Pokémon Shinki Adventures RPG
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Hi no Meiro: Reino de Giratina

2 participantes

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Ter 21 Out 2014, 21:44

Novamente Morfeu nocauteava o Pokémon que sua senhora desejava e nomeava. A esfera de duas cores voava em direção ao bebê desmaiado, que era envolvido e guardado na Pokébola. Moveu-se apenas uma vez, antes de completar a captura. O Pokémon amarelo não assiste ao evento, precisava encontrar mais alguém para poder se alimentar.

Assumia mentalmente que os sonhos da recém-nascida foram ótimos e lhe deram muitas forças, mas isso logo perdia o brilho se recordasse do pé que latejava, de ainda não estar totalmente recuperado, e da coruja que tinha vontade de rir. Novamente procurava alguma presença, todos voltando a avançar, apesar do ritmo lento. Drowzee mancava após o “ataque” de Julie.

A busca os fez seguir em frente. O psíquico desejando que Alice não quisesse mais capturar os monstrinhos. Giratina precisava de sacrifícios. Morfeu logo localizava algumas presenças, o que o deixava feliz, quando chegou a uma área mais larga, que se dividia em três caminhos possíveis. Podia ir para esquerda, direita, seguir reto, ou dar meia volta e retornar pelo caminho já explorado. Bubble vasculhava algumas pedras próximas, trazendo mais um item para Alice. Outra TM.

Print
Off: Ficha sendo atualizada.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Qua 22 Out 2014, 13:16

Morfeu's POV

Caminhas com meu pé latejando não era nada agradável e ver Bubble festejando por causa de uma TM que não nos seria de grande utilidade também não ajudava. Saber que o avanço era lento por causa do quase ataque da bebê Roggenrola e, devido a isso, ficaríamos mais tempo naquela caverna quente também não colaborava para o meu humor.

No entanto, durante minhas queixas mentais, sinto algumas presenças e isso sim me anima. Finalmente poderei me recuperar de forma decente. Não falta muito para alcançar meu poder máximo e, quando o atingir, será mais fácil encontrar outros sacrifícios para Giratina.

Três caminhos se abrem como possibilidades. Alice se aproxima e toca meu ombro, eu fecho meus olhos, aproveitando aquele contato e me concentrando nos caminhos. Procuro aquele que tem o maior número de presenças antes de seguir. Quando localizar o maior grupo, irei fazer de tudo para guiar Alice até eles. Enquanto isso, Bubble segue usando Flash e Foresight, em busca de itens desnecessários.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Qua 22 Out 2014, 19:38

O humor do Pokémon amarelo não era um dos melhores. Seu pé latejava e Bubble não encontrava nada de real utilidade. O andar devagar evidenciava que ficariam mais tempo naquele ambiente quente, o que não ajudava a melhorar o humor de Morfeu. Tudo parecia estar acontecendo para dar errado e piorar o dia do Drowzee.

As diversas presenças animavam Morfeu. Iria se recuperar e daria almas para Giratina, seria tudo perfeito! Mas logo se encontrava com diversas opções de caminho para seguir. A religiosa tocava o ombro do Pokémon, enquanto o Pokémon buscava o local onde havia mais presenças. Seguiram para esquerda, caminhando por alguns longos minutos, passando por algumas fontes de água. Conforme se aproximavam, a temperatura parecia ser mais agradável.

Ao chegar ao final, era visível várias fontes de água que não estavam absurdamente quentes. O ambiente ali era mais refrescante se comparado ao resto da caverna. Próximo da parede, mais longe da água, havia um Growlithe, que se posicionava e rosnava para o grupo. Atrás dele, diversos ovos. Como havia ocorrido com Roggenrola, todos brilharam, nascendo diversos Growlithes. Seis Pokémon, cinco filhotes, embora o que antes vigiava os outros não parecesse ter muita idade.

Uma das fêmeas se ocupava, admirando-se no reflexo da água. Um dos machos estava sentado, olhando ao redor curioso, mas aguardando para saber como se portar exatamente. Outro macho e a última fêmea brincavam animadamente. O último macho se aproximava de Morfeu, a língua de fora, balançando a cauda e o cheirando, antes de tentar marcar território no Pokémon amarelo. Em seguida olhou para Bubble e brincava com as penas da coruja. O mais velho farejava os irmãos, parecendo mais responsável, quando passou a brincar com o casal.

Print
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Sab 25 Out 2014, 12:37

Morfeu's POV

O caminho para a esquerda se revelava o mais promissor. Conforme nos afastávamos do calor, a sensação de que a decisão tomada fora a certa me preenchia. As fontes de água já não borbulhavam e a intensidade do calor se reduzia, tornando a situação suportável e, além disso, o número de presenças me alegrava. Teria todo o meu poder recuperado e ainda poderemos sacrificar algumas almas para Giratina. Acreditei que a situação era incrivelmente satisfatória... Mas eu estava enganado...

Um filhote de Growlithe rosnava, aparentemente querendo proteger os eggs atrás dele. O ignorei por completo, me concentrando nos ovos e pensando: “tá de brincadeira comigo, Arceus?”. Era muito egg em muito pouco tempo... Vulpix era uma filhote, Roggenrola recém nascida (literalmente...). E agora isso?

Os filhotes nasciam naquele momento e o que rosnava (que não era muito mais velho) se voltava para eles, logo indo brincar com eles. Fico mirando filhote a filhote, de forma levemente incrédula e não no bom sentido... Aqueles filhotes já revelavam personalidades fortes, alguns brincalhões e uma, em especial, vaidosa demais. No entanto o filhote que mais chamou minha atenção foi um que tentou marcar território em mim. Achei isso o cúmulo! Me marcar? Ele acha que tenho cara de hidrante? Rapidamente o ergo, afastando-o das penas de Bubble e forçando-o a me encarar. Para ele, tenho os piores pensamentos...

- Para Penélope. Os outros, para Giratina.

E meus piores pensamentos são frustrados... A ideia de usar meu Psychic e leva-lo para um dos poços de lava foi completamente jogado no lixo. Simplesmente suspiro, ainda sem entender o motivo de Alice querer tantos bebês, mas enfim... Ordens são ordens... Vou usar meu Hypnosis e usá-lo para recuperar minhas forças, através do Dream Eater. Os outros, peço para Bubble nocautear com seu Psychic. Um único golpe da coruja deve ser o suficiente... A adaga de Alice já surge em uma de suas mãos enquanto na outra há uma esfera vazia, provavelmente para o filhote que seguro no ar, de frente para mim.


off: babys \o/
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Sab 25 Out 2014, 14:59

Conforme se aproximavam das presenças, Morfeu sentia que era o lugar certo. Parecia realmente promissor e tudo indicava que iria melhorar, afinal, o lugar era suportável e parecia ter mais de quatro presenças! Infelizmente, o que encontraram não era tão bom assim...

Drowzee encontrava um filhote protegendo diversos ovos, parecendo uma brincadeira de mau gosto de Arceus. Primeiro uma raposa filhote, depois uma pedra que recém havia nascido, agora mais ovos eclodiam em mais recém-nascidos. Como isso era possível? O psíquico mirava cada Growlithe, vendo que todos demonstravam personalidades fortes e bem definidas. Um curioso, mas controlado e comportado. A maioria brincalhona. Uma vaidosa. Morfeu estava incrédulo, no pior sentido.

O filhote que havia tentado marcar território em Morfeu era erguido pelo Psychic. O olhar alegre e o rabo balançando, não sabendo dos pensamentos do Pokémon amarelo, que não eram nada agradáveis. Growlithe lambia a face de Drowzee, um gesto carinhoso da espécie, mas não ajudava a melhorar o humor do Pokémon.

Novamente Alice frustrava seu inicial, desejando capturar o filhote e entregá-lo para a criança que a esperava no hotel. Frustrado, mas seguindo as ordens, o Hypnosis afetava facilmente o filhote, que era nocauteado pelo Dream Eater no segundo seguinte. Os sonhos inocentes recuperavam Morfeu. Bubble necessitou de dois Psychic, devido a quantidade de Pokémon que estava espalhada, mas nocauteando facilmente os outros cinco filhotes. Todos caídos e inconscientes. O Pokémon que havia sido nocauteado por Morfeu logo era envolvido pela Pokébola da mulher, sendo capturado.
Bubble ganhou 2 de Exp pela vitória \o/
Morfeu ganhou nada again XD
Ficha em breve será atualizada =*
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Sab 25 Out 2014, 18:14

Morfeu's POV

Vejo Alice capturar o filhote que teve a audácia de me lamber. Acho que terei de ensinar a ele sobre como identificar perigo e a evitá-lo. Se não fosse a vontade de Alice, eu o teria feito em pedacinhos de forma rápida e nada gentil. Mas para a pirralha que nos espera em Kalled, Alice faz qualquer coisa aparentemente... Não posso evitar sentir inveja...

Após limpar meu nariz, ergo meus olhos e miro minha senhora. A adaga risca o chão, formando um pentagrama gigantesco, mas perfeito em suas formas. Cada filhote de Growlithe era colocado em uma das pontas da estrela, assim como uma vela negra. Tudo preparado e, após rezar à Giratina, Alice foi de um em um dos filhotes, encravando sua lâmina negra em seus peitos.

A adaga se manchava de vermelho e este ficava mais intenso a cada novo peito perfurado. O corte era tão profundo que permitia ao sangue escorrer de forma livre. Cinco novas almas para Giratina e nem ao menos percebo quando o último é entregue. O centro da estrela perfeitamente intocado, aparentemente esperando por algo especial... As velas queimando e a camisa de Alice manchada de vermelho. Teríamos de lavar isso antes de voltar para o hotel...

- Procure o centro.

A ordem de Alice parece ser incoerente, mas sei bem o que ela quer: uma alma digna de ocupar o centro do pentagrama, a sexta alma. Meus olhos brilham em busca deste pokémon. Bubble, de forma inútil, busca mais itens com seu Flash e seu Foresight. À minha frente, sangue escorria pela lâmina até se perder no chão de pedra.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Sab 25 Out 2014, 19:41

Morfeu acreditava ter que ensinar ao filhote sobre como identificar o perigo e, principalmente, como evitar. Também sentia inveja de Penélope, que aguardava o retorno do grupo na segurança do hotel, visto que Alice mimava a menor e fazia muito por ela, não se importando com os gastos exagerados e dando a ela um novo Pokémon.

Alice começava a desenhar o pentagrama e a realizar os sacrifícios. Cinco filhotes, quatro recém chegados ao mundo, outro com pouco tempo de existência, eram assassinados e suas almas entregues para Giratina. O liquido vermelho escorria pela lâmina da adaga, antes de finalmente atingir o chão rochoso. Algumas gotas de sangue atingiam o tecido branco da camiseta. Embora mais discreto, também haviam gotas de sangue na calça da religiosa.

Morfeu buscava por novas vitimas, enquanto Bubble buscava por novos itens. A grande coruja voltava com mais uma TM, enquanto Morfeu sentia um grupo se aproximando. Alguns Roggenrolas e dois Boldores caminhavam despreocupados, não parecendo notar o que o grupo havia causado.

Print1
Print2
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Sab 25 Out 2014, 20:16

Morfeu's POV

Não foi difícil identificar três Roggenrolas e dois Boldores se aproximando. Possivelmente estavam em busca de água fresca para beber. No entanto, quando Alice se ergue os mirando, deixo de analisá-los para atacá-los com o Psychic, assim como Bubble. Os cinco não terão chances nessas condições e suspeito que nem mesmo saberão o que lhes atingiu.

Enquanto atacamos, Alice parece desenhar quatro novas estrelas, dessa vez menores e contornando a estrela maior. Sua voz emana um canto religioso de forma tão melodiosa, que me sinto embalado e motivado para nocautear os quatro com velocidade. Um boldore irá para o centro da grande estrela e cada um dos outros irá para o centro de cada estrela menor.

Alice está tão certa de que não terei dificuldades que já começa a acender uma vela na ponta de cada estrela menor. Cinco novos sacrifícios, mais os cinco anteriores, totalizaremos dez rapidamente. Isso me agrada. Talvez tantos sacrifícios deixem Giratina feliz e... Só talvez... Ele me devolva Alice.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Sab 25 Out 2014, 20:45

No momento que Alice se erguia, mirando o grupo recém-chegado, Morfeu já sabia que eles iriam se encontrar com Giratina. Antes que o grupo tivesse chance de ver o que estava acontecendo, Bubble e Morfeu atacaram com seus poderes psíquicos.

A defesa especial daquela espécie era baixa, o que facilitava os danos imensos, nocauteando todos os cinco Pokémon de uma só vez. Os corpos rochosos e pesados ao chão, enquanto Alice fazia novos pentagramas, enquanto suavemente encantava a nova oração, acendendo as velas. Morfeu sentia-se esperançoso, com tantos sacrifícios, talvez Alice voltasse e se libertasse da prisão que era sua própria mente.

Sua distração era tanta, que não percebia a aproximação de mais um Pokémon. A raposa também se aproximava, desejando água, mas parava ao ver o caos daquele local, correndo rapidamente e tentando escapar.

Print
1 de EXP para Morfeu e Bubble
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Sab 25 Out 2014, 21:37

Morfeu's POV

Os adversários caem rapidamente. A defesa deles somada ao fato de serem filhotes os tornava presas muito fáceis. Alice aguarda pacientemente e, sem querer deixá-la esperar mais tempo, ergo os cinco com meus poderes psíquicos, colocando o primeiro boldore no centro da estrela maior e cada um dos outros quatros no centro de cada estrela menor.

Alice logo se aproxima do primeiro, na estrela maior, cantando sua oração. A lâmina já vermelha desliza pelo corpo rochoso até encontrar um ponto fraco, lugar em que ela é enterrada tão profundamente que o sangue de coloração diferenciada começa a escorrer. Quando isso ocorre, o som de passos apressados chama minha atenção e me viro a tempo de ver uma Vulpix correndo em pânico. A pokémon fire claramente deseja poupar sua vida, no entanto Bubble já voa atrás dela. Fico mirando a coruja em seu voo silencioso, voo que se eu não visse, não saberia que tinha realizado. As garras de repente se abrem e sei que ele pretende fazer um mergulho rápido e prender a fire entre suas garrar, nocauteando em um único movimento.

Volto meus olhos para Alice mais uma vez e a vejo terminar a segunda oração, enviando o segundo Boldore para Giratina. Um a um ela repete o ritual. Um a um dos bebês a vida abandona. O sangue na camisa e na calça já são visíveis. As próprias mãos de minha senhora já estão manchadas. Sua visão é o suficiente para criar o caos em alguns lugares. Minha visão agora se volta para Bubble, para descobrir se Alice terá mais um sacrifício para fazer neste lado das cavernas.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Sab 25 Out 2014, 21:52

A defesa fraca dos Pokémon rochosos os faziam ser presas mais do que fáceis para os companheiros de Alice. Não querendo deixar a mulher esperando, Morfeu posicionava cada ser nocauteando no lugar determinado por sua senhora, não demorando muito para que a religiosa começasse os novos sacrifícios.

O sangue jorrava dos novos corpos, sujando mais ainda o solo e as vestes. Vulpix tentou escapar, mas Bubble voava silenciosamente e dava seu bote, nocauteando a raposa com o impacto. Alice continuava com sua oração, sem parecer perceber a presença da raposa. Sangue que não era seu cobria seus dedos.

A coruja retornava, depositando a Pokémon Fire no chão. Semelhante a Vulpix capturada anteriormente, mas sua coloração e tamanho eram normais para a espécie. A vida do último Roggenrola era ceifada.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Sab 25 Out 2014, 23:57

Morfeu's POV

Após o fim do último pokémon pedra sacrificado, os olhos de Alice se voltaram para as garras de Bubble, que ainda mantinham o corpo da vulpix em cativeiro. Sem se importar com o sangue que manchava todo o chão e a sola do tênis branco, minha criança se aproximou da coruja, sentando-se a sua frente e acariciando o pelo vermelho, logo depois pegando-a no colo.

Suspirei. Muitas almas em pouco tempo. Giratina deve estar satisfeito... Alice desenha uma última estrela carregando vulpix no colo e, quando termina, deposita o corpo da raposa no centro. Uma vela em cada extremidade e a oração de sempre. Sempre tão bela quando evocada pela minha Senhora...

A lâmina sobe e depois desce, ceifando mais uma vida. Quase como em uma carícia, Alice leva a mão para perto da ferida, segurando o corpo no chão e arrancando a lâmina. Ao se erguer, percebo que o joelho de suas calças estão fortemente sujos de sangue, mas minha menina parece não se importar. Em pé, ela nem ao menos balança a lâmina para se livrar do excesso de sangue, permitindo a ele escorrer em seu próprio ritmo. Bubble parece não se abalar pelo sangue derramado e, quando ela começa a se afastar, nós a seguimos.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Seg 27 Out 2014, 18:56

O local onde, antes era um canto de descanso e acesso a água fresca, agora emanava o forte cheiro de sangue e morte. As vestes da mulher estavam sujas de sangue, seus passos visíveis por onde passava por causa da trilha vermelha que deixavam, mas nada disso importava de qualquer forma. Alice acariciava o pelo da Pokémon recém-abatida por Bubble, da mesma espécie que a Pokémon que havia capturado, mas de cor e tamanho diferenciados, por ser o padrão da espécie.

Uma nova estrela era desenhada. Mais uma vez a oração era dita. Mais uma vida era ceifada. Sangue de Growlithes, Vulpix e Roggenrolas se misturavam nas vestes da religiosa. O sangue pingava da lâmina negra, se misturando ao sangue que cobria o chão.

A passos lentos, Alice começava a caminhar, mas não se afastou muito da área e parou. Os dois seres observaram sua senhora, com duvidas no olhar, mas logo ouviram passos mais adiante, mirando a escuridão. Uma fraca fonte de luz se aproximava.

-Ora ora... Um Pokémon extinto? Deve ser Alice Havelle, uma das criminosas que mais tem dado o que falar em Twister. Hoje é meu dia de sorte...

A voz masculina se pronunciava, antes de se tornar visível. O homem alto e olhar atento, observando os dois Pokémon que acompanhavam Alice, tentando medir o poder destes. O Pokémon que antes iluminava o caminho para o homem era um Umbreon, no entanto, de coloração diferenciada. O Pokémon demonstrava sinais de fraqueza e respiração ofegante, mirando o individuo com claro ódio. Mais atrás, algemada e amarrada, com feridas no rosto, uma garota loira e olhos verdes suplicantes.

-Duas cabeças num dia, e uma realmente significativa.

O homem dizia com um meio sorriso. O Pokémon Dark tentou aproveitar e avançar, mas quando o outro puxou a garota loira para frente, Umbreon se afastou, deitando-se submisso, observando a loira com tristeza e desespero. O olhar da garota era de claro desespero.

-Umbreon, melhor se comportar, a menos que queira que eu leve apenas a cabeça de sua Ísis para os cadetes para pegar minha recompensa. Menos trabalhoso, não acha?

O Pokémon rosnou para o homem, que ainda mantinha a garota como proteção contra qualquer ataque do monstrinho, ameaçando a treinadora para garantir a obediência do Umbreon.

-Sinto muito por isso madame. É difícil encontrar fugitivos com algum Pokémon educado hoje em dia. Agora, vamos facilitar para ambos os lados? A senhorita me acompanha até os cadetes, pego minha recompensa, ninguém se machuca. O que me diz? Ou prefere fazer companhia a minha “amiga”?

O individuo dizia, o tom calmo e amigável, enquanto tentava convencer a religiosa a ir com ele e se entregar para os cadetes, para que ele tivesse a recompensa, mas caso negasse, fosse algemada e amarrada que nem a loira que o homem chamou de Ísis.
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Ter 28 Out 2014, 15:45

Morfeu's POV

O cheiro de sangue e morte se mesclavam ao doce perfume de rosas e sândalo que minha Senhora emanava, encantando-me e hipnotizando-me. As gotas de sangue deslizavam pela lâmina e, a cada Flash de Bubble, o vermelho na camisa se intensificava. À luz das velas, Alice me parecia um anjo com as asas sujas de sangue, guiando almas para Giratina e abrindo o caminho para o nascimento de Arceus. Tão linda...

Ela passa por mim, mas não me toca. Não há uma gota de sangue em minha pele ou nas penas de Bubble. Somente Alice carrega a vida ceifada. Quando me preparo para segui-la, percebo que ela para de andar e, pouco depois, uma luz fraca surge no ambiente, juntamente com um homem estranho.

-Ora ora... Um Pokémon extinto? Deve ser Alice Havelle, uma das criminosas que mais tem dado o que falar em Twister. Hoje é meu dia de sorte...

Bubble deixa as asas um pouco abertas, demonstrando estar preparado para o bote. O filhote já não possui um ar doce... Ainda é infantil, procurando itens e brincando com coisas vermelhas, mas em batalhas ele realmente não me parece mais o mesmo. A começar pela forma que se botou na Vulpix, trazendo-a para a lâmina de nossa Senhora. Meus olhos passam do homem para o Umbreon que o guiava. O pokémon estava claramente esgotado e claramente odiava o estranho. Miro a loira que era arrastada e que mirava Alice implorando por ajuda com o olhar. Uma prisioneira obviamente.

Quando Umbreon tentou atacar o estranho, este puxou a tal de Ísis, ameaçando feri-la e, dessa forma, subjugando Umbreon. O negro parecia não ter opções. Estava fraco, cansado e amava a mulher que o outro mantinha como refém. Começo a me compadecer com ele... Imagino como deve estar nessa situação... Odiando alguém que mantém quem você ama como refém.

-Sinto muito por isso madame. É difícil encontrar fugitivos com algum Pokémon educado hoje em dia. Agora, vamos facilitar para ambos os lados? A senhorita me acompanha até os cadetes, pego minha recompensa, ninguém se machuca. O que me diz? Ou prefere fazer companhia a minha “amiga”?

A parte do ódio acabei de descobrir... Ele realmente cogita tratar a minha Alice dessa forma?Ele realmente acha que poderá tocar em um fio de cabelo dela enquanto eu estiver vivo? Escuto Bubble piar enfurecido. O grito agudo de uma coruja, sempre assimilado ao mistico e à morte. Nada mais adequado pequeno Bubble.

- Solte-a.

Alice ordena, não como a caça, mas como a caçadora. Minha Criança e Senhora não se sente intimidada e, talvez seja a hipnose que sofre, ou talvez tenha fé em nossa força, mas ela dita as ordens como se o outro não tivesse escolha, a não ser ceder aos seus desejos. Também penso assim. Talvez, só talvez, se ele obedecer, não o mate.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Ter 28 Out 2014, 17:04

O cheiro de sangue e morte se mesclavam perfeitamente com o cheiro de rosas e sândalo. A fragrância resultante desta mistura era macabra e doce ao mesmo tempo, encantando o Pokémon Comedor de Sonhos. Para Morfeu, a visão de sua senhora era a mesma da visão de um anjo, guiando almas para o além e, desta forma, talvez trazer Arceus de volta. Apenas ela estava suja de sangue, apenas ela carregava a morte sobre os ombros, mais ninguém.

O homem estranho terminava com o período de adoração de Morfeu, chamando a atenção e se pronunciando. A coruja se mostrava preparada para dar o bote quando fosse preciso, demonstrando ter amadurecido e estar mais violento nas batalhas, embora possuísse um lado infantil e viciado em coisas vermelhas ainda. Morfeu dedicava alguns instantes observando o Pokémon Dark e a prisioneira. A situação de Umbreon conseguia fazer com que Drowzee se compadecesse, imaginando como seria estar naquelas condições, mas já descobrindo sobre um dos fatores.

Quando o individuo revelou querer entregar a religiosa, seja por bem ou por mal, Morfeu se enfureceu, bem como Bubble. Alice ordenava que o homem soltasse a loira, como se tivesse autoridade e não houvessem opções, além de ser obedecida.

-Olha só, mulher corajosa... Mas lamento senhorita Havelle, não tenho interesse em aquecer seu pedido. Devo supor que você prefira fazer companhia a Ísis, a vir comigo pacificamente? É uma pena... Não queria ferir um rosto tão bonito.

A voz do homem era fria e os olhos azuis se fixavam na religiosa. Pegava duas esferas, ambas sujas de poeira, algo que não combinava com as roupas bem alinhadas dele. Ísis observou entristecida, Umbreon rosnou em claro desgosto.

-Ísis, espero que não se importe, mas vou ver o que seus amiguinhos são capazes de fazer por você.
-Vai pro inferno.

A loira dizia indignada, mas o homem pareceu ignorar, lançando as esferas para o alto e vendo um pequeno Axew e um Gollet surgirem diante de si. A dupla, assim como Umbreon, possuíam algumas feridas, apesar de estarem em melhores condições, mas assim como o Pokémon Dark, olharam com fúria para o homem. E assim como Umbreon, era subjulgados. Ou obedeciam, ou sua treinadora sofreria.

-Última chance senhorita. Venha por bem e vamos poupar tempo.

Novamente o estranho dizia, como se fosse um último aviso. Ísis olhava para os lados, tentando descobrir uma forma de impedir que seus companheiros fossem usados daquela forma, sem ter êxito.

Off:
Imagem do Mercenário
Imagem da ísis
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Ter 28 Out 2014, 17:19

Morfeu's POV

Ok. Agora é mais do que oficial: quero a cabeça dele. Não para mim, é claro. Mas para Giratina. E o fato de que eu sentiria imenso prazer em entregar esse ser para o outro mundo não reduziria o valor desse sacrifício, não é? Acho que Bubble leu minha mente sem autorização... Afinal, ele está me olhando de forma estranha... O importante é que ele parece concordar.

Me aproximo de Alice, a fim de garantir sua proteção perante qualquer imprevisto. Bubble está pronto para o ataque. Axew e Golett certamente darão tudo de si, apesar de feridos, afinal de contas sua amada treinadora depende disso. Não que vá fazer muita diferença, pois se eles não impedirem o homem ela será presa...

- Nereu.

Ao chamado de Alice vejo o Vaporeon Verde sair de sua esfera sem que fosse necessário minha menina pegá-la. Pelo menos para batalhas ele obedece... Isso alivia um pouco a situação dele, já que não estou feliz por ele ter se recusado a procurar almas para Giratina mais cedo.

Nereu abre a boca, emitindo um rosnado furioso. Sua cauda tremula no ar, indicando sua disposição. Sua cabeça, assim como seu corpo, estão baixos, quase rentes ao solo e prontos para o ataque. Bubble, atrás de nós, ainda mantém as asas semi-abertas. Sei que ele chegaria muito rápido ao campo de batalha, se assim fosse pedido.

Rapidamente invado a mente deles, dizendo para Bubble pousar em frente ao Nereu e bloquear qualquer ataque com o Protect, para em seguida atingir o Golett com o Psychic e jogá-lo longe. Para Nereu, dois Ice beam, um em cada. A caverna não é muito alta, mas Bubble será capaz de carregar Nereu caso eles tentem atacar depois disso. A evasiva sempre em primeiro lugar. Afinal, não sabemos quantos Pokémons o suposto caçador de recompensas possui. Rapidamente começo a rastrear o campo em busca de alguma ameaça para Alice. Não vou permitir que nada a aconteça.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Ter 28 Out 2014, 18:20

Morfeu tinha pensamentos nada amigáveis para com o homem estranho. Desejava entregar a alma dele para Giratina, e o faria com muito gosto. A coruja estranhava os pensamentos do companheiro de time mais antigo, mas acabava concordando com ele.

Todos se posicionavam, prontos para a batalha. Nereu finalmente se mostrava, arrancando um sorriso do homem, acompanhado por um olhar de cobiça. Axew e Golett, apesar de a contra gosto e com alguns ferimentos, estavam preparados para batalhar. Pelo menos garantiriam a sobrevivência de sua senhora.

-Confesso senhorita Havelle, você possui um time realmente interessante... Tomara que não se importe, mas assim que eu terminar com você e receber minha recompensa, ficarei com alguns deles para mim. Alias, que falta de educação a minha em não me apresentar: Eduard Teech.

Novamente o homem falava, apresentando-se e afirmando que tornaria alguns dos seres que acompanhavam a religiosa como membros de sua equipe. Não parecia levar o rosnado de Nereu como algo significativo, ou os pios irritados do Noctowl, sendo estes que claramente despertavam o interesse de Eduard.

Morfeu dava as primeiras ordens para o Vaporeon Verde e a grande coruja. Eduard analisava brevemente, como se estranhasse a falta de instruções vindas de Alice.

-Interessante... Pois bem, Axew, Golett, já sabem o que vai acontecer se perderem. – Novamente a ameaça clara. Axew abaixava a cabeça, abatido e não vendo escolhas. O fantasma parecia inexpressivo, mas mirou Ísis brevemente, antes de se manter em combate. Umbreon continuava olhando com desgosto, tentando se aproximar de forma sorrateira, mas Eduard mantinha-se atento ao Pokémon Dark, o frustrando. – Vejamos... Axew, use dois Leer e mantenha distancia. Enfraqueça a coruja. Golett, um Pound no Noctowl e um Shadow Punch no Vaporeon. Assuma a linha de frente.

As ordens do homem era proferidas. O dragão e o fantasma pareciam receosos em obedecer, mas a vida de Ísis dependia disso. Axew começava com seu Leer, reduzindo a defesa de Bubble. Golett tentou atingir Pound em Bubble, mas o Protect o impedia, sendo um alvo fácil para o Psychic e o Ice Beam, sendo jogado longe. Axew tentou se aproximar, para ver as condições do companheiro de time, recebendo outro Ice Beam. Os danos eram maiores do que ele poderia aguentar, ficando nocauteado. A dupla era nocauteada rapidamente. Ísis abaixava a cabeça, entristecida por ver seus Pokémon se ferindo mais ainda, mas não direcionava o olhar para Alice ou os Pokémon da mesma, olhando com ódio para Eduard. O homem, no entanto, avaliava a situação.

-Hum... Será um desafio maior do que a Ísis, devo admitir... Umbreon, vai.

O Pokémon Dark olhou chocado para o homem, passando a rosnar para o mesmo e se preparando para atacá-lo. Seu olhar dizia claramente que pretendia ceifar a vida do caçador de recompensas, mas quando Eduard colocou Ísis como escudo, novamente, Umbreon recuava e olhava para sua treinadora. A dupla assustada e sem saber o que fazer.

-Eu disse: vai.

Eduard repetia. O Pokémon tentou ousar um passo a frente, mas o homem pegava uma faca e a colocava próxima do pescoço da loira. O cão negro abaixava a cabeça, se dirigindo e assumindo o campo totalmente sozinho.

-Use Confuse Ray no Vaporeon e a velocidade de um Quick Attack para desviar dos ataques.

Novamente os comandos proferidos pelo homem, sem parecer se preocupar realmente de estar usando o Pokémon de outra pessoa.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Interior do Hi no Meiro. Várias fontes de água fresca próximas das paredes. Iluminação dependendo inteiramente de Umbreon e Bubble. Corpos dos Pokémon sacrificados mais atrás.

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Vaporeon_verde
Vaporeon/Nereu
Lv.05
Trait: Hydration
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 164
Noctowl/Bubble
Lv.20
Trait: Tinted Lens
100%, Status: -1 Def
Vs.
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 197
Umbreon
Lv.17
Trait: Synchronize
62%, Status: Corpo arranhado e ofegante
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Ter 28 Out 2014, 19:05

Morfeu's POV

Essa criatura vil ousa cobiçar os Pokémons de Alice? Ele realmente acha que um de nós se dobraria para alguém como ele? Nereu rosna em claro desgosto pelas palavras ouvidas, assim coo Bubble que parecia emitir um pio baixo e ameaçador. Ele nunca possuiria um de nós.

Axew e Golett não representam um desafio para Bubble e Nereu. O filhote ficou esperto, aceitando o Leer e gastando o Protect com o ataque físico. Os golpes foram destrutivos. O tal Eduard parecia notar que não estávamos de brincadeira e manda o Umbreon atacar. Tento entrar na mente do pokémon negro, porém ele repete o que eu já sabia: ele não tinha escolhas. Ísis estava sendo ameaçada e ele não poderia arriscar a vida dela confiando em estranhos. Eu o entendo... Mas não concordo com ele...

Antes que ele pudesse usar um golpe, instruo Vaporeon a usar o Protect e, assim, bloquear os danos do Confuse Ray. Bubble infelizmente não possui ataques fortes contra o negro, mas ele pode me ajudar e pode ajudar a Nereu... Por mais rápido que o Quick Attack possa ser, nenhum golpe precisa seguir em linha reta... Nereu é instruído a usar o Ice Beam, que será guiado pelo Psychic de Bubble. Sei que o poder do psíquico será anulado, mas o gelo não... E isso, sendo guiado, certamente acertará o negro... Assim que ele parar, lançarei meu Dazzling Gleam, que igualmente será guiado pelo Psychic de Bubble. Caso ele ainda esteja de pé, mandarei outro Dazzling Gleam, assim como Nereu mandará outro Ice Beam. Não acredito que ele terá forças para desviar desses últimos dois ataques...

Ele é um caçador, que luta com os pokémons alheios. Por que nós deveríamos nos ater a lutar de forma honrada?
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Ter 28 Out 2014, 19:41

Morfeu tinha pensamentos cada vez menos amigáveis em relação ao homem que enfrentava. Nereu e Bubble tinham pensamentos semelhantes, cada um demonstrando seu desagrado de sua maneira, deixando claro que não pretendiam obedecê-lo sob nenhuma circunstancia.

O Drowzee se comunicava com o Umbreon mentalmente, conversando com o mesmo, mas recebia a resposta esperada. O Pokémon negro não sabia se podia confiar no psíquico, ainda mais com a vida de sua mestra em perigo. Não podia arriscar, não a vida de Ísis.

A batalha recomeçava e o golpe fantasma era evitado pelo Protect de Nereu, que logo em seguida usava Ice Beam que era teleguiado pelo Psychic de Bubble. Umbreon usava a velocidade de seu ataque para desviar, surpreso ao ver o golpe de gelo dando a volta e voltando a ir a sua direção. O Pokémon Luar sorriu, continuando a correr com a velocidade de seu Quick Attack, sendo seguido pelo Ice Beam. Saltava entre as pedras e paredes, passando ao lado de Eduard e se impulsionando entre ele e Ísis, não conseguindo separá-los, mas fazendo o ataque ir contra o homem.

Eduard praguejou, lançando uma Pokébola as pressas e sendo visualizado um Magnemite. A barreira protetora impedia que o mercenário levasse danos, e tanto Ísis quanto Umbreon praguejaram.

-Você está abusando da sorte...

O homem alertava, encostando a faca no pescoço de Ísis, sendo visível um filete de sangue começar a escorrer. Umbreon recuou e voltou para a luta, claramente nervoso e pensando no que fazer para livrar sua senhora do perigo. O Dazzling Gleam era teleguiado e avançava, novamente seguindo o alvo, mas sem mais a velocidade do ataque, Umbreon era atingido, sendo jogado contra a parede. O novo Ice Beam avançava contra o Pokémon Luar, que saltava para o lado e era atingindo de raspão nas costas, distraindo por tempo suficiente para que o novo golpe fairy atingisse seu alvo.

-Pretende perder?

A voz de Eduard soava fria, pressionando com um pouco mais de força a faca, conseguindo um gemido de dor da loira. Umbreon olhou sua senhora com preocupação, e apesar de ofegante, ainda se erguia, posicionando-se e aguardando as novas ordens.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Interior do Hi no Meiro. Várias fontes de água fresca próximas das paredes. Iluminação dependendo inteiramente de Umbreon e Bubble. Corpos dos Pokémon sacrificados mais atrás.

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Vaporeon_verde
Vaporeon/Nereu
Lv.05
Trait: Hydration
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 164
Noctowl/Bubble
Lv.20
Trait: Tinted Lens
100%, Status: -1 Def
Vs.
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 197
Umbreon
Lv.17
Trait: Synchronize
16%, Status: Corpo arranhado e ofegante, costas levemente congeladas
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Ter 28 Out 2014, 19:56

Morfeu's POV

Simpatizei com o Umbreon e detesto ainda mais esse Eduard. O golpe de gelo quase atingiu o caçador de recompensas e agora miro o Magnemite com desgosto. Claro que ver que meus companheiros de time ainda estão com toda sua força me anima, afinal de contas dois já se foram e um está quase caído. Com sorte não teremos problemas com os demais pokémons e conseguiremos vencer o combate.

Umbreom se reposiciona, apesar de estar fraco e cansado. Vamos acabar logo isso amigo... Me ligo mentalmente a Bubble e Nereu, instruindo-os novamente. Dessa vez, Bubble usará o Protect, voando em direção ao Umbreon, enquanto Nereu o segue sob a proteção verde. A ideia é simples: Bubble deverá pegá-lo com suas garras, usando um Peck logo em seguida, enquanto Nereu se aproxima e usa o Ice Beam para derrubá-lo. Caso o primeiro Protect caía, Nereu irá erguer um segundo. Umbreon está e provavelmente conseguiremos atingi-lo.

Estou de olho no homem e em seu Magnemite, mas também em Alice e em Ísis. Qualquer problema que Nereu e Bubble encontrem, usarei um Dazzling Gleam guiado por Psychic para derrubar Umbreon de vez. Do contrário, seguirei quieto e atento. Pressinto que algo não está certo...
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Ter 28 Out 2014, 21:48

Enquanto a simpatia pelo Pokémon Lunar crescia, o ódio pelo mercenário também crescia. O Pokémon metálico era alvo de olhares desgostosos, mas não parecia se importar com isso. No entanto, Alice possuía ainda a vantagem e, com sorte, os outros adversários não dariam trabalho, rendendo em uma vitória rápida.

Novas instruções eram passadas para Bubble e Nereu, da mesma forma que o caçador de recompensas passava novos comandos para o Pokémon de Ísis. Desta  vez ele instruía um Quick Attack direto em Bubble, seguido de um Pursuit, aparentemente tentando causar danos ao Noctowl antes que Umbreon caísse.

O avanço do Pokémon Dark era rápido, seu Quick Attack impedido pelo Protect, mas a barreira servia de apoio para um salto, tentando tomar distância e não ser pego pelas garras de Bubble, não tento sucesso. O corpo esguio era envolvido pelas garras da coruja, ficando preso e sendo atingido pelo Peck. Os danos não eram muitos, devido a defesa razoavelmente alta da espécie, sobrevivendo incluindo ao Ice Beam, mas um segundo Ice Beam o nocauteava de vez, sendo mais do que Umbreon podia aguentar.

Morfeu mantinha-se atento ao homem e no Pokémon metálico que o rodeava. Ísis observava seu Pokémon com preocupação, a respiração rápida, o nervosismo e o medo estampados na face.

-Ísis, devia ter treinado melhor seu Umbreon... Ele podia ter me ajudado muito mais aqui, não concorda?
-Vai catar latinha.

A loira tentou morder o braço do homem, mas este se afastou a tempo e a forçou a sentar no chão, observando com atenção Bubble, Nereu e Morfeu.

-Seus Pokémon sabem muitas TM’s interessantes. Pelo o que vi, não é inexperiente, como a pequena Ísis... – A loira murmurou um xingamento, mas foi ignorada. – Mas agora não vou mais brincar.

Eduard dizia, pegando duas esferas e lançando ambas, materializando um Glaceon e uma Frillish. A dupla parecia bem disposta, encarando os oponentes com seriedade. Esses não recuariam e não estavam com feridas. O Pokémon Neve Fresca fazia seu pelo ficar espetado, parecendo diversas agulhas, enquanto Frillish flutuava calmamente.

-Glaceon, distraia eles com Swift e use Helping Hand para ajudar Frillish. Frillish, use Bubblebeam em Noctowl quando tiver o reforço de seu parceiro. Depois Will-o-Wisp em Noctowl.

As ordens de Eduard já era proferidas e a dupla se preparava para avançar.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Interior do Hi no Meiro. Várias fontes de água fresca próximas das paredes. Iluminação dependendo inteiramente de Umbreon e Bubble. Corpos dos Pokémon sacrificados mais atrás.

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Vaporeon_verde
Vaporeon/Nereu
Lv.05
Trait: Hydration
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 164
Noctowl/Bubble
Lv.20
Trait: Tinted Lens
100%, Status: -1 Def
Vs.
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 592f
Frillish
Lv.18
Trait: Cursed Body
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 471
Glaceon
Lv.17
Trait: Snow Cloak
100%, Status: Normal
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Qua 29 Out 2014, 16:56

Morfeu's POV

Lamento por Umbreon, mas também não arriscarei a segurança de Alice para que ele proteja Ísis. Com mais um caído, vejo que o tal Eduard está frustrado por não ter nos enfraquecido em absolutamente nada. Ele logo envia uma Frillish e um Glaceon para o combate e, para se afastar, Bubble deixa o corpo de Umbreon para trás. O metálico que flutuava ainda me deixava intrigado e não pude deixar de pensar que havia algo errado em toda a situação.

Quando escuto os comandos, no entanto, volto a me concentrar na batalha. Não pretendo jogar limpo, então uso meu Psychic para reverter o Swift e fazê-lo colidir com o Bubblebeam, eliminando-o. Bubble, enquanto isso, irá usar o duplo Psychic no Glaceon, jogando-o de encontro as pedras quentes o máximo que conseguir, parando somente para que ele fosse atingido pelo Toxic de Bubble e o usando como escudo para o Will-o-wisp de Frillish. Dessa forma o pokémon de gelo não resistiria muito tempo. Em seguida, Vaporeon usaria um segundo Toxic em Frillish, aproveitando um momento de distração do fantasma, preferencialmente ao ver que seu ataque fogo atingira seu próprio aliado.

Eu, no entanto, não me permito relaxar. Algo realmente não está certo e, perante um caçador de recompensas, devo ficar atento a qualquer imprevisto. Não vou permitir que ele toque na minha Senhora. Alice, por sua vez, ergue o rosto, mirando o estranho de cima. Sangue escorre de sua adaga e ela não tenta limpá-lo. Imediatamente entendi: os pokémons do caçador serão sacrificados. Giratina irá gostar...
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Qua 29 Out 2014, 22:24

Apesar de lamentar, Morfeu não iria arriscar a proteção de sua senhora. Alice era importante demais para ele. Os novos oponentes surgiam em campo, embora Magnemite deixasse o Drowzee em duvida, desconfiado. Havia algo de errado naquilo tudo, que não parecia estar certo. Já foram três nocauteados, então porque Eduard parecia ainda confiante? Teria alguma carta na manga?

Os golpes começavam a ser lançados. O Psychic envolvia o Swift, forçando o golpe a ir contra o jato de bolhas da outra oponente, fazendo ambos os ataques se anularem. A coruja usava seu Psychic no Pokémon Neve Fresca, forçando o corpo de Glaceon diversas vezes contra as paredes, sendo um alvo fácil para o Toxic e um escudo para o Will-o-Wisp. Frillish, no entanto, tinha sucesso em desviar do Toxic.

Glaceon havia levado danos sérios. Queimado e envenenado, não sobreviveria por muito tempo, mas então... Porque Eduard sorria? Alguma coisa, definitivamente, estava muito errada. Mas o que seria?

-Atrás de você!

Ísis gritou rapidamente, antes que levasse um chute de Eduard e caísse para o lado atordoada. No entanto o aviso foi dado e Morfeu usou Protect, impedindo o Psychic de um Kadabra que surgia atrás de Alice. O Pokémon psíquico mirou o Comedor de Sonhos, claramente insatisfeito. O sorriso de Eduard havia sumido.

-Depois darei um jeito em você...

O tom era ameaçador para a loira, que ainda se recuperava do chute recebido.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Interior do Hi no Meiro. Várias fontes de água fresca próximas das paredes. Iluminação dependendo inteiramente de Umbreon e Bubble. Corpos dos Pokémon sacrificados mais atrás.

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Vaporeon_verde
Vaporeon/Nereu
Lv.05
Trait: Hydration
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 164
Noctowl/Bubble
Lv.20
Trait: Tinted Lens
100%, Status: -1 Def
Vs.
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 592f
Frillish
Lv.18
Trait: Cursed Body
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 471
Glaceon
Lv.17
Trait: Snow Cloak
10%, Status: Badly Poison, Burn
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 64
Kadabra
Lv.20
Trait: Inner Focus
100%, Status: Normal
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Alice Qua 29 Out 2014, 23:41

Morfeu's POV

Ok... Se havia alguma chance de eu deixar esse ser desprezível sair com vida, caiu por terra nesse exato momento. Atacar Alice pelas costas? Ele realmente pagaria muito caro por isso. Miro minha Senhora, claramente pedindo que ela me deixe batalhar e, quando escuto o "Vá" quase pulo de felicidade. Agora essa luta é mais minha do que nunca.

Glaceon está com claras dificuldades para se manter em pé, enquanto Kadabra não exibe mais seu sorrisinho confiante. Era hora de mostrar para eles nosso real potencial... Meus olhos brilham, agora mais tranquilos por saberem que o estranho dificilmente teria outro pokémon para atingir a minha Criança pelas costas, e minha mente se conecta a Nereu e Bubble.

Nereu dá um passo a frente, ganhando a atenção de todos. Logo o Vaporeon grita, invocando uma onda gigantesca chamada Surf. Antes, no entanto, Bubble usa seu Flash, disposto a não deixar que os oponentes vejam o que estamos fazendo. A forte luz irá cegá-los, enquanto a onda que, agora carrega o Toxic de Nereu, atingi os três. Meus Psychic garante que a onda não irá voltar para Alice e tampouco irá chegar a Ísis. Não... Muito antes a farei se virar para cima e retornar para o começo, criando uma grande bola de água tóxica que irá envolver os três oponentes. Preciso me concentrar no que faço e, enquanto isso, Bubble está pronto para usar o Protect ou o Psychic (o que tiver o melhor efeito) contra qualquer ataque que nossos oponentes por ventura nos lancem.
Alice
Alice


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Érica Qui 30 Out 2014, 00:12

Morfeu estava furioso, não tendo a intenção de deixar o homem sobreviver. Com muita satisfação e alegria, entrava oficialmente na batalha e observava seus oponentes. Era hora de Eduard pagar por tentar atacar Alice pelas costas.

Eduard agora parecia nervoso. Não parecia contar com a possibilidade de Kadabra falhar seu ataque. Provavelmente não haveria mais nenhum Pokémon capaz de ferir Alice, enquanto o Drowzee se concentrava na batalha, conectando sua mente com a de Nereu e Bubble. Era hora de continuar a batalhar.

O Flash cegava a todos os oponentes, impedindo a visualização da onda que se aproximava, contendo água envenenada. O golpe avançava e atingia o trio. Glaceon era nocauteado, Kadabra e Frillish levavam danos.

-Kadabra, teleport seguido de Psychic! Frillish, use Absorb no Vaporeon e Will-o-oWisp no Drowzee!

O homem comandava, já não parecendo estar tão confiante quanto antes. Kadabra sumia da onda, aparecendo atrás de Bubble, mas este evitava o Psychic graças ao Protect, protegendo também Nereu do Absorb. O golpe de status tentava encontrar seu caminho, mas durante o ataque, Frillish tinha dificuldades de mirar. Irritado, Eduard logo mandava outro Pokémon para substituir Glaceon. Outro Magnemite flutuava em campo, longe da água que caía ao chão.

-Frillish, use Psychic nesse Vaporeon e o elimine logo, depois Will-o-Wisp em quem estiver perto! Kadabra, use Teleport se precisar, caso contrário, duplo Psychic! Magnemite, use duplo Faint Attack no Drowzee.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Interior do Hi no Meiro. Várias fontes de água fresca próximas das paredes. Iluminação dependendo inteiramente de Umbreon e Bubble. Corpos dos Pokémon sacrificados mais atrás.

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Vaporeon_verde
Vaporeon/Nereu
Lv.05
Trait: Hydration
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 96
Drowzee/Morfeu
Lv.18
Trait: Insomnia
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 164
Noctowl/Bubble
Lv.20
Trait: Tinted Lens
100%, Status: -1 Def
Vs.
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 592f
Frillish
Lv.18
Trait: Cursed Body
90%, Status: -1 Accuracy, Badly Poison
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 81
Magnemite
Lv.17
Trait: Sturdy
100%, Status: Normal
Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 64
Kadabra
Lv.20
Trait: Inner Focus
81%, Status: -1 Accuracy, Badly Poison
Érica
Érica


Ir para o topo Ir para baixo

Hi no Meiro: Reino de Giratina - Página 2 Empty Re: Hi no Meiro: Reino de Giratina

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos