Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Ayzen em Sex 23 Set 2016, 10:58

Era difícil para Morgana pensar que ela estava mentindo para sua família. Respeitava seu pai, que esteve do lado dela em todo momento durante a sua volta, pós desaparecimento. O corredor parecia cooperar para sufocar a seguidora. Sua mente estava perdida ali no meio. Natu tentava consolá-la, sem grandes avanços. O que a morena pensava era em dizer seu “não” para seu pai. Havia pessoas que precisavam mais de Morgana além dela mesma. Tinha pessoas que estavam mais dependentes. Alina dormia profundamente naquele momento, enquanto a xamã enfrentava sua família.

- Querida...

A voz do pai soava trêmula. Ele não queria machucar sua própria filha. Aquele banco parecia desconfortante naquele momento. Algumas armaduras empilhadas no corredor pareciam espectadores diante da cena que se desenrolava. O homem engolia em seco. Olhava para a sua filha, a sua Morgana. O peso da idade caia em seu rosto. Perto dos olhos era possível ver as marcas de rugas. Mesmo assim ele era forte, alto e queria fazer de tudo para ajudar sua família.

- Querida, você não tem capacidade de cuidar de você... Não pode cuidar de outros... – sua voz tentava ser mansa, para convencer a xamã do que estava dizendo – Sabemos do seu transtorno dissociativo de identidade. Isso não é normal e pode ser perigoso... Não dá para deixar você pelo mundo assim...

Ele sabia! De alguma forma o pai de Morgana sabia perfeitamente o que a menina evitava falar por tanto tempo. Agora o olhar do homem era preocupado. Surgiu naquele momento para poder defender a integridade de sua filha e leva-la para cassa para um tratamento... No entanto, diante disso tudo, onde ficava Alina?
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Athena em Seg 03 Out 2016, 00:10

O clima estava tenso. As palavras que eu ouvia me deixaram paralisada. Um gande não se formou em minha mente como se alguém gritasse, cada vez maia alto.

Em minha vida eu nunca mentira para minha familia, e ser acusada disso, me abalava profundamente. Gucky em meu ombro tentava chamar minha atenção, mas eu não conseguia me concentrar. Tudo parecia ruir ao meu redor. Como se o chão fugisse dos meu pés, deixando um vazio imenso.

Ouvia ao longe a voz triste de meu pai.  E o que ele dizia não fazia o eno sentido. Dupla personalidade...  transtorno dissociaiovo de personalidade ... traatamento... não poder cuidar de mim mesma e nem de outros. Nada daquilo fazia o menor sentido. Não, eu não voltaria para casa agora. Não queria parecer insolente, mas eu não farei isso. Meu cérebro girava em circulos procurando uma solução.

- Eu não faço a menor ideia do que você está falando. O médico disse em minha última consulta que eu estava bem e que poderia levar uma vida normal. É o que eu venho fazendo desde então, deixando meu passado para trás.

Respirei fundo e esperi que minhas palavras fossem absorvidas.

- Eu estou sendo útil, no caminho de Arceus, que é meu lugar. Sei que pareço insolente, mas eu tomei minha decisão e não voltarei com você. Pro favor, procure entender minha posição.


off: Meus sentimentos pelo falecido. Passei por uma situação parecida a um tempo atrás, sei como é complicado. Boa sorte.
Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Depositphotos_96569960-Computer-in-the-blood
Athena
Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Ayzen em Seg 03 Out 2016, 11:26

Off: Obrigado pela preocupação ç.ç
O luto não passa ç.ç.ç.ç.ç.ç.ç



A mente de Morgana negava toda e qualquer afronta de seu pai com ela. Não sabia o que o mais velho estava falando e naquele momento ela estava mais perdida do que tudo naquele local. Deixava claro que não ia embora. O pai dela não conhecia Alina, mas sabia que estava tentando proteger a filha dela, antes de proteger a pseuda-filha da filha dele. O mais velho engolia em seco. Olhava preocupado.

- Foi poucos dias depois de você sair de casa. O médico nos chamou e disse que o transtorno é imprevisível e que ele só estava liberando o sigilo médico porque pode ser perigoso. Disse para não ligarmos, porque poderia estar falando com a outra personalidade e isso poderia ser o fim. Então, desde então, vim atrás de você. Paguei um detetive para me dá informações e depois desses meses todos, eu consegui te achar...

As palavras do pai soavam com preocupação. Não era por maldade, mas por amor que ele estava ali. Seu olhar cansado mostrava a face do homem que sofreu esse tempo todo. Olhava firme para Morgana e segurava em seus ombros.

- Filha, para falar a verdade eu nem sei se estou falando contigo agora ou... ou com a outra... Temos que te ajudar, precisa de acompanhamento psicológico e um tratamento para isso. Para começar, como posso confiar em lançar você no mundo agora? Você precisa se cuidar... Morgana, venha comigo, por favor.


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Alice em Qui 20 Out 2016, 17:40

Rota bloqueada por inatividade.
Em caso de retorno, poste em pedidos solicitando a reabertura.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Alice em Qua 01 Mar 2017, 12:13

Rota desbloqueada a pedido da player.
Alice
Alice


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Athena em Sex 03 Mar 2017, 00:24

Tudo parecia conspirar, aumentando a sensação de estar encurralada em sem saída. O próprio corredor parecia opressivo, com seus móveis antigos. Eu me sentia meio deslocada no tempo, como se estivesse  em um outro universo.

A voz de meu pai vinha de longe e o que dizia me soava totalmente estranho. Apesar da imagem ser dele, o que dizia parecia ser irreal.

Olhei em volta para tentar clarear minha mente. Aquela história de dupla personalidade era demais para mim. O médico havia dito que haveria algumas lacunas em minha mente e que elas seriam preenchidas com o tempo e paciencia. O que meu pai estava dizendo contradizia tudo.

- Pai, desde eu eu fui resgatada por Arceus, minha vida passou  a pertencer a ele. Isso com o seu concentimento e de mamãe. Venho trilhando o meu caminho desde então. Dediquei todos os meus dias e os meus pensamentos a esse objetivo. Em quem devo acreditar, na palavra de um médico ou em Arceus que conhece a fundo minha alma?

Gucky em meu ombro se mexia constantemente. Ele também parecia agitado, pude perceber nos sentimentos que ele me enviava que hvia algo muito errado nessa situação. Ele parecia deseperado com a possibilidade de eu aceitar a imposição de meu pai.

- Para ser aceita como uma seguidora tive que passar por uma severa avaliação. Eu fui aceita. Há pouco tempo me tornei uma xamã. Fui escolhida para isso. Fui novamente avaliada e aceita. Arceus sabe o que vai em meu coração e me incumbiu dessa missão. Não é a palavra de um médico que vai mudar o meu destino. Tenho respeito por você e por mamãe, mas eu tenho uma missão a cumprir e não vou desistir do meu destino. Ele foi traçado anos atrás e eu vou segui-lo, mesmo que isso represente desobedece-lo.

Foi difícil dizer isso a meu pai, que eu sempre amei e respeitei, mas era necessário.


off: Ressurgindo do passado. Tenho bastante coisa para atualizar.
Athena
Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Ayzen em Dom 05 Mar 2017, 23:48

Off: Bem vinda de volta )o)

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 03h30min
A seguidora era colocada contra a parede pelo seu pai. Os corredores mal iluminados davam uma má sensação para Morgana. Natu estava agitado, não poderia ser menos. A simples ideia de ter sua mestra indo para algum lugar que não fosse a vontade de Arceus assustava o passarinho. Mas a xamã não estava disposta a sair do seu caminho, nem por conta do seu pai, embora doesse dizer não para ele.

O olhar do homem era surpreso. Depois de tudo o que Morgana falou, ela se deparou com um homem pensativo e por um momento sentiu um medo na face de seu pai. Medo dela...

- Querida, eu sou seu pai, eu sou arceusiano, sempre acreditei nele... Não tenho intensão nenhuma de parar o seu caminho... Eu tenho orgulho dele, mas sua condição física não é muito saudável. Não sabe examinar as escrituras? Pureza é força, a inocência é adorno. O bom coração é a madre de todo o ser Dual. Quero que você vá apenas para se tratar, ou até uma consulta. Veremos como está todos seus exames e depois você voltará para sua jornada...

O pai tentava convencer Morgana de ir com ele. O museu parecia silencioso. Os ecos dos gritos dos dois estavam parecendo uma batalha. O pai que tanto fora o herói da seguidora, agora estava ali, diante dela, fazendo algumas propostas: cuidar da saúde dela, nada que atrapalhasse sua vida com Arceus, mas que deixava o seu pai bem preocupado. Mesmo assim, Morgana tinha convicção que não tinha nada errada com ela...


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Athena em Seg 06 Mar 2017, 13:02

off : Obrigada, estava com saudades.


Estava determinada, não cederia a pressão. Esse é o meu lugar e não vou me desviar do meu destino apenas por uma suposição. Minha vida pertencia a Arceus e só ele poderia me tirar desse caminho. Natu concordava comigo e se aconchegou mais perto do meu pescoço.

A situação era incomum. Meus pais sempre me apoiaram e me incentivaram a seguir o meu caminho. Não entendia o porque daquela insistencia. Ele parecia surpreso com minha determinação. Eu não  queria decepcioná-lo, mas ele tinha que demostrar mais fé. Havia muita coisa a ser feita e eu não queria me desviar apenas para satisfazer os desejos de um médico.

- Pai, você precisa ter mais fé. Você me conhece e sabe que eu não colocaria a minha vida em risco, levianamente. Ela é preciosa e é dedicada a um serviço sagrado. Arceus comanda os meus passos e eu sigo feliz os seus desejos.

Meu pai estava preocupado e a proposta que ele me fez era razoável, se eu não tivesse outras responsábilides. Pensei no rosto de Alina e meu coração se encheu de amor. Não entendia tanta preocupação, Depois que eu formalizei minhas intenções eu me sentia sempre bem e disposta. Esses exames teriam que aguardar por uma outra oportunidade.

-Pai, eu não quero desrepeitá-lo e nem fazer pouco de suas preocupações, mas minha decisão  já está tomada. Eu não irei com o senhor para fazer esses exames, agora. O que eu posso prometer, é que em um futuro próximo eu irei para casa e farei esses exames que o médico indicou. Contudo esse não é o momento adequado. Eu assumi alguns compromissos e não irei faltar minha palavra com eles.

Embora estivessemos falando baixo, minhas palavras ficaram ecoando pelo corredor do museu. O silencio era completo.
Athena
Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Ayzen em Qui 09 Mar 2017, 22:53

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 03h30min
---------------------------
Mesmo usando a própria palavra de Arceus contra ela, a fé de Morgana em sua vida e em suas promessas era inabalável. A menina ficava olhando para o seu pai enquanto sentava, reparando no silêncio do museu. Estava sempre pensativa e Natu estava se recolhendo em seu pescoço, como quem não quisesse presenciar uma situação daquelas. O dom natural dos seguidores era a pureza e a inocência, como o próprio pai da seguidora-xamã dissera. Para Natu, era uma situação que fugir da paz proposta dos arceusianos e se aproximava mais do caos.

O homem continuava em pé. Seu rosto estava o espanto e Morgana sabia que era o espanto de ser desobediente com seu pai. Sempre houve um respeito multo e poucas vezes houve um desentendimento. Esse desentendimento era crucial. Os pontos de vista de Morgana e de seu pai entravam em choque. Os dois não estavam falando mais a mesma língua. Era difícil, mas Morgana tinha tomado sua decisão.

- Compromissos... É essa outra vida que você tem falado, não é? É como se você descobrisse a maternidade prematuramente. – Ao meio de tanto susto, parecia encontrar uma luz na face do pai. Era uma batalha direta contra seu progenitor e ele parecia ceder ao ver o espírito irredutível de sua filha.

Os corações estavam bem distantes um do outro. Morgana não ia ceder. O pai parecia ceder...

- Sei bem... Fale-me mais sobre ela e porque você está aqui nesse lugar... – dizia o pai, se sentando ao lado de Morgana e analisando o corredor escuro. Natu parecia ter um pouco de paz, ao passo que se distanciava mais de ficar grudada no pescoço de Morgana. O coração da xamã ainda estava agitado pela discussão. Seu corpo estava entendo aquilo como uma situação de extremo estresse...
Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Athena em Seg 13 Mar 2017, 00:17

Podia ver no rosto do meu pai o choque pela minha desobediência. Nós sempre havíamos concordado e quando discordávamos em algum ponto, sempre havia minha mãe que conciliava as opiniões.

Sua presença seria muito bem vinda agora, mas não havia ninguem aqui e deveria enfrentar esse problema sozinha.

A voz do meu pai me trouxe de volta a relidade, ele falava de Alina.  Havia mudado de assunto, talvez tivesse aceitado minha decisão. Falar em Alina era mais fácil.

- Alina passou por diversas dificuldades e Arceus me enviou para ajudá-la. Ela é sensível e delicada, muito amorosa. Você vai gostar dela. Devido ao que passou não confia muito nas pessoas, mas já conseguiu fazer vários amigos.

Fiz uma pausa para que meu pai pudesse absover as informações.

- Contudo não sou a mãe dela e não pretendo tomar o lugar da mesma. Estamos juntas porque fazemos bem uma para a outra. Agora, quanto ao motivo de estar aqui, estou ajudando o curador desse museu a solucionar um mistério envolvendo alguns artefatos. Esperava a chegada dele, quando o encontrei.
Athena
Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Ayzen em Ter 14 Mar 2017, 12:00

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 03h30min
---------------------------
Falar de Alina sempre agradava Morgana. Embora a seguidora tivesse se agitado para enfrentar seu pai, que não cedia às ideias de que Morgana não estava 100% curada, agora ela se acalmava mais e o sono batia, afinal, fora muito tempo acordada enfrentando o seu próprio irmão em Arceus e agora seu pai. Suas energias pareciam comprometidas. Natu sentia a calmaria se reestabelecer no museu, ficando mais perto da menina.

- Amorosa?! – o pai ria, parecia claramente comparar Alina à Morgana. Isso era uma conversa mais descente, de pai para filha. O frio no museu não diminuía, muito pelo contrário, só aumentava. O homem estava bem decidido em sua missão em ajudar a sua filha, mas como o confronto não resolveu muito, era hora de reestabelecer a paz entre pai e filha.

- Mas este não é um bom lugar para passar a noite, não é? Ele olhava ao redor e parecia um pouco curioso pelo “trabalho” que Morgana desempenhava ali. – Não seria melhor você e ela irem dormir me um hotel? Seria muito mais confortável... Lembre-se de que crianças precisam de boas noites de sonos para crescer... – o homem quebrava o jeito com um bom jargão de médico. – Por que não descansa um pouco? Seja lá o que você esteja fazendo aqui, parece tudo em paz, não?


Ayzen
Ayzen


Voltar ao Topo Ir em baixo

Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez... - Página 5 Empty Re: Festival de Erobring, vamos ser crianças outra vez...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum