - Ele dizia erguendo a garrafa em um brinde. Zuzu realmente entrara para a lista negra de Ethan e, vendo de canto de olho a respiração ofegante de Jolteon, Sakura não o culpava. A garrafa lhe era esticada mais uma vez e ele parecia não se importar com o tempo que levasse ou se ela pegaria ou não. O fato dele responder com mais do que um sim ou um não era promissor, pois assim Sakura se sentia mais confiante para fazer as perguntas que realmente queria fazer.

Para a pergunta sobre se ele havia saído de Jorvet no momento em que se separaram, o ruivo somente murmurou algo que significava um sim, enquanto bebia mais um gole da Vodka. A garrafa já estava quase totalmente vazia e não demoraria para ele adormecer. Sakura enfim perguntava sobre Berenice, tentando manter Ethan desperto com assuntos neutros.

- Insuportável. Mas tem seus atrativos... - Ele respondia e Sakura não precisava perguntar para deduzir quais eram os atrativos.

As perguntas surgiam, trazendo novas consigo. Descobrir que Ethan havia conhecido John durante uma missão, somado à resposta anterior, a deixava com muito mais dúvidas. Seria aquela a missão que os fez se conhecerem? Ou ele já tivera outro trabalho que envolvia o seu ex-colega de escola? O pokésigno ele informava ser Zapdos e brincava que ela poderia ter caprichado mais no beijo de aniversário dele, confundindo-a. Ela se lembrava bem da ocasião em que ele desviara completamente o assunto da conversa, mas não imaginou que ele estivesse de aniversário naquele dia, completando, segundo ele, 24 anos. Cidade natal Sakura descobriu ser Ragnarök, mas custou um pouco para a morena descobrir a cidade, pois segundo o ruivo, Shinki inteira era sua cidade natal. Rindo um pouco do modo como ele respondeu isto, de braços abertos e claramente tonto, Sakura recuperava o foco e logo fazia realmente a pergunta que desejava respondida.

- De quem você estava fugindo em Nyender? Foi do mesmo cara que atacou o PEVOAK? E quem ele era?
- E o mesmo que me atacou durante a fuga. - Ele respondia e, estranhamente, as nuvens criadas pela bebida pareciam ter sumido de seus olhos. Enquanto Sakura descobria que, apesar do tiro no ombro ter sido causado por um cadete, o ferimento mais sério e que levara Ethan ao limite havia sido causado pelo estranho que os atacara em Jorvet. O ruivo voltava a aparentar sentir dor, mas dessa vez não era pela costura que já encerrara. Ethan, no entanto, não havia se erguido, mesmo Sakura já tendo cortado o final do fio e declarado finalizado o trabalho. - É sempre ele... - Ele dizia com uma voz sombria e carregada de ódio. Tanto ódio que fazia o encontro que ele planejava com Zuzu se assemelhar a um passeio para compras. - Um dia, lindinha... Um dia ele vai pagar por ter me tirado tudo...

Com dificuldades e tentando não arrebentar os pontos, Ethan se ergueu e, a julgar pelos passos altamente incertos, não demoraria nem três minutos para apagar por completo. A neblina do álcool retornava aos seus olhos enquanto a água da pia era usada para tirar o grosso do sangue da barriga, com a ajuda da toalha que um dia fora branca. Serena logo chamava a atenção de Sakura para a mochila do ruivo e, sem constrangimento, Sakura a revirou em busca de ataduras. Para sua surpresa, encontrou o que buscava, além de esparadrapo e quatro pokébolas. Duas dos pokémons que estavam soltos no quarto, uma certamente de Lotad, a outra Sakura desconhecia. Sem se importar com isso e de posse das ataduras, a morena passou a dar voltas e mais voltas com o tecido branco ao redor da barriga do gangster, fazendo um curativo sobre os pontos. O nervosismo e a pressa por colocá-lo logo na cama não a permitindo fazer algo com mais calma e, talvez, economizando ataduras...

Com o curativo feito, o ruivo praticamente caía sobre a cama quase apagado. As dúvidas de Sakura ainda não completamente respondidas, mas já um pouco encaminhadas. A jovem agora sabia que, seja lá quem for o cara que os atacara em Jorvet, era o mesmo de quem Ethan fugira em Nyender e era o mesmo que o atacara em Chermont, além de certamente ter feito grande estrago na vida do ruivo há um bom tempo. As mãos da morena ainda estavam sujas de sangue e, quando puxou o lençol para cobrir o Armagedon, notou as marcas de seus dedos no tecido branco. Por um momento se questionou o motivo de tudo ser branco em um esconderijo gangster.

- Não casa com ele lindinha... - Ethan murmurava quando Sakura se afastou. A voz embargada revelando que ele estava mais dormindo do que acordado. - Você é especial demais para pertencer a um apocalipse covarde como aquele...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Seg 03 Nov 2014, 09:34





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

 As perguntas foram lançadas na maior inocência, mas na medida em que avança, percebia que o estágio de embriagues do gangster poderia proporcionar algumas respostas da vida dele. Ethan sempre foi um mistério, desde que o conheci. Desde que fui lançada no contêiner de lixo por ele estar pichando a academia de polícia, com uma frase nada sugestiva, o ruivo passou a ser um mistério a ser revelado. Olhando fixamente para o nada eu continuava a realizar os pontos e com isso as perguntas iam sendo respondidas aos poucos. Sabia um pouco do jovem, mas só agora eu percebi que eu sabia mais dele, do que ele sabia de mim... Seria justo eu ser tão curiosa e ele não?

As perguntas iam sendo respondidas e de fato não queria saber o que ele achava atrativo em Berenice, embora fosse um pouco óbvio e explícito. Serena continuava andando de um lado para o outro. Mexer com sangue não era bem a praia da grass, mas ela se continha, pelo menos de longe. Olhava para os lados e conhecia pelo menos mais um pouco sobre esse caro que era quase um arqui-inimigo do ruivo. Talvez só o fato de saber que ele tirou tudo de Ethan, deixava-me curiosa para saber o que era esse tudo. Não estava pronta para terminar a conversar, pois as últimas, e importantes, perguntas ainda viriam: seus pais e uma breve biografia.

Sobre a biografia, não sabia se iria contar com coerência, devido à bebida, mas pelo menos os pais eu gostaria de saber o que aconteceu com eles. Mas ai os pontos e o curativo já estavam prontos e unindo um pouco de suas forças, o jovem conseguia se levantar e deitar na cama. O que causou tanto ódio para com essa pessoa? Eu estava ficando preocupada com isso, mas não poderia culpá-lo. Ethan é uma criação do acaso. E se nos esforçarmos, o acaso irá nos favorecer... Mas no meu caso, parece que ele quer a minha cabeça em uma bandeja de prata!

Mas antes de dormir profundamente, depois de perceber que havia uma Pokéball extra na bolsa do gangster, Ethan lançava uma bomba, que após ouvir, caia para trás e minha sorte era que tinha uma poltrona ali. Nem os lençóis brancos da instalação me faria esquecer-se da última revelação do ruivo ferido: John, que a essa hora estava olhando em um relógio, esperando que eu apareça, era um apocalipse! O filho do sócio do meu pai é um gangster... E se não bastasse, Apocalipse... Meus olhos se arregalavam, querendo me induzir a socar o gangster na ferida para que ele acordasse e assim me contasse aquela história direito, mas o meu eu não me permitiria jamais fazer isso. Com tantas perguntas em minha mente, Serena sentava-se no meu colo e me fitava. Erguia a Pokéball e recolhia, para que ela dormisse.

Mas antes de continuar a reflexão, Isaac saia e espreguiçava-se. O Pokémon analisava o ambiente e quem estava ali. Não demorou em o gatuno exigir algumas explicações. Resumi tudo e ele agora queria ficar ali para ajudar na guarda, afinal, estávamos em um covil gangster. Isaac deitou em meu colo e eu olhei para cima, quando dei por mim, já estava dormindo...




Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Ter 04 Nov 2014, 02:37

O coração e a mente de Sakura entravam em conflito direto com tanta informação. Após responder rapidamente para Isaac os últimos acontecimentos e sentir o felino dormir com a cabeça em seu colo, mantendo-se atento e de guarda mesmo durante o sono, a morena se pôs a mirar o teto do quarto, tentando assimilar tanta informação. Sua mente girava entre a dúvida se devia realmente se render à curiosidade enquanto o ruivo parecia não se importar com isso para simplesmente (pelo menos) simpatizar com ela e decidir cuidar dela e a bomba lançada sobre sua cabeça. John, o filho do sócio de seu pai, o seu ex-colega de colégio que sempre gritava aos quatro ventos que seria seu marido, que lhe dera um pokémon de presente, considerado digno por ele e que estava esperando ser retirado na estação de trem, o mesmo que agora estaria furioso consigo por não ter aparecido para o jantar, era um Apocalipse...

Os olhos começavam a pesar conforme a mente desistia de tentar entender a confusão que se formara ou a aparente necessidade do destino de brincar consigo. Serena já estava em sua pokébola e o monstrinho guardado na quarta esfera de repente não tinha importância. A morena só sentia o mundo se esvair de sua consciência, assim como o controle sobre sua vida como Murphy sugeria, e mergulhar em um mundo de fantasias. Talvez seus sonhos pudessem ter mais paz do que sua realidade. Mas possivelmente não...

Terror Disney

Apesar do desconforto, já previsível após dormir sentada em uma poltrona, Sakura começava a se espreguiçar. Seu acordar gostoso no entanto foi brutalmente atacado pelo cheiro de peixe podre e a morena começava a expirar com força, tentando se livrar do odor desagradável. Quando tentou erguer a mão até o rosto, uma surpresa: não haviam mãos. Duas patas peludas lhe tocaram a face e o choque se formou após perceber que não pertenciam a Isaac, mas a si mesmas.

- Hey, tudo bem?

Mais choque ainda ao notar que apoiado na lata de lixo sobre a qual dormia, Isaac conversava consigo. O felino, literalmente, falava... Um pequeno pulo foi inevitável, assim como o virar da tampa da lata de lixo e cair no interior fedorento. Novamente no lixo... Isso com certeza era uma brincadeira de muito mau gosto por parte do Senhor Destino. Isaac, parecendo ser o mesmo de sempre, colocava a cabeça por sobre a abertura, novamente perguntando se estava tudo bem.

Sakura sacudia as patas que demorava a acreditar serem suas, mas que reagiam ao seu comando. Ao longe, mais vozes pareciam se aproximar, todas perguntando da noite e comentando sobre uma festa que terminara há pouco tempo. Receosa, Sakura ergueu a cabeça, vendo diversos felinos de rua se amontando e cumprimentando Isaac como se este fosse um velho amigo.

Ainda sem compreender o que havia acontecido e receosa de sair da lata de lixo, a Stylist mirou aos arredores, em busca de uma explicação e, durante a busca, encontrou algo que parecia um espelho velho. No reflexo, uma gata malhada lhe encarava, de dentro de uma lata de lixo e com ar assustado. Se aceitar como uma felina era incrivelmente difícil...

- Hey, galera, temos que seguir. Com a festa de ontem a doida lá daqui a pouco aparece. - Um gato grande e cinzento chamava o grupo, logo virando as costas e subindo no muro estreito.
- Vamos? - Isaac perguntou naturalmente e já começando a se apoiar no muro, claramente esperando por ela para continuar.


off: aparência da Sakura aqui.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Ter 04 Nov 2014, 10:11





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

 Os meus pensamentos estavam tão cheios que eu mal conseguia me apoiar direito na poltrona. E, além disso, quem poderia dormir com o cheiro de peixe na cara? “Pera aí! Cheiro de peixe?”. Erguia-me na poltrona imediatamente, mas não estava mais no quarto de Ethan, mas não tinha Pokémon comigo que sabiam Teleport e muito menos tinha uma habilidade dessas. Surpresa foi a minha quando percebi que minhas mãos estavam bem diferentes, peludas e cheias de movimentos aparentemente limitados, ao se comparar com mão normal. Engolia em seco e surpresa muito maior ainda foi ouvir Isaac conversar comigo. Ai sim eu comecei a pirar de vez.

Dentro de uma lata de lixo, começava a entrar em desespero e olhar para cima e falar para o Destino e o perguntar o que foi que eu fiz para merecer tudo o que tinha acontecido comigo até agora... Parecia que ele não estava a fim de me responder, mas eu estava a fim de obter respostas. Em um espelho no lixo, percebia que a minha aparência era idêntica a de uma gata de rua, o que me deixava sem reação mais ainda. Saia esgueirando-me da lata de lixo e vendo que diversos felinos passavam por ali e iam chamando um aos outros para uma festa.

Saia da lata e assim seguia andando pelo lugar e Isaac me chamava, já no alto do muro. Encarava o Pokémon ali e ele logo parecia compreender que eu estava um tanto quanto confusa. Eu não sabia se seguia o felino ou saia correndo gritando na rua pedindo ajuda. Mas levando em consideração que estava em forma felina, eu possivelmente seria morta atropelada ou seria mal tratada. Agachei um pouco no chão e tentei mirar o muro. Era alto, mas se eu era uma gata, poderia seguir para lá com facilidade.

Dito e feito. Um grande salto era dado, tão grande que não pude controlar. Ia para o alto e passava para o outro lado do muro. Não tinha muito controle, mas sentir aquele livre vento passar por mim e sentir que a gravidade falhava um pouco me deixava sentir uma boa sensação de liberdade. Mas logo percebia que ia me esborrachar do outro lado do chão, no entanto instintivamente as patas erguiam-se e tocavam o solo. Era estranho... Mirei novamente o muro, dessa vez ciente de que gatos tem um bom poder de pulo, e assim saltava para cima dele. Acompanhava Isaac para essa tal festa, mas principalmente para saber o que estava acontecendo.

- Que festa é essa? E melhor, onde estamos?




Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sex 07 Nov 2014, 16:56

Isaac ria e brincava com Sakura sobre seu desempenho para tentar subir no muro, comentários que foram contrariados com um muxoxo baixo, no qual a morena dizia que não estava acostumada como ele. O felino seguia pelo muro, liderando o caminho, enquanto a Stylist o seguia, questionando-o sobre a situação como um todo. Isaac conhecia bem as dúvidas da morena, afinal também as tinha e infelizmente não possuía nenhuma resposta. Sua vontade era de aproveitar o momento e simplesmente conversar, saber como Sakura se sentiu ao ser transformada em gata. Para ele era impressionante poder conversar tão livremente com a morena.

- Errrr... Não sei e também não sei... - Ele respondia de forma tranquila enquanto saltava do muro para uma lata de lixo tampada e depois para o chão, sem emitir um único ruído. A tentativa de Sakura não foi tão elegante ou silenciosa, já que ao sentir a lata estremecer sob si, a morena se assustou, derrubando tudo no chão. - Acho que vamos precisar treinar seus saltos... - Isaac comentava de forma brincalhona. - Mas isso depois, precisamos ir atrás dos outros gatos. Certamente será mais seguro do que sozinhos...

Ainda de cara um pouco amarrada pelas brincadeiras do felino, Sakura voltava a segui-lo. Correr com quatro patas se tornando seu novo desafio, mas esse superado até que com certa facilidade. O som de latidos ao fundo se tornando um forte motivador nesse quesito. Isaac parecia não se preocupar com os latidos e muito menos com o caminho. Apesar de não verem os outros felinos, o pokémon parecia saber exatamente onde eles estavam.

De repente, em meio aos prédios razoavelmente cuidados do bairro pobre de alguma cidade desconhecida, surgia um edifício abandonado. Pulando sobre pedaços de madeira podre e se enfiando por buracos apertados, Sakura de repente se viu no sótão, com vários instrumentos musicais abandonados e quebrados e dúzias de gatos, alguns tocando e outros dançando. Sem dúvidas era a tal festa. Sobre um piano velho, uma gatinha branca cantava faceira pela atenção, enquanto sobre as teclas dois filhotes, um marrom e um cinza, atrapalhavam o aparente astro.

- Pagamento. - Uma gata branca muito bonita exigia, interceptando Sakura e Isaac.
- Eles estão comigo, Duquesa. - Um gato vermelho respondia, se aproximando e colocando a pata sobre os ombros de Sakura.
- Não vou permitir que entre na próxima festa enquanto não colocar sua conta em dia Thomas.
- Tá legal princesa. - O gato estranho brincava, antes de se virar para Sakura piscando os olhos de forma a tentar seduzi-la. - Então gatinha, acho que nunca te vi por aqui antes, não é?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Sex 07 Nov 2014, 20:23





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

Ser uma gata por um dia era de algum jeito bem estranho. O pior era ter que andar de quatro patas, já que o costume era de ver as coisas do alto e não de baixo. Hora ou outra eu ensaiava a minha forma ereta, bípede, mas logo percebia que a estrutura do corpo era ideal para ser guiada com as patas no solo e não as balançando no alto. Isaac ria das minhas tentativas frustradas de dominar a arte do pulo, mas o pior de tudo era que nem mesmo o gatuno sabia onde estávamos. Achava aquilo bem estranho, o que deixou a situação como um todo sem respostas. E viver sem respostas me deixava um pouco desorientada...

O caminho foi um tanto quanto curto, sendo liderados pelos gatos da vizinhança. Isaac fazia questão de rir de mim sempre, mas aos poucos começava a dominar o correr e o andar, mas ainda tinha que tirar um tempo para poder saltar. Alguns latidos me deram ótimos motivos para poder correr, mas ainda assim acreditava que não estaria muito longe de chegar ao destino. Entres os prédios abandonados, as estruturas rachadas e o caminho um tanto quanto desolado, chegamos até um sótão onde a tal festa estava sendo realizava e minha surpresa foi tremenda.

Nunca havia visto felinos naquele tipo de confraternização. Eles pulavam e contavam com alegria, demonstrando grande habilidade com instrumentos – com uma exceçãozinha, que era dois felinos no piano. Uma gata alva cantava enquanto os outros dançavam e davam boas risadas. Quando dei dois passos para poder entrar, uma gata charmosa nos barrava de entrar, esperando pagamento, até um gato avermelhado surgir e nos liberar para poder seguir em frente. Aquilo foi até um alívio. Entramos ali com grande alegria, pelo menos até eu encontrar a real intenção do gatuno.

- Não sou bem dessa cidade... Na verdade, eu nem sei que cidade é essa! Chamo-me Sakura Mille e esse é o Isaac... – dizia pegando a pata dele que estava repousada no meu ombro e a tirando, empurrando de volta para perto do gatuno. – Agradeço a cortesia. – dizia me separando dele e me encostando mais em Isaac.

O gato vermelho me parecia muito com alguém, mas ao levar em consideração que eu era uma gata e estava realmente irreconhecível em comparação a minha forma humana, eu não iria lembrar quem era o felino que nos ajudou a entrar na festa. Minha mente estava fascinada com o que acontecia e nem queria saber o motivo daquilo tudo. Isaac estava tão animado quanto eu e assim eu empurrava o gato para o meio da pista de dança.

- Bem, já que estamos aqui, vamos nos divertir, não é? – sorria para o Pokémon cerimonioso. – Quem sabe você não arranja uma “gatinha” hoje. – sorria com gato...

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sab 08 Nov 2014, 22:10

- Bem gatinha, tomara que nos encontremos por aí antes de você voltar para sua cidade. - O gato vermelho chamado Thomas se despedia, enrolando seu rabo no de Sakura e bagunçando o da Stylist, antes de se afastar e cumprimentar um gato que parecia estar em uma espécie de bar.

A morena se afastava, rumo a pista de dança, junto com Isaac. Graças as luzes que piscavam, Sakura não viu o rubor nas bochechas do felino quando insinuou a possibilidade dele ganhar uma namorada. Ao som da música animada, apreciando a voz da gatinha que cantava de forma infantil e encantadora, com as luzes piscando, Sakura se entregava aquela festa. Não saber onde estava era assustador, mas a diversão parecia chamá-la. Olhando os outros gatos dançarem, a morena tentou imitar e, após uma duas quedas entre ela e Isaac, no qual os dois riam, o ritmo começava a ser dominado e os passos começavam a fluir com naturalidade.

Após um tempo na pista, Isaac chamou Sakura para o bar onde o felino lhes servira dois pires com leite. A porção exata para um gole somente. A situação toda era engraçada e surreal, porém estranhamente agradável. Rir com Isaac e entendê-lo era o mais fascinante. O gato, por sua vez, parecia se divertir realmente e o ambiente que claramente era uma violação à saúde pública parecia convidativo.

- CORRAM!!! A MALUCA CHEGOU!!!

O grito surpreendeu a todos e a música acabou no mesmo instante. De repente, os gatos corriam, fugindo pelas janelas e buracos. Isaac e Sakura seguiram o fluxo, fugindo sem nem mesmo saber do que, mas indo ainda mais rápido ao ouvir o som de um tiro e verem um gato caindo morto com a ferida de uma bala na cabeça. Sakura, antes de abandonar o prédio com Isaac e ocultar-se no prédio do lado, viu a gata branca que a barrara mais cedo parar por um segundo, mirando a rua, antes de fugir com os três filhotes.

- Venha gatinha! - Thomas chamava, ainda correndo, ao passar por Sakura e Isaac.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Seg 10 Nov 2014, 09:39





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

Aproveitava ao máximo aquela festa. Embora achasse tudo bem estranho e parecesse que estava tudo além do que eu já havia imaginado, dessa vez não estava preocupada em proteger a mim ou outras pessoas e nem muito menos estava torcendo para que cadetes não descobrissem que eu estava diante de um gangster. Estava tudo calmo, tudo fluindo bem. Sem preocupações. Sem medo. Sem angústia. Não que minha vida fosse só isso, mas tinha que pensar nisso para compensar a confusão de ser uma felina de rua. Conversar com Isaac também era bem prazeroso. O Pokémon era um pouco diferente do que eu imaginava. Pós-evolução, Isaac amadureceu espontaneamente e via agora como o gato era.

A festa fluía alegremente. Eu olhava para os lados e assim eu percebia que tudo o que estava acontecendo era curioso. Observava os demais felinos dançando e tentava imitá-los. Tinha dificuldades, mas Isaac me acompanhava nas minhas trapalhadas. Sorríamos juntos e assim demorava um pouco para pegar o jeito da coisa e logo nós dois estávamos bailando pelo ambiente e mostrando que sabíamos algumas coisas. A última vez que eu dancei foi com o meu pai, na adolescência. Ficava com os pés em cima dos pés dele e assim ensaiávamos uma valsa de debutante. Depois disso, nunca mais...

- Não é tão difícil, não é? – dizia piscando o olho esquerdo.

Nós dois fluíamos pelo lugar e íamos dançado de forma que parecêssemos livre. Isaac se adaptava melhor do que eu. Estava indo tudo bem, até começar uma confusão. No começo, achei que fosse uma briga de gato, comum em qualquer festa, mas depois eu percebi que era mais sério do que isso. Os gatunos pareciam que estavam ali correndo de algo. Eu arregalava os olhos e percebia que havia alguém perseguindo os gatos. Mas só notei a verdadeira seriedade da situação quando vi um corpo de um gato estirado no chão.

Minha primeira reação foi dá alguns passos para tentar ajudar, mesmo sabendo que não havia mais vida naquele corpo felpudo. Mas Isaac me barrou e me chamou para correr, que foi quando percebi que não poderia fazer mais nada por ele. Saia correndo, sendo levada pelo fluxo de gatos que ali estavam. Sabia que aquilo era um tanto quanto estranho, mas se fosse para salvar a minha vida, tinha que ir. Como uma verdadeira felina, saia correndo e pulando os lugares e janelas, como se naquele momento o instinto mandasse no corpo. Eu e Isaac refugiávamos no prédio ao lado e ofegante pedia uma ao outro para não se afastar, mas apenas com os olhos.

- O que foi isso?

Antes de ter a minha resposta, o gatuno que nos arrumou a saída aparecia ao lado e nos chamava. Eu e Isaac nos entreolhávamos e no fim apenas tivemos que seguir o caminho com o rubro felino, pois ficar ali poderia acabar não dando muito certo. Apenas alguns passos, que pareceram mais pulos, foram suficientes para acompanhar o gato avermelhado e assim nós o seguíamos.

- O que foi aquilo ali dentro?



Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Ter 11 Nov 2014, 12:12

A pergunta de Sakura morria no ar enquanto suas patas se esforçavam para manter o ritmo do felino avermelhado que lhes levava para longe. Há três quadras de distâncias pelo menos, Thomas parou de correr e olhou para trás, igualmente ofegante. As orelhas em pé e o andar vacilante, a procura de algum indicio de perseguição, no entanto não viram nada, fato que arrancou um suspiro de alívio dele e o imediato relaxar do corpo.

- Essa foi por pouco, não é? - Ele comentava já rindo e já virando as costas, voltando a caminhar, mas dessa vez com mais calma. - Vamos indo gente.

Sem muitas escolhas, Sakura e Isaac seguiram seguindo o outro gato. A Stylist repetindo mais uma vez a pergunta, ainda tentando entender como uma festa que estava tão divertida pode acabar em tiroteio e como a morte de um colega felino não afetara o vermelho. Isaac, por sua vez, mantinha-se ao lado de Sakura, demonstrando sua intenção de protegê-la a qualquer custo e, só talvez, por isso o outro não fizera nenhuma tentativa de flertar com a mesma novamente.

- Olha gatinha, eu não sei de todos os detalhes. Só sei que aquela era a antiga dona da Duquesa e que agora ela caça gatos. Se você quer sobreviver, aprenda a fugir dela o mais rápido que puder e para o mais longe que conseguir. Ela já disse que não vai parar. A promessa dela é se livrar de todos os gatos de rua que emporcalham a cidade. - Ele falava ainda andando com um pequeno rebolado, possivelmente indo para a próxima festa felina. - Então o que nos sobra é aproveitar enquanto ela não nos pega. Logo, esvazia a cabeça e bota esse corpinho pra dançar. - Ele encerrava piscando o olho e começando a cantar enquanto virava a esquina seguinte.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Ter 11 Nov 2014, 12:29





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

Caçadora de gatos? Não poderia estar em situação melhor, já que no momento era uma gata. Seguia pelas ruas, com passos velozes, cuja frequência poderia ser dificilmente medida. Eu observava tudo a minha volta e ainda assustada tentava pensar no motivo que levou uma dona querer matar o próprio animal de estimação, assim como todos os felinos em volta. Eu fiquei, de fato, assustada. Há poucas horas, ou sei lá quanto tempo, estava em forma de felina e essa era a primeira vez – depois do choque no começo – que senti falta do meu corpo humano. Possivelmente o motivo seria uma caçadora louca que estava atrás de mim...

Seguindo o gato avermelhado, ainda, eu pensava o porquê que ele não sentia remorso pela perda do companheiro felino. Até eu, que não conheço o felino, senti algo ao vê o seu corpo estirado no chão. Isaac permanecia ao meu lado e aquilo me deixava mais confortável, pois ele estava atento e sabia usar os seus instintos muito melhor do que eu. Não tinha escolha a não ser seguir o rubro gato, que cantava e parecia ir para outra festa felina. O seu conselho era bem ouvido, mas mesmo querendo, uma hora ou outra eu recordava do som do tiro e do corpo do felino no chão.

- Você parece já bem acostumado com as perdas... Será que não tem algum jeito de deter essa mulher? São suas vidas em jogo... nossas! Nossas vidas em jogo...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Qui 13 Nov 2014, 13:34

Ainda sem entender como a situação chegou a tal ponto, Sakura tentava obter informações do gato vermelho. Isaac ao seu lado lhe dava segurança para pensar na suposta realidade na qual a se encontrava. Acreditar que uma mulher de repente passava a caçar seus próprios animais de estimação e todos os seus semelhantes não era aceitável. A morena se recusava a simplesmente abaixar a cabeça sem ao menos descobrir a história por trás dessa realidade.

- Olha gatinha, as perdas são comuns. Tivemos sorte de ter sido só um dessa vez. Só nos resta aproveitar enquanto não somos nós. E sobre tentar impedir isso, Duquesa já tentou diversas vezes, mas desistiu quando Berlioz quase foi atingido. Ela pode ser irritante, mas é boa mãe.

O vermelho falava sem perder o rebolado, dando alguns passos para trás de vez em quando para se alinhar à Sakura, antes de retomar a liderança. A morena ainda tentava entender os fatos, porém, a julgar pelas palavras do vermelho, somente Duquesa poderia fornecer alguma informação real. Contudo a gata não se mostrou muito receptiva com estranhos, o que era muito compreensível. Sakura, entretanto, mais uma vez teve os pensamentos roubados.

- Istãããoooooo falando da maluca dos tchiros? - Um ganso de chapéu alto perguntou, claramente embriado.
- Ora tio Osvaldo, o senhor sabe que não é educado se envolver na conversa alheia. - Uma gansa branca de chapéu azul interceptava o ganso embriado justamente quando este tentava abraçar Sakura.
- Exatamente tio, venha, vamos indo para casa. - Outra gansa igualmente branca, mas de chapéu rosa, parava para pegar a outra asa do tio.
- Oras, meninas, vocês debem ajudar os extranhox... - Ele dizia, se atrapalhando nas palavras. - Duquexa não gostaria de xaber que não ajudamos um de seus gatos... - Ele complementava, ganhando a atenção da morena repentinamente.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Qui 13 Nov 2014, 13:54





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

O caminho que seguíamos continuava a se estender pela rua da cidade desconhecida. Isaac mantinha-se calado na medida em que eu tentava ganhar mais informações com o gatuno ruivo, mas no fim, eu só conseguia receber informações superficiais. Tratar assassinatos com naturalidade não é bem o meu perfil. Algo precisava ser feito, mas pelo o que eu entendi, entre as linhas, era que apenas a Duquesa poderia fazer algo, mas sempre dava opção em proteger os seus filhotes, o que eu concordava plenamente. Uma vida não justificaria a temporada de paz...

Seguia a rua e logo deparava com um gancho embriagado, que parecia estar bisbilhotando a nossa conversa. Eu olhei para o senhor gancho, com a cartola na cabeça, e fiquei um pouco intrigada com o senhor. Se não fosse pelas suas possíveis sobrinhas, ele tentaria me abraçar e não estava a fim de receber uma baforada de álcool na face. Mas algo importante era dito... Duquesa não tinha o mesmo pensamento do gato avermelhado, de que perdas eram comuns. Eu olhei estranhamente para o ganso que era levado e logo redirecionei a minha atenção para frente, mas Isaac se posicionou na minha frente antes.

- Não! Eu conheço essa cara e sei que vai tentar fazer algo. Não seria melhor nós não nos metemos? – dizia o normal.
- Como não? Temos que fazer alguma coisa e você já me conhece tempo suficiente para saber que eu sou persistente. Há exemplo de sua captura... – comentava com o gatuno. – Sr, eu gostaria de falar com a Duquesa. Talvez eu possa ajudar a ajeitar as coisas... – dizia para o gatuno.

Independente da resposta dele, iria insistir para que ele me levasse à Duquesa, afinal, se alguém conhecia essa maluca, esse alguém era a famosa gata que todos tanto admiravam, e sabia que não era pelo título dela...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sex 14 Nov 2014, 23:31

- Olha gatinha, eu já tentei ajudar, mas é inútil. No entanto, se quer falar com a Duquesa, é só vir comigo. Ela certamente estará na próxima festa. - O gato ruivo dizia, se afastando pouco depois ainda cantarolando e rebolando.

Isaac se aproximava, demonstrando claramente que não acreditava ser aquela a melhor decisão. Ao fundo, os três gansos se afastavam, as duas tentando acalmar o tio bêbado. Pouco antes de seguir o gato vermelho, Sakura olhou para as vezes, só neste momento percebendo a falta de penas na cauda do tio Osvaldo. Tentando não pensar no fato, a felina Stylist começou a seguir seu caminho.

Andar sobre quatro patas começava a não ser tão estranho, bem como ver o mundo por um ângulo completamente novo. A distância, no entanto, seguia parecendo maior e este fato fazia a morena cansar mais rapidamente. Após a adrenalina, seu corpo parecia ter relaxado e agora parecia pedir por descanso.

Não demorou mais do duas horas de caminhada para alcançarem um prédio na periferia da cidade. Novamente escalando por buracos e madeiras quebradas, a Stylist era barrada pela gata branca que exigia o pagamento da entrada. Por sorte, durante o caminho, o trio passou por uma lata de lixo e cada um pode entregar três sardinhas como entrada. A gata pareceu aceitar, liberando a passagem.

Sakura observava o lugar, reconhecendo vários dos felinos que dançavam anteriormente na outra festa. Nenhum deles parecia abatido pela perda. Os filhotes seguiam com as mesmas funções, dois atrapalhando os músicos e a gatinha se exigindo no canto, ganhando aplausos e claramente desfrutando da atenção. Mais ao lado, Sakura via Duquesa guardar o pagamento com outras comidas retiradas do lixo. Agora era uma questão de como se aproximar da gata?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Sab 15 Nov 2014, 12:02





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

O ruivo gato não acreditava que nada poderia ser feito, mas mesmo assim, mantinha a esperança de que no final, iríamos conseguir. Não sabia quase nada... Na verdade, não sabia nada! O que acontecia ali era fruto de uma realidade que estava distante da minha e até o momento não entendia porque estava fazendo aquilo e não estava desesperada por estar em um corpo de um felino. Talvez, ao se tratar de problemas, eu esqueço dos meus... Trágica mania! Apesar da reluta, o gatuno nos guiava, enquanto eu observava ao longe o ganso se afastar e percebo que na sua cauda faltava algumas penas... Mas logo seguir, sem pensar em mais nada, a não ser a vida dos gatos.

O caminho foi longo. Caminhar ali parecia difícil, ainda mais agora que não estava tentando salvar a minha vida. Embora fosse difícil, não desistia e observava tudo a minha volta. Isaac sabia que iríamos nos meter em confusão, mas confusão era o sobrenome dele, pelo menos quando ele era um Skitty. Ele amadureceu muito em uma única evolução. Eu seguia e esperava que Isaac me ajudava, mas isso nem precisava pedir, pois sabia que ele sairia bem. Apesar da condição semelhante, ainda era a dona dele...

Depois de passar por algumas latas de lixo, pegar algumas sardinhas, eu chegava até o local da próxima fez. Um lugar bem parecido com o anterior e naquele momento eu tinha algo para pagar a entrada: o peixe fétido. Apesar de saber que eu estava em uma festa bem mais longe do que a outra, eu via mais ou menos os mesmos gatos e assim me surpreendia ao ver os mesmos filhotes ali, como antes. Dois estavam atrapalhando o pianista, enquanto uma se exibia logo ali. Duquesa guardava a “grana” e naquele momento eu teria que me apresentar. Isaac olhou para mim, suspirou e assim fomos até ela.

- B-boa noite, Duquesa. Sou Sakura e esse é o Isaac. Somos novos na cidade e ficamos sabendo sobre o ocorrido. Não sabemos muito, mas queremos ajudar a evitar mais um chacina...

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sab 15 Nov 2014, 16:14

Após se aproximar de Duquesa, Sakura finalmente pode observar a bela gata. O pelo branco e impecável ressaltavam os olhos azuis e a coleira dourada, prova de que a gata não é um animal das ruas, mas forçada a agir como tal para viver. Isaac mantinha-se próximo de Sakura, a fim de ajudá-la em qualquer imprevisto. Sua linguagem corporal, no entanto, dizia claramente que ele achava melhor os dois se afastarem.

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 B1a5205dbba02b4eb71152db90172f8c-d5dztsx

- Quer ajudar? Então fique atenta. Se ouvir um cavalo relinchar e depois bater com o casco três vezes seguidas no chão, fuja e leve o máximo que puder consigo.

A voz da gata era fria e sofrida. Sakura não precisava perguntar para descobrir que a caçada era recente e que a felina ainda sofria com a traição de sua dona. Mais dúvidas surgiram e a sugestão da branca não ajudaria a resolver o problema.

- Mamãe não gosta muito de falar sobre a Madame... - O gatinho cinza que atrapalhava no piando dizia se aproximando de Sakura.
- Mamãe também não gosta quando falamos com estranhos Berlioz. - O outro filhote, dessa vez laranja, interrompia o irmão.
- Mas ela disse que queria ajudar Toulouse...

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Image_1068
Toulouse

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Berlioz_by_kaptain_kitty-d5o1klj
Berlioz

Os dois irmãos pareciam indecisos entre se aproximar ou não. Obedecer a mãe ou ajudar alguém que também queria resolver os problemas? Isaac mantinha-se atento, talvez tentando identificar o sinal que Duquesa descrevera e, assim, não ser pego de surpresa. Sakura, por sua vez, mirava os dois gatinhos, tentando se aproximar sem assustá-los.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Dom 16 Nov 2014, 12:45





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

A Duquesa era uma das mais belas gatas que eu já havia encontrado. Pelo alvo, olhos chamativos e uma pinta de raça, era o que se esperava de alguém que portava tão nobre título. Eu não deixava de olhá-la com meus olhos baixos e cheios de admiração, mas logo que sai do “transe”, eu percebi que a única ajuda que a Duquesa queria era a de recuar os gatos quando a maluca assassina de felinos chegasse. Parecia que o único meio de ajudar era fazer sobreviver o maior número de gatos...

- Você ouviu! – dizia Isaac, tomando razão.
- Mas isso não é certo. Eles sobrevivem, não vivem... – retrucava
- Sério?! – dizia de forma irônica.

Nesse momento, dois gatunos bebês se aproximavam interessados em meu pedido de ajuda. Um parecia querer contar o que sabia e vê se realmente poderia ajudar, já o outro começava a querer obedecer a sua mãe e não falar com estranhos. Embora eu concordasse com o segundo, precisava das informações do primeiro. Olhava e respirava fundo e assim aproximava dos pequenos.

- Olá, pequenos. Sou Sakura. Você é o Toulose e você Berlioz, certo? E então, será que vocês poderiam me dá algumas informações sobre essa maluca que monta um cavalo e sai matando gatos. Qualquer coisa que eu possa usar para poder ajudar vocês.... – perguntava aos dois.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Ter 18 Nov 2014, 11:18

- A Madame não monta a Frufru... - Berlioz começava após o pedido de Sakura.
- É, ela vem na carruagem atrás. - Toulouse seguia falando.
- A Frufru me deixava montar nela. - Berlioz retomava, claramente feliz com a lembrança e dando pequenos pulinhos no mesmo lugar.

Isaac deitava-se ao lado da Sakura, mantendo a expressão contrariada. O felino claramente preferia ir embora e manter sua dona viva, já que essa parecia a prioridade dos gatos. A Stylist sentia a vontade de seu Pokémon, porém estava mais preocupada em tentar fazer os filhotes se concentrarem no assunto, o que estava se mostrando um grande problema.

- Você não devia perder seu tempo fazendo perguntas para eles. É óbvio que uma dama como eu é a única que conseguiria contar a história de forma correta. - A filhotinha branca se aproximava e sentava-se com pose e arrogância, sem, no entanto, deixar de ser fofa.

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 RenderMarie

- Você não é uma dama, Marrie. - Toulouse protestava.
- Não era nem antes de sermos expulsos de casa. - Berlioz complementava.

A gatinha mirava os dois, ainda mais contrariada do que Isaac. Sakura simplesmente mirava seu Pokémon de canto de olho e percebia este a mirando. A expressão facial era facilmente legível. Mille não tinha dificuldades para notar que ele acredita ser uma total perda de tempo tentar extrair alguma informação dos gatinhos.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Ter 18 Nov 2014, 11:34





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

Os gatinhos tinham informações preciosas. Talvez eles já tivessem nascidos quando a dona da Duquesa resolveu se revoltar com o mundo e sair matando gatos. Mas como crianças, as informações e o foco no assunto eram sempre substituídos por uma brincadeira ou lembrança nova. Eu olhei para frente e logo percebi que seria complicado, mas eu tinha esperança que conseguiria. Isaac não partilhava da mesma fé, muito pelo contrário, suspirava alto e se deitava ali, claramente mostrando que não conseguiríamos nada com os filhotes, nem mesmo com a terceira, a Marie, que parecia um pouco mais exibida do que os seus dois irmãos.

- Calma ai, Isaac... Olá, Marie! Olha, que tal uma brincadeira? Cada um vai contar a história, começando por Marie, depois Toulose e por fim Berlioz. Cada um tem dez segundos para contar a história e, o outro, completa, lembrando-se de manter a harmonia, coerência entre as histórias contadas... Vão se repetindo até o final!

A brincadeira seria a melhor forma de conseguir alguma coisa com as crianças. Eles estavam todos reunidos de forma que não conseguiam se concentrar e se tem uma coisa que criança se concentra, é em brincadeiras... O lúdico poderia trazer informações sigilosas e dessa vez contrariar Isaac...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Qui 20 Nov 2014, 12:13

Os filhotes logo tinham sua atenção voltada para Sakura mais uma vez, completamente atraídos pela brincadeira proposta. Toulouse, o mais energético, começava a dar pequenos pulinhos no lugar, ansiando pelo começo. Isaac seguia deitado, mirando Sakura como quem prevê que isso também não funcionaria. Ao fundo os gatos seguiam cantando e dançando, enquanto Duquesa mantinha um olho sobre seus filhotes e a estranha curiosa.

M: Nós nascemos na mansão da Madame.
T: É uma casa muito grande!
B: E tem muitos lugares bons para brincar.
M: Eu era a favorita da Madame, depois de mamãe.
T: Mas eu era o pintor da casa.
B: E eu era o pianista.
M: Eu era a cantora. E cantava muito bem!
T: Muito bem mesmo, pelo menos na cabeça dela...
B: Ela conseguia fazer as janelas tremerem...
M: Isso não é verdade!
T: Eu já vi ela até quebrar um dos copos da Madame.
B: E do lado do meu piano!
M: Ele quebrou porque você toca mal!
T: E bota mal nisso!
B: Pior são suas pinturas!

E dessa forma Sakura assistia a sua ideia se dissipar na brincadeira. Os filhotes seguiam respeitando a ordem e falando por somente 10 segundos, no entanto o assunto era completamente dissipado. Isaac agora a mirava e ele não precisava verbalizar o "eu te avisei" para Sakura entender seus pensamentos. Às vezes havia menção de um rato que, aparentemente, vivia com a família e constantemente lanchava com eles, além da égua Frufru que, atualmente, era quem avisava a aproximação da tal Madame. No entanto nenhuma informação sobre o que ocorrera para a caçada ter início.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Sex 21 Nov 2014, 14:38





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

As coisas não estavam indo bem. Apesar da brincadeira dos 10 segundos estivesse dando certo no começo, não demorava em nada para que os gatunos se desconcentrassem e começassem a brigar, discutir e perder o foco. Já que era filha única, não sabia o que era aquilo, mas sabia que não era nada atraente ficar vendo irmãos brigarem. Isaac me olhava com aquela cara de “eu te avisei” e aquilo fazia os meus olhos se revirarem e por fim eu comecei a olhar para frente com um olhar mais fixo do que nunca para os felinos. Era hora de outra brincadeira.

- Ok, ok. Ok! Vamos lá, outra brincadeira. – dizia chamando a atenção dos pequenos. – Perguntas e respostas. Marrie, por que a madame se revoltou com a duquesa e os gatos? Toulose, por que a Duquesa é a única que pode deter a madame? Berlioz, Frufru é confiável? – perguntava aos três.

Embora soubesse que era difícil comunicar com os gatinhos, tinha que prender a atenção deles ao máximo e não dá espaço para que eles perdessem o foco. Eu queria acima de tudo saber o que estava acontecendo para poder ajudar. Aqueles gatos tinham o direito de viver em paz...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Sex 05 Dez 2014, 13:04

Apesar do primeiro plano não funcionar como o desejado, Sakura não desistia e voltava a chamar a atenção dos filhotes para si, propondo outra brincadeira. Isaac se atirava de lado no chão, ficando completamente deitado e, com isso, reforçando sua ideia de que aquilo era perda de tempo. Entediado, o pokémon usava a pata para dar pequenos tapinhas na orelha de Sakura, claramente brincando com ela.

- Por pura inveja! - Marrie respondia à primeira pergunta rapidamente.
- Porque ela é a gata da Madame. - Toulouse respondia à segunda pergunta, dando de ombros como se afirmasse que a resposta era muito óbvia.
- Claro que sim! - Berlioz complementava com a última resposta, quase que pulando no mesmo lugar e obviamente querendo vencer os jogos.

Sakura mirou os três, após sacudir a cabeça um pouco e, com isso, falhar na tentativa de fazer Isaac parar com os tapinhas que começavam a incomodar. A mente da stylist-felina percebendo que, apesar de começar um novo jogo, os filhotes ainda se detinham à regra dos 10 segundos e, por, isso, as respostas eram tão curtas.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Sex 05 Dez 2014, 15:38





Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

Apesar das respostas curtas, claramente mostrando que os gatinhos queriam saber apenas de jogar, eu apenas fiquei entediada com a tentativa de Isaac tentar tirar um tempo batendo em minha orelha, que agora eu percebi ser bem grande. De fato, os bebês gatinhos estavam em uma condição bem complicada de admitir respostas. Eu suspirei e tentei pensar em alguma coisa para poder ter um bom plano, mas inveja não era um motivo consistente para causar uma briga daquele nível. Ou seria? Eu olhei ao redor e logo reparei os gatinhos, ansiosos por continuar a brincadeira, mas eu havia desistido já.

- O que foi? Tão cedo... Das outras vezes, você persistiu mais... – ironizou o Normal.
- É... Mas eu já tenho o que procuro... – sorrir para Isaac, levantando um sinal de dúvida em sua cara. A curiosidade parecia corroer o gato e agora ele queria saber o que eu tinha em mente.

Deixei os gatinhos brincando, ou brigando, ali no canto e voltei a minha atenção para a festa até o gato ruivo que me trouxe até ali. Com alguns pulinhos, cheguei até perto do gatuno e ali Isaac me acompanhava, insistindo em saber o que eu estava planejando.

- Olá, sr. Thomas. Preciso de um favorzinho seu... Tem como me levar até a Frufru?
- Are you crazy? Você sabe que essa tal Frufru está perto da maluca que assassina gatos? E que você é uma gata? – protestava Isaac.
- Er..Sei... Mas o sr. Thomas não tem informações para nós, a Duquesa não quer compartilhar e como você adivinhou, os gatinhos não vão colaborar. O que nos resta é perguntar para a Frufru, que sabemos que é de confiança, não acha? Talvez o problema dessa maluca seja que se esqueceu de tomar remédios, não acha? - dizia sorrindo.
- O que eu tenho que fazer para você desistir? – perguntava o Normal, mas ao vê a minha cara negativa, ele suspirou convicto que raramente eu iria voltar atrás. – Ok...


Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Alice em Seg 08 Dez 2014, 17:25

Enquanto Isaac esperneava tentando retirar a ideia da mente de Sakura, Thomas a mirava com ar meio perdido. Uma pata era esfregada atrás da cabeça, enquanto contrariado ele parecia procurar as palavras adequadas. A stylist, por sua vez, estava determinada a conversar com Frufru e, assim, tentar descobrir o que havia acarretado o caos que os felinos vivenciavam.

- Não é que eu não queira ajudar gatinha, mas realmente não sei onde a Duquesa morava antes.

A morena abaixava a cabeça cabisbaixa pela informação, procurando alguma solução para ir até Frufru. Isaac comemorava, erguendo as patas e agradecendo ao destino por ter colaborado e a mantido em segurança. Thomas, no entanto, não parecia feliz em ter causado a tristeza na felina.

- Mas conheço alguém que poderá ajudá-la.

A expressão de Isaac era impagável. Sakura não resistiu ao ato de fechar a boca do Pokémon e lhe sorrir de forma vitoriosa. Ambos passaram a seguir o gato rubro, se afastando um pouco da festa. Sakura não podia evitar ficar ansiosa, mirando cada felino pelo qual passavam a procura de quem quer que Thomas iria lhe apresentar.

- Gatinha, este é Roquefort. - Os olhos de Sakura demoraram alguns segundos para encontrar o ratinho próximo da parede. - Ele morava com Duquesa e os gatinhos na mansão da Madame, poderá levá-la até Frufru.

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 3e78261ad74e7de66dfff59ecd1b14f2

- Voltar? - Roquefort começava a gaguejar, claramente insatisfeito pela missão designada.

- Isso mesmo Roquefort. Sakura quer ajudar e, para isso, precisava falar com Frufru...

- Frou Frou... - Roquefort corrigia no automático, mas ainda claramente insatisfeito com a missão.

- Que seja... A questão é que não há ninguém melhor do que o rato da casa para ajudá-la a entrar sem ser vista. - Thomas dizia, vencendo qualquer argumento do ratinho e o deixando sem opções.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Sakura Mille em Qua 17 Dez 2014, 11:19

Off: voltando aos poucos ^^'




Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!  

De antemão, fiquei decepcionado ao saber que o rubro gato não conhecia onde a Duquesa morava e, concomitante, não sabia onde Madame residia e por isso, nada da “Frufru”. A minha decepção fora visível, afinal, eu estava diante da estaca zero do problema. Como poderia ajudar aqueles gatinhos se nem ao menos tinha pista do que havia acontecido? Respirei ofegantemente no momento em que ouvi a resposta, e talvez ouvisse Isaac torcer por não ter mais ajuda. Engano dele se achasse que eu havia desistido.

Mas logo a situação mudou, quando o gatuno me disse que conhecia alguém que poderia ajudar. Já feliz novamente, começamos a andar pela festa e surpresa foi a minha ao perceber que se tratava de um ratinho pequenino que logo ali no chão me encarava com os seus grandes olhos. O tremor do pequenino roedor era perceptível ao perceber que teria que voltar para a casa da Madame, mas eu não tinha muitas escolhas e se tudo desse certo poderia voltar bem para casa. Eu olhei para baixo e depois de algumas trocas de palavras, Roquefort começava a nos guiar para a casa da Madame.

- Roquefort, eu agradeço muito a sua colaboração. Espero poder compensar, mas gatos não possuem grandes coisas. – dizia com um sorriso bobo e sem graça na cara. - Como você morou lá, você não saberia dizer o que aconteceu para que essa Madame se rebelasse com os gatos, inclusive com a sua gata? – tentava puxar conversa com o roedor, enquanto Isaac vinha com sua audição atenta a qualquer fragmento de silêncio.

Sakura Mille
Sakura Mille


Voltar ao Topo Ir em baixo

Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões! - Página 2 Empty Re: Chermont City: o encontro, novos cursos, a primeira apresentação e muitas confusões!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum