Um ultimo Abraço - Evento dia das Mães

Ir em baixo

Um ultimo Abraço - Evento dia das Mães  Empty Um ultimo Abraço - Evento dia das Mães

Mensagem por Brian$ em Qui 07 Maio 2015, 01:58

Um ultimo Abraço


No frio sereno de um deserto durante a noite, um homem alto e musculoso caminha sozinho pelas areias do tempo que povoam toda a extensão de Kalled City. Seus passos são lentos porém firmes e sua postura é rígida e inabalável. Porém, está compostura na verdade esconde uma profunda tristeza e uma alma alquebrada pela loucura humana. Brian Boundurant, agora um gangster apocalipse, se senta no entulho de um antigo prédio demolido enquanto é banhado pela luz do luar. Ele olha para o céu estrelado, sua mão direita se fecha com uma raiva contida enquanto sua mente é acometida por memórias de um passado distante, quando as coisas eram mais belas.

...

De frente para uma panela prateada e com um grande sorriso no rosto, uma bela mulher, na casa dos 27-33 anos, com cabelos cacheados de cor branca como a neve parece estar fazendo um delicioso prato de carne de miltank com batatas. Ela canta uma doce canção enquanto parece estar esperando alguém querido chegar.

Então, repentinamente um garoto de aproximadamente oito anos aparece na entrada da cozinha, seu cabelo, embora curto, tem a mesma cor branca do da mãe. Ele corre e abraça as pernas daquela bela mulher como se está fosse a pessoa mais importante da sua vida. Ela desce sua delicada mão e faz um leve cafuné na cabeça do amado filho enquanto diz apenas algumas palavras:

- O almoço logo estará pronto, meu amor!

O pequeno Brian solta um sorriso e logo em seguida puxa uma cadeira e se senta de frente para a mesa da cozinha esperando sua refeição. Contudo, antes que tivesse tempo até para respirar uma súbita explosão acontece, causando uma grande destruição e fazendo tanto o teto como as paredes da casa ruírem.

Então, alguns destroços se move e de baixo dele sai o jovem Brian, sua cabeça agora está com um grande ferimento e suas roupas se rasgaram com os escombros. Mas, ele parece não se importar consigo e se foca em seguir em frente, mesmo que com dificuldade. Ele logo fica de frente para uma pilha de escombros e tenta com toda sua força retirar alguns dos destroços até encontrar a silhueta da sua queria mãe, que agora já não tem muito tempo de vida.

Ele queria gritar, chorar mas no momento só conseguia pergunta se sua mãe estava bem e se ela queria que ele fosse chamar ajuda. Ela nada diz e apenas usas suas últimas forças para colocar seus braços ao redor do pescoço do filho com todo amor que ela possui.

- Eu quero apenas que você me abrace meu querido e também me prometa que sempre vai seguir... Em frente... Independente das adversidades, você pode me prometer isto?

- Si... Sim mamãe, eu prometo!

Ela sorri e então fecha os olhos, agora para nunca mais abri-los de novo.

...

Nunca deixe de dizer para aquela que mais te ama o quão ela é importante para você, pois quando ela se for, já será tarde demais...
Brian$
Brian$


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum