- Uma história muito louca

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Seg 25 Maio 2015, 18:13

A garota se sentindo exausta, e com o sol indo na direção do horizonte, deixando uma bela vista, com um belíssimo por do sol, voando em meio as nuvens, mas ainda deixando uma vista para o solo, o que a deixava ainda mais cansada. E com uma brisa suave deixando tudo calmo e silenciosa, e com o cair do sol Lívia descansava abraçada ao Tropius que sofria com os ferimentos.

 Depois de um longo tempo descansando, Lívia acorda, com o bater do sol em seus olhos, ela levantou a cabeça confusa, e para sua surpresa ela viu um amplo campo de flores, com as mais diversas cores, tamanhos e formatos, com um vento leve, trazendo o perfume das flores, e no fundo, bem longe, se podia ver o nascer do sol, uma coisa bela, que poucos param para observar, mas Tropius estava cansado e ferido, descendo devagar, na direção do solo. A garota não se sentia bem, tinha um incomodo no estomago, seria preocupação? Ou culpa por ter ficado em cima dele?

 A garota não sabia o que era, mas ela queria ajudar aquele Pokémon, então ela simplesmente pegou o canivete suíço, e foi cortando as cordas que prendiam o Pokémon, o que já poderia ajudar, só não sabia o que fazer com as queimaduras, mas o cansaço ela podia tratar, mas tinha que estar em terra, e logo depois de ter cortado as corda, ela coloca o canivete na bolsa, e fala com o Pokémon calmamente.

- Tropius, você tem que descer para que eu possa cuidar de seus ferimentos, ok? - A garota falava perto da cabeça do Pokémon, enquanto o abraçava levemente, para não piorar seus ferimentos.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Qua 27 Maio 2015, 15:04

Off: Mil desculpas pela demora x.x Esqueci de seguir o tópico.
Off²: o que tá achando da narração? =3
Off³: Ovo atualizado ^^


Lívia passou a noite nas costas do grande Pokémon frutífero. Este voou a noite toda, meio desesperado, suado pelo cansaço, inclusive pela queimadura em sua pata. Suas asas estavam amassadas e de certa forma foram amarradas. Possivelmente o Pokémon estava ferido de mais, por isso aos poucos perdiam altitude. O campo de flores era enorme e lindo. O perfume alcançava os céus e a vigarista sentia o perfume que acalmava qualquer alma, menos a de um tropius repleto de ferimentos. A explosão em Nyender causou muitos desastres...

Com a gladiadora se arrumando e pedindo para que Tropius descesse, não sabia se o Pokémon grama estava acatando a ordem ou estava sem forças para continuar voando desesperado sem rumo. O sol nascia de modo que iluminava tudo. Era gostoso sentir o sol quentinho diante do vento frio.

No fim, Tropius descia, mas quando diminuía metade da altura, o Pokémon parecia perder o controle, talvez porque não tinha o apoio das asas traseiras amassadas e por isso descontrolava-se e descia a uma velocidade maior do que deveria. Lívia segurava no Pokémon e não demorava para que Tropius se chocasse contra o mar de flores e saísse arrastando pelo lugar, até que Lívia era lançada para a grama, na qual estava macia e não lhe causou qualquer ferimento, assim como o gramíneo.

Vários Butterfrees acordavam e saiam voando fugindo do caos e do rastro provocado pelo corpo do Tropius. Alguns Oddishs se desenterravam e saiam correndo daquela situação. Um Sewaddle se escondia em vários folhas e flores, sumindo de vista da gladiadora, que dessa vez, estava no chão, com o Pokémon tremendo de dor...


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Qui 28 Maio 2015, 15:24

OFF¹: Tudo bem :).

OFF²: To adorando XD.


O dia começava em um grande campo de flores, tudo parecia alegre, mas Tropius ainda sofrendo devido as feridas, Lívia não sabia o que fazer para acabar com o sofrimento do Pokémon, e simplesmente deixa-lo sofrendo ali não era uma opção, então ela começou a revirar a bolsa procurando algo que ajudasse aquele Pokémon. Demorou um pouco, mas conseguirá algo, na mão tinha uma Oran Berry, e uma Potion, que ela guardava, caso precisar muito, e naquele caso precisava muito, então ela foi de vagar na direção do Pokémon e disse.

- Coma isso, vai fazer você se sentir melhor. - Falava ela enquanto se aproximava, e colocava a Berry perto da boca do Pokémon e ia examinar os ferimentos e espirrar um pouco da Potion.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Sex 29 Maio 2015, 14:27

O Pokémon ainda sofria muito com a queimadura. Talvez, o gramíneo estava no lugar errado, na hora errada quando a confusão começou na capital. No momento, Tropius estava muito fraco. A prioridade da vigarista era curar a queimadura, mas seria difícil sem o item correspondente. Tentou fazer Tropius se sentir melhor, mas o Pokémon tremia de dor e virava a cara para o lado, deixando claro que não aceitaria ajuda, até porque, não pensava bem, senão, não teria voado quilômetros longe da sua cidade para aquele campo. Tropius não estavam ali pela beleza, embora o ambiente alegrasse qualquer enfermo.

Depois de um tempo examinando e insistindo, Tropius abria as suas asas, ameaçando a estranha gladiadora. Não era um Pokémon que confiava fácil, mas quando Lívia insistiu mais um pouco com a Oran Berry ele comeu. Foi o primeiro passo para o gigante abaixar suas folhas de palmeiras no momento. Continuava desconfiado e só porque comeu não significava que iria acatar qualquer investida da vigarista.

A morena analisava o corpo do gigante, mantendo-se parcialmente afastada, o suficiente para poder analisar e mostrar para o Pokémon que não iria ferí-lo. Por fim, usava a Potion no Pokémon.

O borrifo gelado foi um alívio para Tropius, fazendo-o respirar melhor, mas ainda suava. O Pokémon sentia a queimadura ainda, o que significava que teria ainda que ter tempo para restaurar as suas forças. Apesar de tudo, Tropius era um guerreiro e se resistiu tanto tempo e ainda voando, possivelmente era forte. Lívia reparava que as asas do Pokémon foram mais amassadas ainda com a queda. Como era visto, parecia que havia dobrado e precisava de algo para sustentar a folha.

Foi nesse momento que um flash aparecia e o seu Pokémon water surgia com a concha para o alto, mas logo virava e a posicionava em sua barriga. Oshawott queria saber o que estava havendo fora da Pokébola e passou a observar Lívia e o Pokémon novo.
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Sex 29 Maio 2015, 17:53

A situação não ia bem, o Pokémon ainda sofria devido as queimaduras, a garota não sabia o que fazer, ela precisava de uma Lum Berry por exemplo, que poderia curar qualquer status, mas Lívia não a tinha, ela entregou a Oran Berry para o Pokémon, e usou a Potion, mas isso só deixaria ele um pouco melhor, ela olhava para os lados e só via rosas, porém inesperadamente aparece uma luz vermelha, e do lado dela para sua surpresa e felicidade estava Oshawott, querendo saber o que estava acontecendo. Lívia olhava Oshawott, pensativa, seria bom enviar ele para buscar uma Berry, ou seria muito ruim, ou seria melhor enviar Skitty ou talvez os dois, era muito difícil decidir, mas depois de alguns instantes teve um momento de clareza, então disse para seu Pokémon lontra.

- Oshawott, o Tropius esta muito ferido, você poderia buscar um Berry para mim? - Falava Lívia calmamente, tentando disfarçar o medo de deixar um Pokémon morrer sem pode-lo  ajudar.

 Logo depois que a Gladiadora terminou de falar, Oshawott confirmou com a cabeça e foi logo procurar, Lívia se sentia um pouco melhor de ter mandado seu Pokémon procurar alguma fruta, mas ainda sentia o coração pesado, pois se algo acontecesse a Oshawott, seria culpa dela, e ela não poderia ajudar, já que gastou seus suprimentos de cura no Tropius, e seria muito difícil conseguir novos.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Seg 01 Jun 2015, 10:08

O coração da morena ainda estava na mão dela. Tropius, apesar de parte da energia restaurada devido aos suprimentos da menina, no momento estava um pouco queimado e não tinha nem mesmo água ali por perto para poder ajudar na cura. Oshawott aparecia querendo ajudar e mesmo a morena temendo por ele sair sozinho pelo campo florido, ainda assim enviou o seu Pokémon corajoso, que saia correndo pelo campo e seguia pelo monte de flores que o cobria de vez.

Lívia permaneceu ali com o Pokémon a encarando. Tropius parecia nem saber como Lívia apareceu ali, afinal, a dor era tamanha que o Pokémon frutífero não tinha noção do que fazia. O tempo passava e a gladiadora sentava na espera do Pokémon água. As borboletas passavam de um lado para o outro. Três Cottonees flutuavam ao longe, enquanto Lívia esperava o retorno do seu Pokémon. Quando menos se esperava, o water aparecia trazendo várias frutas consigo, envolvendo o corpo da pequena lontra toda.

As frutinhas eram lançadas no chão para a gladiadora. Sitrus berries e Oran berries estavam diante dos pés da gladiadora, mas o que mais chamou a atenção foi um novelo de lã vermelha que estava no meio das frutas. Tropius ergueu a cabeça e começou algumas frutas, recuperando as energias, mas não estava recuperando a queimadura. Oshawott, por fim, revelava a sua concha em suas mãos. Nela havia água e o Pokémon jogou na queimadura do Pokémon, aliviando a dor que ele sentia, mas não curava, devido a pouca quantidade da concha do water. O Pokémon havia achado uma fonte de água...


Print 1
Print 2
Print 3
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Ter 09 Jun 2015, 16:32

 OFF: Mil desculpas por não postar, eu não consegui ver sua mensagem antes.  Embarassed

 Lívia tinha mandado seu Pokémon procurar algumas berry para curar as queimaduras do Tropius, que pioravam pouco a pouco, a garota continuava ao lado do Pokémon, esperando ansiosamente a volta de seu Pokémon, a espera parecia interminável, parecia que o tempo ia devagar, mas depois de vários minutos, que parecia demorar muito, chegou a pequena lontra com vários  frutos, que poderiam melhorar o Pokémon, mas não tinha as que curaria as queimaduras.

 A garota já contente de receber as frutas, notou que seu Pokémon carregava alguma coisa na concha, nela havia uma pequena quantidade de água significando que tinha algum tipo de fonte, laguinho ou qualquer outra coisa que pudesse manter uma certa quantidade de água, então Lívia se levantou guardou o que tinha sobrado das furtas, e disse para o Oshawott, e pegando a Pokeball da Skitty.

- Oshawott venha comigo, e me mostre one você achou a água. - Falou a garota lançando a esfera para o alto liberando a pequena gatinha rosa, e falou logo depois. - Skitty cuide do Tropius.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Qua 10 Jun 2015, 09:53

Off: ;)


Consciente de que havia alguma fonte de água que poderia aliviar a queimadura do Pokémon, Lívia logo decidia ir atrás. Abria a sua esfera e Skitty saia, com o pano envolto de seu pescoço, como uma capa de super-herói. Para a gatuna, tudo era uma missão especial e não era diferente no momento em que ela recebia a ordem da menina. A rosada pulava em círculos e acenava com a cauda, mostrando que estava disposta a tudo para poder alcançar a satisfação da menina. Tropius achou estranho o agir peculiar da gatinha, mas não tinha muito opção;

Lívia seguia com seu Pokémon água pelo campo gramado. O cheiro das flores se misturavam e deixava a situação bem bela. Ao longe, era possível ouvir o barulho do rio. No relógio do celular da menina batiam ainda 7 horas da manhã e algumas Buterfrees estavam polarizando o campo, mas desistiam assim que a menina passava espantando-as. Depois de uma pequena corrida, lá estava Lívia diante de um rio que cortava o campo de Mitsue Garden em dois.

A lontra aproveitava o momento e pulava dentro com tudo, sem mais, nem menos. Parecia que iria nadar o dia todo, mas depois de um tempo, a lontra saia da água e trazia algo brilhante. Ela não sabia o que era, então, entregou para a sua dona. O cd parecia bem diferente de qualquer outro, até porque, era uma TM.


Print
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Qua 10 Jun 2015, 18:58

Lívia sabia que teria água por perto, estava torcendo para estar bem perto, Oshawott andava com orgulho, mostrando o caminho até a água, e parecia muito que ele só queria ficar mergulhado na água, mas eles teriam que levar a água para o Tropius, que esperava junto da Skitty, que provavelmente estaria brincando com a própria cauda. Não demorou muito até que eles chegarem ao rio que passava pela região, e Oshawott não demorou muito para mergulhar no rio, parecia muito alegre, mas voltou pouco tempo depois, carregando uma coisa pequena, um pequeno disco, pelo que se via, era uma TM, mas não estava conseguindo descobrir qual era, a garota pegou o pequeno disco, agradecendo ao Pokémon por te pego.

 Lívia abriu a bolsa, procurando algo que pudesse manter uma grande quantidade de água, mas não tinha muitas coisas na bolsa que poderia ajudar, ela guardou a TM, e viu bem no fundo um cantil, que serviria perfeitamente para guardar uma certa quantidade de água, a garota foi até o lago enchendo o cantil, e chamando o Pokémon para voltar até o Tropius.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Qui 11 Jun 2015, 10:08

A morena parecia bem satisfeita, não só por ter achado o rio, mas também por ter achado uma TM na qual a lontra lhe deu. Retirando o cantil da bolsa, Lívia enchia-o de água e por conta disso tentava ser a mais rápida possível, já que Skitty era quem estava cuidando de Tropius e a gatinha não era conhecida por ser a mais atenta possível. A morena voltava mais rápido do que foi, tendo o seu Oshawott para a acompanhar. No caminho, que parecia o mesmo, só que com mais Pokémon flutuando no ar, a morena logo avistava o longo pescoço do Pokémon.

Lívia retornou ao local com o cantil cheio e Skitty, como esperado, estava rodopiando em torno de si mesma, enquanto Tropius olhava com cara de estranheza. Aparentemente a super-gata estava tentando deixar o gramíneo sorridente, o que não funcionava muito. Tropius parecia agradecer aos céus por Lívia ter chegado, já que o Pokémon parecia não aguentar mais a gatinha.

Como planejado, Lívia jogava a água na queimadura na pata do Pokémon. O Pokémon ficou refrescante e até sorriu por um momento. Tropius até se erguia, mas a queimadura estava ali ainda. Parecia que o Pokémon precisava de mais água para poder se refrescar da queimadura, talvez um banho...


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Qui 11 Jun 2015, 17:51

A garota voltava para junto de Tropius, e Skitty, que ela já estava prevendo que a gatinha esteja brincando com a própria cauda, o que poderia ser um grande problema, sendo que ela deveria estar tomando conta do Tropius. Lívia andava rapidamente na direção deles, pronta para colocar a água nas queimaduras do Pokémon, mas depois de colocar a água, ainda continuava queimado, e não daria para ficar indo de um lado para o outro com o cantil, ela tinha de levar o Pokémon até o rio, deixando as coisas mais difíceis ainda.

 Ela não parava de pensar no que tinha de fazer, mas não tinha nenhum plano, só teorias que talvez pudessem tornar realidade, mas não era muito convincente de que funcionaria e não adiantaria ficar parada ali. A garota ficou olhando para o Pokémon sem saber o que deveria fazer, mas depois de longos minutos, a garota fala para o Pokémon com uma voz calma, tentando colocar seu plano em prática.

- Tropius tem um rio aqui perto, e você precisa ir até ele, mas já que você não pode andar, então teremos que fazer o seguinte.
- Falava a garota para Tropius, fazendo uma longa pausa ela continuou. - Se você entrar nessa Pokeball, poderei levar você até, e se  quiser poderá ir embora. - A garota falava enquanto tirava uma Pokeball da bolsa mostrando para o Pokémon.

 Oshawott por outro lado olhava pensativo para sua treinadora, achava uma situação meio estranha ela chega convidando qualquer Pokémon que vinha pela frente, ele não parava de pensar se ele foi escolhido, simplesmente porque ela o viu primeiro, ou se escolheu por que gostara dele, as perguntas não paravam, mas ele mantinha um olhar orgulhoso, do fato dele ter achado a água, mas sentia um pouco de inveja da Skitty, que ficou com a parte mais importante. E ele esperava para ver qual seria a resposta do outro Pokémon.

 Enquanto isso, Skitty brincava com sua cauda, sem parar para prestar atenção no que acontecia em volta, depois de várias voltas, que ela fez, parou para observar a garota que parecia muito séria, a gatinha parava para pensar, seria ela a causadora disso, ela só podia tentar fazer alguma coisa para consertar, mas o que ela poderia fazer, não vinha nada, então ele simplesmente foi na direção da garota e começou a se esfregar, o que fez com que a garota sorrisse um pouco, mas logo em seguida ela voltava a atenção para Tropius, a gatinha simplesmente voltara a brinca com a cauda, sentindo-se ótima por ter feito a treinadora sorrir
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Sex 12 Jun 2015, 10:04


Diante da possibilidade de curar de vez os ferimentos de Tropius, Lívia se via diante da dificuldade que era para transportar o Pokémon. Tropius era grande e por conta disso era um Pokémon bem resistente. Fora isso, a pata machucada, assim como as asas amassadas não deixariam o Pokémon se mover por muito tempo, ou ao menos ele conseguiria só que diante muito esforço. Para isso, a morena tinha uma ideia, que era armazenar o gramíneo na Pokébola, escolha que deixou seu aquático pensativo.

Skitty continuava animada, correndo em círculos. Sua capa azulada amarrada no pescoço fazia um efeito que a gatuna achava graça. Oshawott só observava diante da problemática que era tirar Tropius dali. Mas antes mesmo que pudesse reagir, Tropius tentava afastar-se da esfera e foi só aí que o Pokémon mostrava uma coleira fininha com o nome de “Hércules”. A vigarista só chegava a conclusão que o Pokémon já tinha dono e que a esfera não iria funcionar no Pokémon.

Com a possibilidade de ir com o Pokémon andando, a menina ficava pensativa, enquanto Skitty parava de rodar e avistava o mexer de uma grama a sua frente. Lívia ouviu também e assim observava um Pidgey sair do meio da grama. Mas o Pokémon diferente. Tinha mais penas e parecia ser mais redondo. A ave tinha um ar metido e parecia encarar o grupo de Lívia. Atrás da ave, uma ruiva  de olhos azuis aparecia. Suas roupas eram bem folgadas e livres.

Spoiler:
 - Uma história muito louca 35cl9ue
- Oi... – a menina olhava para o grupo, confusa por encontrar Lívia ali. – Sou Cyntia... AAAAAAAAAAAAAAAH! Meu Arceus! Um Tropius.... Isso é um tropius? – a menina nem terminava de falar e já pulava no pescoço de Tropius, deixando-o bem desconfortável perante a situação. – Ele é seu???

Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Sab 13 Jun 2015, 17:34

 OFF: Sinto uma confusão muito grande chegando.

 Lívia tentava seguir com seu plano, pensando que poderia ser uma das poucas ideias que parecia mais possível de ar certo, ela tinha quase certeza que esse plano daria certo, e que não aconteceria nada de errado, porém, quando ela falou de seu plano para Tropius, ele já ia para trás parecia negar o plano, mas ai a garota notou um peque no brilho no pescoço do Pokémon, nele tinha um tipo de coleira com um nome, estava escrito " Hércules ", o que parecia ser um jeito de identificar o Pokémon, em outras palavras, ele já era o Pokémon de alguém, o que seria um grande problema.

 Lívia não sabia mais o que fazer, então simplesmente guardou a Pokeball na bolsa, e voltou a pensar, já estava tudo muito complicado, até que de repente, ela ouviu um barulho de mexer nas folhas da grama, que significava mais problema, ela esperava algum Pokémon saindo do matinho, mas teve um grande surpresa, já que saiu um Pidgey, mas não só um Pidgey, pulou logo em seguida uma garota ruiva, que pelo visto não sabe o limite de espaço, pois logo que apareceu, foi direto no Tropius que ainda sofria devido as queimaduras, mas a garota já vinha com varias perguntas, que a garota vinha a responder.

- Oi. - Começava Lívia, que seguia com a conversa. - Ele não é meu, ele meio que me trouxe até aqui, pois estava muito ferido, e pelo visto ele tem um treinador. - Falava Lívia que logo continuava depois de uma pequena pausa. - Ele esta um pouco ferido, e planejava leva-lo para um rio que passa aqui perto, se você pude ajudar, seria muito bom.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Seg 15 Jun 2015, 11:53

Off: Mais ou menos rs


- Ajudar?! Claro. Nossa, um Tropius...

A ruiva continuava com seus olhos perto do Pokémon gramíneo. Pidgey inchava o peito e se aproximava dos Pokémons de Lívia com ar de superioridade. Skitty não ligava muito, balançava sua cauda e miava uma boa vinda a ave. Oshawoot mostrava sua concha para o Pidgey, mas ela virava a cara ,deixando o Pokémon irritado e desapontado, ponto para deferir um golpe no Pokémon. Skitty tentou pular em cima do pidgey, mas esse voou e a gatuna batia em Oshawoot. No ar, a ave ria.

As meninas logo se erguiam e tentavam levar o Pokémon para o rio. Uma apoiava de um lado, outra do outro lado. Elas caminhavam com dificuldade levando Tropius, cujo peso era maior do que o previsto. Os olhos de Cyntia sempre ficavam sobre o Pokémon gigante, era um sonho para ela, mas ela nem ligava tanto. Queria o Pokémon para ela.

- Tem certeza... Você poderia me dá... Quem sabe possamos fazer uma troca? O que você quer nele? – a ruiva insistia até o rio.

As águas límpidas chamavam a atenção. Tropius mergulhava metade seu corpo no rio e fazia uma cara feliz. Aquilo era tudo o que ele queria. Depois de um tempo em seu banho, o Pokémon relaxava, mas a ruiva continuava insistindo que queria aquele Pokémon, nem que tivesse que dá algo em troca... Primeiro o ovo, agora um Pokémon que nem de Lívia era...


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Ter 16 Jun 2015, 17:22

A garota parecia gostar muito do Tropius,  e parecia que faria tudo para conseguir ele para si, porém ela não percebera que o Pokémon não era de Lívia para ela da-lo ou troca-lo. Tropius não se sentia muito confortável com a ruiva chegando tão perto, era uma coisa muito incomoda, e ele não tinha muita coisa que poderia fazer, então ele não se mexeu apenas ficou com seu olhar sério na ruiva.

 Lívia olhava para garota pensativa, tentando entender como poderia explicar para a garota sobre o Pokémon, ela por si já tinha dito para a ruiva um bom resumo da situação, mas parecia que ela não escutava, o que dificultava um pouco, mas Lívia insistiu com o que falava antes.

- Sinto lhe informar, mas esse Tropius não é meu, ele é de outra pessoa que eu não sei. - Falava a garota calmamente, tentando falar de maneira natural.

 Lívia por vários momentos estava sonhando em ter o Tropius como seu Pokémon, mas ao ver no pescoço dele um nome, indicando claramente que já pertencia a alguém e que provavelmente, teria de entregar o Pokémon para seu treinador, ou treinadora, mas qualquer que seja tinha de ser feito, e o Pokémon tinha de tratar os ferimentos dele, principalmente as queimaduras, que estavam sendo aliviadas na água.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Ter 16 Jun 2015, 17:52

Não importava o quanto Lívia falava, a ruiva não ligava. Queria aquele Pokémon mais do que Lívia queria. Naquele momento embaçado, a ruiva só ficava de olho no gramíneo, que já se sentia desconfortável perante os galanteios. Pidgey parecia ter desencadeado o desgosto de Oshawoot. A lontra parecia estar tramando algo contra a ave, enquanto Skitty permanecia com seu olhar bobo e inocente diante da situação.

Mais uma proposta e a vigarista tinha que explicar mais um pouco para morena de que o Pokémon não era dela e não poderia falar nada a não ser para o verdadeiro dono, seja lá quem fosse. Oshawott aproveitava a distração de Pidgey e começava a fingir brincar com sua concha, jogando-a para cima e pegando. O objetivo do pequeno era atingir a ave. Ele se aproximava do Pokémon voador e quando estava bem perto, atirava a concha nele. Pidgey desviava no último momento, abaixando e ciscando, sem perceber que fora atacado.

- Você não sabe quem é o dono. Daqui alguns dias o efeito da Pokébola do dono será neutralizado e logo esse lindo tropius ficará livre para ser capturado... Então, dê para mim, por favor? – as mãos em posição de reza e os olhos brilhantes pediam o Pokémon. Oshawoot saia correndo atrás da sua concha que se perdia no meio do mato, deixando Skitty ajudando o pidgey a ciscar.


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Ter 16 Jun 2015, 18:25

A garota se surpreendera com o que a garota falava, mas ela ainda não sabia o que fazer, o Pokémon já era de alguém e não podia simplesmente entregar o que não era dela, ela não parava de pensar o que faria, poderia ficar com o Tropius, ou poderia entregar o Pokémon para a garota, talvez também poderia deixar o Pokémon decidir, o que garantiria sua felicidade, o que poderia ser muito bom, ela não sabia o que tinha de fazer, ou qual era a melhor opção, a que deixaria o Pokémon mais feliz. Então depois de um longo tempo pensando, ela se decidiu voltou-se discretamente para Tropius que olhava para ela com um olhar calmo, então ela se virou para a ruiva que esperava atentamente uma resposta, torcendo para ficar com o Pokémon.

- Melhor deixar o Tropius escolher o que quer fazer. - Falava a garota com a voz firme e calma, com seu olhar sério.

 Enquanto isso, Oshawott tentava acertar a ave, tentando mostrar superioridade, mas era uma coisa complicada, Pidgey desviava da concha como se fosse totalmente natural fazer isso, e claro deixando a lontra mais irritada, ele ia correndo na direção da concha preparando-se para o próximo ataque, logo depois dele pegar a concha ele se via pronto para mais uma jogada, que poderia ser mais detalhada que a anterior, o que ajudaria para se mostrar superior.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Qua 17 Jun 2015, 15:46

Irritada, Lívia parecia não ter mais paciência para combater a menina em sua frente. Do jeito que ela era mercenária, se descobrisse que a gladiadora tinha um ovo misterioso, iria cobiça-lo também. Lívia olhava ao seu redor e logo deixava a decisão para o Pokémon que me banhava no rio. O mesmo apenas se distanciou de Cyntia, dando sua clara resposta. Depois de tudo, a menina ruiva apenas erguia a sua fala, reclamando de que o Pokémon estava apenas estranhando porque ela era nova para ele.

Enquanto isso, Oshawoot tentava mostrar que Pidgey era arrogante, tentando atingi-lo com sua concha. O Pokémon erguia-se no meio do mata e das flores carregando a concha e pronto para lançar de novo, mas tropeçava e caia, sumindo no meio da grama alta. Skitty continuava perseguindo a sua cauda e Pidgey suspirava com cara de desdenho para a rosada.

- Você está falando isso porque quer pegá-lo para você! – afirmava a menina – Você é uma ladra de Pokémons, isso sim!

A afirmação de Cyntia fora severa e Lívia não teve nem tempo de responder, quando Oshawott saia correndo até as pernas dela e a abraçava. A gladiadora se assustou por um momento, mas não tanto quando vários Heracross se erguiam no meio da grama. Um estava com uma pegada na cara, que era claramente de Oshawoot, o que significa que a lontra havia pisado nele sem querer quando estava buscando a concha.

- Er... – Cyntia dava alguns passos para trás, temerosas a respeito dos insetos lutares, enquanto Pidgey pousava no seu ombro. – A culpa é dela. – apontava para Lívia, direcionando a atenção dos insetos. No meio do clima de tenção, Skitty continuava perseguindo sua cauda...
Sorteio - Boa sorte!
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Alice em Qua 08 Jul 2015, 20:01

Rota bloqueada por inatividade.
Em caso de retorno, poste em pedidos solicitando a reabertura.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Sex 24 Fev 2017, 17:43

 OFF: Depois de muito tempo, voltei \o/.

 Assim que disse, a menina foi em direção de Tropius, que nem demorou a demonstrar que não queria ficar com ela, porém, ela não parecia que simplesmente aceitaria um não como resposta. Lívia já estava ficando brava, e não estava nem um pouco feliz de ter que lidar com aquela garota, não estava de bom humor para tentar fazer a menina entender que o Pokémon não seria dela, não importava quantas vezes ela batesse o pé.

 Depois que a garota acusou Lívia de ser uma ladra, ela não estava se aguentando para dizer umas boas coisas, para colocar a garota no seu devido lugar, mas antes que pudesse dizer algo, Lívia viu pelo canto do olho, Oshawott, correndo em sua direção e grudando em sua perna, ela já sentia que alguma coisa estava errada.

 Antes mesmo de conseguir pensar no que poderia ser, surgiu uma horda de Heracross, e um deles com uma marca de pata, que provavelmente, Oshawott foi buscar sua concha, e sem perceber pisou na cara do Pokémon inseto. A mercenária, nem pensou duas vezes, pondo a culpa em Lívia, (tudo bem que era culpa dela mesmo, mas bem que poderia ajudar, ou talvez não, isso ela não tinha tempo para pensar)

 Olhando para os Heracross, ela lembrou das Berrys que tinha achado, e poderia dar algumas para os Heracross, compensando o que tinha acontecido, torcia Lívia. Sem nem mesmo esperar, ela pegou sua bolsa, e tirou as berrys, tentando ao máximo possível, deixar o ovo no fundo da bolsa, para a Mercenária não ver.

 Assim que tirou a maior parte das Berrys, deixando apenas duas Oran Berrys para o Tropius. Ela se virou na direção do Heracross, e disse, tentando demonstrar calma e um pouco de culpa pelos Pokémon inseto e pelo que aconteceram com eles.

- Sinto muito pelo que o meu Pokémon fez, garanto que não se repetira, e para demonstrar isso, lhes ofereço essas Berrys. - Falava a garota, dando uma pequena pausa, para respirar enquanto esticava os braços, segurava as frutas. - Espero que possam nos perdoar e seguir seu caminho pacificamente.

 Lívia torcia que eles aceitassem a oferta, pois ela não estava querendo ter uma batalha contra aqueles Pokémon, mas isso dependeria deles, e só podia esperar para ver o que aconteceria.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Sab 25 Fev 2017, 13:41

Off: Bem-vinda de volta! ^^

----
Primeiro dia em Mitsue Garden
Terça-feira, 8h30min
----------------------
A horda de Heracross encaravam Lívia e seu desastrado Pokémon aquático. Skitty parecia totalmente alheia a situação, continuando sua corrida como se nada a impedisse de parar e respirar. Pidgey estava mais perto de Cyntia, ficando mais preocupado com tantos insetos furiosos. Já a gladiadora tinha uma ideia nova em mente. Iria barganhar!

As diversas frutinhas eram retiradas da bolsa, inclinando-se para que pudesse chamar a atenção dos Pokémons que voavam por ali. Eram as frutinhas que chamavam a atenção de todos ali, com exceção de um Macho, que tinha ainda a pegada de Oshawoot em sua cara. Os demais Heracross voavam nas frutinhas oferecidas começavam a comer, enquanto o Heracross atingido começava a perseguir o aquático em campo, voando.

Oshawoot saia correndo e chorando, parecia gritar no meio do campo florido e com sua concha na mão ele estava mais preocupado de fugir do chifre do Heracross. Skitty achava que aquilo tudo era uma brincadeira e corria também. Era engraçado ver a cena, Oshawoot sendo perseguido por Heracross que por sua vez estava sendo perseguido por Skitty.

- Nossa, que ridículo! – Cyntia estava admirada por ver aquela cena de um Pokémon sendo perseguido por outro. Pidgey ria junto dela. Tropius parecia alheio a situação. Lambia a pata e a asa ferida, esperando que ela sarasse logo, mas nada tão urgente.




Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Sab 25 Fev 2017, 17:45

Lívia se sentia mais aliviada ao ver que os Heracross foram comer as Berrys, mas não durou muito, pois logo o Pokémon com a marca de pata na cara não foi comer, pelo visto ainda estava bastante irritado com Oshawott. Assim que o Pokémon inseto começou a se aproximar dele, começou a correr o mais rápido que conseguia, ainda sendo perseguido, e logo a Skitty começou a correr atrás do Heracross, pensando que era uma brincadeira, e com certeza ela gostaria de participar.

 Olhando aquela cena, realmente era hilário, menos para o Oshawott, que corria desesperadamente. A garota tinha de fazer algo para ajudar seu Pokémon, e tinha de ser rápida, pois ele logo estaria cansado, ou seguindo a sorte dele, acabaria tropeçando, o que ela não duvidava.

 Tentando pensar logo em uma solução, mas não vinha nenhuma ideia boa, ela lembrava de todos os ataques de Oshawott, que talvez um deles, podia parar o Pokémon, mas não conseguia pensar em nenhum dos que ele tinha que ajudaria naquele momento. Até tentou pensar nos ataque que a Skitty tem, mas não parecia ser uma boa ideia usar qualquer um dos ataques, pois poderia irritar mais ainda o Heracross, e isso não seria boa coisa, já que ele poderia chamar ajuda para os outros Heracross.

 Lívia tinha de fazer algo logo, e não tinha muito a se fazer, podia trazer Oshawott de volta para a pokeball, e tentar acalmar a o Pokémon, se bem que ela não sabia bem o que dizer, mas até que a ideia não era tão ruim. Então ela pegou a pokeball do Oshawott e o chamou em sua direção, preparando para colocar ele de volta em sua pokeball.

 E logo que chamou Oshawott, ainda concentrada em seu Pokémon ela falou para Skitty.

- Skitty, se por acaso o Heracross chegar muito perto do Oshawott, use Fake out para impedir ele, mas só em ultimo caso.

 Depois que disse isso, ela se preparava para colocar Oshawott na pokeball, e tentar sair do caminho do Heracross, que poderia não dar tempo dele parar, ou ele mesmo não querer parar, qualquer uma das duas opções, não iria acabar bem ficar na frente.
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Seg 27 Fev 2017, 21:01

Primeiro dia em Mitsue Garden
Terça-feira, 8h30min
----------------------

A brincadeira continuava. Pelo menos para Skitty, que sentia que era uma diversão para ela. A ingênua gatinha não percebia o rancor e a ira de Heracross naquele meio e muito menos estava se importando com aquilo. Já Oshawott, demonstrava cansaço e um pouco de fadiga por tanta corrida executada. O plano de Lívia era simples e, a partir de um raio vermelho, o water sumia de campo e fazia Skitty se chocar contra as costas de Heracross e cair rolando para trás. Nada que abalasse a alegria da gatinha rosada, que agora rodava o inseto como se pedisse para ele correr também ou ele correr atrás dela. A segunda opção não era tão amigável assim...

- Hahahaha Nossa, que treinadora ótima você é!

Cynthia rompia o silêncio estabelecido pela saída de Oshawott, mais uma vez menosprezando Lívia. Tropius, que estava sentado ali do lado, soltava uma baforada de ar pelas suas narinas, sinceramente menosprezando as atitudes daquela ruiva. Pidgey ria ainda no ombro da menina, esquecendo-se de que minutos atrás era ela quem estava com medo do enxame de Heracross.

O Heracross “ferido” levantava voo para perto de seus companheiros. Uma Heracross tinha guardado uma frutinha para ele e agora ele estava comendo feliz, deixando de lado sua velha intriga contra Oshawott, o que deixou Skitty triste, pois não tinha mais diversão.

- Vamos lá! Você não tem capacidade de cuidar de um Pokémon tão grande e forte como Tropius. Você pode me dá e eu serei uma ótima gladiadora com ele. – dizia abraçando e apalpando o corpo do gigante gramíneo, que se mexia de lado, fazendo Cynthia cair no chão e pidgey sair voando. Skitty, achando que era uma nova brincadeira, saia correndo e pulava na grama florida e fazia anjos de neve, só que nas flores. Tal ação fez um peculiar item sair rolando para perto da gladiadora.


Print
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Lua_water em Ter 28 Fev 2017, 19:50

 OFF: Pelo visto meus personagens se irritam fácil O_O'.

Assim que Oshawott voltou para a pokebola, Lívia podia até se sentir melhor, vendo que seu Pokémon estava seguro em sua pokebola, apesar da Skitty, não conseguir parar, e acabou batendo no Heracross que parecia que não estava mais bravo, e decidirá se juntar aos outros para comer. Mas o alivio momentâneo logo desaparecerá ao ouvir novamente a voz da mercenária, que pelo visto já se sentia a vontade o bostante para voltar a falar, pena que o medo não a fez fugir, pensava Lívia tristemente.

 Antes que Lívia presta-se totalmente atenção no que a mercenária estava começando a dizer, ela viu pelo canto do olho, um item saindo de onde Skitty brincava de fazer anjo nas flores, a garota pegou o item que a felina tinha achado sem querer, e logo guardou na bolsa, e antes que pudesse ficar mais feliz com o item que conseguiu, ela tinha que resolver o problema com a Cynthia.

 A garota se virou na direção de Cynthia, esperando que ela termina-se de falar, já sentindo um gosto amargo na boca, sentindo a raiva subindo novamente, mas ela não podia fazer com que a mercenária simplesmente sumi-se, o que não seria nada ruim no momento, então a garota começou a falar tentando não parecer irritada com os comentários de Cynthia.

- Em primeiro lugar, você não se torna a melhor Gladiadora contando com apenas o tamanho e a força de um Pokémon. - Lívia dava uma pausa tentando manter os pensamentos em ordem. - Segundo, você não pode dizer que não tenho capacidade, sendo que nem teve coragem de encarar os Heracross, e em terceiro lugar, se o Tropius não quer ficar com você, então não insista.  
Lua_water
Lua_water


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Ayzen em Qui 02 Mar 2017, 21:56

Off: Será porquê que seus narradores gostam de irritar suas personagens? XD



Primeiro dia em Mitsue Garden
Terça-feira, 8h30min
----------------------
A raiva no coração de Lívia parecia ecoar perante as declarações de Cynthia. A menina ouvia calada, mas com um sorriso de deboche no rosto. Era claramente deixada a marca de que ela estava pouco se lixando para o que Lívia estava pensando e certamente os seus pensamentos não eram iguais ao da gladiadora dona do Oshawott. Parecia que estavam em essências diferentes. Uma acreditava na força do Pokémon e o quão forte ele poderia ser. Outra acreditava na força provinda de treino e união. Uma relação um pouco mais humanizada.

- Você pensa mesmo assim? Sò pode ser mais uma das chatas stylists... Meus pêsames para você. – o olhar da ruiva estava revirando de cima até embaixo a jovem dona do tropius. – Quer saber, ele nem é tão forte assim... Machucado desse jeito, vai morrer antes mesmo de retornar para Grung. Boa sorte para você.

A ruiva não parecia interessada mais no tropius na sua frente e logo em seguida pegava a bolsa que estava no chão, colocava no ombro e parecia marchar para fora daquela bela campina de flores, enquanto um bando de butterfrees voavam próximos de skitty. A Pokémon rosada logo levantava e saia correndo atrás das borboletas, que logo se dispensavam. Tropius continuava calminho ali perto mesmo das flores, onde até achava uma sitrus berry e comia.


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

 - Uma história muito louca Empty Re: - Uma história muito louca

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum