Pokémon Shinki Adventures RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Ter 28 Out 2014, 17:05

Indignada com a descrença de Kate sobre seu potencial, Amore salta do ombro da Armagedon e começa a correr por entre as casas, invadindo casas e ruas, usando seu Attract em diversos pokémons. A esquila parecia usar toda sua velocidade, arrecadando cada vez mais monstrinhos para seu ataque.  A adolescente assistia dezenas de pokémons surgirem, dessa vez mirando carros e casas também, todos enfurecidos.

- Vamos precisar de reforços!

Um dos cadetes chamava no rádio da viatura e Kate sorria perante isso. A confusão ainda era pequena, porém começava a aumentar. Os civis tentavam controlar seus monstrinhos, sem muito sucesso. De dentro de diversas casas, mais pessoas surgiam com o efeito zumbi de Haunter, todos dignos de serem chamados para o cinema pela perfeita atuação.

Poochyena, em determinado momento, chamou Kate, a alertando para a falta de pessoas aparecendo das casas seguintes. Intrigada, a adolescente seguiu seu cão pelo melhor caminho até a última casa de onde saíra um "zumbi". Ao entrar no lugar, com todo cuidado para não ser vista, Kate encontrou o ambiente vazio e Haunter deitado no meio da cozinha, com duas garrafas de vinho vazias e já cantarolando, completamente vermelho.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Ter 28 Out 2014, 17:21

Amore saltou do meu ombro e começou a correr, algo raro vindo dela... Geralmente ela faz manha e quer ser carregada. Espero que ela fique bem e não se meta em confusões, não sei até onde ela é capaz de se cuidar sozinha, embora tenha escravos por ai... No entanto, isso tem seu lado bom, já que ela fez mais escravos em pouco tempo, os ataques começavam a ficar mais violentos e as casas também eram alvos.

Sorri quando ouvi um cadete pedir reforços. A confusão estava começando a aumentar, o que era muito bom. Haunter continuava “zumbizando” as pessoas, que agiam tão perfeitamente que só faltava morderem uns aos outros para me sentir dentro do Resident Evil.

Fico assistindo com um meio sorriso, quando Poochyena me chamou. Ele estava certo, reduzia o número de pessoas zumbizadas, na verdade, pararam de aparecer depois de uma das casas. Vou com ele até lá, verificar se Haunter estava bem. Eis que tenho uma surpresa, infelizmente negativa: Haunter estava bebendo...

-Haunter, o que você está fazendo?

Digo baixo, mas já tirando as garrafas dele. Poochyena rosnou para ele, também indignado. Haunter, no entanto, tentou pegar a bebida de volta.

-Missão primeiro, bebida depois. – Digo, mas ele não parecia querer me ouvir, tentando pegar a garrafa de novo. – Quanto mais zumbis você fizer, mais vai poder beber. – Isso ele ouviu e os olhos dele brilharam de espectativa, mas ele ainda estava perto... – Eu, Amore e a Spearow que ainda está nos seguindo. NÃO contamos!

Ele ficou meio emburrado, soltando um arroto perto de mim e me deixando enjoada. Depois vou revirar essa casa atrás de enxaguante bucal e balas de menta... Bom, ele sumiu e voltou a trabalhar, me deixando sozinha dentro da casa... Só com Poochyena aqui... É tentação demais, não posso resistir! Começo a verificar a casa, atrás de itens que pudessem ser interessantes, sabe? Depois de esvaziar a casa do que tiver de valor e utilidades, vou abrir o gás e sair da casa, esperar uns minutos, até que “acidentalmente” vou jogar um fósforo acesso lá dentro e fazer “sem querer” uma explosão... Ops. Espero que os cadetes vejam isso.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Ter 28 Out 2014, 18:18

Haunter logo sumia da casa, a fim de conquistar mais zumbis e, por consequência, mais garrafas de bebida. Não demorava muito tempo para todas as casas de ambos os lados da quadra estarem vazias. Três quartos dos civis zumbizados e o restante em pânico gritando por ajuda. Os pokémons da região por completo atacavam todos que não estivessem zumbizados.

- Mirem na cabeça, NA CABEÇA! - Kate ouvia um cadete em pânico gritando.

Já no andar superior, a adolescente via pela janela cada vez mais viaturas surgirem e o tumulto crescer. O caos agradava a jovem e o acréscimo de cadetes na região também, por mais que isso soasse estranho aos seus ouvidos. Gostar de cadetes na rua em que se está roubando nunca pareceria lógico...

Vasculhando a casa rapidamente, Kate encontrou na cozinha diversas panelas, frigideiras, talhares, facas de cozinhas, comida enlatada e louça no geral. Na sala a adolescente encontrou um celular abandonado, blocos de notas, canetas de diversas cores, cadernos e o livro Como Viver Saudável sobre o sofá. Sem perder tempo, a menina revirou as gavetas do escritório, encontrando um notebook ligado sobre a mesa, diversos cds de músicas clássicas e livros técnicos sobre Economia. No quarto, um roupeiro cheio de roupas femininas, calças, vestidos, sapatos, camisas, óculos, chapéus e, o mais interessante, joias. A maioria eram bijuterias baratas, no entanto, em um estojo, Kate encontrou um colar e brincos de rubis originais que reluziam.

Após pegar o que lhe interessava, a adolescente saiu da casa, deixando o gás ligado. Após 10 minutinhos, um fósforo foi riscado e jogado no interior. Não demorou para uma explosão preencher o ambiente, chamando a atenção de todos. Mais gritos foram ouvidos e os cadetes logo chamavam os bombeiros e ainda mais reforços. Kate sorria.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Ter 28 Out 2014, 18:45

Haunter deve estar batendo o tempo recorde de pessoas hipnotizados a julgar pelo barulho do lado de fora... Quanto mais casas vazias, melhor seria pelo menos. Poderia roubar mais algumas coisinhas sem ser notada. Quem vai reparar numa adolescente quando se tem vários zumbis do lado de fora?

Ouvi um cadete gritando em pânico para mirar na cabeça. Okay, agora é oficial, estou me sentindo em The Waking Dead... O número de viaturas crescendo era animador e me permiti sorrir. Mais caos e mais cadetes se juntando a festa. Tá, querer cadetes quando se está roubando uma casa é ilógico, mas em quem eles vão prestar atenção: Zumbis, ou numa adolescente? Se a resposta não for os zumbis, então tem algo errado nesses cadetes...

Mas vamos parar de divagar e ver o que os moradores simpáticos desta casa tem que pode ser útil...

Cozinha não tem muita coisa, mas levo uma faca de cozinha e uma frigideira. Da sala, não tem lá muita coisa... Só peguei o celular e deu. O escritório foi mais lucrativo, já que agora tenho um notebook, mas além dele e do carregador, não levei nada. Do quarto, as roupas que serviam em mim foram todas pegas, junto com os brincos de rubis. Zumbis não precisam disso.

Saí com um sorriso no rosto, satisfeita pelos rubis e aparelhos, além de algumas peças de roupas extras. A explosão preencheu o ambiente e vou para outra casa vazia, mas com alguma distancia dessa. Vou também levar o que achar de valor e explodir essa também. Talvez eles tenham alguma carteira esquecida, quem sabe? Dinheiro não é muito valorizado em mundos pós-apocalipsticos mesmo. Hellhound continua do meu lado, cuidando da nossa proteção, enquanto Spearow continua no meu ombro.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Ter 28 Out 2014, 19:27

Kate invadia a casa seguinte com um sorriso estampado no rosto. Infelizmente não roubara muitos itens da casa anterior, principalmente no quesito roupas. A dona da casa parecia ser um pouco maior que a adolescente e poucos itens lhe serviram. No entanto outros itens compensavam e muito este fator, sobretudo as joias de rubi.

Haunter seguia hipnotizando cada vez mais pessoas, porém alguma coisa começava a dar errado... Kate foi obrigada a parar de investigar a casa seguinte quando avistou um cadete dançando Ballet com um civil. Haunter começava a se atrapalhar no comportamento que deveria instigar e a situação deixava de ser dramática para ser cômica. No entanto as viaturas seguiam chegando e a menina optava por se acelerar.

Na segunda casa, a menina encontrava uma filmadora digital, três oran berries em um cesto na cozinha, alguns casacos grandes demais para o corpo da adolescente, um violino, hidratantes de corpo, um sino, uma gaita de fole, alguns band-aids, cinco remédios para dor de cabeça, uma câmera fotográfica e um ipod. Com certeza era uma família mais tecnológica que a anterior...

Após pegar os itens que lhe interessava, Kate providenciou a explosão daquela casa. Os gritos na rua aumentavam e, pouco antes de deixar a casa, Kate percebeu que já eram mais de 14h. Tinha menos de uma hora para atrair mais cadetes. O número atraído era gigantesco, mas a jovem poderia melhorar esse número...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Ter 28 Out 2014, 19:57

Vou para a próxima casa com um sorriso no rosto. Infelizmente a mulher que morava na anterior não tinha muitas roupas que me servissem, mas as joias de rubi compensaram isso. Também sai com algumas calças a mais, já que a minha o Meowth do Zangadinho tinha rasgado, mais algumas camisetas e um vestido. Não sei pra que vou usar aquele vestido, mas nunca se sabe.

Por mais feliz que eu estivesse com as joias, não existia nada que não pudesse ser esquecido perante a imagem que vi. Um cadete e um civil dançando ballet... Haunter estava começando a se atrapalhar e, no meio do drama e terror, surgia comédia. Só pude fazer uma única coisa a respeito: parar para filmar aquilo com o celular roubado, para depois colocar no Youtube.

Poochyena me apressou e não filmei por muito tempo. Era hora de verificar o que tinha de valor na segunda casa. Encontro algumas coisas boas, como a filmadora digital, as Berries, um dos casacos que parecesse servir melhor, os band-aids, os remédios, a câmera e o Ipod, procurando também os carregadores de cada um. Depois fiz mais um cabum. Devia ter capturado um Voltorb, eles seriam úteis aqui...

Vejo que o número de cadetes está bom, mas em uma hora talvez pudesse fazer mais alguns estragos... Começo a procurar uma casa maior, que fosse de alguém mais afortunado e que estivesse vazia devido os zumbis. Vou ver o que tem de valor para “pegar emprestado” e nunca mais devolver, ligar para os cadetes usando o telefone da família, gritar histericamente pedindo socorro, um grito final enquanto Poochyena destrói o telefone, pra depois cabum nessa casa também. Estou me sentindo uma Apocalipse invés de uma Armagedon... Mas vamos lá!
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Qua 29 Out 2014, 16:39

Após filmar a cena mais estranhara que já vira em sua vida com o celular roubado, Kate voltou a vasculhar a casa, pegando tudo aquilo que considerava útil e a explodindo logo depois. Os bombeiros, não muito longe, tentavam afastar os zumbis e ainda não tinham conseguido apagar o fogo da primeira casa. O pior era que, além de gente querendo derrubar o caminhão e atacar os bombeiros, havia zumbis que tentavam beijar o carro e um que inclusive entregava um buquê de flores para o veículo. Kate foi obrigada a parar e mirar a cena de um lugar seguro. Haunter realmente estava se atrapalhando...

Tentando não se distrair novamente, a adolescente entrava na maior casa que encontrava. Esta não era muito maior que as demais da região, mas mesmo assim parecia ter uma condição um pouco mais favorecida. Dentro do lugar, Kate se desesperou ao ver o cadete que enfrentara mais cedo. No entanto o medo logo sumiu ao vê-lo de avental e saltitando pela sala, arrumando-a. Os pokémons do oficial possivelmente estavam sob o attract e atacavam a região. Amore, sentada no sofá, comia sorvete enquanto assistia televisão e, ao avistar Kate, acenou tranquila.

Kate pensou por dois segundos, mas quando Zangadinho saiu do lugar e foi para a rua bater um tapete, a adolescente começou a revirar o lugar, encontrando guitarras, baterias, tambores e bongo, além de barracas, isqueiros, cigarros, sacos de dormir, cobertores de inverno, 2 cordas de 10 metros e 5 pítons. Certamente era alguém que gostava de música pesada e de acampar que morava naquela casa... A cozinha era repleta de comida enlatada e nas gavetas Kate encontrou cinco abridores de lata. O motivo para tantos seria um eterno mistério... Mas não tão grande quanto o fato de na parede da sala estar pendurada uma rede de pesca. Contudo o melhor achado na opinião de Kate era a carteira com 300Pk$ que estava sobre a mesa de centro na sala, perto do sorvete de Amore.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Qua 29 Out 2014, 19:39

Escuto os bombeiros ainda tentando apagar o fogo gerado pela explosão da primeira casa, mas eram atacados por zumbis enquanto o caminhão, aparentemente, recebia declarações, beijos e flores. A cena era bizarra demais para ser ignorada... Haunter nunca mais vai beber durante uma missão, olha só a confusão que ele está fazendo! Pedi zumbis, não bailarinos e amantes de caminhões! Depois dou uma bronca nele...

Volto a avançar, indo para a casa maior. Não tinha lá muita diferença, mas não dava pra reclamar. Levei um bruto de um susto ao ver o Zangadinho dentro da casa, mas após ver que ele usava avental e ficava saltitando, parecendo uma dona de casa feliz, comecei a bater fotos dele usando o celular roubado. Claro que isso vai para internet. Amore comia sorvete, sentada no sofá.

-Foi muito bem.

Digo para ela, elogiando o trabalho dos escravos dela. Amore sorriu, orgulhosa de si mesma, aparentemente dizendo que eu não devia esperar menos do melhor dela, antes de se voltar para a TV e o sorvete.

Começo a revirar a casa, aproveitando enquanto Zangadinho está fora. Seja lá quem mora aqui, gosta de música e de acampar... Antes que eu pudesse verificar o que mais havia ali, Haunter surgia na minha frente e arrotava... Acho que perdi totalmente meu sentido de olfato agora...

-Haunter, para de brincadeira e ajuda.

Digo séria, enquanto deixo o rosto perto de uma janela aberta e sinto o vento afastar o mau cheiro. Haunter está totalmente bêbado e, ao ver que começo a procurar itens e colocar alguns na mochila, começa a me “ajudar”.

O que eu levo: duas tendas, os isqueiros, mais dois sacos de dormir, três cobertores de inverno, as duas cordas, as pítons, além de algumas comidas enlatadas (não sei por quanto tempo posso abusar do hotel, então vá que...) e dois abridores de lata. Não sei quem precisa de cinco, mas como a casa vai pros ares, então ninguém vai reparar em dois a menos. Também pego o dinheiro que estava na carteira.

O que Haunter pega: o bongo, algumas fotos e fio dental... Pelo menos fechado. E tentou pegar a bateria, mas ele não consegue levantá-la muito bem, o que agradeço. Depois penso no que fazer com o bongo. Hellhound choraminga ao ver o instrumento, e já até sei que ele tem medo disso perto de mim e de Haunter embriagados, mas não é hora de temer acontecimentos futuros.

-Haunter, consegue hipnotizar a dona de casa e fazer ele ligar para os cadetes, pedindo socorro, e depois explodir as casas em que ele for entrando?

Pergunto. Após um soluço, ele concorda e vai até o Zangadinho. Ele que se explique para os cadetes e arrume um jeito de explodir as casas. Chamo Amore e ela logo sobe em meu ombro, conseguindo um olhar desconfiado de Spearow. Assim que Haunter volta e vejo o Zangadinho indo fazer uma ligação, retorno meu fantasminha favorito e saio da casa. Ainda me escondo nas sombras, talvez seja hora de voltar para o hotel...
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Qua 29 Out 2014, 23:25

Munida com itens úteis e outros nem tão úteis, Kate batia as últimas fotos do cadete que adorava irritar antes de assistir Haunter fazer seu trabalho. O pokémon claramente avermelhado flutuava em direções aleatórias, parecendo ter dificuldades em seguir um caminho reto. A adolescente somente observava reafirmando a ideia de afastá-lo de qualquer bebida durante as missões.

O cadete, completamente hipnotizado, gritava histericamente no telefone, antes de arrancá-lo da parede e explodir a casa. Novamente nos becos, Kate observava diversas casas explodindo por obra do cadete-dona-de-casa-zumbi. Confiante, a mornea pegou seu celular roubado, admirando as fotos batidas e imaginando a expressão do cadete quando as visse na internet. Um sorriso travesso se formou na face, porém logo Poochyena latia, a chamando para longe.

Sem querer contar mais com a sorte, Kate se afastou pelos becos que usara para chegar ao bairro, deixando a confusão se sustentar por conta. Longe o suficiente, Kate retirava suas luvas, a touca e a máscara, ainda descrente por todos os itens adquiridos sem nenhum empecilho. O som de mais uma explosão chamava sua atenção, porém esta agora vinha do centro da cidade. Uma batalha se iniciava lá e o tempo de Kate para afastar os cadetes acabara. Agora era hora de outros Armagedons agirem, em busca de algo que a morena desconhecia.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Qua 29 Out 2014, 23:40

Fico munida com diversas fotos do Zangadinho. Meu sorriso, provavelmente, devia parecer com o sorriso do gato do filme Alice no País das Maravilhas, mas logo miro Haunter flutuando de forma desengonçada. Definitivamente, ele não devia beber nas missões...

Bom, agora que o Zangadinho está espalhando caos e confusão, destruindo várias casas. Quem diria que um Cadete-estressado-dona-de-casa-zumbi podia ser tão perigoso... Olho novamente as fotos, forçada a adicionar “incrivelmente cômico” a lista de adjetivos. Será que ele vai berrar da mesma forma que berrou, após meu recadinho? Sorrio com a imagem que se formava em minha mente, quando Poochyena me chama. Realmente, tenho que sair daqui antes que seja vista...

Me afasto do bairro, retirando os itens que comprei no mercado e passando os dedos no cabelo, mais o bagunçando do que qualquer outra coisa. Achei muita coisa até que interessante, mas a distração foi muito útil para me dar mais sucesso nos furtos. Com sorte, ninguém nem viu alguém de toca e mascara perambulando por ai. Uma explosão chama atenção, mas não vem do bairro Sonatha, o que me deixa intrigada. Porque eu devia criar a confusão e o que os outros estariam fazendo, não faço a mínima ideia, mas tampouco quero me meter no meio de uma batalha.

Olho para o trio que está me acompanhando. Poochyena, Amore e Spearow, Haunter na Pokébola já roncava. Começo a caminhar em direção à padaria. Prometi doces, então cada um que está pelos doces vai ganhar dois saquinhos, e só por um tempo. Não preciso de Pokémon com diabetes ou obeso. Eles vão poder comer assim que chegarmos ao Kazumi Hotel.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Qui 30 Out 2014, 13:27

Sem usar mais as luvas, a touca e a máscara, Kate saia dos becos e se afastava do bairro Sonatha, sem chamar a atenção. Os gritos atrás de si, no entanto, chamavam bem menos sua atenção do que a explosão mais a frente. Contudo a curiosidade por descobrir o motivo da confusão e o que se passava no centro da cidade eram infinitamente menores do que o desejo de se envolver em uma batalha.

Ao som dos roncos de Haunter, Kate se dirigia rapidamente para a padaria, comprando seis saquinhos de doces. Com o caos na cidade, a atendente foi incrivelmente rápida e nem ao menos tentou empurrar mais itens para a adolescente. Gastando somente 150Pk$, Kate já retomava seu caminho até o Kazumi Hotel. Spearow, Amore e poochyena saltitavam em cima e ao redor da adolescente, querendo seus doces. Entretanto a morena foi firme, dizendo que eles receberiam sua recompensa na segurança do hotel, onde poderiam desfrutar sem correr o risco de alguém tentar roubá-los.

-150Pk$
+6 Saquinhos de doces

Sendo apressada pelo trio, Kate chegou rápido ao hotel. No saguão, o gerente rapidamente deu um envelope para a garota com o pagamento e a mandou descer rapidamente. Aparentemente ele esperava um verdadeiro caos em breve para o hotel e a morena podia imaginar muito bem o que aconteceria. Com o ritmo das explosões, a adolescente previa muitos gangsters feridos chegando por tudo quanto é lado... No quarto, contudo, e já em cima da cama, Kate abria o pacote desconfiada, olhando as notas do pagamento a espera de alguma nova missão no meio, ficando satisfeita ao perceber que só tinha o dinheiro. Spearow, Amore e Poochyena devoravam seus saquinhos de doce, acabando com eles em questão de segundos e já mirando a garota a pedido de mais.
-6 Saquinhos de doces

Missão concluída com Sucesso
+ 2,000Pk$

Poochyena recebeu 1733 de Exp e upou 4 leveis
Poochyena aprendeu Bite

Amore recebeu 1333 de Exp e upou 2 leveis
Amore aprendeu Spark

Haunter recebeu 1333 de Exp e upou 3 leveis
Haunter aprendeu Curse

ficha sendo atualizada
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Qui 30 Out 2014, 14:07

A compra foi bem rápida, mas era de se esperar. Pela confusão que estava rolando, acho que ninguém iria esperar que chegasse uma pessoa pedindo saquinhos de doces... Bom, pelo menos pude ir mais rapidamente para o hotel, embora os meus “queridos” Pokémon ficassem me apressando quando falei que iriam poder comer quando chegássemos lá e estivéssemos seguros.

Quando cheguei no saguão, recebi um envelope e desci para o subsolo. Não reclamei. Imagino que em breve vai chegar vários gangsteres feridos e o local ficaria amontoado, seria caótico. Já preenchi minha cota de caos por hoje. Nada melhor do que estar no “meu” quarto depois de um longo dia de “trabalho”!

Me jogo na cama, contando o dinheiro e esperando uma nova missão, mas desta vez, era só dinheiro mesmo, para minha felicidade. O trio esfomeado terminou os doces tão rápido que chegou a dar medo... Sério, terminaram em segundos!

-Agora vão ter que esperar a confusão lá fora terminar.

Digo séria. Poochyena aceitava mais facilmente, o que era bom. Ele já devia saber o que estava acontecendo. Amore e Spearow ainda protestaram.

-Comam mais devagar da próxima vez. Amore, doce demais engorda. Spearow, mais doces só pra quem for da equipe.

Comento, me mantendo firme. Amore parou para analisar a si mesma, agora lembrando-se das calorias que estava ingerindo sem parar. Poochyena revirava os olhos, antes de pular e deitar na cama. Não sei o que Spearow vai fazer, mas quero repor o sono perdido, então logo pego uma bebida, para desagrado do Hellhound.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Sex 31 Out 2014, 14:59

Kate se atirava na cama, após contar o dinheiro e dar alguns ultimatos sobre os doces. Amore se mirava no espelho, de frente e de perfil, alisando a barriga e se certificando de que tudo estava em seu devido lugar. Poochyena rosnava para a garrafa de bebida que acompanhava a morena até a cama, claramente descontente com isso, mas logo pulava para o colchão e enrolava-se ao lado das pernas da adolescente. Pelo canto do olho, Kate via Spearow remexendo sua mochila e, para sua surpresa, a ave entrava em uma das pokébolas, saindo somente após a captura ter se confirmado. A voadora agora abria as asas, revelando que queria seus doces por direito. Ao som dos roncos de Haunter e ainda incrédula pela nova "captura", Kate adormecia...

Evento Terror Disney

O som de gritos e o repentino balançar despertavam Kate. Irritada e esperando uma enxaqueca que não surgia, a adolescente protestou pelo barulho, perguntando se os outros gangsters não podiam fazer menos barulho após voltar de uma missão. A falta do travesseiro que deveria estar sob sua cabeça não lhe chamou a atenção, mas a falta do colchão que deveria estar sob seu corpo era mais intrigante...

- Para de tilintar.

Um estranho mandava batendo na gaiolinha pendurada. Chocada, Kate abriu os olhos de forma abrupta, tentando entender o que aconteceu. Por que o estranho parecia tão gigante? E por que ele usava roupas dignas de um pirata de desenho infantil? Intrigada, a morena olhou as grades que lhe rodeavam, tocando-o a madeira completamente confusa. Suas mãos, para sua surpresa, pareciam pequenas demais.

Por mais chocada que Kate estivesse, ver Poochyena com asas semelhantes a de Yanma, incrivelmente pequeno e voando a sua frente, fora da gaiola, era demais para a jovem acreditar que não estava delirando. O cão latiu, como se quisesse que ela prestasse atenção, no entanto Kate seguia balançando a cabeça, tentando se livrar da visão bizarra, ato que passou a ser feito ainda com mais força quando, ao olhar pro lado, viu seu reflexo em uma panela e pode notar que também possuía asas, como as de uma fada. Um belo par diga-se de passagem... Não bastasse isso, usava um vestido que parecia ser feito de folha.

- Vamos bacalhau! Ou quer que eu chame o crocodilo? - Uma voz jovem gritava do andar superior.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Sex 31 Out 2014, 18:52

Amore se olhava no espelho, verificando sua forma; Spearow aparentemente se capturava sozinha, o que foi realmente surpreendente; Poochyena rosnou para minha bebida, mas logo se acomodava ao meu lado. E eu, após beber um pouco, finalmente peguei no sono, satisfeita com a cama macia e, com sorte, aproveitar longas horas de sono sem interrupções.

Não sei como, ou quando, comecei a ouvir muita gritaria e parecia que o lugar estava balançando... Não foi o suficiente para me fazer acordar totalmente, então apenas resmunguei enquanto mandava o pessoal fechar a matraca e fazer menos escândalo. O travesseiro parecia ter sumido, o que não era surpreendente, mas estranhamente o colchão não estava mais embaixo de mim... Isso me acordou? Claro que não. Como não tive enxaqueca, continuei tentando dormir e ignorar o resto do mundo. Infelizmente, não pude ignorar o que aconteceu.

Não sei porque, mas alguém mandou algo, ou alguém, parar de tilintar. Algo estranho, mas logo onde eu estava começou a balançar muito, me acordando de forma nada agradável. Foi com grande surpresa que vi um estranho fantasiado de pirata, e gigante... Aquilo não se via todo dia, mas logo vi que estava cercada por grades, o que aumentou minha confusão. Eu estava numa cela? Quando toquei o metal, vi que minhas mãos estavam pequenas e passei a olhar elas.

-Mas o que?...

Murmurei para mim mesma, chocada e confusa, mas ver Poochyena com asinhas de Yanma foi a gota d’água. Me assustei com aquilo e, com velocidade que não sabia que tinha, fui pro outro lado da cela... Gaiola... Sei lá.

-Por Arceus! O que foi que eu bebi?!

Perguntei incrédula. Estava delirando, só podia. Haunter deve ter misturado minha bebida com outras bebidas e mais substancias de origens desconhecidas. Só isso explicava. Esfreguei os olhos, tentando clarear a visão, balançando a cabeça para esclarecer a mente, mas isso parecia só piorar. Quando vi meu reflexo numa panela gigante, não pude deixar de notar que também estava com asas e vestida de forma bizarra. Parecia uma fada... Sim, isso mesmo, uma fada... Será que tomei a famosa fada verde sem saber? Para piorar, quando reparei, meus pés não estavam tocando no chão. Definitivamente, havia bebido a Fada Verde modificada pelo Haunter!

Lentamente, me segurando nas barras, coloquei meus pés de volta no chão, olhando ao redor e tentando entender o que aconteceu. Falando sério, sei que algumas vezes exagero na dose, mas nunca delirei a esse ponto. Escuto uma voz jovem que parecia vir de um andar acima, ficando ainda mais confusa.

-Crocodilo? Bacalhau? Asas de fada? Haunter deve ter misturado minha bebida com alguma coisa! Só pode! Ou pirei de vez... Daqui a pouco aparece a Amore com varinha de condão pra me dar três desejos.

Hellhound pareceu começar a perder a paciência, latindo de novo e rosnando. O encarei, aquela situação era muito bizarra para ser real. Ele estava com asas! Poochyena revirou os olhos, , me encarando com o claro recado de “para de pirar e presta atenção”, enquanto suspiro desinteressada.

-Que é? Estou delirando, então deixa eu ser surtada no delírio! – Ele rosnou, apontando para as grades. – Tá legal, já saio.

Digo, me aproximando das grades e tentando ver se consigo passar entre elas. Bom, já passei por uma janela estreita, então talvez consiga passar por aqui... Embora eu não tenha tanta certeza assim...
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Dom 02 Nov 2014, 12:43

Acreditando que a situação é fruto de puro delírio pós bebida forte adulterada por Haunter, Kate lutava para colocar os pés novamente no chão da pequena gaiola. Se ver voando era demais para a morena no momento. Poochyena revirava os olhos e logo latia novamente, exigindo concentração da adolescente. Kate rebatia, indignada por não poder surtar em paz durante seu delírio, mas logo deixava os protestos de lado e se aproximava das grades, na esperança de tentar passar por elas.

Após analisar a largura das grades e constatar que eram quase que do mesmo tamanho da janela do banheiro que usou para entrar na delegacia, Kate se atreveu a tentar se espremer e cruzá-las. No entanto, como da outra vez, suas intenções foram frustradas e seu quadril ficou entalado. Dessa vez, no entanto, Kate não tinha uma corda para Poochyena puxar.

As tentativas de se soltar deram todas em nada e Kate foi forçada a usar as pernas para se empurrar de volta para dentro da gaiola. Caída no chão do interior, a morena mirou a fechadura da pequena gaiolinha que, por sinal, ficava muito alto para alcançar. Um rápido olhar para as asas e outro para o chão da gaiola. Um grande dilema se formando e os latidos de Poochyena a pressionando.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Dom 02 Nov 2014, 20:50

A largura das barras parecia ser a mesma largura da janela do banheiro que usei de entrada para a delegacia, o que me dava um raio de esperança. Se consegui passar pela janela, porque não passaria por essas grades? O vestido parecia ser fino, então facilitaria.

Me atrevi a tentar me espremer entre as barras, o que por um lado, estava sendo mais fácil do que no meu teste para entrar na Armagedon. Tinha onde por meus pés e não estava chovendo. Por um momento, achei que conseguiria, mas logo descubro que estava enganada. Novamente entalava quando fui tentar passar o quadril, e confesso, desconfio que seja alguma indireta de Arceus...

-Qual é?! Não tenho perfil de parideira!

Reclamo para o nada, enquanto continuava tentando passar. Da outra vez eu pude ser puxada, mas agora estava sem corda. Não passar por um lugar por ter o quadril maior do que eu pensei, é muito, MUITO deprimente... Sou forçada a usar as pernas para me empurrar de volta, caindo no “chão” da gaiola. Bufo irritada, claramente contrariada.

-Não é tão grande assim...

Continuo resmungando, olhando meu próprio quadril enquanto me permito choramingar. Estou num delírio mesmo, então Poochyfada que espere! Infelizmente ele não concordava comigo, rosnando novamente.

-Tá mosca-cão, to indo, to indo...

Digo, embora ainda encarasse meu próprio quadril, como se isso fosse o bastante para intimidar meu próprio corpo e forçá-lo a assumir o perfil que desejo. Pelo visto, isso não funciona nem em delírios e sonhos. Passo a mirar a fechadura, notando que ficava alta demais... Bom, agora tenho asas, mas ainda não assimilei essa história de voou... Meu Moscão pulguento rabugento continua rosnando e latindo, me apressando.

Me levanto e olho para as asas mais uma vez, ainda em duvida. Semelhante às asas de uma fada, mas não sei se aguentam muita coisa... Tento fazê-las baterem novamente, tentando subir. Não sei como fazer isso, se preciso só pensar, imaginar, fazer algum sacrifício, ou sei lá o que, mas quero chegar na fechadura e ver se consigo abrir pelo lado de dentro. Duvido que seja possível, é preciso ter o QI de uma ameba pra prender alguém em um lugar que esse alguém pode abrir, mas como estou tentando voar e tem um Poochyena-mosca me irritando, então não vou duvidar de nada.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Ter 04 Nov 2014, 01:30

Após resmungar sobre o tamanho do quadril e protestar devido o que parecia ser uma descoberta muito desagradável, Kate desistia de revidar os protestos de Poochyena e voltava a mirar a fechadura da pequena gaiolinha. Sua atenção completamente voltada para o lugar. Um rápido olhar para as asas e novamente para a fechadura, tentando descobrir como fazer as asas funcionarem e a levarem até lá, por mais que tivesse dificuldades em acreditar que seria tão fácil assim fugir.

Um suspiro era solto e os braços cruzados, enquanto uma mão apoiava o queixo, procurando uma solução. Distraída, a adolescente só percebeu que as asas estavam batendo quando, ouvindo os latidos de Poochyena, bateu a cabeça no teto da gaiolinha, caindo sentada mais uma vez. Por algum motivo suas asas não queriam funcionar enquanto eram miradas de forma incrédula. Poochyena, por sua vez, resmungava, balançando a cabeça de forma descrente.

- Já não mandei parar de tilintar?

Quando o pirata de antes se aproximou, pegando a gaiolinha na mão, Kate pode visualizar sua face com mais clareza. O rosto redondo demais e a barriga saltada por cima de uma bermuda e aparecendo sob a camisa. O chapéu vermelho e os óculos pequenos eram o que mais chamavam a atenção da morena no entanto, não a permitindo desviar os olhos do rosto com nariz de batata.

- As coisas vão balançar fadinha. Então melhor ficar na mesa do que pendurada. E fique quietinha. O capitão não está com o melhor dos humores.

Ele parecia até ser simpático e Kate não pode segurar o riso quando o viu saindo correndo após ouvir alguém lá em cima chamando por Smith. Poochyena retornava voando e a Armagedon se perguntava onde seu mosca-cão havia se escondido enquanto tinha sua gaiolinha mudada de lugar. Os olhos novamente caindo sobre a fechadura e a mente tentando entender como fazer as asas colaborarem. Da última vez não pensara no voo e simplesmente voara. Mas... Como faria para fazer algo de forma consciente sem pensar sobre isso?
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Qui 06 Nov 2014, 16:28

Fico pensando em como fazer as asas funcionarem, me perdendo em pensamentos nesse momento. Não sei quando, nem como, mas minhas asas começaram a bater, me fazendo bater a cabeça no teto da gaiola. Fico sentada no chão, massageando a cabeça e praguejando. Tá, tenho asas aparentemente temperamentais, que pareciam não gostar de serem encaradas de forma incrédula.

Hellhound não estava ajudando muito nesse momento... Se era tão expert em voos, que viesse me ensinar! Infelizmente, não pude dar essa sugestão...

O pirata de antes voltava e pegava a gaiola onde eu estava. Ainda bem que eu já estava sentada, se não, com certeza, teria caído mais uma vez. Me afastei um pouco, posso ser imprudente e abusada, mas não sou do tipo que se mete com alguém que deve ter 20x meu tamanho e estando presa. Como eu disse: imprudente e abusada, mas não louca e suicida, pelo menos não tão descaradamente...

Ele falava, perguntando se não havia mandando que eu parasse de tilintar, o que me deixou confusa. Como assim tilintar? Dou de ombros, embora ainda ficasse atenta a ele. O pirata, marujo, ou sei lá o que continuava a falar, não sei dizer se pedindo ou avisando para não fazer barulho. Apenas acenei concordando, não entendendo muita coisa, mas não evitei uma risada quando ele saiu correndo. É até simpático, mas seria mais simpático se não me mantivesse como um passarinho na gaiola.

Meu cão-mosca favorito voltou, e agora que a gaiola não está balançando tanto, então posso me concentrar mais. Só que ainda não sei como fazer essas asas funcionarem. Suspiro desanimada, passando a mão no rosto enquanto penso no que fazer. Talvez fosse algo bem mais simples do que estou pensando. Poochyena parecia ter aceitado bem e não implicava com as deles, provavelmente eu devesse fazer o mesmo... É mais fácil falar do que fazer. Mas é só um sonho mesmo, então...

Me levanto e miro a fechadura. Vou parar de implicar com asas e simplesmente aceitar que virei uma fada (e essa frase não ajudou muito...). Tento dar um pequeno impulso para subir até a fechadura. Não vou pensar no fato de voar propriamente dito. Não penso muito sobre respirar, piscar e andar, mas faço isso sem problemas, talvez seja a mesma coisa.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Sex 07 Nov 2014, 18:01

Kate desistia de implicar com suas e, após certo esforço, aceitava que havia se transformado em fada. Determinada a não pensar no ato de voar, a morena saltou três vezes no fundo da gaiola, tentando pegar impulso e assim voar até a fechadura da gaiola. No terceiro pulinho, ela voou. A sensação fora única e, com ela, uma grande duvida: como se parava? Temerosa, a morena esticou os braços, na tentativa de empurrar o ar e assim frear seu voo. Quando finalmente conseguiu, viu que estava voando de cabeça para baixo, de frente para a fechadura, no entanto as mãos estavam ocupadas em segurar o vestido e evitar mostrar mais do que gostaria.

Poochyena já estava sentado do lado da gaiola e bocejando, dando a entender que Kate estava demorando demais. Comportamento que arrancou diversos xingamentos por parte da Armagedon. Com o sangue começando a se acumular na cabeça e aumentando a sensação de peso e mal estar, Kate mirava a fechadura, pensando no que faria. O vestido era colocado entre as coxas, para que essas o segurassem, já que pensar em como se virar ficava difícil. As mãos deslizavam pela fechadura incrivelmente simples e fácil de se abrir, mas incrivelmente pesada para braços de fada. Situação que dificultava a fuga.

Quando finalmente cogitava desistir e começava a refletir sobre como voltar para o chão, Kate sentiu que algo colidia contra o navio derrubando tudo o que estava sobre a mesa, o que a incluía. A gaiolinha rolou algumas vezes pelo chão da cabine, logo batendo na parede e parando de rolar. Kate colocou as mãos na lateral, saindo do interior e completamente enjoada. A morena se sentia tão tonta que demorou alguns minutos e alguns latidos para perceber que a queda abrira a fechadura da gaiola e agora estava livre.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Sab 08 Nov 2014, 00:16

Olha só... Aceitar que sou uma fadinha funcionou e consegui voar. Isso é bom, mas não posso dizer que a sensação de voar seja boa ou ruim... É meio complicado prestar atenção nisso levando em conta a atual situação, ainda mais com tão pouco espaço, entende? Mas bem, já sei como tirar os pés do chão, mas agora veio outra duvida: onde ficam os freios das asas? Levei algumas tentativas para conseguir parar, e quando parei, fiquei de cabeça para baixo. Já tentou abrir uma fechadura de cabeça para baixo, voando, e com as mãos ocupadas segurando o vestido? Pois é, não é fácil.

Xingo essa mosca mutante preguiçosa que chamo de Hellhound, ou sarnento, ou pulguento, ou outras coisas, variando com o momento. Ficar bocejando e insinuando que estou demorando, se é pra me apressar, não está funcionando. Sinto minha cabeça começar a doer com o excesso de sangue indo pra ela. Na falta de opções, acomodo o vestido entre as coxas e tento abrir essa gaiola maldita. A fechadura era bem simples e fácil, por um momento achei que seria fácil, mas logo entendi a despreocupação dos piratas. Meus bracinhos não conseguem nem abrir uma fechadura simples... Deprimente...

Começo a desistir e pensar em outra coisa mais importante, como voltar ao chão. Não ter excesso de sangue na cabeça é bom... E ver as coisas pelo ângulo normal também... Mas o senhor Smith se esqueceu de avisar que eu devia apertar o cinto de segurança (mesmo não tendo nenhum), então tudo o que estava na mesa, incluindo eu, foi para o chão.

Sei que o mundo gira quando estou embriagada, mas o mundo girar até num delírio começa a ser um pequeno exagero. Só Arceus sabe quantas voltas essa gaiola deu, mas foi o suficiente para que meu estômago quase me reapresentasse ao que foi reduzido o que comi. Estou totalmente tonta e enjoada... Levo algum tempo para ver que a gaiola está aberta, embora Poochyena tenha acelerado o processo.

Tento voar para fora da gaiola, mas é meio difícil... Não no sentido de voar propriamente dito, mas no sentido de acertar o caminho com tudo rodando.

-Hellhound, da uma ajuda aqui...

Peço, ainda desnorteada. Espero que ele seja um bom cão guia voador, se não, bom, melhor não pensar no que vai rolar.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Sab 08 Nov 2014, 23:07

Pela primeira vez, Poochyena não reclamava, mostrando-se extremamente prestativo. Segurando um elástico e dando a outra ponta para Kate, o cão começou a guiar a adolescente pela sala, se aproximando da mesa novamente e dessa vez mirando a janelinha. A intenção de sair do lugar era óbvio, mas não funcionaria como ele esperava.

Nem mesmo as piruetas da gaiola e o estômago protestando foram capaz de evitar que os olhos de Kate identificassem uma garrafa de rum aberta sobre a mesa e, para melhorar, sem uma rolha em cima. O bocal pequeno poderia ser um desafio, principalmente após ter ficado entalada entre as grades da gaiola, porém o líquido escuro era tentação demais para ser evitado.

Poochyena rosnava e latia em advertências, ainda mais após ouvir uma voz jovem que parecia ser do tal capitão gritar que haviam pego um. Se havia algo que o cão não queria descobrir era o que o capitão caçava. A gaiola aberta no chão certamente faria os marinheiros procurarem pela adolescente na cabine e, para o cão, era melhor tirar a Armagedon do lugar o mais rápido possível.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Dom 09 Nov 2014, 15:27

É estranho Poochyena não reclamar e ser prestativo... Isso só mostra que devo estar delirando muito mais do que pensei... Bom, ele me da o que deve ser um elástico e me guia até a mesa. Não sei direto para onde ele está olhando, as coisas ainda estão girando, mas nem mesmo minha tontura ou o estômago embrulhado seriam capazes de me fazer ignorar o que.

Uma garrafa de rum tamanho extrafamília! E ainda por cima aberta! Arceus, você ama! Tá que a abertura é pequena, mas a carne é fraca e não da pra resistir!

Escuto Poochyena latindo e protestando, mas nem me importo. O capitão pegou algo? Pouco importa. O aconselhável seria fugir, mas... É uma garrafa de rum gigante! Como posso dizer não para ela? Coitada, esquecida ali na mesa, sem ninguém para dar um gole... Acho que não faz mal a ninguém fazer companhia para o rum e beber alguns goles.

Não sei como cheguei tão rápido, mas já tentava entrar na garrafa para beber alguns goles bem merecidos de rum. Como eu disse, a carne é fraca e a tentação é grande. Pela primeira vez Arceus parece estar do meu lado, mandando um presente, seria falta de educação rejeitar. Eu sei que isso é uma desculpa barata, mas que importa? Vamos beber!
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Seg 10 Nov 2014, 16:51

O enjoo e a tontura desapareciam como em um passe de mágica. A garrafa de rum parecia envolta por uma aura mágica, quase como se revelando um presente de Arceus. As asas pareciam colaborar muito amigavelmente, levando a adolescente em direção a garrafa gigante. Quando os pés tocaram o bocal, Kate sentiu que as asas pararam. Realmente muito obedientes...

A morena esfregou as mãos, preparando-se para o mergulho. Poochyena latia, chamando Kate e dizendo que não tinham tempo para isso. Porém o cão era completamente ignorado e mirava incrédulo à Armagedon saltar e mergulhar na garrafa, ficando entalada... O quadril não passara pelo bocal e as pernas ficavam erguidas, com o vestido caído e mostrando mais do que deveria. As mãos, no entanto, se esticavam, tentando alcançar a bebida sem sucesso. Os dedos nem ao menos raspavam a superfície liquida.

Poochyena, do lado de fora, estava deitado de barriga para cima, rindo e tossindo, se engasgando com a falta de ar. As gargalhadas do cão ecoavam pelo vidro, impedindo Kate de ignorá-las. A voz do capitão do lado de fora se fazia ouvir e a morena sabia que tinha de sair da garraga, para sua tristeza, e fugir o mais rápido possível, ou voltaria para a gaiolinha...
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Kitty em Seg 10 Nov 2014, 18:37

A garrafa de rum parecia ser um presente vindo dos céus. Até mesmo minhas asas colaboravam, mostrando que realmente era um presente. Acredite se quiser, mas me levaram até a garrafa e pararam no momento em que eu pousei. Estavam tão obedientes, mas não é como se eu estivesse prestando atenção nelas.

Esfreguei minhas mãos, me preparando para mergulhar de cabeça no rum, no sentido literal. Quem me dera se pudesse nadar na bebida dessa forma quando não estivesse em delírio... Poochyena estava latindo? Não sei, não prestei atenção nele... Estava ocupada demais entrando na garrafa, ou pelo menos tentando. Isso mesmo, tentando...

Arceus me odeia! Só isso justifica o que está acontecendo! Estou entalada, o meu quadril não passando e ficando preso pela terceira vez, as minhas pernas pro ar, enquanto meus dedos estavam dolorosamente perto, mas ainda assim longe para poder tocar o liquido que eu tanto cobiçava no momento. Continuei me esticando ao máximo, tentando chegar no rum, mas não obtive sucesso. Poochyena-mosca ficou rindo, e digamos que a risada dele ecoava na garrafa, me impedindo de ignorar.

-Não é tão grande assim!

Reclamei, me debatendo mais um pouco e tentando entrar, mas não teve resultado. A voz do capitão me avisando que devia sair rápido do lugar. Para meu grande desgosto, teria que deixar o rum para trás.

-Hellhound, me ajuda aqui.

Digo para a mosca peluda que chamo de Pokémon. Tento sair da garrafa, mas está um pouco difícil, sabe? Sinto que Hellhound vai morder minha perna, como já fez algumas vezes... Mas depois vou pensar nisso. Desentalar primeiro, dar adeus ao rum e prometer voltar, para depois fugir.
Kitty
Kitty


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Alice em Ter 11 Nov 2014, 14:45

Poochyena lutou para controlar as risadas e desentalar Kate da garrafa de rum. Incrivelmente chorosa, a adolescente se despediu da bebida, prometendo voltar o mais rápido possível, e voltou a seguir o pokémon para fora da cabine. Por sorte os dois passavam pela janelinha bem a tempo de não serem vistos pelo capitão que entrava no lugar.

A dupla nem ao menos teve a oportunidade de espiar quem era o capitão, já que do lado de fora da cabine haviam inúmeros piratas circulando e, para piorar, um grande crocodilo que ficava fazendo Tic Tac dormindo. Quando um dos piratas começou a se aproximar, tanto a Armagedon quanto o Pokémon mergulharam em direção a uma grade que, possivelmente, dava para uma cela. As aberturas essas eram tão largas que a fada conseguiu passar sem nem parar para pensar. Também não parara para pensar em como estava voando tão bem, já que no momento fugir era mais importante.

- Você não pode fazer isso Peter! Por favor, lembre-se de quem você é!

Kate ouvia um menino gritando e, pouco depois, ser jogado para o interior da cela onde estava. Escondida, a Armagedon percebia pela primeira vez três coisas interessantes. A primeira, o menino lançado estava vestido de coelho. A segunda, havia mais três meninos no interior da cela: um vestido de urso e dois vestidos de guaxinim. A terceira e mais fascinante: ela brilhava no escuro.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

E Aqui Estamos Mais Uma Vez... - Página 2 Empty Re: E Aqui Estamos Mais Uma Vez...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum