O choro de uma perda...

Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty O choro de uma perda...

Mensagem por Luna Yum em Sab 26 Dez 2015, 20:56

O choro de uma perda... Tumblr_naf6j5Kvmd1tebav3o1_500


Estava chovendo sobre a capital naquele dia e pelas ruas poucos se arriscavam a andar, exceto aqueles que foram escalados para proteger as ruas da invasão dos gangsteres. Sem a resistência cadete somada as forças dos gladiadores presentes, Nyender talvez já teria sucumbido ao completo caos. Os bombeiros e policiais tentavam controlar as chamas dos prédios incendiados enquanto outras equipes se encarregavam de evitar novos desastres.

Um pouco afastado dali, no alto de um prédio, estava ela, Luna. O choro e a chuva impediam qualquer tentativa do silêncio de se manifestar e o rosto embalado pelas lágrimas ressaltava a dor de sua perda. Um bilhete um pouco úmido jazia em suas mãos contendo as seguintes palavras:


Nolan escreveu:
Se você recebeu este bilhete eu já não estou mais vivo minha pequena, mas fiz o que estava ao meu alcance para proteger você...

Sobreviva por nós dois, lute por nós dois!

Navier está precisando de você algum lugar da cidade, ajude-o...

Eu vou estar com você agora e... sempre!

- Nolan.


Outra explosão próxima ao prédio onde ela estava fez o choro parar. As lágrimas continuaram a cair até tocar o chão, assim como a água que escorria por seus longos cabelos incansavelmente. Ela olhou na direção da explosão e em seu peito um aperto traduzia um nome...

- GUI! - a expressão de medo e preocupação tomava conta do rosto da jovem. Ela limpou as lágrimas e ignorou a chuva, quase como se fossem aliadas uma da outra.

Um estrondo explodia a porta que dava acesso ao terraço onde a gladiadora estava, seu olhar ligeiro via o grupo de gangsteres que ela despistara horas mais cedo, logo ela pôs-se a correr para a ponta do terraço e cada vez mais rápido. " - Eu não vou morrer aqui!". - ela transformara a força de seu pensamento em voz.


     


O canto da gladiadora por si só transpareceu entre o som das batalhas e da chuva. Um raio escarlate saia de sua mochila e materializava-se em um belo Pidgeot que apanhou sua mestra alçando voo rumo aos céus. Agora, ela pairava sobre a cidade a procura de seu primo, na esperança de encontrá-lo ainda com vida...
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty Re: O choro de uma perda...

Mensagem por Emme Roinuj em Seg 04 Jan 2016, 03:05

Mais, mais, mais!!! Pleeeeease >< Rsrs
Emme Roinuj
Emme Roinuj


Voltar ao Topo Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty Re: O choro de uma perda...

Mensagem por Luna Yum em Qui 07 Jan 2016, 19:24

Luna olhava de um lado para o outro entre as explosões e a fumaça que cobria a cidade tentando localizar Guilherme em meio ao caos que Nyender estava. Alguns cadetes foram avistados em confronto com as gangs por todos os becos da cidade e a cada hora mais reforços chegavam e mais inimigos se instalavam nas entranhas da Capital. Era difícil reconhecer mocinhos e vilões entre tantas lutas, tendo em vista que Gladiadores e Stylist também foram convocados a se juntar aos cadetes pelo bem de Shinki.

- Saphira, tome cuidado com as explosões! - a jovem orientava seu pássaro a fim de manter a segurança de todos garantida.

Após mais alguns minutos sobrevoando a cidade, Luna avistou alguém familiar. - Ei, é o Cal ali e precisa de ajuda! Vamos garota, rápido! - a ave piou alto e como um foguete partiu em na direção do alvo indicado por sua dona, quando a Pidgeot passou por cima do local onde Calavera estava ela saltou dizendo: - Encontro o Gui! Em breve eu acho vocês!


A voz da gladiadora chamou a atenção do jovem Stylist que logo reconheceu que a cavalaria havia chegado em ótimo estilo. O pequeno Bulbasaur que agora era um enorme Venusaur apanhou Luna com suas vinhas e a posicionou ao lado do jovem que estava um pouco ferido, mas ainda tinha condições de lutar. - Desculpe o atraso! - ela sorriu. - Pelo menos você veio! - ele sorriu de volta.

Luna analisou a situação, não tinham outra opção se não lutar, já que estavam cercados. Golems e Scolipedes irritados juntamente com seus donos impediam a passagem. - Eu não estou a fim de morrer e você, Cal? - ela o questionava sem desviar o olhar do inimigo. - Tão pouco eu, Luna!

Duas esferas bicolores em sua mão continham a companhia de batalha da primeira luta que tiveram lado a lado quando se conheceram. Violeta e Fertuz surgiam em campo para auxiliá-los e expulsar aqueles arruaceiros de Nyender o quanto antes. Dois raios escarlates rasgavam a esfera e materializavam-se em Glameow e Empoleon e logo Venusaur posicionava-se ao lado da dupla e o combate começava.

Enquanto Luna e Cal batalhavam, Saphira ainda sobrevoava a cidade na procura de Navier, mas nenhum sinal do Cadete, até que um pouco mais ao norte ela avistou um raio negro ir em direção aos céus e tratou de voar o mais rápido que pôde naquela direção. Sua suposição estava certa, era ele que tentava pedir socorro.

Escondido atrás de alguns latões de lixo, estava o Cadete que parecia ferido enquanto Nira, sua Persian que foi quem chamou a atenção da ave para aquele lugar. Navier ouviu o pio da ave e a fonte de esperança em seu ser fora restabelecida graças a visão que vinha dos céus. Saphira permaneceu no ar por mais alguns minutos para vasculhar a área e vendo que tinha pouco tempo para resgatar o jovem, ela mergulhou em sua direção e pousou silenciosamente ao lado dele deixando que ele subisse em suas costas.

De um lado o resgate e do outro uma batalha em prol da cidade. Luna e Cal uniam forças contra os inimigos e já estavam na reta final da batalha. " - Minha criança, encontramos seu primo. Termine logo com isso! - Kirah surgia em sua mente para avisar que Navier estava em segurança, era hora de dar fim a batalha!"

- Fertuz, Double Team e finalize com Giga Impact! - Violeta correu na direção de sua dona que puxou Cal para mais perto de si e ela o ordenou que retornasse seu Pokémon, não tardando a esfera se fechar Violeta ergueu o Protect envolta do grupo e um clarão iluminou o ambiente e uma explosão seguiu a luz e sucumbiu o grupo atacante. O caminho estava aberto para que pudesse fugir e procurar abrigo...
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty Re: O choro de uma perda...

Mensagem por Luna Yum em Sex 27 Maio 2016, 14:27

A poeira no ar se dissipava e a Gladiadora não vai mais vestígios de seus inimigos, ao menos por enquanto. Agradecendo a Fertuz por seu trabalho, ela o retornou e começou a correr, deixando o Stylist para trás ela gritou: - Não se deixe vencer, vamos salvar a Capital! - e com um aceno em concordância Cal viu sua amiga partir em busca de mais um combato, afinal a guerra ainda não havia terminado.

Luna e Violeta corriam pela Avenida Rocket desviando das explosões e das batalhas que aconteciam por todos os lados. Stylist e Gladiadores lutavam ao lado dos Cadetes contra a grande massa de gangsters que chegavam aos montes. Distraída e preocupada com o estado de saúde de seu primo, Luna não percebeu quando surgiu diante dela um enorme Ursaring esverdeado, quando notou ela já estava quase em cima do Pokémon, apenas conseguiu aumentar a velocidade e deslizar por baixo de suas pernas, assim as duas passaram por ele, deixando-o para trás.

A jovem podia imaginar que na Primeira Avenida, local onde também se encontrava o prédio da Acadêmia os batalhas estavam sendo mais intensas do que em qualquer outro lugar. Ela parou na esquina e esticou-se para espiar como estavam as coisas por ali e, como esperado, nada boas, um pequeno grupo de civis estava cercado por vários Scolipedes. Violeta miou para chamar a atenção de sua dona, apontando a cauda alguns homens que estavam um pouco mais afastados do grupo, eram os donos das lagartas venenosas. - Precisamos ajudá-los, Vi! - a felina concordou, mas ambas precisavam agir com calma, pois aquilo se tratava da vida de civis.

O pio de uma ave interrompeu os pensamentos de Luna e um vulto em intensa velocidade cruzou seus olhos em direção ao grupo. As duas viram um Scolipede ser erguido ao céus e ter sua cabeça arrancada por aquele vulto. - Nossa, quanta gentiliza da parte dele, não é mesmo? - irônica, porém aliviada, afinal a ave atraira a atenção dos inimigos e isso era a brecha perfeita.

Enquanto a Gladiadora tentava salvar aquele grupo de civis, Saphira planava pela cidade com Navier em suas costas, apesar de estar no céus, era difícil sobrevoar a Capital quando acham que você é um alvo fácil.

Saphira POV's

- Realmente não acredito que vivi para presenciar isso! - ela olhava por toda a cidade. Um ShadowBall vinha em sua direção, mas ela conseguia desviar. - Kirah, não vou aguentar tanto também assim, não com ele ferido desse jeito! - um silêncio predominou em sua mente... - Certo, encontre Luna o mais rápido que puder, eu cuidarei dele depois disso! - a ave concordou e passou a procurar sua dona.

Quando Luna pensou em partir de encontro ao grupo, em um movimento rápido Violeta erguia sua cauda e alguns projéteis de bala com seu Protect, mas o que lhe incomodou não foram as balas, mas sim de quem. A felina deu alguns passos a frente da dona que se virou para ver o que avia acontecido. - Mas o que... Hâ? Você? De novo? - falou ela, surpresa com o que via. Lá estava ela, Kátia, a infame irmã de Kaleb, sozinha, antipática e arrogante diante da Gladiadora.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty Re: O choro de uma perda...

Mensagem por Luna Yum em Sab 30 Jul 2016, 22:15

Luna não conseguia acreditar que outra vez mais ela teria de lutar contra Kátia. O pior de tudo era a incansável sede da gangster em silenciar a Gladiadora que jamais sequer se entregaria sem uma boa batalha. Enquanto ela tentava filtrar a informação daquilo que tinha diante de seus olhos, Kirah enxia sua cabeça sobre ela ter que se apressar, pois Navier estava ferido e necessitando urgentemente de seus cuidados. Por sorte, o último bombardeio de informações na mente da Gladiadora fez com ela sentisse um alivio ao ouvir. - A cavalaria está chegando! - dizia Kirah um pouco antes de devolver o controle da mente a sua verdadeira dona.

Kátia seguia se aproximando da jovem lentamente enquanto Violeta fazia a guarda de Luna. Algo se aproximava das duas jovens em alta velocidade e por incrível que parecesse, também em silêncio. Apenas Violeta conseguira notar a silhueta feroz que se aproximava sem muito pudor. Enquanto isso Kátia continuava a caminhar na direção da jovem sem baixar a arma que permanecia constantemente apontada para a cabeça de Luna.

Um rugido felino, forte e feroz cruzou a frente de Luna, levando consigo a gangster que soltou apenas um grito antes de ser silenciada. - O que por Arceus foi isso, Violeta? - sendo surpreendida novamente pela voz em sua mente. - Nira! - ao ter sua pergunta respondida a jovem viu a felina se aproximar com a boca suja de sangue e ainda com um olhar mortal, mas que passava segurança para a Gladiadora.

Por mais que Kátia já não pudesse mais incomodar o salvamento dos civis e tão pouco a vida de Luna, só restava a ela reagir aquela situação. A jovem retirou das costas o fiel arco a que tanto lhe acompanhava e abaixou-se na esquina da Rua da Morte com a Primeira Avenida e pediu que Violeta usasse o Toxic em suas flechas. Diante disso, a vigarista calçou suas mãos com luvas e puxou a primeira flecha e quase por descuido errou, mas a flecha atingira a coxa de um dos donos do Scolipede que berrou, caindo por terra.

Os companheiros tentaram ajudá-lo. Um deles se aproximou rapidamente para tentar remover a flecha presa a coxa do homem que gritava, mas caiu quase em cima do ferimento quando o sangue contaminado ao Toxic invadia os poros de sua mão.
Luna Yum
Luna Yum


Voltar ao Topo Ir em baixo

O choro de uma perda... Empty Re: O choro de uma perda...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum