O retorno do Sol

Ir em baixo

O retorno do Sol Empty O retorno do Sol

Mensagem por Athena em Sab 09 Maio 2015, 22:58

Era uma noite fria e escura. Não havia lua na floresta Seimei. Uma garoa fina se espalhava pelo local. As árvores pingavam como se estivesse chorando.
Um coração vazio, uma alma vazia, Mãos vazias tentavam segurar o que perdeu. Ela andava sem rumo, apenas tentando encontrar.

Aquele olhar angelical, aquele corpo quente que continha toda sua essência. Era uma imagem que surgia em sua mente, que a mantinha viva. A esperança de reencontrar aquele que fora roubado, tirado do aconchego de seus braços.

Ela caminhava na escuridão. Assim como seu coração estava escuro. Não sentia a chuva que caia nem o frio não a incomodava. Não importava onde fosse apenas seguia andando. Ela precisava encontrar aquele que a completava que tornava tudo colorido. Aquele que era só seu e a razão de todo o seu amor. Sem ele, ela não era nada. A vida deixava de ter sentido, não valia a pena se importar.

Seus pés estavam sangrando devido ao que caminhara, mas a dor que sentia no peito era muito maior. Ela tropeçou e caiu. Não tinha mais forças para se mexer.

Ela sentou-se sobre uma grande árvore, seus olhos se negavam a parar e chorar. Suas lágrimas não tinham fim. Seu sofrimento não tinha fim.

Em sua memória, as imagens passavam como se fosse um filme. O calor de seu corpo aquecendo o pequeno ovo. O que sentiu quando ele deu seu primeiro sinal de vida. O seu cheiro, lembranças que pertenciam ao passado, que perderam a continuidade.

Um vulto branco se aproximou dela, seu coração se encheu de esperança. Uma luz tocou sua fronte e toda dor se foi. Ela se sentiu completa novamente.

Uma promessa fora feita, o perdido seria encontrado. O que fora roubado seria devolvido. As mãos não estariam mais vazias assim como o coração se encheria de amor. Todo o seu sofrimento foi retirado e o corpo aquietou-se e dormiu.

Uma luz prateada pairou sobre ela enquanto dormia. Protegendo seu sono restaurador. Em seus braços um lindo ovo branco e puro surgiu. Mesmo inconsciente seus braços o envolveram e seu calor o aqueceu.
A chuva havia cessado, o sol surgia no céu espalhando seus raios pelas frestas as árvores.

Seus olhos não queriam abrir com medo do pesadelo voltar. Ela havia sonhado que nada havia acontecido. Ela podia sentir sua presença em seus braços.

Devagar ela abriu os seus olhos, um largo sorriso brotou em seus lábios. Lágrimas e felicidade caíram de seus olhos.

Ela sentou-se e acariciou o ovo em seus braços. De alguma maneira alguém ouviu o seu apelo e acabado com suas dores.

Um raio de sol passou através das árvores e atingiu o ovo. Ele estava quente e pulsava bastante. Ela escutou um pequeno som vindo de seu interior.

Minúsculos furos apareceram ao redor do ovo. O momento chegara afinal, aquele que ela amara iria surgir.

Ela nunca mais seria a mesma, o amor a modificaria. Dois olhos redondos a fitavam e ela soube que a felicidade havia chegado.
Athena
Athena


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum